Sinopse

Dara é uma jovem cigana que se orgulha de suas origens, mas se recusa a ficar presa às tradições. Deixa sua alma rebelde falar mais alto e quebra uma tradição de seu povo: nega-se a casar com Igor, o noivo prometido. A notícia cai como uma bomba para seus pais, Jairo e Lola, e é ótima para Yanka, sua irmã mais nova, apaixonada pelo rapaz. Mas Igor só tem olhos para Dara e luta por esse amor.

Indiferente às consequências de sua decisão, Dara conhece, em uma conversa por computador, o empresário Júlio Falcão, que mexe com seu coração. Júlio é um homem que adora ganhar dinheiro e seduzir mulheres. Vive um casamento de aparências com Vera, que nem desconfia da traição de sua prima Eugênia.

Separados pelo mundo, pessoas tão diferentes como Júlio e Dara se cruzam e lutam contra todos por um amor que tem velhas tradições de um povo, e Igor e Vera como maiores obstáculos.

Globo – 20h
de 6 de novembro de 1995
a 4 de maio de 1996
155 capítulos

novela de Glória Perez
direção de Denis Carvalho, Ary Coslov, Gracindo Júnior e Carlos Araújo
direção geral de Denis Carvalho

Novela anterior no horário
A Próxima Vítima

Novela posterior
O Fim do Mundo

TEREZA SEIBLITZ – Dara
EDSON CELULARI – Júlio Falcão
RICARDO MACCHI – Igor
MARIA LUÍSA MENDONÇA – Vera
FRANÇOISE FORTON – Eugênia
PAULO JOSÉ – Jairo
ELIANE GIARDINI – Lola
LAURA CARDOSO – Soraya (Bába)
STÊNIO GARCIA – Pepe
LEANDRA LEAL – Yanka
ROGÉRIO CARDOSO – Salgadinho
REGINA DOURADO – Lucineide
CÁSSIO GABUS MENDES – Edu (Victor Salgado)
DEBORAH EVELYN – Yone
RENÉE DE VIELMOND – Beth
RODRIGO SANTORO – Serginho
REGINALDO FARIA – César
NÍVEA MARIA – Alícia
ELIAS GLEIZER – Seu Augusto
DÉBORA DUARTE – Marisa
DANIEL DANTAS – Tadeu
HERSON CAPRI – Ivan
HELENA RANALDI – Larissa
CLÁUDIO CAVALCANTI – Tolentino
ZEZÉ POLESSA – Mila
FLORIANO PEIXOTO – Sarita Vitti
ISADORA RIBEIRO – Odaísa
GRACINDO JÚNIOR – Geraldo
ERI JOHNSON – Adilson Gaivota
GUILHERME KARAN – Bebeto à Jato (Adalberto)
IVAN DE ALBUQUERQUE – Mío
ESTER GÓES – Luzia
FELIPE FOLGOSI – Vladimir
STELLA FREITAS – Patia
LADY FRANCISCO – Carmen
CÁSSIA LINHARES – Natasha
ODILON WAGNER – Leandro Avelar
SÔNIA DE PAULA – Hebinha
MARIANNE VICENTINI – Valéria
PAULA BURLAMAQUI – Rose
PAULA LAVIGNE – Soninha Contratempo
ALEXANDRE LIPIANI – Tom
ROBERTA ÍNDIO DO BRASIL – Kathy
JULIANA AGUIAR – Nevenka
BRUCE GOMLEVSKY – Tchula
CARLA TAUSZ – Mirtes
ALMIR MARTINS – Alex
os meninos
LUÍS CLÁUDIO JÚNIOR – Gugu
PATRICK ALENCAR – Ricky
ANDRÉ LUIZ – Marcos
e
ADRIANA FIGUEIREDO – mãe de Denise, menina que conversa com Gugu na rua
ADRIANA GARAMBONE – funcionária do banco que atende Ivan
ADRIANA ZATTAR – Ana
AGNES FONTOURA – mulher rica e mais velha que se envolve com Adilson
ALBERTO PEREZ – delegado que interroga Adilson sob suspeita do roubo do carro de som de Salgadinho
ALEXANDRE ARRAES – Martins (mecânico)
ALEXANDRE DACOSTA – segurança do hospital que barra a entrada dos ciganos quando Dara tem um alarme falso na gravidez
AMIR HADDAD – Draco (cigano vizinho de Pepe com quem ele tem problemas por se recusar a devolver o cavalo de Igor)
