Sinopse

Tom é sequestrado no dia de seu casamento, deixando a noiva Gelly no altar. O sequestro era uma farsa planejada pelo rapaz para meter a mão no dinheiro da família de Gelly. Só que ele não contava que a família da moça estivesse falida e vivesse de aparências.

Apesar de Tom e Gelly se amarem, não conseguem realizar esse amor. Enquanto ele se aproxima de Léa, uma mulher charmosa, rica e mais velha, Gelly é assediada por Guto, o ex-noivo ainda apaixonado pela moça. Enquanto isso, a mãe de Gelly, Águida, uma mulher com mania de grandeza, tenta arranjar um casamento para a filha com o diplomata americano Paul Cleveland. Para isso, conta com a ajuda de sua cartomante, Madame Zoraide, que na verdade a engana fazendo com que o filho, o camelô Zico, se faça passar por Paul Cleveland.

Os encontros e desencontros de Tom e Gelly são entremeados com a história de Lúcia, uma mulher que sofre com o casamento desfeito. Até que o baiano Amaro, um aspirante a cantor, acaba indo morar em sua casa, transformando sua vida.

Globo – 19h
de 3 de março a 6 de setembro de 1980
158 capítulos

novela de Carlos Eduardo Novaes
escrita por Carlos Eduardo Novaes e Walther Negrão
direção de Roberto Vignati, Wálter Campos e Reynaldo Boury
direção geral de Gonzaga Blota

Novela anterior no horário:
Marron-Glacé

Novela posterior
Plumas e Paetês

TONY RAMOS – Tom
SÔNIA BRAGA – Gelly
RENATA SORRAH – Lúcia
OSMAR PRADO – Amaro / Ted Lover
ROSAMARIA MURTINHO – Léa
NEY SANT´ANNA – Guto
FELIPE CARONE – Gomes
RENATA FRONZI – Águida
CLÁUDIO CORRÊA E CASTRO – Belmiro
THAÍS DE ANDRADE – Rosa
RUY REZENDE – Zico / Paul Cleveland
CHRISTIANE TORLONI – Cristina
REYNALDO GONZAGA – Roberto
DANIEL DANTAS – Tatá
HENRIQUETA BRIEBA – Cândida
ELZA GOMES – Tia Lili
SÔNIA DE PAULA – Jacira
BRANDÃO FILHO – Jaime
ANA ARIEL – Madame Zoraide
PAULO GONÇALVES – Souza
NÁDIA LIPPI – Vilma
GILBERTO MARTINHO – Aranha
RUTHINÉIA DE MORAES – Cacilda
ROBERTO BONFIM – Hércules
ALICE VIVEIROS – Edna
GRACINDA FREIRE – Valda
JOSÉ AUGUSTO BRANCO – Thomas
EDGARD FRANCO – Pablo
MARIA CRISTINA NUNES – Norma
DULCE CONFORTO – Patrícia
HELOÍSA HELENA – Carmem
TEREZINHA MOREIRA – Berta
ESTELITA BELL – Vitória
AUGUSTO OLÍMPIO – Romeu
MARIA CRISTINA GATTI – Lurdes
GUGU OLIMECHA – Tarzan
TONY VERMONT – Cupim
FERNANDO JOSÉ – Tubarão
GILDA SARMENTO
JOSEPHINE HELÉNE – Bárbara
VERA BRITO – Helô
SCHULAMITH YAARI – Fátima
SILVINHA PINHEIRO – Tânia
ÉRICA KUPPER – Myrian
o menino
EGON JÚNIOR – Andrezinho
e
AGNES FONTOURA – Leda
ANA MARIA KREISLER – Sílvia
ANTÔNIO CARLOS PIRES – Tito
ARMANDO BÓGUS
FLÁVIO MIGLIACCIO
ILKA SOARES
JOÃO CARLOS BARROSO – Luís César (garçom do buffet Marron-Glacé, contratado para o casamento de Gelly, primeiro capítulo)
JONAS MELLO
JOSÉ MAYER – repórter que queria entrevistar Gelly depois de ela ter sido abandonada no altar
LAERTE MORRONE – Waldomiro (garçom do buffet Marron-Glacé, contratado para o casamento de Gelly, primeiro capítulo)
LIMA DUARTE – Oscar (garçom do buffet Marron-Glacé, contratado para o casamento de Gelly, primeiro capítulo)
LUIZ ORIONI – Tião
MARIA JOSÉ DA CONCEIÇÃO – Maria
MICHELE NAILLI – Alice
MILTON GONÇALVES – padre que celebraria o casamento de Tom e Gelly no primeiro capítulo
NEY LATORRACA – Jonas (segundo marido de Lúcia, de quem ela se separa, nos dois primeiros capítulos)
SILVIA SALGADO – Virgínia
SUELY FRANCO
YARA CÔRTES – Madame Clô (proprietária do buffet Marron-Glacé, contratado para o casamento de Gelly, primeiro capítulo)

