Sinopse

Homem habituado a impor sua vontade a todos não consegue dominar o filho artista.

Cultura – 18h30
de 6 de dezembro de 1965
a 6 de fevereiro de 1966

novela de Mário Fanucchi
direção de Dalmo Ferreira

Novela anterior no horário
O Moço Loiro

ROBERTO OROSCO – Miguel
EDY CERRI – Lúcia
NORBERT NARDONE – Flávio
LEONOR PACHECO
ÊNIO GONÇALVES – Alfredo
NEUSA MARIA – Vera
EDUARDO ABBAS – Conrado
NELLO PINHEIRO – Juvêncio
RÚBENS CAMPOS – Pai Tomé
PAULO BASCO – Oliveira
JACINTO FIGUEIRA JR.
IVETE JAYME
LÚCIA LAMBERTINI – Maria
FRANCISCO SOUZA
GERALDO MEIRELLES
CÉLIA RODRIGUES – Clotilde
Última das novelas da TV Cultura veiculadas no horário das 18h30, nos anos 60.

O ator Rúbens Campos faleceu no decorrer da trama.

O futuro “homem do sapato branco”, Jacinto Figueira Jr., participou da novela como ator.

Veja também

  • cultura60

Escrava do Silêncio

  • cultura60

Amor de Perdição

  • cultura60

Sangue Rebelde

  • cultura60

As Professorinhas (1965)