Sinopse

Zazá Dumont é a milionária excêntrica que tem paixão por aviões. Descendente direta de Santos Dumont, ela tem um projeto secretíssimo: um inovador avião atômico. Casada com Ângelo, que sempre viveu à sombra de seu dinheiro, Zazá tem um sonho: dar um rumo à vida de seus sete filhos.

Dorival é casado com a dondoca Dorothy, mas há anos tem um caso com sua secretária Mercedes. Renata é a proprietária de um restaurante francês à procura de um chef. Milton é um cineasta que precisa de um empurrãozinho em sua carreira. Fabiana é a cabeça dos negócios da família. Solano é um eterno boa vida, até que conhece e se apaixona pela doce Jacqueline. Lavínia é uma artista plástica em busca de inspiração. E Sissy, uma jogadora de futebol que luta para manter o seu time.

E para fazer essa galera decolar, Zazá contrata sete pessoas que ela chama de “anjos da guarda”, com a função de auxiliar seus filhos. Cada anjo tem uma competência específica e esconde um acontecimento misterioso e comprometedor no passado. Os anjos devem auxiliar seus protegidos na profissão que cada qual escolheu.

Entre eles estão Hugo e Beatriz. Hugo é o noivo de Fabiana, mas que nunca esqueceu Beatriz, uma antiga paixão. E ela está de volta, com um filho seu, disposta a reconquistá-lo. Mas esse romance vai ter que enfrentar a temperamental Fabiana e as armações de Silas Vadan.

Silas é o inescrupuloso advogado da família Dumont que está disposto a manter Beatriz longe de Hugo, e a derrubar o projeto de Zazá, sua maior inimiga. Ao final, descobre-se que Silas é o filho de Tereza e de Ângelo, o marido de Zazá, que ainda mantém um caso com a amante. O advogado se une à mãe para destruir Zazá.

Mas após separar-se do marido sanguessuga, Zazá redescobre a paixão ao conhecer o aviador Ulisses.

Globo – 19h
de 5 de maio de 1997
a 10 de janeiro de 1998
215 capítulos

novela de Lauro César Muniz
escrita por Lauro César Muniz, Aimar Labaki e Rosane Lima
direção de Jorge Fernando, Marcelo Travesso e Alexandre Boury
direção geral de Jorge Fernando

Novela anterior no horário
Salsa e Merengue

Novela posterior
Corpo Dourado

FERNANDA MONTENEGRO – Zazá (Marisa Dumont)
NEY LATORRACA – Silas Vadan
MARCELLO NOVAES – Hugo
LETÍCIA SPILLER – Beatriz
PAULO GOULART – Ulisses
NATHÁLIA TIMBERG – Tereza
JORGE DÓRIA – Ângelo
JÚLIA LEMMERTZ – Fabiana
FERNANDO TORRES – Brigadeiro
CECIL THIRÉ – Dorival (Doc)
FAFY SIQUEIRA – Renata
PAULO GORGULHO – Victor
CLÁUDIA OHANA – Maria Olímpia
ALEXANDRE BORGES – Solano
ADRIANA LONDOÑO – Jacqueline
REGINALDO FARIA – Roberto
MÁRIO GOMES – Álvaro
DEBORAH SECCO – Dora
SÍLVIA BANDEIRA – Dorothy
LOUISE CARDOSO – Mercedes
MARCOS BREDA – Ro-Ro Pedalada (Ronaldo Estevão)
VANESSA LÓES – Lavínia
ANTÔNIO CALLONI – Milton
RACHEL RIPANI – Sissy
ROBERTO BATTAGLIN – Pedro
FERNANDA MUNIZ – Marília
SUELY OLIVEIRA – Isabel
LUCIANO VIANNA – Samuel
XUXA LOPES – Marina
FERNANDA RODRIGUES – Valéria
JULIANA MARTINS – Lúcia
DAVID CARDOSO JR. – Douglas
ANDRÉ VALLI – Marcos
MARCELO BARROS – Júnior
ROBERTO BOMTEMPO – José
EDUARDO CALDAS – Jonas
ARACY CARDOSO – Neusa
ANA MARIA NASCIMENTO E SILVA – Hilda
ÉLCIO ROMAR – Lua
BERNADETE LYS – Tânia
JORGE FERNANDO – Gastão
GISELE POLICARPO – Clarinha
DANIEL MARINHO – Luís
HUGO GROSS – Claudinei
BETHY ERTHAL – Jéssica
LEINA KRESPI – Nilda
HILDA REBELLO – Castorina
GUSTAVO OTTONI – Antônio
as crianças
LEONARDO BATTAGLIN – filho de Pedro
BERNARDO PONTES – Daniel (bebê de Beatriz e Hugo)
e
ADALBERTO ALVES
ADÉLIA LAZARI
ANTÔNIO ENTRIEL
CISSA GUIMARÃES – Cecília
CRISTIANE ALVES – jogadora de futebol
FERNANDO HILBERT – mecânico do hangar
IVAN DE ALBUQUERQUE
JOANA ROCHA – copeira na casa de Zazá
JOSEFA SILVA – cozinheira na casa de Zazá
LAURA SCHNAIDER – continuísta da equipe de cinema
LUÍS SÉRGIO LIMA E SILVA – Santos Dumont
MÁRIO JOAQUIM – porteiro do prédio de Hugo
MAURÍCIO TORRES – narrador de um jogo do Gardênia
MIGUEL RODRIGUES – Rodrigo (câmera da equipe de cinema)
PAULO GUILHERME – motorista de Zazá
PAULO NASCIMENTO
PAULO SILVINO – produtor de TV
RENATO GAÚCHO – treinador do Asas
ROGÉRIO FARIA – mecânico do hangar
RÔMULO MEDEIROS – assistente de direção da equipe de cinema
SANDRA BRÉA como ela mesma
SÉRGIO MADUREIRA – pai de Beatriz
VANESSA FADUL – jogadora de futebol
VIVIANE NOVAES

