Sinopse

Paloma (Grazi Massafera) é uma moça batalhadora: trabalha sozinha para sustentar os filhos. Moradora do bairro de Bonsucesso, Zona Norte do Rio de Janeiro, é apaixonada por livros e batizou os filhos com nomes de personagens literários: Alice (Bruna Inocêncio), Gabriela (Giovanna Coimbra) e Peter (João Bravo). Em função da gravidez da primogênita Alice, Paloma abriu mão do sonho de estudar Letras para trabalhar com o ofício que sua mãe lhe ensinou, a costura, que também serve à escola de samba Unidos do Bom Sucesso, pela qual desfila como passista.

Ramon (David Junior) é seu grande amor da juventude e pai de Alice. Logo depois que a filha nasceu, ele ganhou uma bolsa de estudos em uma universidade nos Estados Unidos e recebeu a proposta de jogar basquete profissionalmente. Embarcou na esperança de conseguir uma estabilidade financeira e poder bancar a família. Ele conseguiu se formar em Educação Física no exterior, mas uma contusão o afastou do sonho de ser jogador da NBA. Apesar de passados quinze anos da partida de Ramon, nem ele nem Paloma conseguiram se esquecer um do outro.

A vida de Paloma vira do avesso depois do resultado de um exame de rotina. O diagnóstico é uma doença terminal e poucos meses de vida. Seu mundo desaba. Essa notícia lhe desperta a vontade de tomar as rédeas do seu destino e viver sem pensar no amanhã, algo que antes só seria possível em sua imaginação. Em meio ao caos que vivencia, Paloma aceita fazer uma faxina em uma casa em Búzios para ganhar um dinheiro extra. Lá, conhece e tem uma noite de amor inesquecível com Marcos (Rômulo Estrela), um bon vivant, dono de um badalado quiosque.

Dias depois, Paloma é avisada pelo laboratório que seu exame foi trocado e que está com a saúde intacta. Apesar do alívio, ela sente que precisa ir atrás da pessoa com quem teve os exames trocados, que está com os dias contados de verdade. Paloma retorna ao laboratório e descobre seu nome: Alberto Prado Monteiro (Antônio Fagundes). Dono de uma editora, de vendedor de enciclopédias ele construiu um império no mundo literário. Porém, é um homem amargo, que dedicou muito da vida ao trabalho e pouco aos filhos, Marcos e Nana (Fabíula Nascimento).

Paloma sente a necessidade de conhecer Alberto para lhe mostrar o quanto se solidariza com o que ele está vivendo. Ele fica encantado com sua vitalidade e ela se deslumbra com a biblioteca da mansão. Alberto a convida para ser sua acompanhante a fim de ensiná-lo a viver melhor no tempo que lhe resta. A amizade que nasce da convivência diária será enriquecedora para os dois. É justamente na mansão Prado Monteiro que Paloma reencontra Marcos e descobre que ele é filho de Alberto, enquanto Ramon está de volta ao Brasil disposto a reconquistá-la.

Dividida entre o amor da juventude por Ramon e a paixão por Marcos, Paloma ajuda Alberto a desfrutar dos pequenos prazeres da vida no tempo que lhe resta.

Globo – 19h
estreia: 29 de julho de 2019

novela de Rosane Svartman e Paulo Halm
escrita com Charles Peixoto, Cláudia Sardinha, Fabrício Santiago e Isabela Aquino
direção de Luís Felipe Sá, Daisy Amaral Dias, Jeferson De e Joana Clark
direção geral de Marcus Figueiredo
direção artística de Luiz Henrique Rios

