Bastidores

A primeira novela de Eva Wilma e John Herbert, então casados, vindos da série Alô, Doçura!, da TV Tupi.

Prisioneiro de um Sonho inaugurou o horário das 19h30 na TV Record de São Paulo. No Rio de Janeiro, foi exibida pela TV Rio, tendo estreado no mesmo dia, mas em outro horário, às 20 horas, juntamente com outra estreia da Record paulista, a novela Marcados pelo Amor (esta às 20h20).

A novela se deu ao luxo de ter uma trilha sonora exclusiva, assinada pelo então desconhecido Chico Buarque.

Eva Wilma narrou em sua biografia, “Eva Wilma, Arte e Vida” (Edla van Steen, Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006):
“Roberto Freire trouxe um rapazinho tímido que, segundo ele, tinha talento e merecia uma chance. E tocaria numa das minhas cenas. E tocou. Divinamente. Música linda. Se não me engano o nome da canção era ‘Valsinha’. E o rapaz/autor se chamava Chico Buarque de Hollanda.”

Eva Wilma interpretou três personagens idênticas fisicamente: Laura, Sandra e Silvia – dez anos antes das gêmeas Ruth e Raquel de Mulheres de Areia, na TV Tupi. Nilton Travesso, à época ligado à dramaturgia da Record, revelou a Flávio Ricco e José Armando Vannucci no livro “Biografia da Televisão Brasileira“:
“Como ela vai contracenar com ela mesma? Primeiro a gente gravava todas as falas de uma personagem no cenário e metade do estúdio apagado, para ficar um preto na imagem. Depois, Eva se trocava, mudava de lado e gravava as reações da outra personagem.”
O trabalho terminava na edição, quando era substituída a parte sem luz pelo trecho do diálogo.

Record – 19h30 (SP) 20h (RJ)
de 7 de dezembro de 1964
a fevereiro de 1965

novela de Roberto Freire
direção de Randal Juliano e Roberto Freire

JOHN HERBERT – Dr. Rodrigo
EVA WILMA – Laura / Sandra / Silvia
RENATO CONSORTE – Barros
LÉLIA ABRAMO
ADEMIR ROCHA
CECÍLIA CARNEIRO

Veja também

  • record60

João Pão

  • tvrio_logo

Sonho de Amor

  • desonhecido_foto

O Desconhecido

  • renuncia64_anuncio

Renúncia (1964)