Sinopse

A milionária Áurea Menezes Garcia anuncia aos três filhos, Fred, Adolfo e Zé Luís, o seu casamento com o jovem Astor. Logo a empresária desaparece deixando como seu procurador geral o funcionário público Firmino do Espírito Santo, desconhecido de todos.

Firmino é um homem honesto e sem ambições. É bom caráter, mas em sua vida tudo dá errado. De uma hora para outra, ele passa a ter enorme poder nas mãos, assume a direção das empresas de Áurea e tem que lidar com os três filhos ambiciosos dela.

A partir daí a trama une os mundos distintos de Áurea e Firmino, cuja noiva, Sarita, uma trapaceira que segue os passos da mãe Erotildes, é contratada para se casar com o deputado José Maria, solteirão e candidato a governador que mantinha um discreto namoro com Zé Luís.

Firmino, por sua vez, irá se envolver amorosamente com Cláudia, um moça boa a íntegra que teve um casamento fracassado com o mau-caráter Fred Menezes Garcia. Também o surgimento na vida de todos de Arnaldo, o irmão gêmeo de Zé Luís, um bandido foragido da polícia.

Globo – 19h
de 7 de maio a 1º de dezembro de 1990
179 capítulos

novela de Marcílio Moraes, Leonor Bassères e Euclydes Marinho
coordenação de texto de Walther Negrão
colaboração de Dulce Bressane
direção de Denis Carvalho e Denise Saraceni
direção geral de Denis Carvalho

Novela anterior no horário
Top Model

Novela posterior
Lua Cheia de Amor

LUIZ GUSTAVO – Firmino do Espírito Santo
LOUISE CARDOSO – Cláudia
GLÓRIA PIRES – Sarita
JOSÉ WILKER – Fred
MIGUEL FALABELLA – Zé Luís / Arnaldo
EVA WILMA – Nenê
MAURO MENDONÇA – Honório
OTÁVIO AUGUSTO – Lorival
MÁRCIA REAL – Áurea Menezes Garcia
TATO GABUS – Adolfo
MARIA PADILHA – Amanda
MARCOS FROTA – Astor
BIA SEIDL – Beatriz
DEBORAH EVELYN – Marisa
MARCELO PICCHI – José Maria
GEÓRGIA GOMIDE – Erotildes
ELIAS GLEIZER – Caroço
YARA CÔRTES – Dona Cristina
SÉRGIO VIOTTI – Plínio
MARCELO SERRADO – Robin
DANIELA CAMARGO – Kathrine
CHARLES MÖELLER – Jota (João Otávio)
RENATA CASTRO BARBOSA – Irene
OSWALDO LOUREIRO – Coronel Belarmino
ANALÚ PRESTES – Líria
MÁRIO BORGES – Skiro
STEPAN NERCESSIAN – Detetive Palhares
DESIRÉE VIGNOLLI – Lucilene
MARCOS DE OLIVEIRA – Alfredo
MARCÉLIA CARTAXO – Divina
JOÃO CARLOS BARROSO – Waldisnei
ABRAHÃO FARC – Juca
ROBERTO SANTANA – Bola Sete
RENATA FRONZI – Amelinha
LUÍS MAGNELLI – Contra-Filé
SONAIRA D´ÁVILA – Célia
MARÍLIA BARBOSA – Minervina
CARMEM MELLO – Jurema
as crianças
FABRÍCIO BITTAR – Denis
DEBORAH SECCO – Denise
e
ADELAIDE PALETTE
ANA DEVEZA
ANA ZETTEL
ÂNGELA TORNATORI
ARAÚJO HULK
CACÁ SILVA
CASTRO GONZAGA – Padre Gustavo
CHICO TENREIRO – Gleiser (psicanalista de Zé Luís)
CLÁUDIA AMADEU
CLÁUDIA LIRA – secretária de Firmino contratada por Fred para lhe passar informações do que se passa no gabinete dele
CLÁUDIA MAGNO como ela mesma, jurada no concurso Caras & Pernas
CLÁUDIO MAIA
EDUARDO GUERRA
ELIAS TUFFY
ELIEL FERREIRA
FERNANDO AMARAL – Nogueira (chefe de Firmino, no início)
FLÁVIA ALESSANDRA – Francisca (amiga de Kathrine, disputa com ela o concurso Caras & Pernas)
GUILHERME DE PÁDUA – Narciso (amigo de Jota)
GUILHERME KARAN – apresentador do concurso Caras & Pernas
HELENA JOBIM como ela mesma, jurada no concurso Caras & Pernas
ILANA HAZAN
IVAN CORRÊA
IVO CICONHA
JEFFERSON VINÍCIUS
JENA KOPELMAN
JOSÉ STEIMBERG – empresário australiano que acompanha Beatriz na festa de noivado de Áurea e Astor
LAERTE SANTOS
LELA BADARÓ como ela mesma, jurada no concurso Caras & Pernas
LUÍS COMANCHE
LUÍS PIMENTA
LUIZ SANTIAGO
MANOEL ELIZIÁRIO
MÁRCIO RODRIGO
MARILENE GONDIM como ela mesma, jurada no concurso Caras & Pernas
MARINA LIRA
MARKUS AVALONI
MOACYR PRINA
NELSON JÚLIO
PEDRO PAULO PUGLIESE
RENATO como ele mesmo, jogador de futebol, jurado no concurso Caras & Pernas
RICARDO MAURÍCIO
ROBERTO MATTAR
ROBERTO MORAES
RODOLFO BOTTINO como ele mesmo, jurado no concurso Caras & Pernas
RÚBENS DE ALMEIDA
RUTÍLIO MORAES
SANDRA DE SÁ como ela mesma, jurada no concurso Caras & Pernas
SANDRO RILHO
SÉRGIO MALLANDRO como ele mesmo, jurado no concurso Caras & Pernas
SOLANGE COUSSEAU como ela mesma, jurada no concurso Caras & Pernas
SUELY FRANCO – Dona Rosinha (mulher de um político que pondera apoiar José Maria)
TUCA ANDRADA – Gonçalves (amigo de Arnaldo que tem conhecimento das armações de Fred)
VÂNIA ALEXANDRE
WILL TAHA – Ricardão (auxiliar do detetive Palhares)
YEDA DANTAS

