Sinopse

Numa fazenda do século XIX, os amores do senhor de escravos e os problemas dos negros.

Duarte, um homem educado na cidade, se vê de repente dirigindo uma grande fazenda sem conhecer a psicologia dos negros, mas querendo ser justo, embora enérgico. Conta com o apoio do Padre Rosendo e do Pai Domingos, líder dos escravos, que o defende as investidas de Zeferino, um feitor que julga resolver tudo à base do chicote.

Surge na fazenda Cândida, uma jovem fina e requintada que não compreende, a princípio, aquele homem forte que ela julga rude e mau para os escravos. Duarte sente-se atraído por ela, mas existe Durvalina, sensual mulata que o enfeitiça, sendo porém um amor quase impossível.

Record – 22h
de setembro a novembro de 1964

novela de Walther Negrão e Roberto Freire
baseada na radionovela de Amaral Gurgel
direção de Silney Siqueira e Nilton Travesso

RANDAL JULIANO – Duarte
MARIA HELENA DIAS – Cândida
RÚBENS CAMPOS – Pai Domingos
OSMANO CARDOSO – Padre Rosendo
DAISY PAIVA – Durvalina
ARNALDO WEISS – Zeferino
ANTÔNIO ALÍPIO – Zeca
FRANCISCO CUOCO – Mário
ISAURA BRUNO
Outra obscura produção da Record.

Primeira e última novela de Randal Juliano, que faria carreira depois como apresentador da emissora.

Veja também

  • record60

João Pão

  • tvrio_logo

Sonho de Amor

  • desonhecido_foto

O Desconhecido

  • record60

Prisioneiro de um Sonho