ANDRÉA FETTER – Cássia (garota em um bar com Ivan, sai com a chegada de Vera)
ANDRÉA MURUCCI – cliente de Lola na leitura de cartas que já foi cantada por Jairo
ANSELMO VASCONCELLOS – delegado a quem Odaísa denuncia Adilson por ele ter quebrado o seu disco de Carlos Gardel
ANTÔNIO FRAGOSO – contratado por Tadeu para atirar em Júlio no falso atentado
ANTÔNIO GONZALEZ – homem que explora Gugu e outras crianças colocando-as para vender balas na rua
ANTÔNIO PEDRO – Duio (cigano, pai do noivo de Natasha)
ARIETHA CORRÊA – Jeannie (rocker amiga de Bebeto)
BERNARDO JABLONSKI – Jaime (ex-colega de faculdade de Júlio que tornou-se taxista)
BIANCA RINALDI – amiga de Serginho na boate
CÂNDIDO DAMM – apresentador do concurso de topete do qual Bebeto participa, no final
CARLOS LOFLER – Billy (rocker amigo de Bebeto)
CHICO DIAZ – Pepe (jovem)
CICO CASEIRA – apresentador do concurso de topetes do qual Bebeto participa
CLÁUDIO CAPARICA – repórter
COSME DOS SANTOS – Dos Santos (PM chamado por Salgadinho quando ele acha que seu carro de som foi roubado)
DARY REIS – Antunes (amigo de Salgadinho que acha que está sendo traído mas encontra Sarita na sua casa)
DENNIS CARVALHO – novo marido de Vera, no final
ELZA LAGAME – Ivone
ERIC BARRETO como ele mesmo, vai ao camarim de Sarita Vitti parabenizá-la depois do show
EXPEDITO BARREIRA – pai de Ivanka e Nevenka
FÁBIO PILLAR – inspetor da delegacia onde Odaísa dá queixa do desaparecimento de Gugu
FLÁVIO GUARNIERI – Jairo (jovem)
FLÁVIA BONATO – Luzia (jovem)
FRANCISCO MILANI – narrador dos destinos dos personagens, no final
FRED BENEDINNE – Nando (amigo que Alícia apresenta a Valéria com intenção de torná-los namorados)
GISELE FRAGA – cliente da loja de carros de Jairo que Lola acha que é amante dele
GUILHERME CORRÊA – cigano amigo de Mio
GUTTI FRAGA – delegado que prende Ivan após uma denúncia de Vera, que o acusou de ter roubado seu carro
HAYLTON FARIAS – homem que tenta ajudar Gugu dizendo que vai levá-lo a um hospital, quando ele tem febre
HÉLIO LUZ compo ele mesmo, chefe da polícia do Rio de Janeiro, dá uma entrevista para Yone
IONE DE SOUZA CRUZ como ela mesma, titular da divisão de pessoas desaparecidas, dá uma entrevista para Yone
IRMA ALVAREZ – mulher rica e mais velha que se envolve com Adilson
ISABELA GARCIA como ela mesma
ISABEL GUÉRON – Ivanka (cigana)
ISABELITA DOS PATINS, como ela mesma, no show de Sarita Vitti
ISOLDA CRESTA – uma das ciganas guardiãs que ficam à espera da prova de virgindade de Dara
IVAN MARTINS – Aloísio
JANE DI CASTRO, como ela mesma, no show de Sarita Vitti
JOÃO PENCA E SEUS MIQUINHOS AMESTRADOS, como eles mesmos, cantam no concurso de topetes do qual Bebeto sai vencedor
JOEL SILVA – Silva (porteiro do prédio de Lola)
JORGE CHERQUES – pai de uma noiva de Salgadinho
JOSÉ BARRETO – José (motorista da casa de Júlio)
JOSÉ MELO – Melo (pipoqueiro)
KARINA PEREZ – Laura (amante de Júlio, no início)
LANA GUELERO – atendente na lanchonete de Salgadinho
LAURO MONTEIRO como ele mesmo, presidente da Fundação Para Infância e Adolescência, dá uma entrevista para Yone
LÉO JAIME como ele mesmo, faz um show em Maria da Graça, no final
