Sinopse

Os planos do jovem casal Daniel e Clarice são atrapalhados por Vitor Lopo Jr., playboy mau-caráter apaixonado por ela que não admitiu ser preterido. Ele manda sequestrar a filha recém-nascida do casal, Mariana, e a entrega à dupla Elza e Pestana, que usa crianças como pedintes de esmolas nas ruas. Mariana, agora chamada de Nininha, consegue fugir dos vilões e encontra apoio no Velho Gui, que se torna seu protetor sem que eles saibam que, na realidade, ele é seu avô.

Entre as crianças sequestradas por Elza e Pestana está Joãozinho, filho de Joana e Felipe Marinho. Ele foi levado quando nasceu. Seus pais criaram seu irmão gêmeo, Eduardo, enquanto acreditavam que o outro bebê tivesse morrido após o parto. Os gêmeos têm então destinos diferentes. Eduardo foi criado com todas as mordomias de uma criança endinheirada, enquanto Joãozinho passou uma infância de necessidades, explorado por Elza e Pestana.

Anos depois, os gêmeos se reencontram, por acaso, na rua. Os dois meninos se tornam amigos e trocam de lugar. Começa então uma série de confusões deixando desnorteados, de um lado, Elza e Pestana, e, do outro, Joana e Felipe. Enquanto isso, Daniel Avelar é vítima de uma armação de Lopo Jr. e passa a ser perseguido pela polícia. Para ganhar tempo e poder provar sua inocência, ele assume uma nova identidade: Flávio Alencar.

Record – 19h15
de 24 de outubro de 2005
a 17 de julho de 2006
229 capítulos

novela de Tiago Santiago
escrita por Tiago Santiago, Altenir Silva, Anamaria Nunes e Luiz Carlos Maciel
direção de Alexandre Avancini, Edgard Miranda e Vicente Barcellos
direção geral de Alexandre Avancini
núcleo Hiran Silveira

