Bastidores

Nessa mini-novela, o autor, o psicanalista Roberto Freire, explorava o filão da criança carente. João Pão era assim chamado pois carregava um pão debaixo da camisa, para nunca deixar de ter o que comer.

O autor deu continuidade ao personagem-título após o término da produção: lançou uma série de livros infantis com as aventuras de João Pão.

Poucos anos depois, em 1968, com o sucesso da novela A Pequena Órfã, na Excelsior, iniciou-se um movimento nas emissoras de tratar sobre crianças carentes e abandonadas e suas novelas.

Record
1964

novela de Roberto Freire

IVAN JOSÉ – João Pão
LÉLIA ABRAMO
FELIPE CARONE – Frei Manoel
JOÃO JOSÉ POMPEO – Chico

Veja também

  • tvrio_logo

Sonho de Amor

  • desonhecido_foto

O Desconhecido

  • record60

Prisioneiro de um Sonho

  • renuncia64_foto

Renúncia (1964)