LÉO WAINER – apresentador de TV para quem Tadeu denuncia Edu como o responsável pelo dinheiro nas contas de Júlio
LETÍCIA HESS – Lola (jovem)
LOLA BATALHÃO, como ela mesma, no show de Sarita Vitti
LUCIANA FARIA – Esmeralda (cigana)
LUCINHA ARAÚJO, como ela mesma, quando Sarita Vitti se apresenta na Fundação Viva Cazuza
LUCY MAFRA – moradora da casa onde os pais de Júlio moravam
LUDMILA ZURKAVICH – Ludmila (cigana)
LUÍS SÉRGIO LIMA E SILVA – homem que avisa Gugu que vai ligar para o juizado de menores, mas o menino foge
MÁRCIO ERLISCH – médico que atende Júlio quando ele é baleado no atentado armado por Avelar e Tadeu
MARCOS BREDA – Cláudio (ex-namorado de Yone)
MARIA LÚCIA DAHL – apresentadora de TV que entrevista Jairo, quando ele é suspeito do atentado a Júlio
MÁRIO LAGO – cigano que lidera o julgamento para saber se Dara pode ou não se casar com Igor
MÁRIO ROBERTO – policial na delegacia quando prendem um rapaz confundido com Edu
MAYA ZURKILIEVTH – Maya (cigana)
MOACYR CHAVES – correlegionário de Júlio, avisa que ele será substituído na eleição para senador
MONAH DELACY – Dona Lurdinha (uma das antigas apaixonadas de Adilson)
NARDEL RAMOS – Nelson
NATASHA ZURKILIEVTH – Natasha (cigana)
PALOMA RIANI – Gladys (gerente da loja onde Dara vai trabalhar como vendedora e é discriminada por ser cigana)
PAULO CARVALHO – José Cláudio (diretor do curso de idiomas onde Júlio tenta ser professor)
PAULO GORGULHO – Lima Júnior (político rival de Julio Falcão com quem Vera se associa por vingança e depois se arrepende)
PAULO REZENDE – Rezende (bicheiro)
PAULO TIEFENTHALER – suíço que tenta levar Gugu para fora do Brasil
RAIMUNDO EMERSON – jardineiro da casa de Júlio
RAYMUNDO DE SOUZA – rouba de Vera uma pasta com documentos importantes
RENATA SALDANHA – Sheila (vizinha)
RENATO GAÚCHO como ele mesmo, técnico do time para o qual Soninha entra, no final
ROSANE LOBATO – Dirce (empregada de Serginho)
ROSE DO PRADO – Maria (cozinheira de Lola)
ROSILAINE PISSAIA – Cleyde (faxineira de Beth)
RUBEM DE BEM – motorista de Júlio
SOLANGE BADIM – repórter que noticia o acidente de carro de Ivan enquanto Júlio assiste pela televisão
SÔNIA ZAGURY – Marlene (mãe de Júlio que ele reencontra morando numa favela do Rio)
SUZANA ABRANCHES – se passa por mãe de Gugu para alugá-lo para o explorador de crianças
TADEU DI PIETRO – homem em São Paulo que reconhece Gugu da campanha de crianças desaparecidas e avisa Odaísa
TONY RAMOS como ele mesmo, dando uma entrevista no Projac quando Soninha e Rose vão até lá
TÚLIO CORTEZ – Nicoli (cigano)
VALDIR BALAN – Agenor (pai de Júlio)
VALÉRIA – travesti que discute com Lucineide por causa de Salgadinho, após o show de Sarita Vitti
VANESSA LÓES – modelo ao lado de Larissa no desfile da marca Azaléia
VELUMA – candidata a uma vaga de garçonete avaliada por Salgadinho e reprovada por Lucineide
VICENTE BARCELLOS – Capitão Carlos (policial designado pela promotoria para investigar o sumiço de Gugu)
Denise (menina que conversa com Gugu na rua)
Ronaldo Lira (estagiário da promotoria que Marisa apresenta a Odaísa para tentar ajudar no sumiço de Gugu)

