Bastidores

Adaptações de contos e peças nacionais ou internacionais, assinadas por diferentes roteiristas e diretores e interpretados por um elenco variado, com produção do núcleo Guel Arraes, que retomava a linha evolutiva dos Casos Especiais dos anos 1970 e 1980.

Brava Gente ganhou o Grande Prêmio da Crítica de 2001 da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte).

Em dezembro de 2000, o programa estreou como especial de fim de ano, em oito episódios exibidos em quatro dias. A partir de março de 2001, passou a fazer parte da grade de programação da Globo, indo ao ar às terças-feiras, em episódios de 30 minutos de duração cada.

A marca registrada do programa era a diversidade de gêneros, assegurada pelo estilo de cada diretor. Jorge Fernando, por exemplo, lançou mão de sua experiência no humorístico Sai de Baixo e gravou cenas de comédia assistidas por uma platéia, em Um Edfício Chamado 200.

Kátia Lund e Fernando Meirelles filmaram em película Palace II, capítulo do livro “Cidade de Deus”, de Paulo Lins. O episódio, em clima de denúncia social, foi ampliado e ganhou versão para o cinema, marcada pelo sucesso internacional, e um seriado na Globo, Cidade dos Homens.

Na segunda temporada, que começou em março de 2001, a produção passou a ser dividida entre os núcleos Guel Arraes e Jayme Monjardim.

Profissionais e produtores de cinema e vídeo também participaram de alguns episódios, como Lira Paulistana, com direção de Cláudio Torres, da Conspiração Filmes, e Dia de Visita, com produção da Casa de Cinema de Porto Alegre.

Prestando uma homenagem ao aniversário do dramaturgo Nelson Rodrigues, que se estivesse vivo completaria 90 anos na época, o Brava Gente exibiu, nos dias 30 de julho, 6 e 13 de agosto de 2002, três episódios adaptados de contos seus: O Primeiro Pecado, Diabólica e Cachorro.

Entre 26/11 e 17/12/2002, o Brava Gente apresentou a série Pastores da Noite, baseada na obra de Jorge Amado. Dividida em quatro episódios, o programa fez parte da programação especial de fim de ano da Globo.

Brava Gente foi reprisada no canal Viva (canal de TV por assinatura pertencente à Rede Globo), entre 2010 e 2011.

Não confundir com o seriado homônimo do SBT – Brava Gente – exibido em 1996.

Globo
de 26 a 29 de dezembro de 2000
e a partir de 27 de março de 2001
53 episódios

série com histórias adaptadas de obras da literatura
núcleos Guel Arraes e Jayme Monjardim

2000

o santo e a porca – 26/12/2000, da obra de Ariano Suassuna, adaptação Adriana Falcão, direção Maurício Farias
MARCO NANINI
DENISE FRAGA
NICETTE BRUNO
ROGÉRIO CARDOSO
LEANDRA LEAL
BRUNO GARCIA
TADEU MELLO

enquanto a noite não chega – 26/12/2000
MÁRIO LAGO – Eleutério
ELOÍSA MAFALDA – Dona Conceição
CAIO JUNQUEIRA – Adroaldo
FLÁVIO MIGLIACCIO – Seu Teodoro

meia encarnada dura de sangue – 26/12/2000, adaptação de Jorge Furtado e Guel Arraes, direção de Jorge Furtado
SÉRGIO MENEZES – Bonifácio
CAMILO PITANGA – Elisa
OTHON BASTOS – Belenho
FRANCISCO CUOCO – presidente do clube
SUSANA VIEIRA – patroa de Elisa
ALDRI ANUNCIAÇÃO – Vicente
GUSTAVO THOMANN
AUGUSTO POMPEO

um edifício chamado 200 – 27/12/2000, baseado na peça de Paulo Pontes e José Renato
LUIZ FERNANDO GUIMARÃES
BIANCA BYNGTON
CLÁUDIA RAIA

