Sinopse

Paloma (Grazi Massafera) é uma moça batalhadora: trabalha sozinha para sustentar os filhos. Moradora do bairro de Bonsucesso, Zona Norte do Rio de Janeiro, é apaixonada por livros e batizou os filhos com nomes de personagens literários: Alice (Bruna Inocêncio), Gabriela (Giovanna Coimbra) e Peter (João Bravo). Em função da gravidez da primogênita Alice, Paloma abriu mão do sonho de estudar Letras para trabalhar com o ofício que sua mãe lhe ensinou, a costura, que também serve à escola de samba Unidos do Bom Sucesso, pela qual desfila como passista.

Ramon (David Junior) é seu grande amor da juventude e pai de Alice. Logo depois que a filha nasceu, ele ganhou uma bolsa de estudos em uma universidade nos Estados Unidos e recebeu a proposta de jogar basquete profissionalmente. Embarcou na esperança de conseguir uma estabilidade financeira e poder bancar a família. Ele conseguiu se formar em Educação Física no exterior, mas uma contusão o afastou do sonho de ser jogador da NBA. Apesar de passados quinze anos da partida de Ramon, nem ele nem Paloma conseguiram se esquecer um do outro.

A vida de Paloma vira do avesso depois do resultado de um exame de rotina. O diagnóstico é uma doença terminal e poucos meses de vida. Seu mundo desaba. Essa notícia lhe desperta a vontade de tomar as rédeas do seu destino e viver sem pensar no amanhã, algo que antes só seria possível em sua imaginação. Em meio ao caos que vivencia, Paloma aceita fazer uma faxina em uma casa em Búzios para ganhar um dinheiro extra. Lá, conhece e tem uma noite de amor inesquecível com Marcos (Rômulo Estrela), um bon vivant, dono de um badalado quiosque.

Dias depois, Paloma é avisada pelo laboratório que seu exame foi trocado e que está com a saúde intacta. Apesar do alívio, ela sente que precisa ir atrás da pessoa com quem teve os exames trocados, que está com os dias contados de verdade. Paloma retorna ao laboratório e descobre seu nome: Alberto Prado Monteiro (Antônio Fagundes). Dono de uma editora, de vendedor de enciclopédias ele construiu um império no mundo literário. Porém, é um homem amargo, que dedicou muito da vida ao trabalho e pouco aos filhos, Marcos e Nana (Fabíula Nascimento).

Paloma sente a necessidade de conhecer Alberto para lhe mostrar o quanto se solidariza com o que ele está vivendo. Ele fica encantado com sua vitalidade e ela se deslumbra com a biblioteca da mansão. Alberto a convida para ser sua acompanhante a fim de ensiná-lo a viver melhor no tempo que lhe resta. A amizade que nasce da convivência diária será enriquecedora para os dois. É justamente na mansão Prado Monteiro que Paloma reencontra Marcos e descobre que ele é filho de Alberto, enquanto Ramon está de volta ao Brasil disposto a reconquistá-la.

Dividida entre o amor da juventude por Ramon e a paixão por Marcos, Paloma ajuda Alberto a desfrutar dos pequenos prazeres da vida no tempo que lhe resta, tendo o universo literário como alegoria.

Globo – 19h
de 29 de julho de 2019
a 25 de janeiro de 2020
155 capítulos

novela de Rosane Svartman e Paulo Halm
escrita com Charles Peixoto, Cláudia Sardinha, Fabrício Santiago, Isabela Aquino e Felipe Cabral
direção de Luís Felipe Sá, Daisy Amaral Dias, Jeferson De, Joana Clark e Ana Paula Guimarães
direção geral de Marcus Figueiredo
direção artística de Luiz Henrique Rios

Novela anterior no horário
Verão 90

Novela posterior
Salve-se Quem Puder

ANTÔNIO FAGUNDES – Alberto Prado Monteiro
GRAZI MASSAFERA – Paloma da Silva
RÔMULO ESTRELA – Marcos Prado Monteiro
DAVID JÚNIOR – Ramon Madeira
FABÍULA NASCIMENTO – Nana (Mariana Prado Monteiro)
ARMANDO BABAIOFF – Diogo Cabral
SHERON MENEZZES – Gisele
LÚCIO MAURO FILHO – Mário Viana
INGRID GUIMARÃES – Silvana Nolasco
BRUNA INOCÊNCIO – Alice
GIOVANNA COIMBRA – Gabriela
ÂNGELA VIEIRA – Vera Werneck
DIEGO MONTEZ – William
GABRIELA MOREYRA – Francisca
MARCELLO MELO JR. – Yuri
JONAS BLOCH – Eric Feitosa
GABRIEL CONTENTE – Vicente
LUCAS LETO – Waguinho
IGOR FERNANDEZ – Luan
CARLA CRISTINA CARDOSO – Lulu (Lucimeire)
ANDERSON MÜLLER – Tonho (Antônio)
HELENA FERNANDES – Eugênia
EDUARDO GALVÃO – Machado
RAFAEL INFANTE – Pablo Sanches
ANTÔNIO CARLOS BERNARDES (SANTANA) – Léo
YASMIN GOMLEVSKI – Thaíssa
MARIANA MOLINA – Evelyn (Irene Adler)
ARTHUR SALES – Felipe
SHIRLEY CRUZ – Gláucia
FELIPE HAIUT – Jefferson
THAIS GARAYP – Bezinha
MARCELO FLORES – Batista
JORGE LUCAS – Dr. Mauri
ALEXANDRA MARTINS – Leila
SUZANA PIRES – Virgínia Alcântara
STELLA FREITAS – Terezinha
ROMEU EVARISTO – Fabrício
NATHALIA ALTENBERND – Jenifer
CAIO CABRAL – Patrick
GABRIELLE JOIE – Michelly
BRUNA AIISO – Toshi Noshimura
PATRÍCIA COSTA – Ester
GUTI FRAGA – Padre Paulo
LANA GUELERO – Dona Glória
JU COLOMBO – Elomar
ELAM LIMA – Zeca
ALESSANDRO MOUSSA – Marcondes
MARIANA ALVES – Lorena
DAVID REIS – Henrique