– núcleo de JÚLIO FALCÃO (Edson Celulari), empresario habilidoso, charmoso e sedutor que, apesar de casado, vive rodeado de mulheres, até se apaixonar por uma jovem cigana:
a mulher VERA (Maria Luiza Mendonça), que vive em função do marido, insegura, o ama mas não sabe lidar com suas traições
o filho MARCOS (André Luiz)
o sogro LEANDRO AVELAR (Odilon Wagner), pai de Vera
a prima de Vera e sua confidente EUGÊNIA (Françoise Forton), possui uma paixão platônica por Júlio
seu braço direito na empresa TADEU (Daniel Dantas), que na verdade o inveja
a executiva na empresa MARISA (Debora Duarte), sua amiga
as secretárias HEBINHA (Sônia de Paula) e VALÉRIA (Mariana Vicentini)
o copeiro ALEX (Almir Martins).

– núcleo de DARA (Tereza Seiblitz), jovem cigana em conflito com seu povo por não se submeter às suas leis. Apaixona-se por Júlio e enfrenta o desgosto dos pais, por contrariar a tradição cigana:
os pais JAIRO (Paulo José) e LOLA (Eliane Giardini), passionais com a família
a irmã caçula YANKA (Leandra Leal), que a inveja
o avô MIO (Ivan de Albuquerque), pai de Jairo
a empregada MIRTES (Carla Tauz)
os vizinhos do prédio que implicam com seus hábitos ciganos, o casal TOLENTINO (Cláudio Cavalcante), trabalha na empresa de Júlio Falcão, e MILA (Zezé Polessa), mulher posuda, a típica nova rica, deseja que o marido ascenda profissionalmente.

– núcleo de IGOR (Ricardo Macchi), cigano prometido para Dara desde criança, vai disputá-la com Júlio. É alvo da paixonite de Yanka:
os pais PEPE (Stênio Garcia), amigo de Jairo que não se conforma com a recusa de Dara a seu filho, e LUZIA (Ester Góes)
a avó SORAYA (Laura Cardoso), a grande matriarca
as ciganas amigas CARMEN (Lady Francisco) e PATIA (Stela Freitas)
os filhos de Patia, VLADIMIR (Felipe Folgosi), apaixonado por Yanka, e NATASHA (Cássia Linhares), apaixonada por Igor
o jovem casal de ciganos NEVENKA (Juliana Aguiar) e TCHULA (Bruce Gomlevsky).

– núcleo de SERGINHO (Rodrigo Santoro), amigo de Dara na faculdade, a princípio, apaixonado por ela:
a mãe ALÍCIA (Nívea Maria), possessiva e ambiciosa
o padrasto CÉSAR (Reginaldo Faria), engenheiro, mulherengo, tem um caso com Valéria
o pai de César, AUGUSTO (Elias Gleizer), senhor boa-praça que ele considera como avô. Faz faculdade depois de velho, acaba envolvido no universo dos ciganos ao se interessar por Soraya.

– núcleo de BETH (Renée de Vielmond), primeira mulher de César que provoca um escândalo na família ao assumir um romance com Serginho, bem mais jovem que ela:
os filhos KATHY (Roberta Índio do Brasil) e RICKY (Patrick Alencar), do primeiro casamento, com César
as amigas YONE (Deborah Evelyn), jornalista,
e LARISSA (Helena Ranaldi), modelo, envolveu-se com Igor
o namorado de Larissa, IVAN (Herson Capri), que já fora apaixonado por Vera.

