Sinopse

Em São João Del Rei, Minas Gerais, duas crianças foram companheiros inseparáveis na infância: Liliane, conhecida como Pituca, filha do temido Coronel Epaminondas, um dos fazendeiros mais ricos da região, e Pedro das Antas, o Serelepe, filho de pais desconhecidos. Porém, a vida os afastou. Serelepe foi para um colégio interno na capital, enquanto Pituca viajou para a Europa com a mãe.

Quando retorna à cidade, dez anos depois, Pedro descobre que o Coronel Epaminondas matou sua família no passado para se apossar das terras que, na realidade, pertencem a ele. Começa então a luta pela recuperação das propriedades apossadas ilegalmente. Porém, Pedro terá ainda que enfrentar a paixão que nasce entre ele e Liliane, sua amiguinha de infância, que também está de volta.

Era também a história de Camargo, advogado desacreditado por ter amargado uma derrota em seu primeiro caso, o que o faz beber muito. Pedro o institui seu advogado. E de Curió, figura folclórica da cidade que passa os dias fazendo discursos nas ruas, e sua mulher, Paciência, mulher simplória que sustenta a casa trabalhando para as famílias abastadas e que acaba ganhando uma fortuna na loteria.

Globo – 18h
de 10 de outubro de 1983
a 16 de março de 1984
140 capítulos

novela de Benedito Ruy Barbosa
colaboração de Edmara Barbosa
direção de Gonzaga Blota, Ary Coslov, Atílio Riccó e Jayme Monjardim
direção geral de Gonzaga Blota

Novela anterior no horário
Pão-Pão Beijo-Beijo

Novela posterior
Amor com Amor se Paga

PAULO CASTELLI – Pedro das Antas (Serelepe)
CRISTINA MULLINS – Liliane (Pituca)
NELSON XAVIER – Zelão
CASTRO GONZAGA – Coronel Epaminondas Napoleão
PAULO FIGUEIREDO – Camargo
LEONARDO VILLAR – Delegado Rubens
NEUZA AMARAL – Maruca
RUY REZENDE – Curió (Percival Moreira Alves)
MARIA ALVES – Paciência (Maria das Graças)
PERCY AIRES – Padre Santo
THAÍS DE CAMPOS – Vivinha
JOÃO SIGNORELLI – Vado
ANDRÉ DE BIASE – Netinho
OSMAR PRADO – Joãozito
DENISE DUMONT – Maraísa
ELIZÂNGELA – Lucinha
GILBERTO MARTINHO – Januário
ANA ARIEL – Nena
CARMEM MONEGAL – Walkíria
FELIPE CARONE – Neno
ÍRIS BRUZZI – Clotilde
COSME DOS SANTOS – Tuim
ÍRIS NASCIMENTO – Branca
TONY VERMONT – Jaburu
SOLANGE COUTO – Gisa
EDSON SILVA – Pajé
CLÁUDIO CORAZZA – Fernando
DENIS DERKIAN – Dudu
MÁRCIA PORTO – Rita
LUIZ FABIANO – Paxá
Rodrigo
e
ÂNGELA MARTINS – beata
ÂNGELA TORNATORI – empregada de Maruca
GERMANO FILHO
EDUARDO MARTINI – Renato
JOÃO DO REINO – capanga
JORGE LUIZ DA SILVA
LUÍS KOMANCHE – capaganda
MARIA LÚCIA DAHL – moradora da cidade
MARINO JARDIM – capanga
NELSON FREITAS – capanga
SOLANGE MASCARENHAS – professora

– núcleo do CORONEL EPAMINONDAS (Castro Gonzaga), viúvo que mantém-se como um autêntico senhor feudal, esquecendo que os tempos mudaram. É um dos mais importantes fazendeiros da região:
a filha LILIANE, a PITUCA (Cristina Mullins), que foi para a Europa após a morte da mãe e retornou dez anos depois para morar na fazenda do pai.
a criada BRANCA (Íris Nascimento).

