Sinopse

Maria é uma garota doce que sustenta sozinha a família, vendendo flores e bilhetes de loteria pelas ruas. Abandonada pela mãe ainda quando criança, ela vive com o pai, Ramiro, um alcoólatra que nunca teve como sustentar os filhos, e os irmãos: Guilherme, jovem revoltado e problemático, Isabel, adolescente fútil e ambiciosa, e André, um adorável garoto de princípios, no fundo o único que valoriza a luta de Maria para manter a família unida. Sua mãe deixou os filhos por uma vida melhor nos Estados Unidos. No país, ela reconstruiu sua vida e teve mais um filho.

Após conhecer Santiago Trajano Queiróz, um homem rico e amargurado, a vida de Maria passa por uma guinada. Como o milionário detesta os poucos parentes que tem – a tia Malvina e os primos Eduardo e Beatriz -, ele, que sofre de uma doença incurável, deixa todo o seu dinheiro para Maria. Enquanto Malvina é uma mulher ambiciosa, que faz de tudo para conquistar o que deseja, seu filho Eduardo é um rapaz esforçado, que guarda uma triste história – sua noiva foi morta ao sair da igreja no dia do casamento. Entre ele e Maria surgirá uma forte atração.

Mas Maria e Eduardo terão uma série de problemas e pessoas a enfrentar ao longo desta história. Além da vilã Malvina, que vê na nora uma fonte de renda, muitos tentarão prejudicar o casal.

SBT – 19h15
de 26 de março a 7 de agosto de 2007

baseada no original Maria Mercedes de Inés Rodena
adaptação de Yves Dumont
direção de Henrique Martins, Jacques Lagoa e Luís Antônio Piá
núcleo Fernando Rancoletta

Novela anterior
Cristal

Novela posterior
Amigas e Rivais

BÁRBARA PAZ – Maria
RICARDO RAMORY – Eduardo
NICO PUIG – Santiago Trajano Quieiróz
TÂNIA BONDEZAN – Malvina
RAFAEL PAIVA – Téo
FABIANA ALVAREZ – Renata
WÁLTER BREDA – Ramiro
ÂNGELA FIGUEIREDO – Maria Helena
VANESSA GOULART – Beatriz
MARIANA DU BOIS – Sofia
ROGÉRIO MÁRCICO – Otávio
CÉSAR PEZZUOLI – Dr. Alberto
NORTON NASCIMENTO – Nocaute (Bento de Jesus)
CLARISSE ABUJAMRA – Rosa
MANOELITA LUSTOSA – Filó
BÁRBARA BRUNO – Eugênia
DANIEL MOROZZETI – Guilherme
GRETA ANTOINE – Isabel
RAFAEL CHAGAS – André
GIÁCOMO PINOTTI – Rodolfo
DANIEL AMARAL – Tavito
DÉBORA GOMEZ – Camila
MARIA CÉLIA CAMARGO – Dona Conceição
MARCELO VÁRZEA – Gigio
PABLO RODRIGUES – Chico Só
SUZANA ABRANCHES – Guta
LISA VIERA – Taís
RENAN BEGA – Grilo (Danilo)
MAURÍCIO AGRELA – Gabriel
KIKA JULIANELI – Laura
ANA SAAB – Malu
ERNANDO THIAGO – Aurélio
ALEJANDRA SAMPAIO – Berenice
MAURÍCIO DE BARROS – Adolfo
AUGUSTO ZACCHI – Tomás
CAIO ROMEI – Caco
ANDREZ GHIZZE – Totó
ALEXANDRE SERTORI – Bisteca
WELLINGTON DE OLIVERIA – Willy Jr.
FERNANDO NEVES – Bafo (Argemiro)
KELLY NASCIMENTO – Gilda
ADRIANA FERRARI – Rafaela
ANA PAULA VIEIRA – Fabíola
Uma das mais fracas novelas do SBT da década, Maria Esperança foi um dramalhão baseado na novela Maria Mercedes da Televisa do México, já apresentada no Brasil, pelo SBT, em 1996. Esta foi a décima primeira produção em parceria com a Televisa.

A mexicana Maria Mercedes, por sua vez, já tivera uma outra adaptação, mexicana, apresentada no Brasil, pelo SBT, em 1983: a novela Rina, que por aqui chamou-se Desprezo.

Bárbara Paz fez aulas de malabarismo e de canto, para cantar o rap de abertura.

Granja Viana, Alphaville e a faculdade Anhembi Morumbi, em São Paulo, serviram de locações externas para a novela.

Reprisada entre 17/01 e 27/05/2011, às 15 horas. Ganhou nova reprise em 2015 (terminou em 26/06), às 15h30.

Trilha Sonora

mariaesperancat
01. MARIA ESPERANÇA – Bárbara Paz (tema de abertura)
02. VOCÊ É TUDO – Jorge Vercilo (tema geral)
03. HISTÓRIA DE AMOR – Fafá de Belém (tema de Maria)
04. ME LIGA – Felipe Dylon (tema de Camila e Chico Só)
05. SENTIMENTAL – Fernanda Porto
06. JARDIM SECRETO – Acústika
07. NÃO VOU FICAR – Duda Monteiro (tema de Renata)
08. AS QUATRO ESTAÇÕES – Vânia Abreu (tema geral)
09. NOSSO AMOR É ASSIM – Leandro (tema de Eduardo)
10. VAI – Alma D´Jem
11. MELHORES DIAS DE UM VERÃO – Flávio Venturini (tema geral)
12. UM DIA NORMAL – Paralelo 8

Tema de Abertura: MARIA ESPERANÇA – Bárbara Paz

Maria, Maria…
Meu nome é Maria como tantas são
Que se entregam como eu, de coração
E na palma da mão corre a linha da vida
Parecida com outras vidas
Cuida de você, que eu sei cuidar de mim
Só quem nasceu como eu pode entender o que sinto
Fui abandonada e a vida é que me fez assim
Não tenho medo de nada, eu enfrento o perigo
Nascida pra servir você, foi sem querer
Que a sorte mudou
Mas a felicidade eu sei, eu procurei
E o dinheiro não comprou
Maria, Maria, sempre a seu dispor
Esse ritmo me faz sonhar um novo amor
Maria, Maria, sempre a seu dispor
Essa dança é que alivia toda a minha dor…

Veja também

  • ricostambemchoram_logo

Os Ricos Também Choram

  • marisol_logo

Marisol

  • seusolhos_logo

Seus Olhos

  • esmeralda_logo

Esmeralda