– núcleo de TOM (Tony Ramos), espertalhão, quer dar um golpe na família da noiva, apesar de amá-la. Finge para todos que é milionário:
o pai ARANHA (Gilberto Martinho), aposentado que desaprova as atitudes do filho
a irmã VILMA (Nádia Lippi), tímida, romântica, trabalhadora, cuida do pai
a namorada de Aranha, CACILDA (Ruthinéa de Moraes)
o amigo ROMEU (Augusto Olímpio), dono de uma dedetizadora, tem uma quedinha por Vilma
a ex-namorada ROSA (Thaís de Andrade), que estava hospitalizada numa clínica e Tom custeava seu tratamento
a cuidadora de Rosa, (Gilda Sarmento).

– núcleo de GELLY (Sônia Braga), de temperamento forte e decidido, alheia aos valores materiais de sua família, que já fora rica mas está falida. Noiva de Tom, foi abandonada no altar no primeiro capítulo, como parte do golpe dele, que fingiu ser raptado para conseguir dinheiro da família dela. Mas Tom não esperava que os pais da noiva estivessem falidos:
os pais BELMIRO (Cláudio Corrêa e Castro), professor e cientista, distraído e dominado pela mulher,
e ÁGUIDA (Renata Fronzi), dondoca fútil, esnobe e interesseira que quer um marido rico para a filha para livrar a família da falência
o irmão TATÁ (Daniel Dantas), rapaz inconsequente e desligado, chefe de torcida de futebol, não muito chegado ao trabalho, vive dando em cima da empregada
a avó CÂNDIDA (Henriqueta Brieba), mãe de Belmiro, moderna, cheia de vida, viciada em vida saudável
a tia LILI (Elza Gomes), presa a uma cadeira de rodas, triste porque ninguém dá atenção a ela
o mordomo JAIME (Brandão Filho), está na família há gerações, fiel companheiro de Tia Lili, econômico, poupa dinheiro, é a ele que a família recorre cada vez que fica sem dinheiro
a empregada JACIRA (Sônia de Paula), moça romântica que sonha com um casamento.

– núcleo de LÉA (Rosamaria Murtinho), viúva bem de vida, dona de uma loja de móveis rústicos, mulher elegante que se envolve com Tom:
o filho GUTO (Ney Sant´Anna), amigo de Tatá, ex-namorado de Gelly ainda apaixonado por ela, não se conforma de ter sido preterido. Vai envolver-se com Vilma, por quem acaba apaixonado
as filhas CRISTINA (Christiane Torloni), de temperamento forte, e NORMA (Maria Cristina Nunes), assediada por Tatá
o genro ROBERTO (Reynaldo Gonzaga), marido de Cristina, com quem tem uma relação tempestuosa marcada por muitas discussões motivadas pelo ciúme
a mãe VITÓRIA (Estelita Bell)
os pretendentes THOMAS (José Augusto Branco), jornalista, e PABLO (Edgard Franco)
a funcionária de sua loja HELÔ (Vera Brito).