Novela anterior no horário
Verão 90

ANTÔNIO FAGUNDES – Alberto Prado Monteiro
GRAZI MASSAFERA – Paloma
RÔMULO ESTRELA – Marcos
DAVID JÚNIOR – Ramon
FABÍULA NASCIMENTO – Nana (Mariana Prado Monteiro)
ARMANDO BABAIOFF – Diogo
SHERON MENEZZES – Gisele
INGRID GUIMARÃES – Silvana Nolasco
LÚCIO MAURO FILHO – Mário
BRUNA INOCÊNCIO – Alice
IGOR FERNANDEZ – Luan
GIOVANNA COIMBRA – Gabriela
PATRÍCIA COSTA – Ester
ANDERSON MÜLLER – Antônio
CARLA CRISTINA CARDOSO – Lulu
ANTÔNIO CARLOS SANTANA – Léo
DIEGO MONTEZ – William
YASMIN GOMLEVSKI – Thaíssa
SHIRLEY CRUZ – Gláucia
MARIANA MOLINA – Evelyn
ARTHUR SALES – Felipe
JONAS BLOCH – Eric Feitosa
RAFAEL INFANTE – Pablo Sanches
HELENA FERNANDES – Eugênia
EDUARDO GALVÃO – Dr. Machado
GABRIEL CONTENTE – Vicente
CAIO CABRAL – Patrick
GABRIELLE JOIE – Michelly
THAIS GARAYP – Bezinha
JORGE LUCAS – Dr. Mauri
ALEXANDRA MARTINS – Leila
MARCELO FLORES – Batista
STELLA FREITAS – Terezinha
ROMEU EVARISTO – Fabrício
GABRIELA MOREYRA – Francisca
JU COLOMBO – Elomar
LANA GUELERO – Glória
GUTI FRAGA – Padre Paulo
ALESSANDRO MOUSSA – Marcondes
LUCAS LETO – Waguinho
NATHALIA ALTENBERND – Jenifer
FELIPE HAIUT – Jefferson
FELIPE COUTINHO – José Bial
ÍCARO AMADO – Pedro Santos
DANIEL WARREN – Jorginho
ELAM LIMA – Zeca
MARIANA ALVES – Lorena
ROSANA DIAS – Cláudia
DAVID REIS – Henrique
RAFAEL OLIVEIRA – Jeremias
as crianças
JOÃO BRAVO – Peter
VALENTINA VIEIRA – Sofia
e
ANTÔNIO PEDRO – dono do bar com quem Paloma bebe e desabafa quando acha que vai morrer, no início
BRUNA AIISO
CAROL NAKAMURA – Laura (da dupla que Marcos conhece em um bar, envolve-se com ela)
CHICO MELLO – chefe na quadra da Escola de Samba Bonsucesso, apresenta Silvana como nova rainha de bateria
CRISTIANO FELÍCIO como ele mesmo, jogador brasileiro da NBA em Chicago, clube em que Ramon é toalheiro, no início
EDMILSON BARROS – médico que dá o diagnóstico de pouco tempo de vida a Paloma, no início
FERNANDA MOTTA – Dani Liebdish (modelo famosa que Marcos conhece no aeroporto)
GUSTAVO OTONI – diretor da novela estrelada por Silvana e Pablo
HELA CASTRO – uma das costureiras de Ester no barracão da escola de samba
ISABELLA SCHERER – Paloma (jovem)
JACK BERRAQUERO – camelô que mexe com Paloma na rua e ela derruba sua barraca, no início
JEFFERSON BRASIL – Galo Cego (comparsa do traficante Sinistro)
JULIANNE TREVISOL – Mônica (amiga de Laura)
MARCOS JUNQUEIRA – Sinistro (traficante em Bonsucesso)
NANDO CUNHA – Mestre Batatinha (amigo de Ramon na escola de samba)
PAULO CARVALHO – médico que atende Paloma no hospital público
PEDRO LOBO – Ramon (jovem)
RHAISSA BATISTA – Marie (namorada francesa de Léo)
ROGÉRIO FREITAS – morador de Bonsucesso, ajuda a arrecadar fundos para Paloma quando todos pensam que ela vai morrer
THERLA DUARTE – recepcionista do laboratório onde Paloma fez o exame cujo resultado foi trocado

Os autores de Bom Sucesso – Rosane Svartman e Paulo Halm – deixam claro que a novela não vai vai abordar a morte com peso ou morbidez. A doença, ou o tratamento, de Alberto (Antônio Fagundes) não é o foco, tanto que mal será especificada. É um tipo de câncer e fim. Não se fará alarde sobre a doença ou sobre a morte.
“Queremos falar sobre quão preciosa e única é a vida. A morte é a única certeza que a gente tem, e não precisa ser um tabu falar disso, especialmente porque, com a consciência de que nossos dias são finitos, podemos valorizar mais cada momento”, disse Rosane.
Paulo complementou: “Desejamos trazer a concepção de que a gente deve viver intensamente até o último minuto. Falamos sobre a descoberta de potenciais e sobre a redescoberta de pequenos prazeres. Acho que saber viver é o grande desafio do ser humano.”
Já o diretor artístico Luiz Henrique Rios: “Nós colocamos essa ideia da morte como um despertar para a vida. Se você tem pouco tempo de vida, o que você vai fazer para ela ser boa? O lugar da morte como fim e negação é uma questão cultural e não existencial. Essa é a conversa que nós propomos fazer.”

Uma das inspirações para a novela surgiu quando Rosane Svartman trabalhou como curadora da Bienal do Livro:
“Fiquei muito entusiasmada com aquele ambiente, unindo milhares de pessoas em torno do universo dos livros. Achamos que trazer o mundo da literatura era uma inspiração e uma homenagem ao que a gente faz, que é contar histórias.”