um capricho – 28/12/2000, da obra de Arthur Azevedo, adaptação Alcides Nogueira, direção Herval Rossano
DIOGO VILELA – Dauro (Epidauro)
TAÍS ARAÚJO – Bia (Beatriz)
CLÁUDIA LIRA – Gisele
EDSON SILVA – amigo de Epidauro
STEPAN NERCESSIAN
ARMANDO PAIVA
RONALDO REIS – policial

o casamento enganoso – 28/12/2000, de Walcyr Carrasco, direção de Walter Avancini
CARLA MARINS – Estefânia
TONICO PEREIRA – Alberico de Campusano
ELIZABETH SAVALA – Clemência
EDNEY GIOVENAZZI
PAULO GORGULHO
LEONARDO MEDEIROS
EXPEDITO BARREIRA
MURILO ELBAS – soldado
ILÉA FERRAZ
MARIA SILVIA
RÔMULO DELDUQUE
GUSTAVO THOMANN

palace II – 28/12/2000, de Bráulio Mantovani, baseado na obra de Paulo Lins, direção de Fernando Meirelles e Kátia Lund
DOUGLAS SILVA
DARLAN CUNHA
RUBENS SABINO
JONATHAN HAAGENSEN
PHELIPPE HAAGENSEN
LEANDRO FIRMINO
JACKELINE FERREIRA

o condomínio – 29/12/2000, da obra de Luís Fernando Veríssimo, direção Guel Arraes
ANDRÉA BELTRÃO
MURILO BENÍCIO
OTÁVIO AUGUSTO
ELIANE GIARDINI
LUÍS MELLO
SELTON MELLO

2001

a coleira do cão – 27/03/2001, direção de Mário Márcio Bandarra
LIMA DUARTE – Washington
STÊNIO GARCIA – Pernambuco Come-Gordo
VICENTE BARCELLOS – Demétrio
MURILO BENÍCIO – Vilela
CHICO DIAZ – Lilico
TEREZA SEIBLITZ – Marlene
ADRIANO GARIB – Casimiro
VITOR FRAGA – Beicinho

o tocador de tuba – 03/04/2001

a sonata – 10/04/2001, da obra de Érico Veríssimo, adaptação de Júlio Fisher, direção de Jayme Monjardim e Teresa Lampreia
ÂNGELO ANTÔNIO – Teodoro
MARIANA XIMENES – Luciana
SUSANA VIEIRA – Safira
JOSÉ AUGUSTO BRANCO – Tito Meneghini
ELIAS GLEIZER – Amaro
NAIR BELLO – Magnólia
DANIELA ESCOBAR – Lucila
TATO GABUS MENDES – Aureliano
BIA MONTEZ – Celeste
ALEXANDRA RICHTER – Zulmira
BETINA VIANNY – Fanny
MARIA LÍDIA COSTA

história de carnaval – 17/04/2001, direção de Mário Márcio Bandarra
JULIANA PAES – Rosinha
NORTON NASCIMENTO – Marcelo
RAUL GAZOLA – Armandinho
EDSON MONTENEGRO – Tiago
CLÁUDIA MAURO – Emília

alandelão de la patrie – 24/04/2001

a história do passarinho – 24/04/2001, de Stanislaw Ponte Preta, adaptação de Geraldo Carneiro, direção Roberto Talma
VIVIANE ARAÚJO – Marcilene
GUILHERME KARAN
DUSE NACARATTI – mãe de Marcilene
PEDRO PAULO RANGEL – taxista

o morto do encantado morre e pede passagem – 01/05/2001

o comprador de fazendas – 08/05/2001
MARCO NANINI
LÚCIA ALVES
JÚLIA FELDENS
PAULO BETTI
BRUNO GARCIA
REJANE ARRUDA
JULIANA MENZ
PIPA DINIZ

armas e corações – 15/05/2001

embaixada do glicério – 22/05/2001
OTHON BASTOS – Nabuco
MARÍLIA PÊRA – Pola
EDUARDO MOSCOVIS