Novela anterior no horário
Essas Mulheres

Novela posterior
Bicho do Mato

MARCELO SERRADO – Daniel Avelar / Flávio Alencar
LAVÍNIA VLASAK – Clarice Luz
LEONARDO VIEIRA – Vitor Lopo Jr. (Vitinho)
HEITOR MARTINEZ – Felipe Marinho
BIANCA RINALDI – Joana
ROGÉRIO FRÓES – Velho Gui (Guilherme Silva)
VANESSA GERBELLI – Elza Socorro
LUIZ HENRIQUE NOGUEIRA – Vicente Pestana
PATRÍCIA FRANÇA – Diana Alba
JORGE PONTUAL – Júlio Ladeira
PAULO FIGUEIREDO – Dr. Vitor Lopo
ESTER GÓES – Beatriz Luz
ÍTALA NANDI – Maria Eduarda
RENATA DOMINGUEZ – Pati (Patrícia Lopo)
CLÁUDIO HEINRICH – Rafa (Rafael Avelar)
THÉO BECKER – Gabriel
CLÁUDIA ALENCAR – Teresa
RAUL GAZOLA – Cadu (Carlos Eduardo)
HELENA XAVIER – Alice (Tia Mágica)
RICARDO PEREIRA – Marco Aurélio / Marco Antônio
FERNANDA NOBRE – Janice
MARIA RIBEIRO – Raquel Miranda
ANDRÉ SEGATTI – Gerião (Rogério Correia)
DÉO GARCEZ – Dr. Alexandre Herculano (Xande)
VALQUÍRIA RIBEIRO – Valéria
ANDRÉ MATTOS – Ariosvaldo Padilha
MARIA CEIÇA – Marília
MARINA MIRANDA – Zita
JÉSSICA SODRÉ – Lúcia
MAURÍCIO RIBEIRO – Jonas Pereira
ROBERTO PIRILO – Dr. Hélio Nereu
DANIEL ANDRADE – Chicão (Francisco Santos)
PERFEITO FORTUNA – Miro das Candongas (Valdemiro Marques)
ÉRIKA FACCINI – Telma Sandenberg
ANA PAULA TABALIPA – Luísa Palmares
ANTÔNIO POMPEO – Amadeus
ROBERTO FROTA – Seu Ferreira
RENATA PASCHOAL – Adelaide
TICIANE PINHEIRO – Madu
MARISE GONÇALVES – Inocência
DANIEL MARINHO – Barroso
RENATO RONEY – Pit
ANNA MARKUN – Eleonora
RAFAEL ZULU – Bira (Ubirajara Nascimento Ferreira)
AUGUSTO VARGAS – Rodolfo Saulo Veigas
LUKA RIBEIRO – Monstrão
MARCELO ASSUMPÇÃO – Durão
PAULO VESPÚCIO – Casca Grossa
ROGÉRIO FABIANO – Leandro
MARCIA KAPLUN – Elisa
as crianças
JÚLIA MAGESSI – Nininha (Mariana)
PEDRO MALTA – Eduardo / Joãozinho (Ricardo)
SHAILA ARSENE – Tita (Cristina)
DIEGO FRANCISCO – Zezinho
VITOR DE ANDRADE – Celso
ANA ELIZA OLIVEIRA – Vânia
e
ADRIANA GARAMBONE – Stella Garcia (advogada sequestrada por Lopo Jr. e assassinada)
ANDREAS AVANCINI – Pepe
ANDRÉ FILLIPPI DI MAURO – João Bonforte
ANDRESSA OLIVEIRA – Adriana
ANTÔNIO FRAGOSO – Dirceu
BERNARDO CASTRO ALVES – Cleto
CHRISTOVAM NETO – Gibi
DANILO RIBEIRO – Tibério Fialho (colega de Júlio e Diana na delegacia)
FELIPE FOLGOSI – Dr. Baltazar Matoso (psiquiatra que trata de Elza)
GORETE MILAGRES – Margarete
GUILHERME BOURY – Nobru
GUSTAVO MORAES – Natan
JITMAN VIBRANOVSKI – juiz
LOUISE DTUANY – Luana
MALU GALLI – Samanta
MARCELO PICCHI – Dr. Estanislau Creonte Carvalho (advogado corrupto cúmplice de Elza e Pestana)
MÁRCIO GARCIA – Paulo Barão (Paulo Sérgio Barros Vidal, traficante morto no estacionamento de um shopping por Diana)
MARIA GLADYS – mãe de Elza
MURILO ELBAS – Pregão
MYRIAM PÉRSIA – juíza de paz que casa Gui e Alice
NÁDIA LIPPI – Cacilda (falecida esposa do Dr. Vitor Lopo)
NANDA ZIEGLER – Gigi (garota de programa)
PRISCILA ROZEMBAUM – Guide (enfermeira cúmplice de Elza no sequestro de Joãozinho da maternidade)
RAQUEL NUNES – Iolanda
SÉRGIO ABREU – Murilão (Murilo Vilaça, um dos homens de confiança de Lopo Jr., matou Marco Aurélio)
SÔNIA CLARA – Carla Santoro
SYLVIA BANDEIRA – Lola
VINÍCIUS MARQUES – Roberto André

Primeira novela produzida no Recnov, centro de produção de dramaturgia da Rede Record. A emissora investiu na compra de dois estúdios de Renato Aragão, para que neles fossem gravadas as suas novelas. Reformas e adaptações foram feitas e o local foi batizado de RecNov (Record Novelas). O estúdio fica em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro, além dos Estúdios Globo.

Prova de Amor é considerada o primeiro grande sucesso da retomada da dramaturgia da Record (em 2004). Este êxito se repetiu em 2015-2016, com o fenômeno Os Dez Mandamentos.

Com estética e elementos típicos dos folhetins globais, a trama conquistou boa parte dos telespectadores da Globo que rejeitaram a proposta ousada da novela Bang Bang, concorrente no horário. Foi como se o público tivesse encontrado na Record uma tradicional novela das sete que não estava vendo na Globo naquele momento.