– núcleo de MARISA DUMONT, a ZAZÁ (Fernanda Montenegro), filha de Santos Dumont, pensa em criar um avião para dar continuidade ao sonho do pai:
o segundo marido ÂNGELO (Jorge Dória), um sanguessuga que a traía há cinquenta anos
os filhos do primeiro casamento DORIVAL (Cecil Thiré) e RENATA (Fafy Siqueira)
os filhos com Ângelo: MILTON (Antônio Calloni), FABIANA (Júlia Lemmertz), SOLANO (Alexandre Borges), LAVÍNIA (Vanessa Lóes) e SISSY (Rachel Ripani)
o amigo, mentor e conselheiro BRIGADEIRO (Fernando Torres)
o aviador ULISSES (Paulo Goulart), por quem se apaixona perdidamente quando seu casamento com Ângelo termina
a secretária HILDA (Ana Maria Nascimento e Silva).

– núcleo de SILAS VADAN (Ney Latorraca), falso amigo de Zazá, um homem inescrupuloso que pretende destruí-la. Na verdade é filho de Ângelo com a amante dele:
a mãe TEREZA (Nathália Thimberg), com quem Ângelo mantinha um relacionamento há cinquenta anos, durante e após o casamento dele com Zazá
o segurança e capanga LUIZ GONZAGA, o LUA (Élcio Romar), violento nos dias de lua cheia e calmo nos dias de lua nova.

– núcleo de Dorival, o DOC, que tinha pouca inteligência mas se achava um gênio:
a esposa DOROTHY (Sílvia Bandeira), mulher deslumbrada
os filhos DOUGLAS (David Cardoso) e DORA (Débora Secco)
a secretária paraguaia e amante MERCEDES (Louise Cardoso)
seu “anjo da guarda” ISABEL (Suely Oliveira).

– núcleo de Renata, chef que só pensa em comer:
o marido MARCOS BICALHO (André Valli), dentista
o filho JÚNIOR (Marcelo Barros), que segue a carreira do pai
seu “anjo da guarda” BEATRIZ (Letícia Spiller), chefe ingênua e romântica que cria sozinha o filho pequeno DANIEL (Bernardo Pontes).

– núcleo de Milton, um cineasta medíocre apaixonado por Beatriz, que não corresponde:
a filha CLARA (Gisele Policarpo), que vai morar com o pai
LUIZ COIMBRA (Daniel Marinho), que o ajuda a montar seu filme, apaixonado por Dora
seu “anjo da guarda” ROBERTO (Reginaldo Faria), cineasta brilhante, alvo do amor de Dora.

– núcleo de Fabiana, engenheira aeronáutica sem escrúpulos, aliada de Silas:
o namorado HUGO (Marcello Novaes), que teve um filho com Beatriz em Paris, mas desconhece esse parentesco devido às suas armações na tentativa de separá-los
seu “anjo da guarda” ÁLVARO (Mário Gomes), por quem acaba se apaixonando, já que os dois têm caráter semelhante.

– núcleo de Solano, preguiçoso e dependente da mesada da mãe:
a namorada JAQUELINE (Adriana Londoño), revela ser soropositivo, os dois se casam e tornam-se aliados na luta contra a Aids
seu “anjo da guarda” OLÍMPIA (Cláudia Ohana), militante ativa nos movimentos de defesa dos Direitos Humanos. A grande paixão de Silas, que não mede esforços para conquistá-la.