as crianças
JOÃO BRAVO – Peter
VALENTINA VIEIRA – Sofia

e
ADRIANA BELONGA – funcionária do asilo onde vive o dono da editora que recebeu o livro de Eric Feitosa
AMAURY OLIVEIRA – policial que vai à cena do crime após a morte de Felipe, no elevador da editora
ANA ISABELA GODINHO – ex-bbb na ilha de celebridades
ANA LÚCIA TORRE – Cecília (falecida mulher de Alberto, velha, no último capítulo)
ANTÔNIO PEDRO – dono do bar com quem Paloma bebe e desabafa quando acha que vai morrer, no início
CARINE KLIMECK – médica que faz o primeiro ultrassom de Silvana
CARLOS TAKESHI – Yuki Kojima (japonês que vem para a Bienal do Livro acompanhado de Toshi)
CAROL NAKAMURA – Laura (da dupla que Marcos conhece em um bar, envolve-se com ela)
CHICO MELLO – chefe na quadra da Unidos de Bonsucesso, apresenta Silvana como nova rainha de bateria
CLÁUDIA SOUTO como ela mesma, autora da próxima novela estrelada por Silvana Nolasco
CLÁUDIO CINTI – delegado que investiga o assalto à casa de Alberto
CONCEIÇÃO EVARISTO como ela mesma, prestigiando o lançamento do livro de Alice, no final
CRISTIANO FELÍCIO como ele mesmo, jogador brasileiro da NBA em Chicago, clube em que Ramon é toalheiro, no início
DANDARA ALBUQUERQUE – Yasmin (repórter do programa de fofocas Psiu TV)
DANIEL WARREN – Jorginho (ex-marido de Nana, pai de Sofia)
DANI GONDIM – Patrícia (atriz usada por Diogo para comprometer Marcos com Paloma)
DEBORAH SECCO – Alexia Máximo (figurante na novela estrelada por Silvana, no último capítulo)
DJ RENNAN DA PENHA como ele mesmo, no trem em que Luan faz rima, o convida para trabalhar
EDMILSON BARROS – médico que dá o diagnóstico de pouco tempo de vida a Paloma, no início
EDUARDO KHENAIFES – Alberto (jovem)
EDU COUTINHO – Fábio (irmão de Felipe que investiga a morte dele)
ELLA NASCIMENTO – Stefany (da gangue de Sinistro, colabora no sequestro dos filhos de Paloma)
FELIPE COUTINHO – José Bial (jogador do time de basquete treinado por Ramon)
FERNANDA MOTTA – Dani Liebdish (modelo famosa que Marcos conhece no aeroporto)
FUNDO DE QUINTAL como eles mesmos, cantam na quadra do Cacique de Ramos
GUILHERME GONZALEZ – Fabiano (amigo de Marcos, trabalha no banco onde ele faz um empréstimo para a editora)
GUSTAVO OTONI – diretor das novelas estreladas por Silvana e Pablo
HELA CASTRO – uma das costureiras de Ester no barracão da escola de samba
HENRIQUE NEVES – segurança do estúdio de TV que tenta impedir Marcos de falar com Silvana
HORTÊNCIA MARCARI como ela mesma, no treino de basquete de Ramon no último capítulo
ÍCARO AMADO – Pedro Santos (jogador do time de basquete treinado por Ramon)
ISABELLA SCHERER – Paloma (jovem)
JACK BERRAQUERO – camelô que mexe com Paloma na rua e ela derruba sua barraca, no início
JEFFERSON BRASIL – Galo Cego (comparsa do traficante Sinistro)
JULIANNE TREVISOL – Mônica (amiga de Laura)
KIZI VAZ – Rosemary (segunda mulher de Elias)
LAÍS GAVAZZI – Cecília (falecida mulher de Alberto, jovem, em flashback)
LAVÍNIA VLASAK – Natasha (escritora com quem Marcos se envolve)
LÉO JAIME como ele mesmo, fazendo um show na ilha de celebridades
LUCIANA MALCHER – apresentadora do slam – disputa de rimas – que Luan participa
MABEL CÉZAR – Juliana (repórter na coletiva de lançamento da autobiografia de Silvana, cancelada na última hora)
MARCELLO MELO – Tadeu (bandido cúmplice de Elias)
MARCELO AQUINO – policial que encontra drogas no quarto de Marcos e o prende
MARCELO CAVALCANTI – agente Fernandes (prende Agenor Peçanha)
MARCELO FARIA – Elias / Raimundo (ex-marido de Paloma que todos acreditavam que estava morto)
MARCOS JUNQUEIRA – Sinistro (traficante em Bonsucesso)
MARINA RUY BARBOSA – Eliza (Garota Totalmente Demais, desfila os modelos de Paloma)
MARISA ORTH – Isadora (atriz contratada por Diogo e Gisele para se passar por Marcela Klein, terapeuta dele e Nana)
MATHEUS LISBOA como ele mesmo, ex-bbb na ilha de celebridades
NANDO CUNHA – Mestre Batatinha (amigo de Ramon na escola de samba)
NATASHA STRANSKY – Suzana (funcionária do hotel que avisa Diogo que seus cartões não estão sendo aceitos)
PAULO CARVALHO – médico que atende Paloma no hospital público
PEDRO LOBO – Ramon (jovem)
RAEL BARJA – Pietro Sambrini (famoso estilista de quem Paloma assiste um desfile)
RAFAEL OLIVEIRA – Jeremias (primo de Yuri, garçom no bar Chapeleiro Maluco)
RHAISSA BATISTA – Marie (namorada francesa de Léo)
ROBSON SANTOS – policial na casa de Alberto após o assalto da gangue de Sinistro
ROGÉRIO FREITAS – Cabral (vizinho de Paloma em Bonsucesso)
ROSANA DIAS – Cláudia (inspetora do Colégio Dias Gomes)
RUAN AGUIAR – Buiú (da gangue de Sinistro, participa do sequestro da família de Paloma)
TARCIANA SAAD – delegada que persegue Elias em fuga
TERESA CRISTINA como ela mesma, canta com Zeca Pagodinho o tema de abertura na quadra da escola de samba, no último capítulo
THAMÁS MORELLI – Eric Feitosa (jovem)
THERLA DUARTE – recepcionista do laboratório onde Paloma fez o exame cujo resultado foi trocado
THIARÉ MAIA – recepcionista na ilha de celebridades
THOMPSON VITOR como ele mesmo, conversa via internet com os alunos do Colégio Dias Gomes sobre sua história
VANDERSON PETÃO – policial após o acidente de Eric Feitosa
VANDRÉ SILVEIRA – Paulo Roberto (médico que atende Alberto)
VICTOR LAMOGLIA – Jesse Junior (influenciador digital com livro lançado pela Editora Prado Monteiro)
VIÉTIA ZANGRANDI – delegada que interroga Agenor Peçanha
WALTER BREDA – Detetive Peçanha / Gilberto (comparsa de Diogo em suas tramoias)
ZECA PAGODINHO como ele mesmo, canta com Teresa Cristina o tema de abertura na quadra da escola de samba, no último capítulo
ZÉ CARLOS MORENO – pai da Francisca, no último capítulo
Caveira (da gangue de Sinistro, participa do assalto à casa de Alberto)
Cristóban (marido de Mercedes, casal de cubanos que toma conta do bar de Marcos em Búzios)
Donato (da gangue de Sinistro, participa do assalto à casa de Alberto)
Dona Jandira (mãe de Waguinho)
Jorge (segurança do condomínio de Alberto)
Mercedes (mulher de Cristóban, casal de cubanos que toma conta do bar de Marcos em Búzios)
Samanta (vendedora da loja de Eugênia)
Walmir (segurança da Editora Prado Monteiro morto por Diogo no final)