– núcleo de FIRMINO DO ESPÍRITO SANTO (Luiz Gustavo), homem simples, ingênuo, tímido, romântico e trapalhão. Funcionário público de uma repartição em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. É um sujeito bom caráter e honesto, sem grandes ambições. Noivo de uma vizinha há muitos anos, nem desconfia que ela trabalha em uma boate. Inadvertidamente, para a surpresa geral, assume a direção dos negócios de uma milionária:
a mãe DONA CRISTINA (Yara Côrtes), a supermãe, protege e toma conta do filho como se ele fosse uma criança, apesar de ele já ser um quarentão. Não gosta da noiva dele
os amigos: LORIVAL (Otávio Augusto), seu confidente. Despachante, é metido a esperto e sugere atitudes que o amigo não tomaria,
JUCA (Abrahão Farc), dono do bar frequentado por ele e seus amigos,
e BOLA SETE (Roberto Santana), office-boy no escritório de Lorival.

– núcleo de SARITA (Glória Pires), a princípio, noiva de Firmino. Trabalha em uma boate à noite, mas, para o noivo, diz ser acompanhante de doentes. Aceita a proposta de se casar com um famoso deputado para abafar a homossexualidade dele frente aos eleitores. Ambiciosa, só pensa em se dar bem na vida, ter dinheiro para viver com conforto e gastar muito. É tão interesseira que decide ficar ao lado de Firmino quando descobre que ele assumiu as empresas de uma milionária:
a mãe EROTILDES (Geórgia Gomide), vizinha de Dona Cristina, com quem não se dá. Mulher vulgar e inescrupulosa. Espera que a filha suba na vida, de preferência com muito dinheiro. Não vê futuro no noivado dela com Firmino
o namorado de Erotildes, CAROÇO (Elias Gleizer), um malandro pouco inteligente que lhe satisfaz todas as vontades
a amiga LUCILENE (Desirée Vignolli), com quem trabalha na mesma boate.