lira paulistana – 29/05/2001
DRICA MORAES
MATHEUS NACHTERGAELE

o retorno de ulisses – 05/06/2001
boca de lixo – 05/06/2001

arioswaldo e sua mãe centenária – 12/06/2001, direção Mário Márcio Bandarra e Maurício Farias
DIOGO VILELA – Arioswaldo
DIRCE MIGLIACCIO – Centenária
CARLOS VEREZA – Diprofundo
FLÁVIO MIGLIACCIO – Anquiloston
MARCO RICCA – Famigerado
ANTÔNIO CALLONI – São Pedro
MARCO RODRIGO – sargento

as aventuras de chico norato contra o boto vingativo – 19/06/2001, direção de Jayme Monjardim e Teresa Lampreia
GERO CAMILO
NÍVEA STELMANN
JOSÉ DUMONT
ROBERTO BONFIM
HUMBERTO MARTINS
KIKO NUNES
ADALBERTO NUNES

como matar um playboy – 26/06/2001, de João Bettencourt, direção de Rogério Gomes
OSWALDO LOUREIRO – Távora
ADRIANA ESTEVES – Marina
MARCELLO NOVAES – Gugu
ANTÔNIO PEDRO – Agenor
ERNANI MORAES – Capitão Chico
FREDDY RIBEIRO – Toninho

a bagaceira – 03/07/2001
dia de visita – 10/07/2001

a onça – 17/07/2001
EDUARDO MOSCOVIS
HELOÍSA PÉRISSÉ
OSWALDO LOUREIRO
MARCELLO NOVAES
THIAGO LACERDA

a moda do chifre – 24/07/2001
MAURO MENDONÇA
IVETE SANGALO
ARAMIS TRINDADE
MATHEUS NACHTERGAELE
MARCOS PASQUIM
MARIA LUÍSA MENDONÇA
FERNANDO CARUSO

a grã-fina de copacabana – 31/07/2001

as proezas do finado zacarias – 04/09/2001, direção de Mário Márcio Bandarra
FELIPE CAMARGO – Zacarias
LÍLIA CABRAL – Isadora
ANDRÉ VALLI – Seu Miltinho
MILTON GONÇALVES – delegado
GUGA COELHO – Guga
CAROLINA DIECKMANN – Marina
BETTY ERTHAL – mãe de Marina
CLÁUDIO HEINRICH – Beto
MARIANA HEIN – Letícia

o diabo ri por último – 11/09/2001

o automóvel – 18/09/2001
NEY LATORRACA – Raul
OTHON BASTOS – patrão

o crime imperfeito – 25/09/2001

um caso, uma loura – 02/10/2001, direção ded Ignácio Coqueiro
PAULO GORGULHO – Peixoto
PAULO BETTI – Leleco
CÁSSIO GABUS MENDES – Gentil
CLÁUDIA LIRA – Alicinha

os mistérios do sexo – 09/10/2001, direção Mário Márcio Bandarra e Teresa Lampreia
CAIO BLAT – Eufêmia
CLÁUDIO CORRÊA E CASTRO – Dr. Petureba
ARACY BALABANIAN – Custódia
EVA TODOR – Augusta
MÁRCIA CABRITA – Donária
ANDRÉ GONÇALVES – Bibi
STEPAN NERCESSIAN – Clemente
MARIA MAYA – Iracema
NÍVEA STELMANN

tarde da noite – 16/10/2001, de Luiz Vilela, adaptação Rosane Lima, direção José Carlos Piéri
MAITÊ PROENÇA
LÍLIA CABRAL
DANIEL DANTAS
JOANA LIMAVERDE
CARLOS MACHADO
PIA MANFRONI

bilac vê estrelas – 23/10/2001, da obra de Ruy Castro, direção Vicente Barcellos
MIGUEL FALABELLA – Olavo Bilac
OTHON BASTOS
CARLOS EDUARDO DOLABELLA
ZILKA SALABERRY
ÂNGELO ANTÔNIO
LICURGO SPÍNOLA
DÉBORAH EVELYN
JORGE MAYA
GILLES GWIZDEK
XANDO GRAÇA
CARLA RIBAS