– núcleo de PALOMA (Grazi Massafera), mulher bela, batalhadora e sonhadora que, apesar das dificuldades do dia a dia, está sempre disposta a ajudar as pessoas. Apaixonada pelos livros, quando engravidou de sua primogênita precisou abrir mão do sonho de estudar Letras e começou a trabalhar como costureira. Teve os outros dois filhos de outro relacionamento, mas ficou viúva cedo e nunca esqueceu o seu primeiro amor. Moradora de Bonsucesso, é frequentadora assídua da quadra da escola de samba Unidos do Bom Sucesso. Depois de ser vítima de uma troca de exames, tem sua vida virada do avesso ao acreditar que só lhe resta seis meses de vida. Com a confusão desfeita, decide ir atrás do real paciente com quem teve o exame trocado:
os filhos: ALICE (Bruna Inocêncio), moça tímida e estudiosa. Como a mãe, tem o sonho de fazer faculdade. Foi criada apenas por Paloma, enquanto o pai tentava ganhar a vida nos Estados Unidos como jogador de basquete. Por isso, nutre um ressentimento por ele,
GABRIELA (Giovanna Coimbra), filha com seu falecido marido. Atleta, passa muito tempo jogando basquete na quadra do bairro. De personalidade forte, não leva desaforo para casa e vive envolvida em brigas e discussões. Ao contrário da irmã, tem uma admiração pelo pai dela em função de sua paixão pelo basquete,
e PETER (João Bravo), o caçula, filho com seu falecido marido. Vive fazendo vídeos com o celular porque sonha ser influenciador digital
o amor da juventude RAMON (David Júnior), pai de Alice. Atleta, sonhava ser jogador de basquete. Logo depois do nascimento da filha, ganhou uma bolsa em uma universidade nos Estados Unidos e a proposta de jogar profissionalmente. Conseguiu se formar, mas uma contusão o afastou das quadras e passou a trabalhar como roupeiro do time Chicago Bulls. Há 15 anos morando fora, descobre que Paloma está com os dias contados e decide abandonar tudo e voltar para o Brasil. Tenta reconquistar o amor de Paloma e a confiança dela e da filha, enquanto trabalha como técnico em um time de basquete. Apaixonado por Paloma, vai lutar por ela
o irmão ANTÔNIO (Anderson Müller), desempregado há anos. Tem um bom coração, mas vive endividado. Ajuda na barraquinha de comes e bebes da mulher
a cunhada LULU (Carla Cristina Cardoso), mulher de Antônio. Extrovertida e despachada, tem uma barraquinha de comes e bebes e vive criticando o marido por não se esforçar para encontrar trabalho. Está sempre disposta a ajudar Paloma
a melhor amiga ESTER (Patrícia Costa), como ela, ama o samba. É líder das costureiras da escola Unidos do Bom Sucesso.

