Paranaense da cidade de Cambará, Antônio Teixeira Filho nasceu em 10 de outubro de 1922, e faleceu em São Paulo, em 1984, de insuficiência respiratória. Começou sua carreira como locutor de rádio em sua cidade natal. Anos depois, trabalhando como radioator na cidade de Santos, conheceu sua mulher, Carmem Lídia, e com ela formou uma dupla de sucesso nas radionovelas da época, em São Paulo, pela Rádio Tupi, e no Rio de Janeiro, pela Rádio Nacional, onde iniciou sua carreira de novelista.

Na televisão, Teixeira Filho começou transpondo textos de teatro para o vídeo. Na década de 1960, escreveu novelas de sucesso, como O Direito de Nascer (Tupi, 1964-1965), O Preço de uma Vida (Tupi, 1965-1966), O Tempo e o Vento (Excelsior, 1967-1968) e A Pequena Órfã (1968-1969). Nos anos 1970, Ídolo de Pano, da TV Tupi (em 1975), foi seu maior êxito. Contratado da Globo em 1981, adaptou o romance Ciranda de Pedra, de Lygia Fagundes Telles, e, no ano seguinte, O Homem Proibido, de Nelson Rodrigues, ambas para o horário das seis, os seus últimos trabalhos.

Década de 1960

  • precodeumavida_logo

O Preço de uma Vida

  • tempoeovento67

O Tempo e o Vento (1967)

  • excelsior60

O Direito dos Filhos

  • pequenaorfa_logo

A Pequena Órfã

  • diabolicos_logo

Os Diabólicos

  • vidasemconflito_foto

Vidas em Conflito

  • meninadoveleiro_logo

A Menina do Veleiro Azul

Década de 1970

  • toninhoontherocks_logo

Toninho On The Rocks

  • belami_logo

Bel-Ami

  • rosadosventos_logo

Rosa dos Ventos

  • idolodepano_logo

Ídolo de Pano

  • umdiaoamor_logo

Um Dia o Amor

  • umsolmaior_logo

Um Sol Maior

Década de 1980

  • marianazarei_revista

Maria Nazaré

  • homemproibido1982_logo

O Homem Proibido (1982)

  • cirandadepedra81_logo

Ciranda de Pedra (1981)