Sinopse

Anabela é uma jovem competente e esforçada, mas sua aparência mal-ajambrada dificulta sua vida profissional. Ela sabe que é feia e está, de certa forma, conformada com isso. Bela sempre foi assim desde menina, sem quaisquer atributos físicos, mas também nunca teve maiores vaidades. Ela não liga para nada que possa torná-la mais atraente.

Bela mora com o pai, Clemente, e dois irmãos – Elvira e Maximiliano, o Max – no bairro da Gamboa, zona portuária do Rio de Janeiro. Clemente é sambista e toca violão. É assim que ganha a vida. Ele é também um compositor frustrado. Elvira trabalha como manicure no salão Montezuma, de propriedade do tio, o deslumbrado Haroldo, irmão de Clemente. Ao contrário de Bela, Elvira é vaidosa, apesar de seu gritante mau gosto para se produzir. Noêmia, a mãe de Bela e Elvira, morreu ainda jovem. Já Max é irmão delas apenas por parte de pai. A mãe dele, Samantha, mora em Copacabana e o despreza sutilmente, mas, mesmo assim, Max sonha em poder sair do bairro simples onde nasceu e cresceu, para viver na Zona Sul com ela.

Quando criança, Bela formava uma dupla cômica com um garoto muito bonito, Dinho. Eles interpretavam quadros de humor e contavam piadas. Bela era sempre motivo de deboche. Sua feiúra já chamava a atenção desde aquela época e era usada como referência nas piadas da dupla. Ela relevava a humilhação e, esperta e relativamente graciosa, conseguia transformar a aparência estranha numa espécie de atributo pitoresco que, com o tempo, foi se apagando. Bela não gosta de recordar os dias em que brilhava ao lado do parceiro Dinho e procura não pensar em sua curta carreira artística. O empresário da dupla infantil era o inescrupuloso Ataulfo, pai de Dinho, cuja ambição o levou a tomar decisões condenáveis, que se refletiram no futuro de Bela.

Bela oferece-se para trabalhar como secretária da agência de publicidade +/Brasil, mas embora tenha ótimo preparo, perde o cargo para uma mulher incompetente, porém muito bonita. Para sua sorte, uma ironia do destino faz com que ela acabe conseguindo desbancar a antiga concorrente alguns dias depois. O cargo de secretária do novo diretor-presidente, então, passa a ser seu.

A empresa onde Bela começa a trabalhar passa por uma fase tumultuada: Rodrigo – filho de Ricardo, o dono da holding de comunicações – um rapaz tido como playboy, mulherengo e bon-vivant, assume o cargo de diretor-presidente da agência +/Brasil, surpreendendo a todos. Mais do que surpreso, quem fica realmente revoltado com a nomeação é Adriano, primo de Rodrigo e afilhado de Ricardo, que há anos trabalha na agência e não se conforma com o fato de que seu tio e padrinho tenha nomeado o inexperiente rapaz em seu lugar. Com a ajuda de Verônica, amante eventual de Rodrigo, Adriano fará de tudo para destituir o primo.

Logo que começa a trabalhar na agência, Bela se encanta com Rodrigo, embora saiba que não tem chance alguma com o patrão. Rodrigo, sempre se envolveu com mulheres muito bonitas, não enxerga em Bela nada além de uma secretária eficiente. Por causa de sua aparência, Bela é ridicularizada por todos na glamurosa empresa. Ela tenta manter uma atitude positiva diante da situação, mesmo que isso às vezes lhe seja difícil.

Rodrigo é noivo de Cíntia, filha de Ariosto e Vanda. Cíntia tem temperamento difícil, é prepotente e esnobe, e despreza pessoas mais humildes. Quem sofre muito com sua arrogância e maus-tratos é Olga, a governanta de Rodrigo, a quem trata como filho desde que a mãe dele, Vera, desapareceu – na época, ele tinha apenas um ano de idade. Rodrigo se ressente por julgar ter sido abandonado pela mãe e desenvolve uma rejeição por ela com o passar dos anos. Agora já adulto e com o cargo de diretor-presidente da agência, Rodrigo precisa mostrar-se competente a todo custo.