– núcleo de EDU (Cássio Gabus Mendes), moço tímido que se esconde atrás de um perfil anônimo na internet para conquistar Yone. Os dois acabam apaixonados:
os pais: SALGADINHO (Rogério Cardoso), dono de um bar no subúrbio de Maria da Graça,
e LUCINEIDE (Regina Dourado), mulher despachada, de personalidade forte. De origem nordestina, força um sotaque carioca misturado a palavras em inglês, porque acha chique. Formam um casal divertido: ela mandona, ele tentando domar as impetuosidades da mulher.
a irmã SONINHA CONTRATEMPO (Paula Lavigne), exibida, quer aparecer na televisão.

– núcleo dos vizinhos de Salgadinho e Lucineide em Maria da Graça:
ODAÍSA (Isadora Ribeiro), trabalhava como empregada no apartamento de Lola, no início. Tem o filho pequeno, GUGU (Luiz Cláudio Júnior), desaparecido e luta para reencontrá-lo
os pretendentes de Odaísa que a disputam ADILSON GAIVOTA (Eri Johnson), um malandro que vive de aplicar golpes em mulheres mais velhas, ricas e solitárias,
e GERALDO (Gracindo Jr.), bicheiro com certo poder, na verdade um mau-caráter
BEBETO À JATO (Guilherme Karan), office-boy no escritório de Júlio Falcão, faz parte de um grupo de rockers. Namora Soninha
SARITA VITTI (Floriano Peixoto) cross-dresser que faz performances à noite, como drag-queen em uma boate
ROSE (Paula Bulamarqui), apaixonada por Edu, mas ele não dá bola para ela.

Os hábitos e costumes do povo cigano foram explorados ao máximo nessa novela de Glória Perez.
As novelas Alma Cigana (Tupi, 1964) e O Rei dos Ciganos (Globo, 1966-1967) também abordaram esse universo.
Houve também um núcleo de ciganos em Pedra Sobre Pedra (Globo, 1992).

A protagonista Dara (Tereza Seiblitz) foi inspirada em uma cigana da vida real, que enfrentou o preconceito de sua raça ao casar-se com um “gadjô” (não cigano).

Explode Coração foi a primeira novela gravada do início ao fim nos recém inaugurados estúdios do Projac, a Central Globo de Produção, em Jacarepaguá (RJ) – hoje Estúdios Globo -, cuja construção, em uma área de 1 milhão e 300 mil metros quadrados, começou em 1989 e terminou em 1995.

Em 1995, a Internet ainda era pouco difundida no Brasil. Apesar de não mais restrita ao uso acadêmico ou empresarial, não era de fácil acesso ao grande público. Além da conexão dificultosa, os PC´s (computadores pessoais) ainda eram um artigo de luxo, para poucos. A possibilidade de contato entre duas pessoas através da rede mundial de computadores soava como ficção científica para a maioria da população.
Logo no início da novela, o casal romântico central Dara e Júlio (Tereza Seiblitz e Edson Celulari) se conhece em uma sala de bate-papo, apresentando a “novidade” ao grande público.

Explode Coração era basicamente dividida em três grupos distintos: os ricos, os pobres e os ciganos.
Do núcleo cigano, além das roupas e dancinhas, o destaque foi o casal Jairo e Lola (Paulo José e Eliane Giardini), os pais de Dara.
Do núcleo pobre, saiu o casal Lucineide e Salgadinho (Regina Dourado e Rogério Cardoso), o mais popular da novela. Lucineide foi um dos melhores momentos de Regina Dourado na TV. Seu bordão fez sucesso: Stop, take it easy! Me poupe, me economize!”

A novela desenvolveu uma importante campanha de utilidade pública através da personagem de Isadora Ribeiro, Odaísa, cujo filho Gugu (o então menino Luís Cláudio Jr.) estava desaparecido. Odaísa, em sua busca, juntou-se às verdadeiras Mães da Cinelândia, no Rio de Janeiro, em comoventes mensagens de dor e esperança.
No capítulo do dia 09/03/1996, a novela mostrou a foto de uma criança desaparecida há dez anos. Seis dias depois, a mãe, Rosemary Pedrosa Araújo, reencontrava seu filho Célio, que havia sido levado embora pelo próprio pai.
A partir de então, no meio dos capítulos foram inseridos depoimentos de mães em busca de seus filhos. O encerramento da novela ainda apresentava fotos de crianças desaparecidas. A novela ajudou a localizar outros 64 filhos desaparecidos na vida real.

