Sinopse

Jurema Matos, de origem humilde, foi criada em uma grande fazenda com Vitor Correia e Carlos Valadares, filhos dos patrões de seu pai. A adolescência trouxe a rivalidade entre Vitor e Carlos por causa de Jurema. Carlos é prático e imediatista, enquanto Vitor é romântico e visionário. Jurema, por sua vez, não se decidia por nenhum dos dois. Vendo em Carlos um melhor partido para a filha, Rui, pai de Jurema, a pressiona para que se decida. Entretanto, Vitor se liga a um grupo de freis dominicanos que combate a ditadura e parte para São Paulo.

O tempo passa e Vitor não manda notícias. Jurema, então, sentindo-se abandonada e com as insistentes declarações de amor de Carlos, decide casar-se com ele. Um ano após o casamento, eles têm um filho: André. Carlos começa a mostrar um lado que Jurema desconhecia: arrogante e autoritário. Quando André completa dois anos, Vitor aparece, fugindo da repressão com um amigo. Jurema resolve dar-lhes cobertura e os instala em uma chácara nos arredores de Fortaleza. Semanalmente, ela vai visitá-los levando provisões e notícias.

Ao descobrir, Carlos pensa que Jurema e Vitor são amantes, o entrega à Policia Federal e a expulsa da fazenda, com a promessa de que ela nunca mais verá seu filho. Jurema parte para a Itália, onde, depois de muito batalhar, enriquece. Porém, adota um novo nome: Antônia Fidalgo. Passados muitos anos, Carlos morre e deixa em seu seu testamento a sua fortuna para a ex-esposa, desde que ela volte e se estabeleça na fazenda, ao lado do filho. Ao retornar, Antônia-Jurema vai enfrentar situações difíceis. Até que conhece o psicanalista Júlio.

Manchete – 22h20
estreia: 16 de novembro de 1987
15 capítulos

minissérie de Wilson Aguiar Filho e Leila Miccolis
direção de Wálter Campos

FLORINDA BOLKAN – Antônia Fidalgo / Jurema Matos
NUNO LEAL MAIA – Júlio
JORGE DÓRIA – Carlos Valadares
RAIMUNDO FAGNER – Vitor Correia
ANDRÉ FELIPE – André Valadares
VALÉRIA PIMENTEL – Patrícia
DÉBORA DUARTE – Estela (ex-mulher de Júlio)
MARILU BUENO – Edna (irmã de Antônia)
ODILON WAGNER – Amadeu (amigo de Antônia)
SUELY FRANCO – Hilda
ÂNGELA LEAL – Estefânia (irmã de Carlos)
FERNANDO AMARAL – Cardoso (marido de Estefânia)
TONY FERREIRA – advogado de Carlos
CELSO FARIAS – advogado de Antônia
CLÁUDIO GAYA – Dondon (mordomo)
MAURÍCIO DO VALLE – Geraldo (capanga de Carlos)

Trazendo nos papéis principais uma dobradinha cearense, o cantor Raimundo Fagner e a atriz Florinda Bolkan, a minissérie A Rainha da Vida foi inspirada em parte na vida de Florinda: a personagem Antônia Fidalgo, que deixa o Ceará partindo para Roma e retorna anos depois como uma rica e famosa atriz de cinema. A minissérie abordou também as desigualdades sociais, políticas e econômicas do sertão nordestino nos tempos do coronelismo.

Fagner, além de ter participado como ator (viveu Vítor, um padre progressista), foi o produtor da trilha sonora, que teve como tema principal a música “À Sombra de um Vulcão”.
“Minha música nesta trilha é um agradecimento à própria vida, que fez da minha amiga Florinda uma verdadeira majestade, rainha da vida”, disse Fagner.

A ideia de fazer a minissérie surgiu de uma visita de Florinda Bolkan a Fagner antes de seu retorno a Roma.
“Fagner estava tocando uma música linda [recordou a atriz] e pensei em voz alta: ‘Feliz o artista que atuar numa produção que tenha esta música como trilha sonora’. Pronto: A Rainha da Vida começou a nascer.”

Veja também

  • santamartafabrfil_logo

Santa Marta Fabril

  • tudoemcima_logo

Tudo em Cima

  • marquesadesantos_logo

Marquesa de Santos

  • viveravida84_logo

Viver a Vida (1984)