Sinopse

Simão de Azevedo e Teresa Dias, filhos de famílias divididas por ódios que atravessam os anos, se apaixonam perdidamente. Mas é uma paixão proibida, que não tem a bênção dos pais e dos irmãos, nem o apoio da sociedade.

É entre os rebeldes, os escravos e os marginalizados que Teresa e Simão vão encontrar apoio para lutar por esse amor, vivendo tragédias e aventuras.

Cultura – 14h30
de 6 de setembro a 5 de dezembro de 1965

novela de Leonor Pacheco
baseada no romance homônimo de Camilo Castelo Branco
dirigida e produzida por Lúcia Lambertini

ROBERTO OROSCO – Simão de Azevedo
IVETE JAYME – Teresa Dias
PAULO BASCO – Tadeu Dias
NELLO PINHEIRO – João Domingos de Azevedo
CÉLIA RODRIGUES – Rita Preciosa
EDUARDO ABBAS – João da Cruz
ALEXANDRE GARATTONI – Baltazar
NONÔ PACHECO – Mariana
EDI CERRI
MAGALI TOLEDO
DIDI PACHECO – Ritinha
JOÃO DE ÂNGELO
ANNAMARIA DIAS
HAYLTON FARIA
NORBERT NADONE
Esta novela, produzida por Lúcia Lambertini na TV Cultura, foi apresentada às 14h30.

Paralelamente, a emissora apresentava às 18h30 outra novela de época, O Moço Loiro.

Mas mesmo assim, inovou na época ao lançar um horário alternativo de novelas.

O romance Amor de Perdição, de Camilo Castelo Branco, também seria usado como ponto de partida para outra novela, Paixões Proibidas, apresentada pela Band em 2007.
Os papeis de Simão e Teresa – Roberto Orosco e Ivete Jayme na Cultura – ficaram a cargo de Miguel Thiré e Ana Sophia Folch na novela da Band.

Veja também

  • cultura60

Escrava do Silêncio

  • cultura60

O Moço Loiro

  • cultura60

O Tirano

  • cultura60

Sangue Rebelde