Sinopse

O chinês Liu rouba um bilhão de dólares de um cassino na China, desvia a quantia para uma conta bancária particular e armazena as informações sobre o paradeiro da fortuna em um pen-drive. O crime acaba sendo descoberto e, na mira da máfia chinesa, o ladrão foge. Liu vai parar em Lisboa, Portugal, e, no aeroporto, conhece os portugueses Aurora e João, mãe e filho, prestes a viajarem para o Brasil. Pouco antes do embarque dos portugueses, Liu esconde o pen-drive na bolsa de Aurora.

O destino de Aurora e João é o fictício bairro do Parque das Nações, no subúrbio do Rio de Janeiro, onde moram Heitor e Lívia. Apesar do amor que sentem um pelo outro, o casal enfrenta uma relação conturbada. Eles se casaram muito jovens, devido à gravidez não planejada de Lívia, e a união sempre contrariou a vontade de Luli Maria e Suzete, mães de Heitor e Lívia, respectivamente. Heitor é um homem apaixonado pela esposa e muito protegido pela mãe, ainda que já casado.

Lívia é romântica, batalhadora e decidida, e, devido à relação desgastada, resolve recomeçar sua vida longe de Heitor. Recebe uma proposta de trabalho em Portugal e deixa o filho Théo no Brasil com sua mãe. Seus planos, no entanto, não dão certo, e ela retorna. Ainda no aeroporto de Lisboa, conhece João, que parte para o Brasil em busca de uma vida melhor. Os dois embarcam no mesmo voo e o português se torna um obstáculo para a execução dos planos de Heitor de reconquistar a ex-mulher.

Um fato muda completamente o rumo da história. Heitor desaparece misteriosamente depois de descobrir informações secretas sobre o chinês Wu Chuang, que chega ao Brasil em busca do pen-drive de Liu. O sumiço de Heitor permite a união de João e Lívia. Ela ainda enfrenta as cobranças da ex-sogra, que, antes de descobrir que seu filho morreu, culpa-a pelo desaparecimento dele. Tudo se complica ainda mais quando Lívia descobre que Théo tem um tumor no coração e corre risco de morte.

Vários moradores do Parque das Nações se apossam do pen-drive. Porém, além de possuí-lo, é preciso reunir quatro bonecos para descobrir a senha que dá acesso à fortuna. O chinês Wu Chuang, primo de Liu que tem um dos bonecos, chega ao bairro e assume a identidade do primo, tornando-se um de seus adversários na corrida pelo pen-drive. Wu vai dar aulas de kung-fu na academia local e se torna amigo de Théo. No entanto, ao ensinar golpes baixos ao garoto, desperta a desconfiança de Flor de Liz, aluna de kung-fu da academia.

Globo – 18h
de 6 de outubro de 2008
a 14 de março de 2009
136 capítulos

novela de Miguel Falabella
escrita por Miguel Falabella, Antônia Pellegrino e Flávio Marinho
direção de Mauro Mendonça Filho, Flávia Lacerda, Tande Bressane e Marco Rodrigo
direção geral de Mauro Mendonça Filho
núcleo de Roberto Talma

