Sinopse

Aurora (Denise Fraga) é a primeira-dama e vice-prefeita da cidadezinha de Pitanguá. Adestradora de cães e dona de casa, ela se vê obrigada a assumir a prefeitura depois que o marido, o prefeito Reinaldo Rangel (Tony Ramos), é deposto, acusado de desvio de dinheiro para a construção de um estádio “padrão Fifa”. Ela também descobre que seu marido a traía.

A continuidade da história é dada pelo triângulo amoroso formado pelo casal protagonista e o assessor dos políticos, Seixas (Felipe Abib), e pelas soluções caseiras encontradas por Aurora para resolver os problemas do município.

Globo – 23h
de 4 de outubro a 20 de dezembro de 2013
12 episódios

de Bernardo Guilherme e Marcelo Gonçalves
ideia original de Maurício Arruda
direção de Cláudia Alves e Luiz Villaça
direção geral de Luiz Villaça
núcleo Mauricio Farias
coprodução O2 Filmes

DENISE FRAGA – Aurora
TONY RAMOS – Reinaldo Rangel
FELIPE ABIB – Seixas
MALU GALLI – Maria Fernanda
GIULIA SHANTI – Luiza
LUCIANA CARNIELI – Consuelo
RODRIGO PANDOLFO – Micróbio
DANILO GRANGHEIA – Alberto Salomão
RITA BATATA – Rose
KAUÊ TELLOLI
FABIO NASSAR
MARIAH AMÉLIA FARAH
PEDRO PAULO EVA
e
EDUARDO ESTRELA
PAULA COHEN
JOÃO VICENTE DE CASTRO – Liosvaldo
INÁ DE CARVALHO
JOÃO BRESSER
PATRICIA PICHAMONE
PAULO EMILIO LISBOA
SIOMARA SCHODER
VICENTINI GOMEZ
Retorno de Denise Fraga à TV aberta após um período de quatro anos afastada. Sobre sua personagem, afirmou a atriz:
“Ela é do povo, uma mulher comum, que tem os meios simples para resolver os problemas. Gosto da ideia de uma pessoa inusitada em um cargo de governo. Ela vai governar, mas não será fácil. E o legal é o olhar cômico da série: o humor é um agente de reflexão muito grande.”

Tony Ramos, que deu vida ao prefeito corrupto Reinaldo Rangel, falou sobre a série:
“A própria situação política brasileira nos ajuda porque nos dá a possibilidade de criar analogias, referências mais lógicas com aquilo que está acontecendo e com aquilo que o seriado vai mostrar. A comédia é a melhor forma de analisar o ridículo dos poderes. Quando a pessoa acha que tem tanto poder, nada melhor do que a comédia para ridicularizar isso. As cenas são engraçadas, porém com pano de fundo de discussões muito sérias”, ressaltou o ator.

Para A Mulher do Prefeito, o diretor Luiz Villaça trouxe toda a equipe criativa de 3 Teresas, série que dirigiu no canal pago GNT, e que também tinha Denise Fraga no elenco.

Os autores – Bernardo Guilherme e Marcelo Gonçalves – vieram da A Grande Família.

A série foi inteiramente gravada em São Paulo, em locações como um estádio de futebol, um pesqueiro e um terreno baldio em Paraisópolis, zona sul da capital. Segundo Luiz Villaça, a cidade fictícia é “visualmente uma mistura de quatro ou cinco cidades” e “absolutamente atemporal”.
Foi a intenção de captar cenas fora do Rio de Janeiro, para dar à série ares de interior paulista, que levou a Globo procurar pela O2 Filmes, produtora que tem em seu currículo séries como Som e Fúria (2009).

Para a trilha sonora, foram selecionados sucessos dos anos 1970 e 1980, ideia de Luiz Villaça.

A série O Brado Retumbante, de 2012, também trazia em seu entrecho as dificuldades de uma pessoa despreparada ao assumir um importante cargo público.

Veja também

  • loucoporelas_logo

Louco Por Elas

  • suburbia_logo

Suburbia

  • penacova_logo

Pé na Cova