Bastidores

A trama narrava as desventuras de um divertido padre em uma cidadezinha do interior, adaptação de O Pequeno Mundo de Dom Camilo, original italiano de Giovanni Guareshi – que já havia sido apresentado na TV Tupi paulista, em 1958, com Otelo Zeloni como o protagonista, Dom Camilo.

Nesta versão da Globo, o nome do personagem foi mudado para Padre Tião (vivido por Ítalo Rossi).

Otelo Zeloni voltou a viver o personagem no seriado Dom Camilo e os Cabeludos, levado ao ar pela TV Tupi em 1972.

Produzida pela TV Globo de São Paulo, Padre Tião, inicialmente, era levada ao ar às 19 horas, no Rio de Janeiro. Depois, passou a ocupar o horário das 13h30. (Site Memória Globo)

O diretor Graça Mello trabalhou aqui também como ator.

Lamentavelmente não existem mais registros dessa novela, apagados porque as fitas foram reutilizadas (prática comum na época) ou porque perderam-se em um dos incêndios na TV Globo (1969, 1971 e 1976).

Globo – 19h / 13h30
de 12 de dezembro de 1965 a fevereiro de 1966 (Rio)
de fevereiro a março de 1966 (SP)

novela de Moysés Weltman
baseada em O Pequeno Mundo de Dom Camilo, de Giovanni Guareshi
direção de Graça Mello

ÍTALO ROSSI – Padre Tião
MARÍLIA PÊRA – Cidinha
GRACINDO JÚNIOR – Júnior
IRACEMA DE ALENCAR – Vovó Santana
MILTON GONÇALVES – Negrão
OTÁVIO GRAÇA MELLO – Tatalo
CLÁUDIA MARTINS – Natália
CELME SILVA
YARA SARMENTO – Dona Honestidade
JAQUELINE MARIE
MILTON CARNEIRO – Seu Romão
ZEZÉ MACEDO – Maria da Graça
SÉRGIO BRITTO – Tom
PAULO PORTO – Heleno

Veja também

  • nostemposdoimperador2

Nos Tempos do Imperador

  • salvesequempuder

Salve-se Quem Puder

  • ilusoesperdidas

Ilusões Perdidas

  • rosinhadosobrado

Rosinha do Sobrado