– núcleo de LÚCIA (Renata Sorrah), melhor amiga de Gelly, jornalista, trabalha na editoria de uma revista, juntamente com Thomas. Sofre ao ser abandonada pelo marido JONAS (Ney Latorraca, participação), no primeiro capítulo:
o filho pequeno ANDREZINHO (Egon Júnior)
os pais GOMES (Felipe Carone), capitalista ferrenho, só pensa em dinheiro, exportador de instrumentos musicais,
e CARMEM (Heloísa Helena), engajada em movimentos de defesa dos animais
a irmã PATRÍCIA (Dulce Conforto), amiga de Norma, apaixonada por Guto
a tia BERTA (Terezinha Moreira), irmã de Carmem
a empregada LURDES (Maria Cristina Gatti).

– núcleo do músico baiano AMARO (Osmar Prado), rapaz simplório e sonhador, vai morar na casa de Lúcia por engano. Os dois acabam apaixonados. Lança-se na carreira musical como o cantor popular TED LOVER:
a mãe VALDA (Gracinda Freire), super protetora, vem da Bahia visitar o filho e acaba ficando
a ex-namorada baiana EDNA (Alice Viveiros), moça simpática e alegre.

– núcleo de ZICO (Ruy Rezende), camelô, amigo de Gelly, vende os inventos criados pelo professor Belmiro. Através de um plano arquitetado por sua mãe, se faz passar pelo diplomata americano PAUL CLEVELAND interessado em Gelly, para enganar a família dela. Gelly leva na brincadeira. Mas a empregada Jacira se apaixona por Paul, acreditando na farsa, enquanto Zico se apaixona por ela:
os pais SOUZA (Paulo Gonçalves), motorista de táxi,
e MADAME ZORAIDE (Ana Ariel), cartomante sempre consultada por Águida. É a mentora do plano para enganar a família de sua cliente: faz com que o filho se passe por um rico diplomata americano interessado em Gelly, filha de Águida.

– demais personagens:
HÉRCULES (Roberto Bonfim), detetive particular, amigo de Tatá e Guto, envolve-se com Edna
FÁTIMA (Shulamith Yaari), empregada de Hércules
os funcionários da dedetizadora de Romeu TARZAN (Gugu Olimecha), amigo de Tatá, e CUPIM (Tony Vermont).

Única experiência em telenovelas do cronista Carlos Eduardo Novaes, que teve a supervisão de texto de Walther Negrão.

A sinopse esclarecia:
“Esta é uma história comum de dois jovens que se conhecem, apaixonam-se, mas não conseguem realizar essa paixão. Quando juntos, trapaceiros incorrigíveis, admitem que não podem continuar juntos. Quando separadaos, constatam que não podem viver separados.”

Novaes e Negrão conseguiram, com uma certa artimanha, fazer uma novela de crônica. Não foi um sucesso, mas em nenhum momento elenco e produção foram comprometidos.

Na trama, não havia um vilão, todos os personagens tinham aspectos bons e maus. O autor lançou mão de um humor crítico em algumas passagens da história, o que fez com que Chega Mais tivesse sido considerada uma “antinovela”, por fugir do habitual modelo água-com-açúcar do horário das sete da noite, o padrão da época.

Os primeiros capítulos foram antológicos: Gelly (Sônia Braga) sendo abandonada no altar após a constatação de que seu noivo Tom (Tony Ramos) havia sido sequestrado. Mas tudo não passava de uma armação de Tom para conseguir dinheiro da família da noiva, que ele não imaginava que estava falida.

O primeiro capítulo contou com a participação de Lima Duarte, Laerte Morrone e João Carlos Barroso, revivendo os garçons do bufê Marron-Glacé (da novela anterior), contratados para trabalharem na recepção do casamento de Gelly. Também a proprietária, Madame Clô, vivida por Yara Côrtes, aparece conversando ao telefone com Águida (Renata Fronzi), de Chega Mais, sobre os detalhes da recepção.