– núcleo da ÁUREA MENEZES GARCIA (Márcia Real), milionária, presidente do grupo Menezes Garcia, uma holding liderada por uma indústria eletrônica. É uma mulher forte, dominadora, inteligente e de prestígio social. Todos se assustam quando ela anuncia seu noivado com um rapaz muito mais novo do que ela. Desaparece, deixando Firmino como seu procurador, fazendo com que ele assuma a direção de suas empresas, a contragosto dos filhos:
os filhos FRED (José Wilker), ADOLFO (Tato Gabus) e os gêmeos ZÉ LUÍS e ARNALDO (Miguel Falabella)
o jovem namorado ASTOR (Marcos Frota), que a ama, apesar de ninguém acreditar nele. É perseguido pelos filhos dela, que não aceitam a relação
a governanta e secretária LÍRIA (Analu Prestes), bela albanesa, figura austera e eficiente que sofre o assédio de Lorival, mesmo sem corresponder a seus arroubos
o DETETIVE PALHARES (Stepan Nercessian), investiga o desaparecimento de Áurea
o auxiliar do Detetive Palhares, CONTRA-FILÉ (Luís Magnelli)
a empregada CÉLIA (Sonaira D´Avila), é muda
a executiva da empresa MINERVINA (Marília Barbosa), controla o conselho de acionistas
a secretária da empresa JUREMA (Carmem Mello).

– núcleo de FRED (José Wilker), o mais velho dos filhos de Áurea. Ambicioso e de caráter duvidoso, é o vice-presidente das empresas de sua mãe, só que quer mais. Mulherengo, acaba se envolvendo com a ardilosa Sarita, mesmo depois de casado:
a filha KATHRINE (Daniela Camargo), adolescente contestadora das atitudes do pai, já sem saber de suas tramoias
o secretário SKIRO (Mário Borges), albanês, irmão de Líria.

– núcleo de ADOLFO (Tato Gabus), preguiçoso, seu maior sonho é se aposentar. Casado, passa por um complicado processo de separação:
a mulher AMANDA (Maria Padilha), dondoca, preocupada com a falta de posicionamento do marido em relação à família e às empresas. É a única que tem simpatia por Astor, o jovem noivo de sua sogra Áurea
os filhos pequenos DENIS (Fabrício Bittar) e DENISE (Deborah Secco)
a amante BEATRIZ (Bia Seidl), funcionária da Menezes Garcia. Meiga, será perseguida por Amanda por envolver-se com ele.

– núcleo os gêmeos ZÉ LUÍS e ARNALDO (Miguel Falabella). Homossexual, Zé Luís é um doce de pessoa. Tem um filho, abandonado pela mãe ao nascer. Arnaldo é o seu oposto: um bandido foragido da polícia. Entra na história no decorrer da novela:
o filho de Zé Luís, JOTA (Charles Möeller), adolescente apaixonado pela prima Kathrine, filha de Fred. Com ótima cabeça, entende as opções do pai, com quem tem uma relação de amizade e cumplicidade. Tem atritos com o tio Fred, por não aceitar as decisões que ele toma em nome da família e por ele proibir o seu namoro com Kathrine. Ao longo da trama, descobre que é, na realidade, filho de Arnaldo
o namorado de Zé Luís, JOSÉ MARIA (Marcelo Picchi), deputado e candidato a governador. Para ganhar as eleições, faz de tudo para ninguém saber de sua vida particular. Contrata Sarita para se casar com ele e manter em segredo sua opção sexual
o secretário de José Maria, ALFREDO (Marcos Oliveira)
a namorada de fachada de Zé Luís, IRENE (Renata Castro Barbosa), aparece no meio da trama
o pai de Irene, CORONEL BELARMINO (Oswaldo Loureiro), um político conservador.