arioswaldo e o casamento de sua mãe centenária – 30/10/2001
TADEU MELLO – Arioswaldo
DIRCE MIGLIACCIO – Centenária
CARLOS VEREZA – Diprofundo
ELOÍSA MAFALDA – Inxirida
FLÁVIO MIGLIACCIO – Anquiloston
TONICO PEREIRA – Mizir
REGIANE ALVES – Branca Luz

por que lulu bergantin não atravessou o rubicon – 06/11/2001
OTHON BASTOS – Cajuca Viana

a quenga e o delegado – 13/11/2001, adaptação de Carlos Alberto Ratton, direção de Alexandre Boury e Roberto Farias
ANA PAULA ARÓSIO – Madalena
ERNANI MORAES – Delegado Militão
CASTRO GONZAGA – Ladislau
MARCOS WINTER – Alencar
ANA ROSA – Rita
CASSIANO CARNEIRO – Quenguero
VANESSA GERBELLI – Sucena
STEPAN NERCESSIAN – Barão
TADEU MELLO – Ceguquivê
VIVIANE NOVAES – Meianove
FAFY SIQUEIRA – Madame Clermont
LÍCIA MAGNA – senhora 1
ILVA NIÑO – senhora 2
CHARLES MYARA – soldado

as aventuras de um barnabé ou quase ministro – 20/11/2001
a prosopopéia de bento teixeira – 27/11/2001

triângulo escaleno – 04/12/2001
MALU MADER
MARCO RICCA
MARCELLO ANTONY

francisco de assis – 11/12/2001, adaptação de Antonio Carlos da Fontoura, direção Roberto Farias
MATHEUS NACHTERGAELE – contador de histórias
CIRO BARCELOS – Francisco de Assis
CAMILA CAPUTTI – Clara de Assis
NILDO PARENTE – Pedro Bernardone
FRANCISCO ALVES – Papa Inocêncio III
PAULO NOLASCO – Bispo Guido
VINÍCIUS MANNE
MÔNICA DOMENECK
ROSEANE MILANI

o natal de arioswaldo – 18/12/2001, direção de Mário Márcio Bandarra e Teresa Lampreia
TADEU MELLO – Arioswaldo
CARLOS VEREZA – Diprofundo
OTHON BASTOS – freguês
JOSÉ AUGUSTO BRANCO – vigário
ELOÍSA MAFALDA – Inxirida
JULIANA SILVEIRA – Branca Luz
DIRCE MIGLIACCIO – Centenária
FLÁVIO MIGLIACCIO – Anquiloston

auto de natal: o mistério do boi surubim – 25/12/2001
EDUARDO MOSCOVIS
CHICO ANYSIO
CAMILA PITANGA
LEONARDO BRÍCIO
ZEZÉ POLESSA
NIZO NETO
ANDERSON MÜLLER

2002

a cabine – 09/04/2002, da obra de Juvenal Batella, adaptação Rosane Lima, direção de Roberto Naar
ANTÔNIO FAGUNDES
MARÍLIA PÊRA
HELOÍSA PÉRISSÉ
ESPERANÇA MOTTA
BRUNO PADILHA
CLÁUDIA PAIVA
CAMILO NAMOUR
HÉLIO FONSECA
ALÉSSIO DE CASTRO

a hora errada – 16/04/2002, de Luís Fernando Veríssimo
MARISA ORTH
DANIEL DANTAS
FELIPE CAMARGO
MARCOS PALMEIRA
OTÁVIO AUGUSTO
GABRIELA DUARTE
TÁSSIA CAMARGO

cremilda e o fantasma – 23/04/2002
PALOMA DUARTE – Cremilda
OTHON BASTOS – Zé (pai de Cremilda)
ELIZABETH SAVALA – mãe de Cremilda
ÂNGELO ANTÔNIO – Armando
MILTON GONÇALVES – Dr. Juliano
AMANDA CARVALHO