– núcleo de PEDRO DAS ANTAS, o SERELEPE (Paulo Castelli), que todos acreditam ter caído do céu num raio de luar, por não saber a origem de sua família. Inicia uma luta contra o Coronel Epaminondas ao descobrir que ele assassinou sua família para usurpar suas terras. Porém, é apaixonado por Liliane, filha do Coronel e seu amor de infância, o que lhe causa conflitos:
o meio irmão ZELÃO (Nelson Xavier), seu braço direito
o amigo TUIM (Cosme dos Santos), apaixonado por Branca
o advogado CAMARGO (Paulo Figueiredo), especializado em causas de litígios de terras, mas desacreditado por ter amargado uma derrota em seu primeiro caso, o que o faz beber muito. Pedro lhe dá uma chance e, juntos, lutam para recuperar suas propriedades
o PADRE SANTO (Percy Aires), um dos grandes conselheiros da cidade que tenta ajudar Pedro nos conflitos com o Coronel e em seu amor pela jovem Liliane.

– núcleo de JANUÁRIO (Gilberto Martinho), amigo e antigo jagunço do Coronel Epaminondas, temido por todos da região:
a esposa NENA (Ana Ariel), submissa ao marido, empregada na fazenda do Coronel Epaminondas
a filha LUCINHA (Elizângela).

– núcleo de RUBENS (Leonardo Villar), delegado de São João Del Rei, homem de boa formação, responsável, com obsessão pela justiça em todas as suas decisões. É um inimigo velado do Coronel, pois conhece toda história de sua vida:
a mulher MARUCA (Neusa Amaral)
os filhos VADO (João Signorelli), rapaz rebelde e inconsequente que apaixona-se por Liliane
e VIVINHA (Thaís de Campos), apaixonada por Pedro no início, mas acaba envolvida com Camargo
o CABO JABURU (Tony Vermont), que o auxilia nas rondas da cidade, mas está sempre metido em confusão.

– núcleo de NENO (Felipe Carone), dono de um bar frequentado pelos moradores de São João Del Rei. Amigo do Delegado Rubens e incentivador da luta de Camargo contra o Coronel:
a mulher CLOTILDE (Íris Bruzzi), confidente de Vivinha e Camargo
o ajudante do bar, PAJÉ (Edson Silva).

– núcleo de CURIÓ (Rui Resende), conhecido por seus discursos e suas bebedeiras:
a mulher DONA PACIÊNCIA (Maria Alves), mulher simplória que sustenta a casa trabalhando para as famílias mais abastadas da cidade. Acaba ganhando uma fortuna na loteria.

– núcleo jovem:
NETINHO (André de Biasi), motoqueiro, namorado de Vivinha no início. Faz parte da turma de Vado e vivem arrumando confusão pela cidade
PAXÁ (Luiz Fabiano), líder do conjunto musical da cidade
GISA (Solange Coutinho) e RITA (Márcia Porto), amigas de Vivinha.

Em Voltei pra Você, Benedito Ruy Barbosa retornava com seis personagens criados em 1971 para sua novela Meu Pedacinho de Chão – Serelepe, Pituca, Zelão, Tuim, Coronel Epaminondas e Padre Santo – em uma nova trama. A história inicia com o reencontro de Serelepe e Pituca (Paulo Castelli e Cristina Mullins), já adultos – eles eram crianças em Meu Pedacinho de Chão, interpretadas por Aires Pinto e Patrícia Aires.

Castro Gonzaga e Percy Aires reviveram os mesmos personagens que interpretaram em 1971 (Coronel Epaminondas e Padre Santo), enquanto o Zelão, vivido por Maurício do Valle na novela original, ganhou um novo intérprete em Voltei pra Você: Nelson Xavier.

Meu Pedacinho de Chão, por sua vez, ganhou uma nova versão em 2014, pelas mãos do diretor Luiz Fernando Carvalho.

A boa ideia inicial perdeu-se e a novela deixou a desejar. Benedito acabou não repetindo o sucesso de suas últimas tramas no horário das seis: Cabocla (1979) e Paraíso (1982).

Voltei pra Você foi a novela que Benedito Ruy Barbosa mais detestou fazer. Foi o que ele revelou a André Bernardo e Cíntia Lopes para o livro “A Seguir, Cenas do Próximo Capítulo”:
“Escrevi uma novela para um elenco que não tinha escolhido, ambientada em um cenário que não era o meu. (…) Se não me engano, tomei uns 75 litros de vodca para terminar essa novela. Pergunta para a minha mulher. Ela guardou todas as garrafas para me mostrar no final da novela. Quando vi, nem acreditei!”