Para aprender hábitos e costumes do povo cigano, os atores fizeram um laboratório. Auxiliados pela jornalista Lúcia Abreu, que coordenou as pesquisas da novela, aprenderam danças e expressões em romanês, a língua cigana. A atriz Tereza Seiblitz ficou mais de um mês imersa nesse mundo: conversou com ciganos, leu a respeito da cultura, participou de suas festas e chegou a ter aulas diárias de dança cigana.

Uma cena de sexo envolvendo Dara e Júlio (Tereza Seiblitz e Edson Celulari) levou a advogada cigana Myrian Stanescon à Justiça. Sob a alegação de que o episódio fora inspirado em sua vida e que depreciava sua imagem e a de seu povo – cuja tradição impõe a virgindade para mulheres solteiras -, ela obteve uma liminar para impedir a exibição da cena. A TV Globo impetrou um recurso, e a cena foi exibida sem cortes.

Primeira novela na Globo da atriz Leandra Leal. Primeira novela dos atores Ricardo Macchi, Floriano Peixoto, Bruce Gomlevsky e do menino Luís Cláudio Jr.

O cigano Igor, vivido por Ricardo Macchi, deu o que falar e levantou a questão do “rosto bonito e pouco talento na TV”. Macchi para sempre ficou estigmatizado por sua participação na novela e “cigano Igor” virou sinônimo pejorativo para ator de pouco talento.

Grupos gays não aprovaram a personagem Sarita Vitti (vivida por Floriano Peixoto), por ela ter um comportamento indefinido junto ao meio. Afinal de contas, Sarita não caracterizava bem um travesti, um transformista, um transexual, um cross-dresser ou uma drag-queen.

Antes de estrear como atrizes, Ana Furtado e Renata Dutra apareceram na abertura de Explode Coração dançando como ciganas.

A criativa abertura da equipe de Hans Donner “previu” algumas tecnologias que ainda não estavam disponíveis em 1995. Em um ambiente futurista, um homem assiste a um show de dança cigana em uma smart-TV de tela-plana, captura via touch screen uma imagem em um tablet e escaneia uma dançarina, que surge real à sua frente – ou seja, faz um download da moça.
Em 1995, os aparelhos de televisão ainda eram de tubo e continuaram assim por um bom tempo. Os tablets só se popularizaram nos anos 2000. Pesquisas com touch screen existiam desde a década de 1960, mas só a partir de 2000 a tecnologia ecrã tátil invadiu nosso dia a dia.
Esses aparatos tecnológicos – que mais pareciam eletrodomésticos dos Jetsons – só ganharam nossas vidas de forma efetiva a partir da década seguinte, nos anos 2000 – apesar de já terem sido explorados anteriormente no cinema e na TV americana (como na série Star Trek).
Para criar a abertura da novela, Hans Donner baseou-se em pesquisas da época. Tanto ele (na abertura) quanto a autora Glória Perez (na trama da novela) estavam em sintonia com o futuro, embasados no que estava por vir.

A novela ajudou a disseminar e popularizar a dança cigana, assim como fez ressurgir a moda de vestidos e acessórios ciganos, principalmente os usados pela protagonista Dara.

Em dado momento da trama, modificou-se o figurino dos ciganos, considerado exagerado e estereotipado. Como não se tratava de ciganos nômades, mas ricos, moradores de bairros de classe alta que se dedicavam à indústria e ao comércio, os personagens passaram a se vestir como pessoas comuns, sendo os trajes típicos usados apenas em cenas de festas e rituais. Site Memória Globo.

