Sinopse

Marcelo deixa o interior de Minas Gerais e se instala no Rio de Janeiro com o propósito de subir na vida – ou viver a vida. Sua escalada social é marcada por duas paixões. A primeira é Marli, colega de trabalho, moça simples e honesta, com quem vive um amor real e pé no chão, mas que pode representar um caminho mais longo e árduo para seus propósitos.

A outra é a sofisticada e bela Maria Eduarda, a filha do patrão, que o arrebata e deslumbra com a promessa de uma vida mais fácil e confortável. Focado em seus objetivos de vida, Marcelo decide casar-se com Maria Eduarda. Porém, Marli, enlouquecida de amor, se apresenta grávida, o que pode significar um obstáculo ao seu sonho de ascensão social.

Manchete – 21h30
de 9 de outubro a 20 de novembro de 1984

minissérie de Manoel Carlos
direção de Mário Márcio Bandarra

PAULO CASTELLI – Marcelo
CLÁUDIA MAGNO – Maria Eduarda
LOUISE CARDOSO – Marli
RÚBENS DE FALCO – Rodolfo
YARA AMARAL – Germana
ANTÔNIO PETRIN – Onofre
OSMAR PRADO – Henrique
SANDRA BARSOTTI – Denise
ODILON WAGNER – Fernando Saboya
MÁRCIA RODRIGUES – Marília Saboya
DIOGO VILELA – Geraldo
ÉLCIO ROMAR – Chicão
RICARDO ZAMBELLI – Dudu
CÉSAR PEZZUOLI – Gil
AGNES FONTOURA – Rosa
CARLOS CAPELETTI – Raimundo
LOLLY NUNES – Marisa
CRISTINA SANO
ALEXANDRA LAMBERT
UBIRACI MIRANDA
SANDRA SIMON
RACHEL MAZZ
FERNANDO GOUVEIA
ROGACIANO DE FREITAS
BELMIRO
FERNANDO CORRÊA
GUILHERME LOPES
GUILHERME OSTY
ROSANE QUINTAES
ANTÔNIO CARLOS
MARIA HELENA
SUZANA SALDANHA
JOÃO CARDOSO
ROBSON SANTANA
GUSTAVO ALVES
SÉRGIO ABRANTES
ADRIANA DONATO
YOLANDA DONATO
MARLENE

A segunda minissérie da TV Manchete e o primeiro trabalho de Manoel Carlos após desligar-se da Globo, em 1983.

Conseguiu segurar a audiência da atração anterior, a minissérie Marquesa de Santos: cerca de 7 pontos no Ibope da Grande São Paulo.

A inspiração para Manoel Carlos foi o livro “Uma Tragédia Americana”, de Theodore Dreiser, que havia rendido duas versões cinematográficas: o filme com o mesmo título do romance original, de Joseph Von Sternberg, lançado em 1931, com Sylvia Sidney, Philips Holmes e Frances Dee; e o filme Um Lugar ao Sol, de George Stevens, de 1951, com Shelley Winters, Montgomery Clift e Elizabeth Taylor.
O livro também havia sido o ponto de partida para Janete Clair escrever a novela Selva de Pedra, em 1972, com Regina Duarte, Francisco Cuoco e Dina Sfat.

Impossível comparar a repercussão de Viver a Vida com os filmes e a novela da Globo, o que não foi problema para Manoel Carlos. A sua minissérie se enquadrava no quase lançamento da emissora e as dificuldades com audiência, naturalmente, existiam, mesmo contando com o elenco afiado e a ótima direção de Mário Márcio Bandarra.

Destaque para a interpretação de Louise Cardoso, como Marli, uma das protagonistas.

A minissérie foi reprisada no Romance da Tarde (faixa vespertina da TV Manchete) de setembro a 31/10/1986, de segunda a sexta-feira, às 14h15.

Em 2009, Manoel Carlos usou o mesmo nome desta minissérie para sua novela na Globo. Porém, a minissérie Viver a Vida nada tem a ver com a novela Viver a Vida.

Veja também

  • soldeverao_logo

Sol de Verão

  • novo_amor_logo

Novo Amor

  • cometa_logo

O Cometa

  • viveravida2009_logo

Viver a Vida (2009)