– núcleo de CLÁUDIA (Louise Cardoso), namorada de Fred no início. É engenheira na empresa Menezes Garcia. Jovem alegre, inteligente e inteiramente apaixonada por Fred, sem desconfiar de suas pilantragens. Chegam a se casar, mas ela descobre as traições do marido e acaba se apaixonando por Firmino:
os pais: HONÓRIO (Mauro Mendonça), advogado. Amigo de Áurea, ela pensou em nomeá-lo seu procurador. No entanto, ela acatou uma ordem de Fred e o demitiu da empresa, decisão da qual se arrepende. Sofre ao perceber que Cláudia está apaixonada por Fred, por achá-lo um mau-caráter
e NENÊ (Eva Wilma), dona-de-casa entediada, mantém um casamento estável há mais de trinta anos, mas não aguenta mais cuidar da casa e dos filhos. Resolve dar seu grito de liberdade. É assediada por Lorival, completamente apaixonado por ela
o avô PLÍNIO (Sérgio Viotti), pai de Nenê. Amigo e confidente de Áurea, é um velho jogador, boêmio e irresponsável, que perdeu tudo o que tinha
os irmãos MARISA (Deborah Evelyn), apaixonada por Zé Luís. Não sabe que ele é homossexual e tem a certeza de que ele é o homem de sua vida. Ao longo da trama, conhece o gêmeo dele, Arnaldo e os dois se apaixonam,
e ROBIN (Marcelo Serrado), disputa Kathrine com Jota, o que põe os dois em conflito
a empregada DIVINA (Marcélia Cartaxo), muito metida na vida da família
o namorado de Divina, WALDISNEY (João Carlos Barroso)
a amiga de Nenê, AMELINHA (Renata Fronzi), fofoqueira.

Novela de trajetória irregular, que não repercutiu tão bem quanto suas antecessoras no horário nos últimos cinco anos.

Luiz Gustavo estava à frente dessa comédia considerada cínica e que exibia um desajuste entre seus autores. Faltando dois meses para seu término, Walther Negrão foi convocado para coordenar os textos e encaminhar os desfechos das tramas. (*)

Marcílio Moraes – que escreveu a trama com Leonor Bassères e Euclydes Marinho – revelou a Flávio Ricco e José Armando Vannucci, para o livro “Biografia da Televisão Brasileira”:
“Éramos três autores e foi uma relação complicada. A trama se perdeu porque eu havia feito a sinopse e cada um fazia o que dava na veneta. Para complicar, o diretor criou alguns entraves.”

A novela tinha um tom humorístico. Glória Pires a classificou como uma comédia nonsense. Miguel Falabella a descreveu como um produto transgressor, em que os atores, inclusive, tinham liberdade para improvisar diálogos e criar personagens, como a Marietinha Aranha. O ator acredita que Mico Preto possa ser entendida como uma gênese do programa humorístico Sai de Baixo (1996). Fonte: site Memória Globo.

No humor, destacaram-se os personagens de Miguel Falabella e Marcelo Picchi, o casal homossexual Zé Luís e José Maria,

A atriz Louise Cardoso revelou em entrevista:
“Em Mico Preto, eu interpretava uma heroína tão boa que era insuportável. (…) A Claudinha era um personagem linear. Então tive que fazer o feijão com o arroz. Quando chegou no capítulo 213 estava desesperada. As crianças ficavam me chamando na rua e tinha de dar tchauzinho. Tinha uma menina que era fanha onde eu morava e ficava dizendo ‘Clãndinha, Clãndinha…’. Tinha raiva disso. (…) Que o Marcílio me perdoe. Não estou criticando ele, mas a personagem. Esta novela foi difícil. No capítulo 200 queria sumir e faltava mais 20. Esta coisa interminável da novela é terrível!”

A polêmica com o mico leão-dourado que aparecia na abertura causou mais alarde que a própria novela – a Sociedade Protetora dos Animais considerou as imagens abusivas. (*)

As personagens Kathrine (Daniela Camargo) e Francisca (Flávia Alessandra) participaram do concurso Caras & Pernas, onde o apresentador foi vivido por Guilherme Karan, numa participação especial. O júri do concurso foi formado pela atriz Cláudia Magno, o apresentador Sérgio Mallandro, Marilene Gondim, o futebolista Renato, a top model Solange Cousseau, a escritora Helena Jobim, Lela Badaró, a cantora Sandra de Sá e o ator Rodolfo Bottino.