– núcleo de ALBERTO PRADO MONTEIRO (Antônio Fagundes), patriarca da família, homem prático, autoritário e ranzinza. Com os filhos, é distante e exigente. Só sabe demonstrar amor e carinho pela neta, para quem adora contar histórias e ler livros de sua imponente biblioteca. Construiu a editora Prado Monteiro, hoje em vias de falência. Passa a repensar a forma como encara a vida ao conhecer Paloma, a mulher com quem o seu exame acusando uma doença terminal foi trocado. Convida-a a trabalhar em sua casa, como acompanhante. A amizade que surge vai proporcionar a ele momentos inesquecíveis em seus últimos meses de vida:
os filhos: MARCOS (Rômulo Estrela), independente, boêmio, mulherengo e bon vivant, tem a mesma paixão pelos livros que o pai, mas se chocou com a intransigência dele na administração da editora. Tem um bar em Búzios, onde conheceu Paloma, com quem teve um encontro arrebatador e inesquecível. Com a piora da saúde do pai, decidiu retornar ao Rio de Janeiro para ajudá-lo a reerguer a editora. É nesta volta que reencontra Paloma, agora comprometida com Ramon,
e NANA (Fabiula Nascimento), workaholic e perfeccionista, é a mente administrativa da editora. Frequentemente é alvo da arrogância e crueldade do pai, que não aposta em suas ideias. Acha que o marido a ama, mas ele apenas quer dar o golpe do baú. Ao conhecer Paloma, nutre por ela uma forte antipatia, acusando-a de contribuir para a piora do estado de saúde do pai
a neta SOFIA (Valentina Vieira), filha do primeiro casamento de Nana, garota esperta e criativa. Não gosta do padrasto e tem uma ótima relação com o avô, que a apresentou ao universo dos livros. Sofre com a falta de atenção da mãe, que involuntariamente reproduz com ela a mesma relação distante que viveu com o pai. Torna-se amiga de Peter
o atual marido de Nana, DIOGO CABRAL (Armando Babaioff), advogado cínico, interesseiro e inescrupuloso. Tenta o golpe do baú. Para isso, torce pela morte do sogro. Tem um caso com a assistente da esposa. Ao lado da amante, vive criando planos para provocar a falência ou incentivar a venda da editora e garantir uma boa fatia das posses da família
a governanta BEZINHA (Thais Garayp), está há décadas na casa, ajudou a criar os seus filhos
o médico e amigo MAURI (Jorge Lucas), cuida de seu tratamento e estado de saúde
a enfermeira particular LEILA (Alexandra Martins), que o vigia de perto e é constantemente vítima de sua rabugice
o motorista BATISTA (Marcelo Flores), seu fiel escudeiro.

