Sinopse

Rio de Janeiro, 1997. Acontecem 11 sequestros por mês na cidade. A população está aterrorizada. O governo e a polícia, desnorteados.

Quando a filha de um influente deputado é sequestrada, o secretário de segurança pública do estado coloca a DAAS – Divisão Antissequestro – nas mãos de dois policiais para resolverem o caso. Porém, a força tarefa não será fácil, a começar porque Mendonça e Santiago têm perfis e métodos de trabalho bastante distintos.

Globoplay
estreia: 19 de julho de 2019
10 episódios

série criada por José Júnior
roteiro e supervisão Gustavo Bragança
escrita por José Luiz Magalhães, Rafael Spínola, Aurélio Aragão, Erik de Castro e Fernando Toste
texto final de Vicente Amorim e Rafael Spínola
direção de Vicente Amorim e Rodrigo Monte
direção geral de Vicente Amorim
coprodução AfroReggae Audiovisual, Multishow e Hungry Man

SILVIO GUINDANE – Mendonça
EROM CORDEIRO – Santiago
MARCOS PALMEIRA – Luiz Henrique Benício
NATÁLIA LAGE – Roberta
THELMO FERNANDES – Ramos
DALTON VIGH – Venâncio Couto
VANESSA GERBELLI – Raquel
HANNA ROMANAZZI – Camila
OSVALDO MIL
CINARA LEAL
RAFAELA MANDELLI
BRUCE GOMLEWSKI – Paulo Gaspar
e
AMAURIH OLIVEIRA
AUGUSTO MADEIRA
BEATRIZ SARAMAGO
BRENO DI FILIPPO
DÉRIO CHAGAS
FELIPE ROCHA
GUILHERME DELLORTO
HELENA FERNANDES – Nina Borba
HENRIQUE PIRES
LUCIANO VIDIGAL
LÚCIO ANDREY
MARCELO GONÇALVES
MARIA MANOELLA
NILL MARCONDES
PAULO REIS – Malta
SAMIR ABUJAMRA

Thriller policial, baseado em histórias reais, que retrata os bastidores de uma força tarefa que se uniu, nos anos 1990, para acabar com a onda de sequestros que aterrorizava a cidade do Rio de Janeiro.

O projeto é de José Júnior, fundador da AffroReggae, e foi realizado pelo braço audiovisual da sua ONG associado com a produtora Hungry Man. A Globo incluiu a série em seu catálogo no Globoplay e o Multishow entrou como detentora do direito de exibi-la na televisão em primeira mão, em 2021.

“A ideia do projeto surgiu quando eu fazia o [programa] Conexões Urbanas, do Multishow. O trabalho da DAAS foi a única ação de segurança pública que realmente deu certo no Rio. A partir de relatos e personagens reais, decidi contar essa história”, afirmou José Junior durante apresentação do programa para a imprensa.

No evento, José Júnior e o diretor Vicente Amorim citaram as dificuldades de gravação, sempre em ambientes reais. Chamou a atenção o relato de Júnior sobre negociação com bandidos para poder gravar em favelas. Os diretores abriram mão de gravar na comunidade Tavares Bastos, onde as novelas sempre recorrem, por ser pacificada (caso de A Força do Querer e Vidas Opostas).

Além de preparadores de elenco, os atores tiveram longos treinamentos e assessoria e entrevistas com pessoas nas quais seus personagens foram inspirados. Até pela importância na trama e carga dramática de seus personagens, Silvio Guindane e Erom Cordeiro são os que mais se destacam.

Complementa o projeto o filme A Divisão, com o mesmo elenco e outra trama, com lançamento para 2020.

Veja também

  • segundachamada

Segunda Chamada

  • aruanas

Aruanas

  • shippados

Shippados

  • cineholliudy

Cine Holliúdy