Sinopse

Uma família de descendentes italianos está à espera de uma herança, que será entregue a quem encontrar um especial par de castiçais, que caminhará de mão em mão por todos os personagens.

Tupi – 18h30
de 6 de março a 3 de outubro de 1972

novela de Marcos Rey
direção de Carlos Zara

Novela anterior no horário
Nossa Filha Gabriela

Novela posterior
Camomila e Bem-Me-Quer

PAULO GOULART – Ivo
NICETTE BRUNO – Lisa
GIANFRANCESCO GUARNIERI – Emílio
FAUSTO ROCHA JR. – Daniel
NÁDIA LIPPI – Pimpa
GEÓRGIA GOMIDE – Magda
CLÁUDIO CORRÊA E CASTRO – Dr. José Henrique Aragão
ELIZABETH HARTMANN – Taís
EDGARD FRANCO – Altair Manfredi
JOSÉ PARISI – Manfredo Manfredi
WÁLTER STUART – Homem do Chapéu-Côco
AUGUSTO BARONE – Vô Salvador (Salvador Richetti Fellicci)
SERAFIM GONZALEZ – Miro
ROBERTO MAYA – Bubby Canabrava
SÉRGIO GALVÃO – Maurício
RENATO MASTER – Dr. Paulo César
JOÃO JOSÉ POMPEO – Charles O´Connor
SILVIO ROCHA – Rafa
GENY PRADO – Carolina
ELIAS GLEIZER – Vilaboim
LÚCIA MELLO – Lalá
PATRÍCIA MAYO – Berta
LUIZ SERRA – Sinésio
CARMEM SILVA – Lindolfa
LEONOR NAVARRO – Domênica
ANALU GRACI – Sandra
DEIVE ROSE – Dóris
JOÃO MONTEIRO – Abílio
RUTHINÉIA DE MORAES – Deolinda
JACYRA SAMPAIO – Suzana
LÉA CAMARGO – Isa
DIRCE MILITELLO – Lurdinha
ALEXANDRE SANDRINI – Sucupira
TEREZINHA CUBANA – Mariana
TERESA SANTOS – Duda
COSME DOS SANTOS
GENÉSIO DE ALMEIDA JR.

Graciosa e agradável história de Marcos Rey que contou com momentos de grande enlevo.
Nicette Bruno mais uma vez brindava o espectador com o seu meticuloso trabalho.
E o personagem vivido por João José Pompeo – o mordomo Charles – era impagável!
Ismael Fernandes em “Memória da Telenovela Brasileira”.

A novela Jogo da Vida (Globo, 1981), de Silvio de Abreu, apresentava uma história central parecida, onde a estátua de um cupido, que passou de mão em mão por todos os personagens, escondia uma fortuna em dólares.

Tema de Abertura

Nos limite as portas
Tantas horas mortas
Dores passageiras só pra chatear
Só pra chatear
A semana inteira
O cartão de ponto
O mando comando
E gente que fala só por falar
Oh! Só por falar

Tudo que chateia
Tem que se acabar
Onde entra areia
Não vou deixar mais entrar
Não vou deixar
Vou levar tudo na brincadeira
Até se acabar
Até se acabar
Até se acabar

Signo esperança
Tão bom ser criança
Ninguém mais me cansa
Eu entro na dança
Eu vou botar pra quebrar
Eu vou botar pra quebrar
Eu vou botar pra quebrar…

Veja também

  • maisforteQueoOdio_foto

Mais Forte que o Ódio

  • cucalegal_logo

Cuca Legal

  • moreninha75_logo

A Moreninha (1975)

  • tchan_logo

Tchan, a Grande Sacada