– núcleo da Editora Prado Monteiro:
GISELE (Sheron Menezzes), assistente pessoal de Nana. Dissimulada, ambiciosa e invejosa. Mantém um caso com Diogo, por isso espiona e sabota a chefe. Gosta de Diogo e espera pelo dia em que ele vai se separar da esposa. Com o tempo, vai perceber que não passa de um joguete nas mãos do amante e se rebela contra ele
WILLIAM (Diego Montez), diretor de marketing. Extrovertido, mas de língua ferina, divide o apartamento com Gisele e os dois vivem uma relação de amizade entre tapas e beijos. É o primeiro a descobrir a traição de Gisele e Diogo com Nana
MÁRIO VIANA (Lúcio Mauro Filho), editor. Leal e com senso de humor único, é um romântico incurável. Eterno apaixonado por Nana, com quem se relacionou na adolescência, não perde a chance de fazer uma declaração de amor para sua musa inspiradora na esperança de reconquistá-la
LÉO (Antônio Carlos Santana), irmão caçula de Ramon, trabalha na área comercial. Arranha no inglês, espanhol e em qualquer idioma que for preciso para conversar com gringas pela internet na intenção de sair do Brasil
GLÁUCIA (Shirley Cruz), diretora comercial
FELIPE (Arthur Sales), editor. Intelectual e introspectivo, é fã de romances policiais e admirador de mulheres com o perfil de Irene Adler, personagem misteriosa do universo de Sherlock Holmes. Acaba acidentalmente morto em uma sabotagem armada por Diogo
EVELYN (Mariana Molina), assistente de William. Tímida, introvertida e estabanada, é apaixonada por Felipe, mas incapaz de declarar-se. Só de chegar perto dele, começa a gaguejar, suar frio e derrubar as coisas
THAISSA (Yasmin Gomlevsky), editora. Leitora voraz, inteligente, tem a língua afiada e é um tanto rabugenta. Toma iniciativa de ajudar Evelyn a conquistar Felipe ao tentar ensiná-la a ser uma mulher fatal digna dos livros que o rapaz lê, sendo uma espécie de ghost writer
JEFERSON (Felipe Haiut), funcionário da área de tecnologia. Ao lado de Thaissa, ajuda a transformar Evelyn em uma mulher sensual para conquistar Felipe
YURI (Marcello Melo Jr.), barman do bar Chapeleiro Maluco, começa uma relação com Gisele quando ela está em crise com Diogo. Os dois acabam apaixonados. Tem grande influência na redenção de Gisele. Vai trabalhar na área administrativa da editora
TOSHI (Bruna Aiiso), tradutora. Participa com Léo de uma farsa de casamento, para que ele consiga sair do país. Acabam apaixonados
ERIC FEITOSA (Jonas Bloch), rico empresário que almeja comprar a editora. Alia-se a Diogo sem que ninguém desconfie. Odeia Alberto, com quem tem uma relação mal resolvida envolvendo o passado dos dois, quando eram amigos.

– núcleo de SILVANA NOLASCO (Ingrid Guimarães), celebridade amada por uma legião de fãs, é uma atriz extravagante que “bomba” nas redes sociais. Egocêntrica e barraqueira, chega a contratar “paparazzi particular” para fazer “flagrantes” nos lugares que frequenta. Porém, no fundo, é sensível e insegura. Tem um affair com Marcos em Búzios e depois reencontra o rapaz, que lhe propõe fazer uma biografia de sua vida prevendo impulsionar o faturamento da editora. Com o fracasso de seu livro, continua metendo-se em confusões em nome dos holofotes. Vai envolver-se com Mário, de quem se torna grande amiga:
os atores: PABLO SANCHES (Rafael Infante), vaidoso e um tanto canastrão. Par romântico de Silvana nas novelas, na realidade os dois mal se suportam. Esconde sua verdadeira orientação sexual com receio de prejudicar a carreira. Chega até a encenar um namoro fake com Silvana para ganhar mídia. Começa a namorar William,
e VIRGÍNIA ALCÂNTARA (Suzana Pires), atriz com quem Silvana disputa as atenções da mídia. As duas vivem se alfinetando.

– núcleo da família Machado, amiga dos Prado Monteiro:
MACHADO (Eduardo Galvão), dono de um renomado escritório de advocacia. Patrocina o time de basquete no qual Ramon vai trabalhar como técnico
EUGÊNIA (Helena Fernandes), mulher de Machado. Vaidosa e elitista, frequenta a high society. Superprotege o filho e consegue ter todos os desejos atendidos pelo marido. Dona da butique Chic Store, onde Paloma trabalhava no início. Teve um grande desentendimento com Paloma e tornou-se sua inimiga declarada
VICENTE (Gabriel Contente), filho único dos Machado, seu principal interesse é o basquete. Tem dificuldade de expressar seus sentimentos. Quando começa a jogar no time de Ramon, conhece Gabriela, com quem vai viver uma relação, a princípio, tumultuada. Acabam apaixonados
VERA WERNECK (Ângela Vieira), mãe de Eugênia. Culta e elegante, diferente da filha, é uma mulher simpática e carinhosa com os mais próximos. Volta ao Brasil com a intenção de se realocar no mercado de trabalho. Reata uma antiga amizade com Alberto e os dois acabam se envolvendo.