Novela anterior no horário
Ciranda de Pedra

Novela posterior
Paraíso

GRAZI MASSAFERA – Lívia
RICARDO PEREIRA – João
NATÁLIA DO VALLE – Júlia
HERSON CAPRI – Adriano
THIAGO FRAGOSO – Diego
BRUNA MARQUEZINE – Flor de Liz
JUI HUANG – Liu
NEY LATORRACA – Edmar Silvestre
LEONA CAVALLI – Maralanis
LUCIANA BRAGA – Denise
JULIANA DIDONE – Celeste
FERNANDA DE FREITAS – Antonella
ELIANA ROCHA – Luli Maria
YONÁ MAGALHÃES – Suzete
FRANCISCO CUOCO – Dr. Evandro Fontanera
BIA NUNNES – Matilde
XUXA LOPES – Abigail
OSCAR MAGRINI – Mauro Bertazzi
VERA ZIMMERMANN – Joelma
JOAQUIM MONCHIQUE – Belarmino
CLÁUDIA JIMENEZ – Violante Gonçalves
CARLA ANDRINO – Carminda
FREDERICO REUTER – Zé Boneco
MARIA VIEIRA – Aurora
NATHALIA TIMBERG – Augusta
ANDERSON LAU – Wu Chuang (falso Liu)
FERNANDA RODRIGUES – Estelinha
RAONI CARNEIRO – Heraldinho
MARIA GLADYS – Lucivone
DÉBORA OLIVIERI – Aldira
JOSIE ANTELLO – Lausanne
DEBORAH KALUME – Edilza
JANDIR FERRARI – Alaor
SANDRO CHRISTOPHER – Odilon
CLÁUDIA NETTO – Dalva
IZABELLA BICALHO – Zuleika
DUDU PELIZZARI – Tozé
ZEZEH BARBOSA – Semíramis
THELMA RESTON – Olímpia
DUSE NACARATTI – Tia Saudade
RODRIGO MENDONÇA – Ramiro / Danilo Freire
RENATA VILELA – Mirna
ERNESTO XAVIER – Tamuz
ELDER GATELLY – Jasão
LUCIANA MIZUTANI – Suyan
CHAO CHEN – Zedong Yao
NIL NEVES – Isidoro
BRUCE GOMLEVSKY – Nereu
ÉLIDA L´ASTORINA – Vera
CACAU HYGINO – Pedro
o menino EIKE DUARTE – Théo
os bebês gêmeos JOÃO MIGUEL e PEDRO – Edmarzinho
e
ALEXANDRE ZACCHIA – Zeilson (assaltante, paquera de Lucivone)
ANTÔNIO FAGUNDES – Dr. Ernesto Dumas (marido de Júlia, morre no início)
CHICO TENREIRO – juiz de paz do casamento de Belarmino e Violante
DALTON VIGH – Dr. Otávio de La Riva (médico que vai cuidar de Théo)
DÉBORA LAMM – Mariete (sobrinha de Violante)
ELLEN ROCCHE – Laura (ex de Adriano)
ÉLIDA MUNIZ – Bárbara (paciente de Júlia)
FÁBIO ASSUNÇÃO – Heitor (ex-marido de Lívia, pai de Théo, filho de Luli Maria, desaparece no início da trama)
INEZ VIANNA – Dóris (cunhada de Violante)
LUCA DE CASTRO – Donato (amigo de Mauro e Adriano)
SÉRGIO LOROZA – Detetive Adilson (investiga o caso do envenenamento de Belarmino)
VICTOR PECORARO – Felisberto (substitui Zé Boneco no coração de Luli)

– núcleo de LÍVIA (Grazi Massafera), mulher corajosa e batalhadora que vai tentar a vida em Portugal, porém retorna ao Brasil:
a mãe SUZETE (Yoná Magalhães), amiga e confidente
o filho THÉO (Eike Duarte).

– núcleo de HEITOR (Fábio Assunção), ex-marido de Lívia, pai de Théo. Desaparece misteriosamente após descobrir informações secretas contidas num pendrive:
a mãe LULI MARIA (Eliana Rocha), dona da loja Rosa Graxa, contra o relacionamento do filho e Lívia
o irmão HERALDINHO (Raoni Carneiro)
a namorada de Heraldinho ESTELINHA (Fernanda Rodrigues)
as funcionárias da Rosa Graxa: ALDIRA (Débora Oliveira) e LUCIVONE (Maria Gladys), que sonha com um príncipe encantado.

– núcleo do português JOÃO (Ricardo Pereira), jovem que vem para o Brasil em busca de boas oportunidades. Conheceu Lívia em Lisboa e, desde então, não conseguiu esquecê-la. Os dois se reencontram e vivem um romance:
a mãe AURORA (Maria Vieira), que vem para o Brasil junto com o filho
o tio, irmão de Aurora, BELARMINO (Joaquim Monchique), dono de uma padaria no Parque das Nações, Rio de Janeiro, e sua esposa CARMINDA (Carla Andrino), que hospedam João e Aurora
os primos, filhos de Belarmino e Carminda, CELESTE (Juliana Didone), que se torna modelo, e TOZÉ (Dudu Pelizzari)
o amigo ISIDORO (Nil Neves), confeiteiro da padaria, apaixonado por Aldira
a funcionária da padaria SEMÍRAMIS (Zezeh Barbosa), mãe solteira que tem um romance secreto com Belarmino
o filho de Semíramis, TAMUZ (Ernesto Xavier), apaixonado por kung-fu, nem desconfia que Belarmino é seu pai.

