Sinopse

Quatro adolescentes, cada um com um grande conflito a resolver.

Majô era filha de pais separados e se apaixonou pelo padrasto Túlio. Caíto tinha tendências homossexuais e vivia num lar em desajuste, com o casamento de seus pais, Dirceu e Marilu, de mal a pior. Doca tinha problemas com drogas. E sua irmã Bia engravidou do namorado, Michel. Os pais dos dois, Odilon e Paula, também não eram nada felizes.

Entre elas, a história de Túlio, um ex-viciado, hoje professor íntegro, que reencontra uma terrível testemunha de seu passado pregresso: a ex-cunhada Fernanda.

Bandeirantes – 21h30
de 28 de setembro de 1981
a 2 de abril de 1982

novela de Ivani Ribeiro
escrita por Ivani Ribeiro e Jorge Andrade
direção de Atílio Riccó
supervisão de Antônio Abujamra

Novela posterior
Ninho da Serpente

KITO JUNQUEIRA – Túlio
SELMA EGREI – Fernanda
MÁRCIA DE WINDSOR – Raquel
TÁSSIA CAMARGO – Majô
ANDRÉ DE BIASI – Doca
JÚLIA LEMMERTZ – Bia
PAULO VILLAÇA – Odilon
NORMA BENGUELL – Paula
FLÁVIO GUARNIERI – Caíto
ROBERTO MAYA – Dirceu
IMARA REYS – Marilu
BEATRIZ SEGALL – Iracema
JAIRO ARCO-E-FLEXA – Diogo
FÁBIO CARDOSO – Joaquim
JOSÉ PARISI JR. – Leonel
HUGO DELLA SANTA – Liminha
RICARDO GRAÇA MELLO – Michel
EMÍLIO DI BIASI – Lulu
ARLETE MONTENEGRO – Clô
LÚCIA MELLO – Luciana
ANTÔNIO PETRIN – Moacir
SÔNIA OITICICA – Conceição
CARMEM SILVA
GIUSEPPE ORISTÂNIO
KIKO GUERRA
MAYARA MAGRI
DÉBORA SEABRA
TEREZA CAMPOS
GENY PRADO
OSVALDO BARRETO
BORGES DE BARROS
OSWALDO CAMPOZANA
TÁCITO ROCHA
LUIZ SERRA
MARIA PAIXÃO
LÚCIA MATTOS
LÍLIA CABRAL
ELIZA GOMES
YETA HANSEN
ZENAIDE
HILDA ZERLOTTI
FERNANDA ALVARENGA
CACÁ DI CARMEN
ESMERALDA HANNAH
MARIA HELENA CARDOSO
PAULO WEUDES
ARTHUR LEIVAS
TÂNIA AUDI
TUTI HUNGARO
ANA MARIA PANHOCA
DANI PATARRA
MARGOT RIBAS
REGINA STRAVINI
EDUARDO MENEZES
ANTOINE ROWLES
WILSON SANTANA
CARLOS TAKESHI
RAUL TOLEDO
e o menino ALEXANDRE RAYMUNDO

Anunciada como uma “novela-reportagem”, Os Adolescentes pretendia abordar a juventude daquele início dos anos 1980.
“Outro excelente trabalho de criação de Ivani Ribeiro, que armou um roteiro discutindo os problemas da geração 80, sem esquecer os entrechos novelísticos”, narrou Ismael Fernandes em seu “Memória da Telenovela Brasileira”.

“É uma novela que não se pretende moralista ou didática. Queremos mostrar os erros e acertos que envolvem as atitudes dos jovens, na sua perplexidade diante da vida de hoje”, afirmou Ivani em entrevista logo após a estreia (Jornal do Brasil, 11/10/1981, TV Pesquisa PUC-Rio).

Para tratar de aborto, gravidez juvenil, homossexualidade, drogas e outros temas espinhosos, a autora contou com a assessoria do psiquiatra Paulo Gaudêncio, com quem já havia trabalhado nas novelas Os Inocentes, A Barba Azul e O Profeta, na Tupi.
“Com sua reconhecida autoridade e sua grande experiência, ajuda-me a construir os tipos psicológicos e a condicionar as reações dos personagens dentro da realidade. Temos uma visão cuidadosa dos problemas ligados aos adolescentes, encarados sem falso puritanismo”, palavras da autora. (*)

Ivani não terminou de escrever a novela. Aborreceu-se com as decisões da direção. Pela primeira vez em sua vida profissional, a autora não teve acesso à escalação dos intérpretes. Ivani queixou-se em entrevista:
“As minhas sugestões foram repelidas. Houve completo divórcio entre minha visão da linha dos personagens, da sua estrutura psicológica, e a direção da novela. Isto tem sérias consequências para quem cria a história, para mim, principalmente, que costumo identificar o intérprete com o personagem em meu trabalho. Assim, esse tropeço inicial, aliado às outras incompreensões da direção da novela, de então, causou sérios aborrecimentos.” (*)

