Sinopse

Chicago, anos 1920. Dolly Parker, a Gata de Vison, comanda uma organização criminosa, mas é morta pela máfia durante uma festa. Maggie Parker é obrigada a assumir a identidade da irmã para evitar que grupos rivais se aproveitem da situação. A princípio, Maggie resiste, mas, temendo que algo aconteça com sua família, concorda em assumir a identidade da Gata de Vison.

Enquanto isso, o agente federal Bob Ferguson é escolhido pelo Capitão Pat O’Hara para se infiltrar no bando comandado pela Gata de Vison a fim de conseguir provas contra a criminosa. Para o trabalho, ele assume a identidade de um rico fazendeiro e conta com a ajuda da instrutora Linda. Ao conhecer Maggie, no entanto, Bob se apaixona, colocando em risco sua missão.

O gangster Dino Falconi sai da prisão e vai atrás da Gata de Vison, com quem mantinha um caso antes de ser preso. Após passar uma noite com ela, descobre que Maggie assumira a identidade de Dolly. Os dois se envolvem e Maggie passa a viver dividida entre o amor do gângster e o de Bob Ferguson.

No final, Dino Falconi se casa com Maggie, se entrega à polícia e assina uma confissão assumindo a responsabilidade pelos crimes que cometeu. A prisão do gangster ameaça a máfia, que teme que seus segredos sejam revelados. Porém Dino se recusa a ser um delator. Condenado à morte, é inocentado a poucas horas de sua execução.

Globo – 21h30
de 26 de junho de 1968 a 6 de janeiro de 1969 (Rio)
de 16 de setembro de 1968 a 8 de março de 1969 (SP)
169 capítulos

novela de Glória Magadan
direção de Wálter Campos e Fábio Sabag
supervisão de Daniel Filho

Novela anterior no horário
O Homem Proibido

Novela posterior
A Última Valsa

YONÁ MAGALHÃES – Maggie Parker / Dolly Parker
TARCÍSIO MEIRA – Bob Ferguson
GERALDO DEL REY – Dino Falconi
KARIN RODRIGUES – Candy
PAULO GRACINDO – Pat O’Hara
JAIME BARCELOS – Cardinale
ARLETE SALLES – Gladys
CELSO MARQUES – Comprido
CLÁUDIO CAVALCANTI – Taylor
JOSÉ AUGUSTO BRANCO – Jimmy Parker
JOANA FOMM – Linda Hastings
FÁBIO SABAG – Sebastian (Carrasco)
NORMA BLUM – Helen Brown
VANDA LACERDA – Srª West
WILSON GREY – Drake
PAULO PADILHA – Bradford
URBANO LÓES – Joe Ferguson
DARY REIS – Ernest Parker
WÁLTER LACERDA – David
IDA GOMES – policial
MILTON RODRIGUES
Rose Parker (mãe de Maggie)

O clima era de total violência, com metralhadoras “cuspindo” balas impiedosamente, e Karin Rodrigues tendo seu rosto queimado por ácido.

A troca das duplas famosas não deu certo. Enquanto Tarcísio Meira e Yoná Magalhães estavam em A Gata de Vison, Glória Menezes e Carlos Alberto, ao mesmo tempo, estrelavam Passo dos Ventos, a atração das sete horas.
Em seguida, Tarcísio se reencontrou com Glória em Rosa Rebelde. E Yoná e Carlos Alberto, em A Ponte dos Suspiros, como pedia a receita publicitária da época.

A autora Glória Magadan apaixonou-se pelo ator Geraldo Del Rey (30 anos mais jovem), o vilão da novela. Quanto maior o ardor entre ambos, mais o personagem de Tarcísio Meira (o galã e antagonista de Geraldo Del Rey) ia mudando de características e personalidade. Um dia, ao receber os capítulos para gravar na semana seguinte, Tarcísio leu e foi direto ao departamento de produção: “Ou grava a minha morte essa semana, ou meu personagem pega o próximo trem e não volta!” O personagem não voltou. Em seu lugar entrou o ator Milton Rodrigues. (“No Princípio Era o Som”, Régis Cardoso)

Glória Magadan rapidamente deu uma solução para o problema do casal romântico principal da trama. Com a saída de Tarcísio, seu par, Dolly Parker, também desapareceu da trama. Em seu lugar, surgiu uma irmã gêmea, Maggie Parker, para formar o novo par romântico da novela, com Geraldo Del Rey.

Daniel Filho narrou ao livro “Nossa Senhora das Oito” (de Mauro Ferreira e Cleodon Coelho):
A Gata de Vison é uma novela de triste memória dentro da Rede Globo e provocou a minha saída da emissora.”
Glória Magadan impediu que Daniel dirigisse Passo dos Ventos com ciúme do sucesso crescente de Janete Clair, a autora. O diretor acabou saindo da Globo por não concordar com as extravagâncias de A Gata de Vison.
“Magadan sentiu que a minha aproximação de Janete não somente a enfraquecia, como fortalecia sua rival, que era bem melhor do que ela”, resumiu Daniel Filho. O tempo se encarregou de levar o diretor de volta à emissora.

No dia 16/09/1968, um acidente automobilístico vitimou o jovem ator Celso Marques, que interpretava em A Gata de Vison o capanga Comprido. Sua morte ocorreu dois dias antes do ator completar 26 anos.

Primeira novela na Globo do ator Geraldo Del Rey.

Infelizmente não existem mais registros dessa novela, apagados porque as fitas foram reutilizadas (prática comum na época) ou porque perderam-se em um dos incêndios na TV Globo (1969, 1971 e 1976).

Trilha Sonora: LP Panicali e as Novelas

01. PONTE DOS SUSPIROS – Lyrio Panicali
02. A ÚLTIMA VALSA – Lyrio Panicali
03. A GRANDE MENTIRA – Lyrio Panicali
04. A GATA DE VISON – Lyrio Panicali
05. O HOMEM PROIBIDO – Lyrio Panicali (tema de Demian)
06. TEMA DE AMOR EM FORMA DE PRELÚDIUO – Manuel Marques (da novela Antônio Maria)
07. A RAINHA LOUCA – Lyrio Panicali
08. O PASSO DOS VENTOS – Lyrio Panicali
09. CABANA DO PAI TOMÁS – Lyrio Panicali
10. A ROSA REBELDE – Lyrio Panicali
11. A SOMBRA DE REBECA – Lyrio Panicali
12. UM DIA SABERÁS (SOMEDAY YOU´LL KNOW) – Erlon Chaves (da novela O Sheik de Agadir)
13. SANGUE E AREIA – Lyrio Panicali
14. MAGIA – Lyrio Panicali e Raymundo Lopes

Veja também

  • eucomproessamulher_foto

Eu Compro Esta Mulher

  • sheikdeagadir_logo

O Sheik de Agadir

  • sombraderebeca_anuncio

A Sombra de Rebeca

  • rainhalouca_anuncio

A Rainha Louca