– núcleo do Colégio Dias Gomes, onde estudam os filhos de Paloma:
a diretora ELOMAR (Ju Colombo)
os professores: FRANCISCA (Gabriela Moreyra), grande entusiasta dos alunos. Ajuda Ramon a entender melhor a filha Alice e, da convivência entre eles, surge um sentimento de afeto mútuo,
e ZECA (Elam Lima), professor de Educação Física
os alunos: LUAN (Igor Fernandez), descolado, carismático e esperto, é o garoto mais popular da escola e sabe que as meninas ficam loucas por ele. Gosta de participar de rodas de rap. Apaixona-se por Alice,
WAGUINHO (Lucas Leto), amigo de Luan, começa a andar em más companhias, metendo-se com bandidos, e a armar uma série de confusões. Vai passar por um processo de regeneração
PATRICK (Caio Cabral), melhor amigo de Gabriela, nutre uma paixão platônica por ela. Vai jogar basquete no time de Ramon e morre de ciúmes da proximidade de Vicente e sua amada,
MICHELLY (Gabrielle Joie), amiga e confidente de Gabriela, é trans e, mesmo quando sofre bullying, sabe se defender,
JENIFER (Nathalia Altenbernd), popular na escola, adora ser o centro das atenções. Sente inveja da relação de Alice e Luan, por quem tem uma paixão enrustida. Por conta disso, vive implicando com Alice. Dissimulada, passando-se por patricinha da Zona Sul, ganha a simpatia de Eugênia e começa a trabalhar em sua loja,
LORENA (Mariana Alves), amiga de Jenifer,
e HENRIQUE (David Reis), amigo de Luan, Waguinho e Patrick.

– demais personagens:
TEREZINHA (Stela Freitas) e FABRÍCIO (Romeu Evaristo), casal vizinho de Paloma que mora na casa em frente à dela. Vivem sentados na calçada com seu ponto de venda de bolos e café observando o movimento na rua e a vida das pessoas
DONA GLÓRIA (Lana Guelero), mãe de Luan. Beata, vive implicando com Alice e Paloma, a quem considera “avançadinha” demais
PADRE PAULO (Guti Fraga), pároco do bairro, homem atencioso, sempre com uma palavra carinhosa e conciliadora a seus fiéis
MARCONDES (Alessandro Moussa), trabalha no time de basquete e convida Ramon para treiná-lo.

Aclamada pela crítica e prestigiada pelo público, Bom Sucesso registrou a maior audiência da faixa das 19 horas em sete anos: média final de 29 pontos no Ibope da Grande SP, ficando atrás apenas de Cheias de Charme, de 2012. A produção – assinada pela dupla Rosane Svartman e Paulo Halm, com direção artística de Luiz Henrique Rios – levou ao público um texto de qualidade, personagens ricos com interpretações à altura e uma temática que propunha uma reflexão sobre a finitude da vida, tendo a Literatura como alegoria, conduzida de forma envolvente e sensível.

Bom Sucesso foi eleita pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) a melhor novela de 2019.

Nenhuma outra novela obteve tanto êxito em cativar o telespectador pela abordagem à Literatura. Alicerçada em dois personagens unidos pela paixão aos livros, mas de características opostas – Paloma (Grazi Massafera), jovem, bela, pobre e de pouco estudo, e Alberto (Antônio Fagundes), velho, rico e culto -, a temática fluiu organicamente sem parecer elitista, didática ou impositiva. Ainda o mérito fazer refletir sobre o fim da vida sem peso, morbidez ou pieguice.

Os autores deixaram claro que a doença, ou o tratamento, de Alberto não era o foco, tanto que mal foi especificada. Era um tipo de câncer e fim. Não se fez alarde sobre a doença ou sobre a morte.
“Queremos falar sobre quão preciosa e única é a vida. A morte é a única certeza que a gente tem, e não precisa ser um tabu falar disso, especialmente porque, com a consciência de que nossos dias são finitos, podemos valorizar mais cada momento”, disse Rosane Svartman em entrevista ao material de divulgação da novela.
Paulo Halm complementou: “Desejamos trazer a concepção de que a gente deve viver intensamente até o último minuto. Falamos sobre a descoberta de potenciais e sobre a redescoberta de pequenos prazeres. Acho que saber viver é o grande desafio do ser humano.”
Já o diretor Luiz Henrique Rios: “Nós colocamos essa ideia da morte como um despertar para a vida. Se você tem pouco tempo de vida, o que você vai fazer para ela ser boa? O lugar da morte como fim e negação é uma questão cultural e não existencial. Essa é a conversa que nós propomos fazer.”

Uma das inspirações para a novela surgiu quando Rosane Svartman trabalhou como curadora da Bienal do Livro:
“Fiquei muito entusiasmada com aquele ambiente, unindo milhares de pessoas em torno do universo dos livros. Achamos que trazer o mundo da literatura era uma inspiração e uma homenagem ao que a gente faz, que é contar histórias.”

Bom Sucesso foi recheada com outras temáticas e abordagens, eficientemente amarradas às tramas centrais: basquete, carnaval, culto às celebridades e às redes sociais, racismo, drogas, violência urbana, inclusão social, diversidade, educação, política, orgulho de pertencer à periferia, bullying, etc. Um estofo de qualidade que ressaltou o ótimo trabalho dos autores ao costurar suas tramas.

Um charme extra foram os devaneios literários de Alberto e Paloma na representação do elenco pelos personagens das histórias lidas na novela. Assim, os atores interpretaram passagens de romances e contos clássicos brasileiros e universais, como “Don Quixote de La Mancha”, “Alice no País das Maravilhas”, “Peter Pan”, “A Letra Escarlate”, “Cyrano de Bergerac”, “O Primo Basílio”, “A Morte da Porta-Estandarte”, “Um Conto de Natal”, “Mulherzinhas”, “Don Juan”, “O Corcunda de Notre-Dame”, “A Tempestade”, “Crime e Castigo” e outros.