Um grande desafio para as equipes de arte e cenografia foi criar o universo literário da novela. O acervo da cenografia, assinada por May Martins e Marcelo Carneiro, comporta cerca de 30 mil livros, espalhados por seis cenários: a editora Prado Monteiro, as bibliotecas de Alberto (Antônio Fagundes) e do Colégio Estadual Dias Gomes, as casas dos editores Mário (Lúcio Mauro Filho) e William (Diego Montez) e uma livraria.
Eugênia Maakaroun, responsável pela produção de arte, produziu mais de 200 artes para estampar capas de livros de domínio público nas coleções da Prado Monteiro. “Alice no País das Maravilhas”, “Peter Pan”, “O Mágico de Oz”, “As Mil e Uma Noites”, além de outros títulos de fábulas e obras de teólogos, filósofos e poetas estão nas prateleiras da editora e da biblioteca de Alberto. Este último espaço é um dos cômodos mais imponentes da mansão da família e ostenta um mezanino com escadaria de correr.

O comércio, muito caraterístico na região do bairro do Bonsucesso, na Zona Norte do Rio de Janeiro, está presente na cidade cenográfica construída nos Estúdios Globo, com camelôs e lojas de roupas, artigos para festa, itens de decoração e de material elétrico, lanchonete, pastelaria, farmácia, além de mais de 150 manequins espalhados pelas ruas, assim como placas e letreiros e uma entrada para a estação de trem e as casas dos personagens.

Além das gravações no Rio de Janeiro, a produção da novela viajou a Chicago e Búzios. Na cidade norte-americana, a equipe passou uma semana gravando em locações que remetem ao universo do basquete, como a United Center, que é a casa do time de basquete Chicago Bulls, a quadra de rua Margaret Hie Ding Lin Park e às margens do Rio Chicago. Além disso, também filmou em locais turísticos, como os parques públicos Millennium Park e Grant Park.
Na cidade litorânea de Búzios, na região dos Lagos do Rio de Janeiro, foram rodadas as cenas do bar de Marcos (Rômulo Estrela) e feitas imagens nas praias de Geribá e Tucuns, além de uma casa e hotel da região.
Na capital fluminense, a equipe da novela aproveitou os desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí, durante o carnaval de 2019, para gravar cenas da fictícia agremiação Unidos do Bom Sucesso com os atores Grazi Massafera, Antônio Fagundes, Ingrid Guimarães, Rafael Infante, Marcelo Flores, Antônio Carlos Santana e Patricia Costa. Algumas sequências fazem parte de um dos sonhos de Paloma (Grazi Massafera) como destaque de sua escola de samba.

O SOL NASCERÁ (A SORRIR) – Zeca Pagodinho e Teresa Cristina
UM CERTO ALGUÉM – Lulu Santos
EU MEREÇO SER FELIZ – Mumuzinho
BRISA – IZA
JUNTOS (E SHALLOW NOW) – Paula Fernandes e Luan Santana
FUI FIEL – Gusttavo Lima
MULEKE BRASILEIRO – Glória Groove
AURORA BOREAL – Rael
SÓ PRA LEMBRAR – Zélia Duncan
ONDE ANDA VOCÊ – Mart’nália
NA CORRERIA – Luciana Mello
SONHO MEU – Miranda
CORAÇÃO FELIZ – Ana Clara
MI PERSONA FAVORITA – Alejandro Sanz e Camila Cabello
PREACH – John Legend
ARTE – Malia
BE ALRIGHT – Dean Lewis
FALLING LIKE THE STARS – James Arthur
SOMEBODY SPECIAL – Nina Nesbitt
DEAD IN THE WATER – James Gillespie
LUCKY MAN – Glen Hansard
OLD TOWN ROAD – Lil Nas X
FEELINGS – John Newman
SEE YOU SWEAT – Injury Reserve
BLAK AND BLUE – Gary Clark Jr.
SOMEONE YOU LOVED – Lewis Capaldi
CON CALMA – Daddy Yankee Snow

Tema de Abertura: O SOL NASCERÁ (A SORRIR) – Zeca Pagodinho e Teresa Cristina

A sorrir
Eu pretendo levar a vida
Pois chorando
Eu vi a mocidade perdida

Fim da tempestade
O sol nascerá
Finda esta saudade
Hei de ter outro alguém para amar

A sorrir
Eu pretendo levar a vida
Pois chorando
Eu vi a mocidade perdida…

Veja também

  • totalmentedemais

Totalmente Demais

  • dicasdeumsedutor_logo

Dicas de um Sedutor

  • malhacao2014_logo

Malhação Sonhos (2014)