Sinopse

Numa aldeia no nordeste brasileiro, no final do século XIX, o preconceito por qual passa o jovem Renato, conhecido como “o Mestiço” por ser filho de uma índia e um branco. Na verdade, Renato ainda bebê fora abandonado e encontrado pela índia Guará, que o criou como seu filho.

O coronéis e senhores de engenho lutam contra Renato, um rapaz inteligente e corajoso, defensor dos humildes. No caldeirão em que se transforma a aldeia, Renato funda um jornal com o qual ataca os poderosos locais defendendo os trabalhadores e afirmando sua condição de mestiço. E é disputado por duas belas mulheres brancas, Ana Beatriz e Marina, apaixonadas por ele.

Tupi – 19h
de 8 de março a 15 de maio de 1965

novela de Cláudio Petráglia
baseada em original cubano
direção de Wanda Kosmo

Novela anterior no horário
Gutierritos, o Drama dos Humildes

Novela posterior
Olhos que Amei

HÉLIO SOUTO – Renato
PATRÍCIA MAYO – Ana Beatriz
ANA ROSA – Marina
LIMA DUARTE
CACILDA LANUZA – Guará
ELIAS GLEIZER – Coronel Xavier
VIDA ALVES – Gabriela
ELK ALVES – Bento
CLENIRA MICHEL – Francisca
XISTO GUZZI – Coronel Onofre
HUMBERTO PUCCA
MARCOS PLONKA – Romero
ARAKEN SALDANHA – Padre Jaime
ILEMA DE CASTRO – Dona Branca
PAULO PEREIRA – Zeca
OSWALDO DE BARROS – Mansur
LUIZ NORONHA – Martim
Lançamento de Hélio Souto na TV Tupi, depois do sucesso na TV Excelsior, mas como contratado da Colgate-Palmolive.

Também primeira novela da atriz Cacilda Lanuza na Tupi.

Veja também

  • fatalidade_foto

Fatalidade

  • pecadodecadaum_foto

O Pecado de Cada Um

  • tupi60

Ana Maria, Meu Amor

  • tupi60

Teresa