“As pessoas diziam que parecia novela da Globo em outra emissora. E realmente era!”, disse o autor Tiago Santiago a Flávio Ricco e José Armando Vannucci para o livro “Biografia da Televisão Brasileira”.
Assim como ele, o diretor Alexandre Avancini havia deixado a Globo para assumir a direção geral de uma produção na concorrente e, por isso, o esquema de gravação, edição e finalização era extremamente semelhante.

Em pouco tempo, Prova de Amor conquistou a vice-liderança no horário nobre e o título de produto de maior audiência da emissora. Em vários momentos a trama encostou seu Ibope no da novela da Globo. O capítulo exibido em 18/01/2006 conseguiu um feito inédito: pela primeira vez a Record ultrapassou em audiência o Jornal Nacional – a prévia do Ibope registrou a liderança por 8 minutos na Grande São Paulo.

O sucesso fez com que a direção de emissora esticasse a trama em 54 capítulos, passando de 143 para 197. E em seguida foi esticada em mais 32, totalizando 229 capítulos. O último capítulo foi exibido numa segunda-feira.

Prova de Amor fechou com 16,5 pontos no Ibope da Grande São Paulo, o equivalente a 25% do público de seu horário. A produção posterior que mais perto chegou deste número foi Os Dez Mandamentos, em 2015-2016: 16,4 de média.
Esse sucesso levou a emissora a transformar Tiago Santiago em consultor no segmento, obrigando praticamente todos os demais autores a submeterem suas sinopses à avaliação dele. Tiago permaneceu neste cargo até 2009 e depois foi contratado pelo SBT. Flávio Ricco e José Armando Vannucci em “Biografia da Televisão Brasileira”.

Tiago Santiago informou que a maior parte do roteiro (95%) de Prova de Amor era de sua autoria. Os outros 5%, ele foi buscar na novela A Pequena Órfã (da Excelsior, de 1968) e em clássicos da literatura: O Conde de Monte Cristo, Oliver Twist e O Príncipe e o Mendigo – este último também inspirou uma novela homônima produzida pela Record em 1972.

Da trama de A Pequena Órfã, o autor tirou a história de Nininha (Júlia Magessi), menina que é obrigada pela megera Elza (Vanessa Gerbelli) a pedir esmolas na rua e encontra amparo nos braços do bom velhinho Gui (Rogério Fróes).
Este entrecho já havia servido de inspiração para a novela Sonho Meu, de Marcílio Moraes, na Globo, em 1993

Leonardo Vieira, que viveria Daniel, um dos protagonistas, chegou a gravar as chamadas da novela. Mas durante aulas de artes marciais para a composição do personagem, o ator sentiu dores na virilha e foi diagnosticada uma hérnia inguinal, o que provocou seu afastamento. O papel ficou com Marcelo Serrado. Após a alta médica, Leonardo Vieira voltou às gravações da trama para interpretar o vilão Lopo Jr.

Boa parte das gravações da novela foram em externas, em ruas (Leblon, Barra da Tijuca, Recreio e Vargem Grande), praia (Grumari) e locações (como uma mansão no Leblon).

Prova de Amor teve corpos seminus e cenas mais apimentadas do que nas novelas anteriormente vistas na Record. Foi uma tentativa da emissora de apagar a ideia de que sua programação é vinculada à Igreja Universal – segundo seus executivos (a maioria ligada à igreja), sem poder de veto.

A novela misturou à sua história depoimentos de pais em busca de filhos desaparecidos – uma campanha semelhante à que Glória Perez desenvolvera em Explode Coração, na Globo, em 1996.

Prova de Amor foi cenário de propaganda das outras produções da Record. As atrizes Lucélia Santos e Paloma Duarte e o autor Lauro César Muniz pegaram o táxi do personagem Padilha (André Mattos) e falaram sobre a estreia da nova novela Cidadão Brasileiro. Mais tarde foi a vez de Beatriz Segall, Marcos Mion, Almir Sater e Ewerton de Castro, que apareceram no mesmo táxi fazendo propaganda de Bicho do Mato, a substituta de Prova de Amor no horário.