A novela teve como uma de suas propostas explorar a cidade de São João Del Rei como ponto turístico e cultural, divulgando o trabalho da Fundação Roberto Marinho de restauração de obras e monumentos artísticos da cidade. Por isso as cenas externas foram gravadas no local, e também em uma fazenda no estado do Rio de Janeiro. (Site Memória Globo)

Para conhecer melhor os hábitos e costumes de São João Del Rei, Benedito Ruy Barbosa passou dez dias na cidade mineira descobrindo lugarejos curiosos e conversando com os moradores em busca de suas histórias e experiências pessoais. (Site Memória Globo)

Destaque para o casal Curió e Dona Paciência, vividos por Ruy Rezende e Maria Alves.

Primeira novela na Globo do ator Paulo Castelli, já como protagonista, e da atriz Solange Couto.

Trilha Sonora Nacional

01. GUERREIRO MENINO – Fagner (tema de Camargo)
02. NOITE DO PRAZER – Brylho (tema de Vado)
03. NÓS DOIS – Marcelo
04. DA FAZENDA – Fátima Guedes (tema de locação)
05. ATÉ PENSEI – Olívia Hime (tema de Pedro e Liliane)
06. VOLTEI PRA VOCÊ – João Paulo (tema de abertura)
07. ÁGUA ARDENTE – Biafra
08. SENSUAL – Roupa Nova (tema de Vivinha)
09. EMOÇÕES – Marina (tema de Pedro e Liliane)
10. EU E ELA – Dudu França (tema romântico geral)
11. TERRAS DE MINAS – Filó (tema de locação)
12. CAVALEIRO DO RIO SECO – Denise Emmer (tema de locação)

Trilha Sonora Internacional

01. A SONG FOR YOU – John Miles (tema de Pedro)
02. I AM LOVE – Jennifer Holliday (tema de Vivinha)
03. REGGAE NIGHTS – Jimmy Cliff (tema de locação: São João Del Rey)
04. YOU DON’T HAVE TO SAY YOU LOVE ME – Wall Street Crash
05. BODY WORK – Hot Streak
06. SHOW HER – Ronnie Milsap (tema de Vado e Walkíria)
07. SEARCHIN’ (I GOTTA FIND A MAN) – Hazell Dean
08. MAKE BELIEVE… IT’S YOUR FIRST TIME – Carpenters (tema de Pedro e Liliane)
09. WHEN WILL I SEE YOU AGAIN – Magda Layna
10. COULD IT BE RIGHT – Earth, Wind & Fire (tema de Camargo)
11. TILL I CAN’T TAKE LOVE NO MORE – Eddy Grant
12. DIVIDERSI I RESTI – Olívia Hime (tema de Liliane)
13. HOLD THE NIGHT – Night Force
14. EVERY BREATH YOU TAKE / MOONLIGHT SHADOW – Green Lights (tema de locação: São João Del Rey)

Sonoplastia: Aroldo Barros e Antônio Faya
Pesquisa de repertório: Francisco Santos Jr. e Arnaldo Schneider
Supervisão da trilha internacional: Sérgio Motta
Direção de produção: Guto Graça Mello

Tema de Abertura: VOLTEI PRA VOCÊ – João Paulo

Voltei pra você
Vivendo o desejo, o prazer
De voar sobre o mundo
Sentindo tudo aquilo
Só você

Os nossos caminhos brilham
Sob os olhos de quem sabe
Que o delírio contudo
É sempre transparente
Pra nós dois juntos

O amor é ardente
No seu corpo que transmite
O sentido que o tempo
Faz no seu rosto
Sempre ingênuo, nesse amor
Recomeçar

Ver você criar, ver você brilhar
Com acordes profundos
No mundo que me passa emoção
Para que eu possa recomeçar
Só quero de você todo o amor
Que existe no mundo
Tentando com paixão o nosso amor

Recomeçar a vida
Recomeçar o mundo
Recomeçar os sonhos
E o amor…

Veja também

  • paraiso82_logo4

Paraíso (1982)

  • dequinapralua

De Quina Pra Lua