– núcleo de JÚLIA (Natália do Valle), médica que, no passado, fez inseminação artificial, mas esconde de todos:
o marido ERNESTO (Antônio Fagundes), homem estéril, o que levou Júlia a fazer a inseminação, morre no início
o filho DIEGO (Thiago Fragoso), namorado de Celeste, que ao descobrir da inseminação vai para São Paulo tentar achar o verdadeiro pai
a mãe AUGUSTA (Nathália Thimberg)
a irmã DENISE (Luciana Braga), mulher amargurada, com quem entra em conflito
o médico DR. RAMIRO (Rodrigo Mendonça), que tem uma paixão platônica por ela
a amiga DR. MIRNA (Renata Vilela), que ama Ramiro.

– núcleo de ADRIANO (Herson Capri), advogado que no passado, num trote da faculdade, fez uma doação de sêmen a uma clínica de inseminação artificial. Dessa brincadeira nasceu Diego, fato que desconhece. Com essa descoberta, se aproxima de Júlia e iniciam um romance:
o pai EVANDRO (Francisco Cuoco), que sonha em ser avô
a irmã solteirona MATILDE (Bia Nunes)
a ex-mulher ABIGAIL (Xuxa Lopes), que ainda o persegue
a governanta OLÍMPIA (Thelma Reston).

– núcleo de MAURO (Oscar Magrini), amigo e sócio de Adriano que mantém uma relação extraconjugal com Denise. É alvo do amor de Matilde:
a mulher JOELMA (Vera Zimmermann), uma perua.
a filha ANTONELLA (Fernanda de Freitas), advogada competente que Evandro pensa em nomeá-la como herdeira de seus negócios. Apaixona-se por Diego e o ajuda na busca de seu verdadeiro pai.

– núcleo de EDMAR SILVESTRE (Ney Latorraca), dono do restaurante El Chaparrito, alegre e bem humorado. Após um acidente, passou três anos sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias:
a mulher MARALANIS (Leona Cavalli), vedete decadente do El Chaparrito
a enteada FLOR DE LIZ (Bruna Marquezine), apaixonada por cultura oriental, amiga de Théo
o gerente do El Chaparrito ALAOR (Jandir Ferrari), malandro de caráter duvidoso que teve um relacionamento secreto com Maralanis no período em que Edmar estava sequestrado. Envolve-se com Matilde
o menino EDGARZINHO (João Miguel e Pedro), filho de Maralanis e Alaor
os garçons ZÉ BONECO (Frederico Reuter), alvo do amor de Luli Maria, e ZULEIKA (Izabella Bicalho), que sonha em ser cantora
os cozinheiros ODILON (Sandro Christopher) e sua esposa DALVA (Cláudia Netto), conselheira de Maralanis.

– núcleo da Academia de kung-fu Terra do Meio:
os sócios JASÃO (Elder Gatelli), professor de tai-chi-chuan para crianças, e sua esposa SUYAN (Luciana Mizutani), lutadora exímia e referência em tradições orientais
a atendente LAUSANNE (Josie Antello), amiga de Lucivone e Aldira.

– núcleo de LIU, na verdade WU CHUANG (Jui Huang), jovem chinês que mora em Macau, comete um grande roubo em um cassino e consegue desviar um bilhão de dólares para uma conta particular. Guarda as informações num pendrive que sai da China, passa por Lisboa e vai parar no Rio. Liu, então, chega ao Parque das Nações para recuperar a sua fortuna:
o falso Liu, WU (Anderson Lau)
o chinês ZEDONG YAO (Chao Chen), chega ao Parque das Nações fingindo conhecer a cidade, mas está no encalço de Liu.

– demais personagens:
TIA SAUDADE (Duse Naccarati), moradora de rua do Parque das Nações que vive numa kombi abandonada
NEREU (Bruce Gomlevsky), jornaleiro da Praça das Nações que envolve-se com as amigas Aldira, Lucivone e Lausanne.

Primeira novela de Miguel Falabella sem a parceria de Maria Carmem Barbosa. A dupla havia feito anteriormente Salsa e Merengue (1996-1997) e A Lua Me Disse (2005).

Inicialmente pensada para o horário das sete, Negócio da China foi antecipada para as seis, quebrando o ciclo de novelas românticas de época na faixa (desde 2005), de forma a conquistar o público jovem, que havia abandonado a Globo no horário pós-Malhação.

Negócio da China estreou com média de 30 pontos no Ibope da Grande São Paulo (meta para o horário na época). No entanto, em apenas uma semana, esse número despencou para 18 pontos, no que foi considerada na ocasião a maior fuga de telespectadores em uma produção global.