Primeira novela da atriz Deborah Secco, então com 10 anos de idade.

(*) Fonte: livro “Memória da Telenovela Brasileira”, de Ismael Fernandes.

Trilha Sonora Nacional
micot1
01. MICO PRETO – Gilberto Gil (tema de abertura / tema de Firmino)
02. TODA PRA VOCÊ (HERE WE ARE) – Gloria Estefan (tema de Marisa)
03. SOLUÇÃO – Ed Motta (tema de Sarita)
04. EGO – Placa Luminosa (tema de Astor)
05. DIAS MELHORES VIRÃO – Rita Lee e Roberto de Carvalho (tema de Nenê)
06. MALANDRO TAMBÉM CHORA – Neguinho da Beija-Flor (tema de Lorival)
07. DÚVIDAS – Julinho Teixeira (tema de Zé Luis)
08. VIDA LOUCA – Wando (tema de Adolfo)
09. A NOITE – Fernanda Abreu (tema de Robin)
10. QUEM É VOCÊ (LOVE WILL LEAD YOU BACK) – Sandra de Sá (tema de Cláudia)
11. DONA INVOCADA – Marçal (tema de Erotildes)
12. CRUZANDO RAIOS – Orlando Moraes (tema de Kathrine)
13. JEITO MANHOSO – Eliane (tema de Divina)
14. TEMA DE FRED – Nova Era

Trilha Sonora Internacional
micot2
01. SENDING ALL MY LOVE – Linear (tema de locação no Rio de Janeiro)
02. MY MY MY – Johnny Gill (tema de Sarita)
03. MOVE THIS – Technotronic (tema de locação do bar de Beatriz)
04. STILL GOT THE BLUES – Gary Moore (tema de Cláudia)
05. U CAN’T TOUCH THIS – M.C. Hammer (tema de locação de boates no Rio de Janeiro)
06. THE EMPEROR’S NEW CLOTHES – Sinead O’Connor (tema de Marisa)
07. SURE OF IT! – Jam Session
08. OH GIRL – Paul Young (tema de Kathrine e Robin)
09. THE POWER – Snap (tema de Erotildes)
10. STAR – Erasure (tema de Astor e Amanda)
11. FRIA COMO EL VIENTO – Luis Miguel (tema de Nenê)
12. WALK ON BY – Sybil (tema de locação no Rio de Janeiro)
13. MY BED IS BIG ENOUGH – Talita Johnson (tema de Lucilene)
14. I’LL ALWAYS BE WITH YOU – Martin Axel (tema de Jota)

Sonoplastia: Aroldo Barros
Supervisão musical: Walter D’Ávila Filho
Seleção musical da trilha internacional: Sérgio Motta
Direção de produção: Mariozinho Rocha
Produção musical: Paulo Henrique e Iuri
Masterização: Ieddo Gouveia e Sérgio Seabra

Tema de Abertura: MICO PRETO – Gilberto Gil
Eu nunca dei um jeitinho
Vim devagarinho pensando
Tentando acertar
Neguinho não me deu nada
A não ser porrada
Sermão, passa fora
E eu lá
Tem parasita na ativa
Exportando divisa
E eu suando a camisa
Por honra da firma
A vida é assim
E até minha gata dá pra todo mundo
Só não dá pra mim

Se um bacana me chuta
Eu peço desculpa
Em que luta pra não complicar
Se me chamar de bagaço
Agradeço, obrigado
Um abraço, é isso aí
Até já
Não tenho tempo pra sarro
O sapato furou
Acabou o cigarro
Meu time perdeu
Guincharam meu carro
Pisaram no meu calo
E até a comida o cahorro comeu

Eu sou brasileiro
Adoro esse coreto
É agora ou nunca
Já não tem talvez
Tão me dando gelo
Tirei o mico preto
Mas vem aí a minha vez…

Veja também

  • quereisoueu_logo

Que Rei Sou Eu?

  • vamp_logo

Vamp

  • topmodel_logo

Top Model

  • luacheiadeamor_logo

Lua Cheia de Amor