a cidade que o diabo esqueceu – 30/04/2002, da obra de Orígenes Lessa
TATO GABUS MENDES
RITA GUEDES
CLÁUDIO CORRÊA E CASTRO
JOSÉ LEWGOY
BUZA FERRAZ
CLARISSE NISKIER
SANDRA PÊRA
GILBERTO MIRANDA
NIZO NETO
RÉGIS DI SORI

loucos de pedra – 07/05/2002, direção de Cininha de Paula
CHICO ANYSIO – Brito
DEBORAH SECCO – Jane
MARCELO SERRADO – Jesse
ALEXANDRE ZACCHIA
NELSON FREITAS
HEITOR MARTINEZ
CLÁUDIA MAURO

o primeiro pecado – 30/07/2002
diabólica – 06/08/2002
cachorro – 13/08/2002

o enterro da cafetina – 22/10/2002, direção Mário Márcio Bandarra
MAITÊ PROENÇA – Betina
EDSON CELULARI – César
ELOÍSA MAFALDA – Dona Clara
LUIZA TOMÉ – Lola
LAVÍNIA VLASAK – Ana
LUIGI BARICELLI – Eduardo
ROGÉRIA – Sissi
ÍRIS BRUZZI – Sueli
ARMANDO PAIVA – Rodolfo
HAROLDO DE OLIVEIRA – bêbado
HEITOR MARTINEZ – Bebeto
BRANCA DE CAMARGO – mulher de César
ANILZA LEONI – Marta
MARÍLIA MEDINA – Valéria
GLÓRIA PORTELA – Drica

ana neri, a mãe dos brasileiros – 29/10/2002, de José Louzeiro, direção de Roberto Farias
MARÍLIA PÊRA – Ana Neri
LIMA DUARTE
ELIAS GLEIZER
ANTÔNIO GRASSI
IRVING SÃO PAULO
HENRI PAGNONCELLI
ÂNGELO ANTÔNIO
JACKSON ANTUNES
CLEMENTE VISCAÍNO
COSME DOS SANTOS
NIZO NETO
GLÁUCIO GOMES
ANA CAROLINA DIAS
BRUNO GARRIDO
MICAEL BORGES
FLÁVIO PARDAL
ARLINDO LOPES

a casa errada – 05/11/2002

arioswaldo e o lobisomen – 12/11/2002, direção de Mário Márcio Bandarra
TADEU MELLO – Arioswaldo
MARIANA XIMENES – Branca Luz
CARLOS VEREZA – Diprofundo
DIRCE MIGLIACCIO – Centenária
FLÁVIO MIGLIACCIO – Anquiloston
MURILO ROSA – lobisomem

entre o céu e a terra – 19/11/2002, direção Mário Márcio Bandarra
HERSON CAPRI – Agenor
RITA GUEDES – Matilde
ELOÍSA MAFALDA – Inxirida
KADU MOLITERNO – Passos
NILDO PARENTE – vigário
STEPAN NERCESSIAN – amigo de Agenor
ALEXANDRE PATERNOST – Sandro
NIZO NETTO – tenente
PEDRO MALTA – Neto

pastores da noite – de 26/11 a 17/12/2002, escrita por Sérgio Machado, Guel Arraes e Cláudio Paiva, baseado na obra de Jorge Amado, direção de Maurício Farias e Sérgio Machado
EDUARDO MOSCOVIS – Cabo Martim
MATHEUS NACHTERGAELE – Curió
LUIZ CARLOS VASCONCELOS – Pé de Vento
LÁZARO RAMOS – Massu
TONICO PEREIRA – Jesuíno
FERNANDA MONTENEGRO – Tibéria
FLÁVIO MIGLIACCIO – Alonso
STÊNIO GARCIA – Chalub

anjo não chora – 24/12/2002

2003

como educar seus pais – 15/04/2003

o dia do amor – 22/04/2003
PAULO GORGULHO

Veja também

  • sexofragil_logo

Sexo Frágil

  • cenaaberta_logo

Cena Aberta

  • casoseacasos_logo

Casos e Acasos

  • facasuahistoria_logo

Faça Sua História