O titulo seria Tom e Gelly – já que a novela sugeria uma briga de gato e rato entre os protagonistas, até seu final. E o tema de abertura, a música Corre Corre, do novo disco de Rita Lee. Em virtude do alto custo de direitos do título (Tom & Jerry), mudou-se para Chega Mais, que era o nome da outra música escolhida para a abertura, retirada do mesmo disco da cantora.

A abertura causou frisson na época ao mostrar montagens de fotos de casais se “aproximando” de várias maneiras, algumas sugestivas, outras engraçadas.

Destaque para Osmar Prado, numa sensível caracterização, como o sonhador músico baiano Amaro.

Primeira novela do ator Daniel Dantas.

Última novela de Sônia Braga antes de mudar-se para os Estados Unidos onde iniciou uma carreira internacional.
A atriz voltou a atuar em uma novela somente 19 anos depois, em Força de um Desejo (1999).

Chega Mais foi reapresentada a partir de 11/04/1983, pelas manhãs (às 11 horas), dentro do programa feminino TV Mulher.

Trilha Sonora Nacional

chegat1
01. XÔ GAFANHOTO – Beth Carvalho (tema de Guto)
02. ABRI A PORTA – A Cor do Som (tema de Tom e Gelly)
03. SAINDO DE MIM – Simone (tema de Lúcia)
04. MENINO SEM JUIZO – Alcione (tema de Léa)
05. AGITO E USO – Frenéticas (tema de Gelly)
06. CHEGA MAIS – Rita Lee (tema de abertura)
07. FALANDO DE AMOR – Ney Matogrosso
08. TRILHOS URBANOS – Caetano Veloso (tema de Lúcia e Amaro)
09. VAZIO – Roberto Ribeiro (tema de Cristina)
10. PODE GUARDAR AS PANELAS – Paulinho da Viola
11. SOLIDÃO – Agepê
12. HOMENAGEM AO MALANDRO – Moreira da Silva
13. LINHA DE PASSE – João Bosco (tema de Amaro)

Trilha Sonora Internacional
chegat2
01. YOU AND I – Mireille Mathieu and Paul Anka (tema de Lúcia e Amaro)
02. I CAN’T HELP MYSELF – Bonnie Pointer
03. FEELING OLD FEELINGS – Dionne Warwick (tema de Léa)
04. THREE TIMES LOVE – Tommy Jones (tema de Cristina e Roberto)
05. EMOTIONS IN MY HEART – Chrystian (tema de Patrícia e Hércules)
06. GOT TO LOVE SOMEBODY – Sister Sledge
07. CLAIR DE FEMME – Jean Musy (tema de Gelly)
08. I’D RATHER LEAVE WHILE I’M IN LOVE – Rita Coolidge (tema de Guto e Vilma)
09. BETTER LOVE NEXT TIME – Dr. Hook
10. WITH YOU I’M BORN AGAIN – Billy Preston & Syreetta Wright (tema de Tom e Gelly)
11. A WALK IN THE PARK – Nick Stranker Band
12. GONNA GET ALONG WITHOUT YOU NOW – Viola Wills
13. LET ME PARTY WITH YOU – Bunny Sigler
14. YOU SET MY DREAMS TO MUSIC – John Travolta (tema de Norma)

Sonoplastia: Adilson dos Santos
Pesquisa de Repertório: Arnaldo Schneider
Produção Musical: Guto Graça Mello

Tema de Abertura: CHEGA MAIS – Rita Lee

Eu conheço essa cara
Essa fala, esse cheiro
Essa tara de lobo
Esse fogo, esse jeito

Escandaloso, você é guloso
E quer me sequestrar

Chega mais, chega mais
Chega mais, chegas mais, chega mais…

Depois me leve pra casa
Me prenda nos braços
Me torture de carinhos
Beijinhos, abraços

Depois me coce
Me adoce até eu confessar

Chega mais, chega mais
Chega mais, chegas mais, chega mais…

Veja também

  • tresmarias_logo

As Três Marias

  • obrigadodoutor_logo

Obrigado Doutor

  • amorenosso_logo

O Amor é Nosso!

  • paopao_logo

Pão-Pão Beijo-Beijo