Numa tentativa de levantar a audiência, a Globo reduziu os breaks comerciais nas suas novelas e, com a chegada do horário de verão, a emissora atrasou toda sua programação a partir da novela das seis, o que fez com que Negócio da China entrasse no ar às 18h30.

Mas de nada adiantaram as medidas: a novela entrou para a história como a pior audiência numa trama das 18 horas da Globo até então. O autor, Miguel Falabella, admitiu que não desejava mais escrever para essa faixa, cujo público considerou “uma incógnita” – Novela das seis, nunca mais!, desabafou.
De fato, Negócio da China parecia uma novela das sete exibida às seis.

A novela sofreu ainda com a saída definitiva de Fábio Assunção, que vivia um dos protagonistas. O ator teve que se afastar do trabalho para cuidar da saúde (dependência das drogas). Fábio ficou internado em uma clínica de reabilitação no interior de São Paulo de novembro de 2008 até abril de 2009, voltando aos estúdios de TV em setembro para gravar a minissérie Dalva e Herivelto.

Na trama da novela, o personagem de Fábio Assunção, Heitor, foi sequestrado, sumiu e teve seu cadáver descoberto. O autor criou um novo personagem, o médico Otávio (Dalton Vigh), para formar um triângulo amoroso com Lívia (Grazi Massafera) e João (Ricardo Pereira). Fábio Costa em “Novela, a Obra Aberta e Seus Problemas”.

Miguel Falabella teve que se desdobrar para fazer a novela. Ao mesmo tempo em que escrevia os capítulos de Negócio da China, ele também roteirizava e atuava no seriado humorístico Toma Lá, Dá Cá.

A inspiração para figurinos e caracterizações partiu de livros e filmes. O Tigre e o Dragão (2000), do diretor Ang Lee, e O Clã das Adagas Voadoras (2004), de Yimou Zhang, por exemplo, serviram de base para os figurinos de Flor de Liz (Bruna Marquezine). A personagem tinha o visual baseado em mangás (HQs ao estilo japonês) e apresentou uma grande combinação de cores e estampas com referências orientais. (*)

Vários uniformes usados na academia de kung-fu vieram da China, onde também foram compradas sedas para compor o visual de várias personagens femininas. O figurino de Suyan (Luciana Mizutani) foi inspirado nas heroínas chinesas. Durante as sequências de luta, ela precisava ficar suspensa por cabos, e seus cabelos longos contribuíam para dar movimento às cenas. (*)

Filmes como As Bruxas de Eastwick (1987), de George Miller, e títulos do espanhol Pedro Almodóvar inspiraram a caracterização do trio Lausanne (Josie Antello), Aldira (Débora Olivieri) e Lucivone (Maria Gladys). As três usavam um figurino parecido, porque viviam copiando o estilo uma da outra. Eram modelos de roupas, brincos e bolsas que se diferenciavam apenas na cor, e muitos eram comprados em camelôs. O trio abusava de estampas, cores fortes, acessórios e maquiagem chamativa. Maralanis (Leona Cavalli) também vestia roupas bem extravagantes: cintos espalhafatosos, meias coloridas e muitos bordados. (*)

As histórias tiveram como cenário as cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo, além de Macau e Hong-Kong, na China, e Lisboa, em Portugal.

A equipe de cenografia ficou responsável pela produção de mais de 40 cenários, além da cidade cenográfica inspirada no bairro carioca do Grajaú, Zona Norte do Rio de Janeiro. Construída em 45 dias em torno de uma fictícia praça arborizada, a cidade cenográfica ocupou uma área de quase 8 mil m². (*)

Mesmo nos cenários que não remetiam diretamente à China, havia referências a essa cultura, fosse através de uma luminária, um bibelô ou um desenho na parede. O quarto de Flor de Liz (Bruna Marquezine), por exemplo, expressava o encanto da personagem pelo universo oriental. (*)

Alguns atores precisaram de treinamento especializado para viverem seus personagens. O núcleo dos portugueses passou por um curso intensivo de panificação e aprendeu a fazer doces portugueses com um chef especializado. A atriz Leona Cavalli teve aulas de canto. Os atores Thiago Fragoso e Raoni Carneiro começaram a treinar kung-fu meses antes de as gravações começarem. (*)