Record – 20h30 / 22h15 / 23h
de 4 de agosto de 2009
a 2 de junho de 2010
217 capítulos

novela de Gisele Joras
baseada no original Yo Soy Betty, La Fea de Fernando Gaitán
colaboração de Alessandra Colasanti, Ana Clara Santiago, Denise Crispun, Emílio Boechat, Rodrigo Nogueira e Valéria Motta
supervisão de texto de Luiz Carlos Maciel
direção de César Rodrigues, Leonardo Miranda, Rudi Lagemann e Rogério Passos
direção geral de Edson Spinello

Novela anterior às 20h40
Promessas de Amor

Novela posterior às 22h15
Ribeirão do Tempo

GISELE ITIÊ – Bela (Anabela Palhares)
BRUNO FERRARI – Rodrigo Ávila
SIMONE SPOLADORE – Verônica Matoso
CARLA REGINA – Cíntia Alcântara
IRAN MALFITANO – Adriano Gomes Ávila
DANIEL AGUIAR – Augusto Gomes Ávila (Guto)
JONAS BLOCH – Ricardo Ávila
SILVIA PFEIFER – Vera Ávila
ESTHER GÓES – Bárbara Gomes Ávila
DENISE DEL VECCHIO – Vanda Alcântara
HENRIQUE PAGNOCELLI – Ariosto Alcântara
BEMVINDO SEQUEIRA – Clemente Palhares
BÁRBARA BORGES – Elvira Palhares
ÂNGELA LEAL – Olga Santos
ANDRÉ MATTOS – Ataulfo Aguiar (Tadeu Dantas)
THIERRY FIGUEIRA – Dinho Aguiar (Carlos Dantas)
LUIZA THOMÉ – Samantha Freitas
RAUL GAZOLA – Armando Freitas
SÉRGIO HONDJAKOFF – Maximiliano Palhares (Max)
LAILA ZAID – Magdalena Fonseca
JOÃO CAMARGO – Haroldo Palhares
CLÁUDIO GABRIEL – Nelson Barbosa
ROBERTA GUALDA – Luiza Caldas
BIA MONTEZ – Hortência
SÉRGIO MENEZES – Diogo Marques
DANIEL ERTHAL – Diego Souza
RAQUEL NUNES – Márcia
ALEXANDRE BARILARI – Douglas
CLÁUDIO HEINRICH – Rodolfo
OBERDAN JÚNIOR – Jacinto
RAFAEL PRIMOT – Ícaro
ILDI SILVA – Dinorá Melo
GABRIELA MOREYRA – Natalia Brito
MARCELA BARROZO – Ludmila Freitas
PÉROLA FARIA – Juliana Barros
VICTOR HUGO – Kaik Chagas
ANDRÉ SEGATTI – Ivo
NATÁLIA GUIMARÃES – Mariana
ARACY CARDOSO – Regina Brito
DÉBORA GOMEZ – Camila Pinho
CAMILA GUEBUR – Sheila
VINÍCIUS MORENO – Lucas
BRUNA ORPHÃO – Aninha
MARIA CRISTINA GATTI – Berenice
SABRINA ROSA – Carminha
SUZANA ABRANCHES – Léa
FRANCIELY FREDUZESKI – Júlia
GRACYANNE BARBOSA
MÁRIO FRIAS – Gastão
LUCIELE DI CAMARGO – Úrsula
DANIEL ANDRADE – Bernardo
ALICE ASSEF – Tânia
EDUARDO SEMERJIAN – Daniel Parker
KAIC CHAGAS – Victor Hugo (irmão de Magdalena)
CATARINA ABDALA – Raimunda
ILYA SÃO PAULO – promotor que reabre o caso contra Ricardo
e
ANITA TERRANA – babá de Helinho, o filho de Bela
EDMO LUÍS – radialista que entrevista Clemente
GUSTAVO OTONI
HÉLIO RIBEIRO – advogado de Ricardo
NEGUINHO DA BEIJA FLOR como ele mesmo
NILVAN DOS SANTOS
PAULO GIARDINI
RICARDO PAVÃO – Alberto (marido de Bárbara e pai de Adriano e Guto, assassinado pelo próprio filho Adriano)
RODRIGO FARO como ele mesmo
RÔMULO ESTRELA – diretor de filmes pornôs com quem Magdalena vai fazer um teste por engano, achando que vai virar estrela de cinema
RONALDO REIS – PM que persegue Dinho e Ataulfo
SÉRGIO MALLANDRO como ele mesmo
SYD CORRÊA – Dr. Rubens (advogado de Vera)
VIVIANE ARAÚJO como ela mesma
Juliete (divide a cela com Dinho e Ataulfo)
Harry (amigo americano de Rodolfo)

Versão brasileira da novela colombiana Yo Soy Betty, La Fea, de Fernando Gaitán, com Ana Maria Orozco vivendo a protagonista, um sucesso que arrebatou o mundo todo, ganhando versões em diversos países (inclusive nos Estados Unidos).

Primeiro fruto da parceria entre a Record e a emissora mexicana Televisa, que previa produções brasileiras adaptadas de novelas mexicanas (contrato tal qual o SBT manteve por anos com a Televisa). A parceria findou-se em 2012, com apenas duas produções: Bela, a Feia e Rebelde.
“Sem falar a mesma língua, com objetivos e expectativas bem diferentes entre os dois grupos, o compromisso foi rompido sem os resultados sonhados pelos dois lados.” Flávio Ricco e José Armando Vannucci em “Biografia da Televisão Brasileira”.