A novela substituta de Explode CoraçãoO Rei do Gado, de Benedito Ruy Barbosa – estava com sua produção atrasada e a Globo nem pensou em espichar a trama de Glória Perez, pois havia acordado com a autora de liberá-la no prazo pré-determinado. Glória tinha compromissos decorrentes do julgamento dos acusados pelo assassinato de sua filha, Daniela Perez, ocorrido em 1992.
Assim, em substituição a Explode Coração, a emissora levou ao ar um tapa-buraco: O Fim do Mundo, de Dias Gomes. Anunciada como “uma super novela de 35 capítulos”, a atração fora inicialmente concebida para ser uma minissérie.

Explode Coração foi reapresentada no Viva (canal de TV por assinatura pertencente à Rede Globo) entre 29/01 e 28/07/2018, às 23h30 (com reprise às 13h30 do dia seguinte).

Trilha Sonora Nacional
explodet1
01. PRECISO DIZER QUE TE AMO – Léo Jaime (tema de Serginho)
02. ADMITO QUE PERDI – Marina Lima (tema de Vera)
03. LET ME BE YOUR DIVA – Edson Cordeiro (tema de Sarita Vitti)
04. ESSE MEU CABELO ROCK – João Penca & Seus Miquinhos Amestrados (tema de Bebeto)
05. EU SEI QUE VOU TE AMAR – Milton Nascimento (tema de Júlio Falcão)
06. PENSAMENTOS – Simone (tema de Eugênia)
07. IBIZA DANCE – Roupa Nova (tema de abertura)
08. DE MAIS NINGUÉM – Marisa Monte (tema de Edu e Yone)
09. EXPLODE CORAÇÃO – Maria Bethânia (tema de Dara)
10. CÉU COR-DE-ROSA – Sidney Magal (tema de Adilson Gaivota)
11. NOTURNA – Elba Ramalho (tema de Beth)
12. EU NUNCA ESTIVE TÃO APAIXONADO – Fábio Jr. (tema de Vladimir e Yanka)
13. A MONTANHA E A CHUVA – Orlando Moraes (tema de Igor)
14. FIESTA – Wagner Tiso (tema de Júlio Falcão e Dara)

Trilha Sonora Internacional
explodet2
01. BACK FOR GOOD – Take That (tema de Eugênia)
02. GET TOGETHER – Big Mountain
03. ESTOY ENAMORADO – Donato & Estéfano (tema de Igor)
04. DON’T LET ME BE MISUNDERSTOOD – Santa Esmeralda
05. DECEMBER – Collective Soul (tema de Larissa)
06. THAT’S WHY (YOU GO AWAY) – Michael Learns to Rock (tema de Serginho e Beth)
07. LA RUMBA DE NICOLAS – Gipsy Kings
08. SIN EXCUSAS NI RODEOS – Julio Iglesias (tema de Júlio Falcão e Dara)
09. FATHER AND SON – Boyzone
10. SE FUE – Venus
11. MACARENA – Los Del Rio
12. POR TU AMOR – Carlos Oliva & Los Sobrinos
13. GIPSY WOMAN – Cannibals
14. OGNI VOLTA – Antonello Venditti

Trilha Sonora Complementar: Coração Cigano
explodet3
01. HINO CIGANO – Grupo Rorarni
02. CHEI CHOVORRIHO – Grupo Encanto Cigano
03. KRALLISA – Grupo Rorarni
04. RORARNI – Grupo Rorarni
05. LAMENTO CIGANO – Grupo Rorarni
06. TU MAI LÊ – Grupo Encanto Cigano
07. AMOR GITANO (VOLIMÔS ROMANÔ) – Grupo Rorarni
08. BETCHÁRI – Grupo Encanto Cigano
09. GARY GARY – Grupo Rorarni
10. JAU DALE ADJES – Grupo Encanto Cigano
11. IBIZA DANCE – Roupa Nova
12. FIESTA – Wagner Tiso

Sonoplastia: Aroldo Barros
Produção Musical: Alberto Rosemblit
Seleção Musical da Trilha Internacional: Sérgio Motta
Direção Musical: Mariozinho Rocha

Veja também

  • decorpoealma_logo

De Corpo e Alma

  • clone_logo

O Clone

  • america_logo

América

  • caminhodasindias_logo

Caminho das Índias