Aliados ao roteiro, estavam a direção certeira de Luiz Henrique Rios e sua equipe, ao captar as premissas do texto dos autores, e o elenco bem escalado. Não desmerecendo o trabalho dos muitos coadjuvantes, um grande destaque para Antônio Fagundes, Grazi Massafera, Fabiula Nascimento, Armando Babaioff, Sheron Menezzes, Lúcio Mauro Filho, David Júnior, Rômulo Estrela, Ingrid Guimarães, Bruna Inocêncio (Alice), Giovanna Coimbra (Gabriela) e as crianças Valentina Vieira (Sofia) e João Bravo (Peter).

Svartman e Halm bem que tentaram manter intacta a proposta da novela, ancorada no texto rico com personagens carismáticos envoltos em várias camadas. A maior crítica foi à concessão a alguns clichês batidos do folhetim: já na reta final, um novo personagem, Elias (Marcelo Faria em uma participação), e o retorno do vilão Diogo (Armando Babaioff), enlouquecido, foram usados como uma muleta para assegurar a audiência fácil.
Exibido na passagem de 2019 para 2020, o episódio envolvendo a transfusão de sangue de Gabriela (Giovanna Coimbra) introduziu o pai da moça, Elias, um personagem maniqueísta que destoou de todo o resto, deixando claro que essa trama aleatória serviu apenas para encher o buraco de fim de ano e garantir a audiência com catarses manjadas. Também serviu como uma passagem de tempo para que Diogo ressurgisse, mas em uma roupagem semelhante à de Elias, o que fez com que o personagem perdesse muito da graça e charme iniciais.

Um grande desafio para as equipes de arte e cenografia foi criar o universo literário da novela. O acervo da cenografia, assinada por May Martins e Marcelo Carneiro, comportou cerca de 30 mil livros, espalhados por seis cenários: a editora Prado Monteiro, as bibliotecas de Alberto (Antônio Fagundes) e do Colégio Estadual Dias Gomes, as casas dos editores Mário (Lúcio Mauro Filho) e William (Diego Montez) e uma livraria.
Eugênia Maakaroun, responsável pela produção de arte, produziu mais de 200 artes para estampar capas de livros de domínio público nas coleções da Prado Monteiro. “Alice no País das Maravilhas”, “Peter Pan”, “O Mágico de Oz”, “As Mil e Uma Noites”, além de outros títulos de fábulas e obras de teólogos, filósofos e poetas estavam nas prateleiras da editora e da biblioteca de Alberto. Este último espaço foi um dos cômodos mais imponentes da mansão da família e ostentava um mezanino com escadaria de correr.

O comércio, muito caraterístico na região do bairro do Bonsucesso, na Zona Norte do Rio de Janeiro, esteve presente na cidade cenográfica construída nos Estúdios Globo, com camelôs e lojas de roupas, artigos para festa, itens de decoração e de material elétrico, lanchonete, pastelaria, farmácia, além de mais de 150 manequins espalhados pelas ruas, assim como placas e letreiros e uma entrada para a estação de trem e as casas dos personagens.

Além das gravações no Rio de Janeiro, a produção da novela viajou a Chicago e Búzios. Na cidade norte-americana, a equipe passou uma semana gravando em locações que remetiam ao universo do basquete, como a United Center, que é a casa do time de basquete Chicago Bulls, a quadra de rua Margaret Hie Ding Lin Park e as margens do Rio Chicago. Além disso, também filmou em locais turísticos, como os parques públicos Millennium Park e Grant Park.
Na cidade litorânea de Búzios, na região dos Lagos do Rio de Janeiro, foram rodadas as cenas do bar de Marcos (Rômulo Estrela) e feitas imagens nas praias de Geribá e Tucuns, além de uma casa e hotel da região.

Na capital fluminense, a equipe da novela aproveitou os desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí, durante o carnaval de 2019, para gravar cenas da fictícia agremiação Unidos do Bom Sucesso com os atores Grazi Massafera, Antônio Fagundes, Ingrid Guimarães, Rafael Infante, Marcelo Flores e outros. Algumas sequências entraram logo no primeiro capítulo, em um dos sonhos de Paloma (Grazi Massafera) como destaque de sua escola de samba. Também serviram para cenas do antepenúltimo capítulo (exibido em 22/01/2020), em que Paloma (Grazi Massafera) desfila com Alberto (Antônio Fagundes) no Sambódromo durante o carnaval.
As gravações aconteceram no dia 04/03/2019, durante o desfile real das escolas de samba, aproveitando a brecha entre a passagem das escolas São Clemente e Unidos da Vila Isabel. A novela estreou quase cinco meses depois e a sequência do carnaval foi ar quase um ano depois.

Rosane Svartman e Paulo Halm promoveram em Bom Sucesso o retorno de personagens da novela anterior da dupla, Totalmente Demais (2015-2016), em participações especiais: Eliza (Marina Ruy Barbosa), Natasha (Lavínia Vlasak) e a modelo Danielle Liebdish (Fernanda Motta).
Houve ainda um crossover entre a novela e a substituta, Salve-se Quem Puder, com a participação da personagem Alexia Máximo (Deborah Secco) no último capítulo de Bom Sucesso.

