Sinopse

Procurando vingar a morte do irmão, Guilherme Correia se casa com Amália, pensando ser ela a causadora da calúnia que vitimou seu irmão. Depois de humilhá-la, desespera-se ao descobrir que a ama. Amando e odiando com igual intensidade, Guilherme se aproveita da dissimulada e calculista Angélica para atingir seus fins.

Neste contexto de amor e ódio, movimentam-se Carlos Alberto, jovem romântico perdidamente apaixonado por Amália; o casal Tio Teodoro, um rico industrial, e Tia Sara, mulher de imensa bondade; o sócio de Teodoro, Senhor Monteiro, e sua mulher, a ansiosa Adélia; e Bartira, mulher estranha e mística.

Tupi – 20h
de março a abril de 1966

novela de Talma de Oliveira
baseada no original de Caridad Bravo Adams
direção de Wanda Kosmo

Novela anterior no horário
Um Rosto Perdido

Novela posterior
Somos Todos Irmãos

SÉRGIO CARDOSO – Guilherme Correia
FERNANDA MONTENEGRO – Amália
GEÓRGIA GOMIDE – Angélica
ELÍSIO DE ALBUQUERQUE – Tio Teodoro
LÉLIA ABRAMO – Tia Sara
ADEMIR ROCHA – Carlos Alberto
CLENIRA MICHEL – Adélia
JOÃO MONTEIRO – Monteiro
LAUDI FERNANDES – Bartira
ROLANDO BOLDRIN – Belot
LIMA DUARTE – Moreira
DIRCEU CONTE – Reverendo William
EDUARDO ABBAS
Depois de recusar vários convites, Fernanda Montenegro estreava em novelas na TV Tupi de São Paulo.

Mesmo com grandes nomes do cenário artístico, esta novela não conseguiu fazer sucesso.

Ainda assim, Fernanda Montenegro não a esquece. Não pela sua falta de qualidade, mas sim pelo tapa que, numa cena, Sérgio Cardoso lhe deu no rosto. Foi tão verídico que quase destroncou-lhe o pescoço.

Não confundir com o teleteatro Calúnia, apresentado dentro do TV de Vanguarda em 1963, escrito por Wálter Forster, que também tinha Geórgia Gomide no elenco. Este programa ficou famoso por apresentar o primeiro beijo homossexual da teledramaturgia brasileira, entre Geórgia Gomide e Vida Alves – não existe registro se tratava-se de um beijo de verdade ou apenas uma “bitoca”.

Marcantes presenças de Ademir Rocha, em sua primeira grande experiência no vídeo, e Laudi Fernandes, bela morena, esposa na vida real do comediante Gibe.

Veja também

  • irmaoscorsos

Os Irmãos Corsos

  • tupi60

A Família Pimenta

  • tupi60

A Inimiga

  • anjoeovagabundo

O Anjo e o Vagabundo