As cenas de luta, que contavam com vários saltos, voos e efeitos especiais, ganharam o reforço de atores e dublês chineses. As tomadas de combate eram coreografadas com a supervisão de Dani Hu, um chinês de Macau, descendente de um clã de lutadores. Em uma sequência, Liu (Jui Huang) lutou com mais de 30 chineses. Essa preparação era feita em parceria com a equipe de efeitos especiais e visuais, responsável por dar veracidade aos combates. Durante a novela, por exemplo, a personagem Flor de Liz (Bruna Marquezine) saltava, levitava e fazia movimentos acrobáticos. (*)

O primeiro capítulo apresentou Ney Matogrosso cantando o tema de abertura num cassino em Macau. Numa sacada criativa, as cenas de luta, apresentadas concomitantemente ao show de Ney, se mesclaram com abertura que veio na sequência. Nela, o personagem Liu (Jui Huang) enfrentava várias pessoas para recuperar o colar que continha informações de seu roubo, numa sequência de cenas em que luta kung-fu.

O ator Anderson Lau, escalado inicialmente para viver Liu, quebrou o pé nos ensaios para as primeiras cenas da novela e teve que ficar fora de combate por mais de um mês. A produção fez testes às pressas para encontrar um substituto: Jui Huang, filho de chineses, falante de mandarim e lutador de kung-fu e karatê. Porém, Anderson Lau voltou à trama no segundo mês, como Wu Chuang, um primo de Liu que assumiu sua identidade.

Miguel Falabella pediu que a atriz Grazi Massafera regravasse suas primeiras cenas, acreditando que ela poderia se sair melhor, e se justificou dizendo que seu teste para o elenco da novela foi muito bom. Após as regravações, Falabella aprovou a atuação da atriz.

Presença no elenco dos atores portugueses Ricardo Pereira, Joaquim Monchique, Carla Andrino e Maria Vieira.

Primeira novela dos atores Dudu Pelizzari e Eike Duarte (este, com 11 anos na época).

(*) Site Memória Globo

Trilha Sonora
negociot
01. XI SHUA SHUA – The Flowers (tema de locação: Rio de Janeiro)
02. SAMBA DA ZONA – Mariana Baltar (tema geral)
03. EU AMO VOCÊ – Tim Maia (tema de Lívia e Heitor)
04. LUGAR COMUM – Sérgio Mendes e Jovanotti (tema de Joelma)
05. AINDA GOSTO DELA – Skank (participação especial Negra Li) (tema de Diego e Celeste)
06. TEMPO DE ESTIO – Jammil e uma Noites (participação especial Caetano Veloso) (tema de locação: Rio de Janeiro)
07. DEIXA QUIETO – Gabriel, o Pensador (tema geral)
08. DEVANEIO – Jorge Vercillo (tema de Júlia e Adriano)
09. MAIS ALGUÉM – Roberta Sá (tema de Diego e Antonella)
10. VIDRO FUMÊ – Ricky Vallen (tema de Edmar e Maralanis)
11. DE VOLTA PRO AMOR (WAY BACK INTO LOVE) – Yahoo (tema de João e Lívia)
12. BURGUESINHA – Seu Jorge (tema de Abigail)
13. ALGUÉM COMO TU – Dick Farney (tema de Luli e Zé Boneco)
14. SIMPLES CARINHO – Gal Costa (tema romântico geral)
15. O MOÇO VELHO – Toni Platão (tema de Adriano)
16. LIG-LIG-LIG-LÉ – Ney Matogrosso (tema de abertura)

ainda
HAJA O QUE HOUVER – Madredeus (tema de Lívia e João)

Tema de Abertura: LIG-LIG-LIG-LÉ – Ney Matogrosso

Lig-lig-lig
Lig-lig-lig-lé…

Lá vem o seu China
Na ponta do pé
Lig-lig-lig
Lig-lig-lig-lé

Dez tões, vinte pratos
Banana e café
Lig-lig-lig
Lig-lig-lig-lé…

Chinês
Come somente
Uma vez por mês
Não vai
Mais à Xangai
Buscar a Butterfly
E aqui, com a morena
Fez a sua fé
Lig-lig-lig-lé…

Lá vem o seu China
Na pontinha do pé
Lig-lig-lig
Lig-lig-lig-lé

Dez tões, vinte pratos
Banana e café
Lig-lig-lig
Lig-lig-lig-lé…

Lé lé…lé lé…lé lé…lé
Lig-lig-lig
Lig-lig-lig-lé…

Veja também

  • salsaemerengue_logo

Salsa e Merengue

  • luamedisse_logo

A Lua Me Disse

  • aquelebeijo_logo

Aquele Beijo