A autora original foi substituída por Jorge Andrade (a partir do capítulo 55), que, considerando a novela muito pesada e dramática, amenizou os problemas dos jovens centrais.
O novo autor manteve a espinha dorsal da trama, mas inseriu novos personagens. Os mais importantes foram o fazendeiro rico Joaquim (Fábio Cardoso), irmão de Odilon (Paulo Villaça), que passa a ser assediado sem o menor pudor pela cunhada Paula (Norma Benguell); Diogo (Jairo Arco e Flexa), o ex-marido da costureira Iracema (Beatriz Segall), que atrapalha a aproximação dela e de Joaquim; e as irmãs Clô (Arlete Montenegro) e Luciana (Lúcia Mello). Clô era uma velhinha moderna que faz amizade com os adolescentes do título – especialmente Caíto (Flávio Guarnieri). Fábio Costa em “Novela, a Obra Aberta e Seus Problemas”.

Outra mudança radical aconteceu com o personagem Túlio (Kito Junqueira), que na concepção de Ivani representava um elemento de equilíbrio, que procurava estabelecer a compreensão dos problemas dos adolescentes. Na nova leitura de Jorge Andrade, passou a ser o vilão da história, revelando-se um toxicômano. (*)

Último trabalho da autora na TV Bandeirantes. Frustrada com a novela, Ivani Ribeiro acertou finalmente a sua ida para a Globo, estreando no final de 1982 com a novela Final Feliz.

Primeiro trabalho na televisão dos atores Júlia Lemmertz, Lília Cabral, Tássia Camargo, André de Biasi e Mayara Magri.

Os Adolescentes teve um capítulo de pré-estreia, exibido no sábado anterior, dia 26/09/1981, às 21 horas.

Curioso notar que, apesar da novela se chamar Os Adolescentes, seu disco com a trilha sonora internacional era composto apenas com clássicos da música americana das décadas de 1940 a 1960. Guilherme Bryan e Vincent Villari comentam em seu livro “Teletema, a História da Música Popular através da Teledramaturgia Brasileira”:
“Trata-se, portanto, de uma excelente seleção de pop romântico e jazz norte-americano, mas que, na novela, gritava o distanciamento com o qual os adolescentes eram retratados e vistos.”

(*) Carolline Rodrigues em “Ivani Ribeiro, a Dama das Emoções”.

Trilha Sonora Nacional
adolescentest1
01. TUDO CERTO – Boca Livre
02. FILHO – Erasmo Carlos
03. AGORA SÓ FALTA VOCÊ – Zizi Possi
04. BEM OU MAL – Renato Terra
05. O MENINO AZUL – Aécio Flávio & Quartezanato (participação especial de Quarto Crescente)
06. TANTO FAZ – Roupa Nova
07. FICO LOUCO – Itamar Assumpção
08. ATÉ QUE PONTO – Elza Maria
09. AMOR – Ivan Lins (participação especial de Lucinha Lins)
10. DIFÍCIL ENTENDER – Marcos Sabino
11. O CLIMA DA MINHA CIDADE – Eliana
12. ADEUS À DOR – Tunai
13. AMOR SEM FIM (ENDLESS LOVE) – Flávio & Ederly

Trilha Sonora Internacional
adolescentest2
01. I LEFT MY HEART IN SAN FRANCISCO – Tony Bennet
02. LOVE IS MANY SPLENDORED THING – Ray Conniff
03. TEA FOR TWO – Doris Day
04. I BELIEVE – Frankie Laine
05. TENDERLY – Hi-Lo’s
06. CHEEK TO CHEEK – Errol Garner
07. CUANDO VUELVA A TU LADO – Eydie Gorme & Trio Los Panchos
08. BLUE MOON – Les Elgart & Orchestra
09. IT’S NOT FOR ME TO SAY – Jonny Mathis with Ray Conniff and his Orchestra
10. TILL – Percy Faith & Orchestra
11. UNCHAINED MELODY – Roy Hamilton
12. MY MELANCHOLY BABY – Ella Fitzgerald with Teddy Wilson and his Orchestra
13. STELLA BY STARLIGHT – Frank Sinatra
14. THE SHADOW OF YOUR SMILE – Andy Williams

Sonoplastia: Salatiel Coelho
Pesquisa musical: Tunica
Direção musical: Júlio Medaglia

Veja também

  • deusavencida80_logo

A Deusa Vencida (1980)

  • cavaloamarelo_logo

Cavalo Amarelo

  • finalfeliz_logo

Final Feliz