No capítulo 222, exibido em 08/07/2006, o público pôde opinar no chamado “final interativo”. Nesta noite, os telespectadores escolheram com quem a personagem Teresa (Cláudia Alencar) deveria ficar: com seu atual namorado Hélio (Roberto Pirilo) ou com seu ex-marido Cadu (Raul Gazola). Anteriormente o público opinou sobre o destino da personagem Pati, de Renata Dominguez, pois a atriz teve que sair da novela para estrelar a trama substituta, Bicho do Mato.

Primeira novela do veterano ator Perfeito Fortuna e dos jovens atores Guilherme Boury, Anna Markun, Nanda Ziegler e Shaila Arsene (então com 7 anos).

Por seu trabalho em Prova de Amor e A Escrava Isaura, Tiago Santiago foi eleito pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) a revelação na TV em 2005.

A novela foi reapresentada entre 04/08/2008 e 15/05/2009, às 17h30. Por causa da baixa audiência, a partir de 29/10/2008, passou a ser reprisada antes do Programa da Tarde, às 16 horas.
Ganhou nova reprise entre 27/07/2015 e 10/05/2016, às 14:45.

Trilha Sonora

provat
01. O BARQUINHO – Karla Sabah (tema de abertura)
02. MAR E SOL – Gal Costa (tema de Pati e Rafa)
03. O QUE EU FUI AINDA EU SOU – Keil Welly e Yasmin (tema de Clarice e Daniel)
04. O NOSSO AMOR A GENTE INVENTA – Twiggy (tema de Lopo Jr.)
05. MARCAS NA AREIA – Théo Becker (tema de Gabriel)
06. EU SEI QUE ELA – Cidade Negra (tema de Diana e Júlio)
07. MULHER – Elba Ramalho (tema de Teresa)
08. EU TE AMO – Fafá de Belém (tema de Joana)
09. AMOR – Ivan Lins (tema de Daniel)
10. TOCANDO EM FRENTE – Maria Bethânia (tema do Velho Gui)
11. CORAÇÃO INSANO – Karyme Haas (tema de Elza)
12. A DOIS PASSOS DO PARAÍSO – Banda Catedral (tema de Lúcia e Jonas)
13. HERDEIROS DO FUTURO – Toquinho (tema de Ricardo/Joãozinho e Eduardo)
14. O PINCEL E O CRIADOR – Sérgio Reis (tema de Nininha)
15. SE A GENTE GRANDE SOUBESSE – Kades Singers e Adair (tema das crianças)
16. PALAVRAS, SILÊNCIOS – Zeca Baleiro e Fagner (tema de Raquel)
17. NINGUÉM TE AMOU ASSIM – Rosana (tema de Beatriz)
18. COMEÇO, MEIO E FIM – Simony (tema de Janice)
19. NA LINHA E NA LEI – Rita Lee e Dadi (tema de Alexandre)
20. EU NÃO SOU DE VACILAR – Sombrinha (tema de Padilha)
21. AGORA SÓ FALTA VOCÊ – Camila Titinger (tema de Pati)
22. HISTÓRIA DE UM AMOR – Alexandre Arez (tema do Dr. Vitor Lopo)

Produção musical: Daniel Figueiredo

Tema de Abertura: O BARQUINHO – Karla Sabah

Dia de luz
Festa de sol
E o barquinho a deslizar
No macio azul do mar
Tudo é verão
O amor se faz
Num barquinho pelo mar
Que desliza sem parar
Sem intenção nossa canção
Vai saindo desse mar
E o sol beija o barco e luz
Dias tão azuis

Volta do mar
Desmaia o sol
E o barquinho a deslizar
A vontade de cantar
Céu tão azul
Ilhas do sul
E o barquinho é um coração
Deslizando na canção
Tudo isso é paz
Tudo isso traz
Uma calma de verão e então
O barquinho vai
A tardinha cai
O barquinho vai…

Veja também

  • pequenaorfa_logo

A Pequena Órfã

  • principeeomendigo_logo

O Príncipe e o Mendigo