Sinopse

Pluft é um fantasminha muito esperto que vive com a sua mãe no sótão de uma velha casa à beira-mar. Tudo iria bem não fosse a chegada inesperada do terrível pirata Perna-de-Pau, que aparece à caça de um tesouro escondido na casa.

Em uma aventura repleta de emoção e suspense, o fantasminha defenderá o seu território com a ajuda da doce Maribel. Porém, para tanto, os dois precisarão se unir antes, pois Maribel tem medo de fantasmas, enquanto Pluft tem medo de gente.

De forma lírica e envolvente a história fala da busca da identidade e dos medos infantis, propondo uma reflexão frente ao temor do desconhecido.

Globo – 18h30
de 1º de abril a 1º de maio de 1975
8 capítulos

adaptação de Geraldo Casé
da peça infantil de Maria Clara Machado
direção de Geraldo Casé

DIRCE MIGLIACCIO – Pluft
NORMA BLUM – Maribel
ZILKA SALABERRY – mãe de Pluft
FLÁVIO MILIACCIO – Pirata Perna-de-Pau
CLÁUDIO MAMBERTI – pirata
EDSON SILVA – pirata
FLÁVIO SÃO THIAGO – pirata
JOSEPH GUERREIRO
MANFREDO COLASSANTI
MÁRIO TELLES
EMANUELLE SIERVO
SOLANGE RADISLOVICH
PATRÍCIA BUENO
PASCHOAL GUIDA

Adaptação pela própria Maria Clara Machado de sua peça mais famosa, criada em 1955. “Pluft, o Fantasminha” teve inúmeras montagens, muitas delas no exterior.

Projeto da Globo com colaboração da TV Educativa, tal qual outra produção de sucesso voltada para o público infantojuvenil: o Sítio do Picapau Amarelo, que estreou em 1977.

Exibida duas vezes por semana (terças e quintas-feiras), às 18h30, durante um mês, com capítulos com duração média de 30 minutos, Pluft, o Fantasminha foi a primeira produção para crianças realizada em cores no Brasil.

A autora Maria Clara Machado já escrevera para a TV Globo a novela A Patota, em 1972, também voltada ao público infantojuvenil.

Parte das gravações foi feita na praia de Grumari, onde a equipe de produção passou três dias acampada. As gravações de estúdio foram realizadas na TVE.

Pluft, o Fantasminha foi substituída pela novela Helena, que inaugurou oficialmente o horário das 18 horas para teledramaturgia dirigida ao público adulto, a princípio exclusivamente com adaptações de obras da Literatura Brasileira.

Veja também

  • bichodomato71

Bicho do Mato (1972)

  • primeiroamor_logo

O Primeiro Amor

  • patota_logo

A Patota