Trilha Sonora volume 1

01. O SOL NASCERÁ (A SORRIR) – Zeca Pagodinho e Teresa Cristina (tema de abertura)
02. EU MEREÇO SER FELIZ – Mumuzinho (tema de locação: Bonsucesso)
03. NA CORRERIA – Luciana Mello (tema de Paloma)
04. CORAÇÃO FELIZ – Ana Clara (tema de Paloma)
05. ONDE ANDA VOCÊ – Mart’nália (tema de Alberto)
06. SÓ PRA LEMBRAR – Zélia Duncan (participação Dani Black) (tema de Mário e Nana)
07. LUCKY MAN – Glen Hansard (tema de Alberto)
08. DEIXA EU TE AMAR – Duda Beat (tema de locação: Bonsucesso)
09. UM CERTO ALGUÉM – Ludmilla (tema de Paloma e Ramon)
10. BRISA – Iza (tema geral)
11. MULEKE BRASILEIRO – Glória Groove (tema de Marcos)
12. FEELINGS – John Newman (tema de locação: Rio de Janeiro)
13. PREACH – John Legend (tema geral)

Trilha Sonora volume 2

01. UM CERTO ALGUÉM – Lulu Santos (tema de Paloma e Ramon)
02. AMOR PRA RECOMEÇAR – Natiruts (tema de Mário e Nana)
03. ARTE – Malia (tema de Evelyn e Felipe)
04. SONHO MEU – Miranda (tema de Gisele e Yuri)
05. MI PERSONA FAVORITA – Alejandro Sanz e Camila Cabello (tema de Francisca e Ramon)
06. DEAD IN THE WATER – James Gillespie (tema romântico geral)
07. DEITADA NESSA CAMA – Tiago Iorc (tema de Gabriela e Vicente)
08. JUNTOS (E SHALLOW NOW) – Paula Fernandes e Luan Santana (tema de Silvana e Pablo nas cenas da novela em que atuam)
09. FALLING LIKE THE STARS – James Arthur (tema de Marcos e Paloma)
10. SOMEONE YOU LOVED – Lewis Capaldi (tema de Nana)
11. SOMEBODY SPECIAL – Nina Nesbitt (tema romântico geral)
12. BLACK AND BLU – Gary Clark Jr. (tema dos treinos de basquete de Ramon)

ainda
AURORA BOREAL – Rael (tema de Alice e Luan)
BE ALRIGHT – Dean Lewis (tema de Paloma e Ramon)
BONES – Galantis featuring OneRepublic (tema de Marcos)
CON CALMA – Daddy Yankee Snow (tema geral)
FUI FIEL – Gusttavo Lima
JUICE – Lizzo (tema de Silvana)
OLD TOWN ROAD – Lil Nas X (tema de locação: Rio de Janeiro)
SEE YOU SWEAT – Injury Reserve (tema de Diogo e Gisele)
TRY EVERYTHING – Sun Philips (tema das cenas de dança entre Francisca e Ramon)

Trilha sonora instrumental: músicas de Daniel Musy, Rafael Langoni e Rogério Vaz

01. Bom Sucesso
02. Paloma Emocional
03. Alberto Jazz Romântico
04. Marcos E Paloma Romântico I
05. Diogo Armação I
06. Esther
07. Paloma Drama
08. Ramon
09. Silvana Nolasco I
10. Nana Emocional
11. Ramon E Paloma Romântico
12. Alberto Romântico
13. Lulu E Antônio Cômico I
14. Alberto E Sofia
15. Diogo E Gisele Sexy
16. Alice E Luan
17. Paloma
18. Panela De Pressão
19. Ramon E Francisca
20. Silvana E Pablo
21. Alberto Triste
22. Lulu E Antônio
23. Gisele
24. Ramon Basket
25. Diogo Tenso
26. Nana Triste
27. Alberto Engraçado
28. Diogo Armação II
29. Paloma Tensa
30. Encantado
31. Scarpetta
32. Desespero
33. Silvana Nolasco II
34. Lulu E Antônio Cômico II
35. Sofia Alegre
36. Sonhadora
37. Ramon E Paloma Sexy
38. Gisele Armação
39. Diogo Engraçado
40. Marcos
41. Sofia Triste
42. Desgosto

Tema de Abertura: O SOL NASCERÁ (A SORRIR) – Zeca Pagodinho e Teresa Cristina

A sorrir
Eu pretendo levar a vida
Pois chorando
Eu vi a mocidade perdida

Fim da tempestade
O sol nascerá
Finda esta saudade
Hei de ter outro alguém para amar

A sorrir
Eu pretendo levar a vida
Pois chorando
Eu vi a mocidade perdida…

Veja também

  • totalmentedemais

Totalmente Demais

  • dicasdeumsedutor_logo

Dicas de um Sedutor

  • malhacao2014_logo

Malhação Sonhos (2014)