A versão original foi exibida no Brasil com o título Betty, a Feia, apresentada pela RedeTV! entre 2002 e 2003.

Entre 2006 e 2007, o SBT levou ao ar a versão mexicana da história: La Fea Mas Bella (A Feia Mais Bela), adaptada por Palmira Olguím, com Angélica Vale como a protagonista. É em cima desta versão que a Record trabalhou Bela, a Feia, com adaptação de Gisele Joras.

Nos Estados Unidos, a novela foi apresentada entre 2006 e 2010 em formato de série (dividida por episódios, em temporadas, e não por capítulos, como as telenovelas). Por lá ficou conhecida como Ugly Betty. No Brasil, a série foi apresentada pelo SBT.

A baixa audiência em seu primeiro mês de exibição – talvez motivada pelas emoções finais da concorrente global no horário, Caminho das Índias – fez com o horário de exibição de Bela, a Feia fosse alterado para as 20h15.
Com a estreia do reality show A Fazenda, a novela foi “empurrada” para as 22h15, e deixou de ser apresentada aos sábados. Foi a partir daí que Bela, a Feia passou a ter mais audiência, principalmente na cidade do Rio de Janeiro, onde registrou a liderança no Ibope por alguns capítulos.
Na reta final, com o início da nova novela que a substituiria no horário (Ribeirão do Tempo), Bela, a Feia passou para as 23 horas até o seu término.

Trilha Sonora

belat
01. BELA, A FEIA – Roger, Maurício Gasperini e Mauro Gasperini (tema de abertura)
02. GAROTA RADICAL – Cine (tema do núcleo jovem)
03. SE FOR EMBORA – Chimarruts (tema do núcleo jovem)
04. DULCE MELODIA E MI SOL – Jesse & Joy (tema de Bela)
05. LIÇÃO DE AMOR – Royce do Cavaco (tema de Clemente)
06. QUEM FOI QUE DISSE – Eduardo Costa
07. CONGÊNITO – Karla Sabah e Luiz Melodia (tema de Samantha)
08. MAMÃE PASSOU AÇÚCAR EM MIM – Lupa Mabuze (tema de Armando)
09. IN YOUR HEART I’M HOME – Alex Brand & Yasmin (tema de Rodrigo)
10. LIVRO ANTIGO – Andre Rass (tema de Diogo)
11. SOU MALUCA – Dolls (tema de Elvira)
12. JAZZ MEDITERRANEÉ – Luiz Mazziotti (tema de Bárbara)
13. PISOU NA BOLA – Tutti Baê (tema de Dinho)
14. ME CHAMA – Ângela Ro Ro (tema de Vera)
15. NAVE DO AMOR – Djavú (tema de Magdalena)
16. CONDIÇÃO – Brisa (participação grupo Dughettu) (tema de Vanda)

ainda
NADA FAZ SENTIDO SEM VOCÊ – Ju 87 (tema de Max)
HEROÍNA E VILÃ – Antônio Villeroy (tema de Verônica)
NÃO PODE PARAR – Magoo (tema geral)

Produção musical de Kelpo Gils e Marcelo Cabral

Tema de Abertura: BELA, A FEIA – Roger

A aparência não é tudo que importa
Se você tem bom caráter
E é muito esforçada
(mas ninguém lhe da valor)

Essa história é da garota muito feia e magricela
De aparência esquisita
Que era triste e matusquela
(e que procura um grande amor)

Com sua coragem e com determinação
Ficou linda e poderosa
Teve uma grande transformação

Ela é ingênua e otimista e sonhava em ser artista
Procurava um bom emprego
E só queria o sossego
(mas seu mundo desabou)

Ela não tem vaidade, não tem olhos pra maldade
Foi pensando no futuro
Procurando o seu rumo
(seu destino ela mudou)

Com sua coragem e com determinação
Ficou linda e poderosa
Teve uma grande transformação

A aparência não é tudo que importa
Se você tem bom caráter
E é muito esforçada
(mas ninguém lhe da valor)

Essa história é da garota muito feia e magricela
De aparência esquisita
Que era triste e matusquela
(e que procura um grande amor)

Com sua coragem e com determinação
Ficou linda e poderosa
Teve uma grande transformação…

Veja também

  • essasmulheres_logo

Essas Mulheres

  • provadeamor_logo

Prova de Amor

  • cidadaobrasileiro_logo

Cidadão Brasileiro

  • altaestacao_logo

Alta Estação