– núcleo de Lavínia, formada em design, mas sem sucesso:
seu “anjo da guarda” VICTOR (Paulo Gorgulho), por quem sentia um amor doentio. Amigo de Hugo, apesar das opiniões divergentes. Apaixonado por Olímpia.

– núcleo de Sissy, jogadora de futebol de temperamento difícil:
MARÍLIA (Fernanda Muniz), goleira do time, mau caráter
seu “anjo da guarda” PEDRO (Roberto Bataglin), que perdeu a mulher no parto do filho, que tem uma doença incurável. Os dois acabam apaixonados.

– núcleo de JOSÉ (Roberto Bomtempo), marido de Olímpia, cujo casamento entra em crise:
o filho com Olímpia, JONAS (Eduardo Caldas), que vive em conflito nos constantes sobressaltos na vida dos pais
o amigo CLAUDINEI (Hugo Gross).

– núcleo de MARIANA (Xuxa Lopes), ex-mulher de Victor, acusada por ele injustamente devido um erro do passado:
as filhas com Victor, LÚCIA (Juliana Martins) e VALÉRIA (Fernanda Rodrigues), que disputam o amor de Douglas.

– demais personagens:
RÔ RÔ PEDALADA (Marcos Breda), trabalha como transformista numa boate. Passa a cuidar do filho de Pedro quando este fica viúvo
JÉSSICA (Bethy Erthal), teve um caso com Ângelo no início, planejando tirarem o dinheiro de Zazá na construção do avião
SAMUEL (Stepan Nercessian), apaixonado por Isabel
NEUSA (Aracy Cardoso), tia de Beatriz que a ajuda a criar o filho.

Fernanda Montenegro e Ney Latorraca estavam à frente desse trabalho que não despertou interesse no grande público, apesar da boa direção de Jorge Fernando.

Marcello Novaes e Letícia Spiller, então casados, viveram o par romântico central da trama (Hugo e Beatriz).
Fernanda Montenegro trabalhou com o marido, Fernando Torres, mas seus personagens não formavam um par.
Alexandre Borges e Júlia Lemmertz (também um casal na vida real) estavam no elenco, mas seus personagens eram irmãos.

No final de 1997, Lauro César Muniz já encaminhava a trama de Zazá para o final quando lhe foram solicitados cerca de 50 capítulos a mais, a fim de manter a novela no ar por dois meses além do previsto e solucionar os problemas iniciais de produção de Corpo Dourado, a atração substituta no horário. Sem alternativa, o autor atrapalhou um pouco mais o romance de Hugo (Marcelo Novaes) e Beatriz (Letícia Spiller) e recorreu a vilanias mais cruéis de Silas Vadan (Ney Latorraca), além de promover a volta de Tereza (Nathalia Timberg), mãe de Silas, que passou a disputar o controle das empresas de Zazá (Fernanda Montenegro) com a própria. Ney inclusive revisitou a personagem Anabela Freire, resgatada de Um Sonho a Mais (1985), de Lauro e Daniel Más. A audiência caiu, como era inevitável em razão de um esticamento indicado em cima da hora, e o saldo geral foi comprometido. Fábio Costa em “Novela, a Obra Aberta e Seus Problemas”.

A novela teve como subtema a luta dos portadores de HIV contra a Aids, através da personagem Jacqueline, interpretada por Adriana Londoño.
A atriz Sandra Bréa fez uma participação no último capítulo, dando um depoimento no lançamento do livro de Jacqueline, fazendo um discurso otimista sobre as pesquisas que buscam a cura da doença. A atriz faleceu em maio de 2000.

Por meio da personagem Maria Olímpia (Cláudia Ohana), a novela também abordou a questão da exploração do trabalho infantil. Ela era militante e integrante de uma ONG que fazia denúncias sobre a questão.
Além disso, foi exibida a situação das crianças que trabalham na construção civil em Palmas, no Tocantins, e as possíveis soluções para o problema, como uma campanha de solidariedade com o objetivo de impedi-las de trabalhar e inseri-las na escola, através da contribuição de empresários da região. (*)

Destaque cômico para a personagem de Louise Cardoso, Mercedes, uma paraguaia que jurava ser brasileira de nascença, apesar do forte sotaque.

A atriz Fernanda Rodrigues deixou a novela um pouco antes do final, pois recebera um convite do novelista Antônio Calmon para atuar em Corpo Dourado, a próxima atração das sete.

O jovem ator João Rebello (sobrinho do diretor da novela, Jorge Fernando) foi escalado e seu nome aparecia na abertura, mas seu personagem (Baby) acabou não aparecendo na trama.

O então pequeno filho de Roberto Battaglin, Leonardo, entrou para o elenco vivendo o filho de Pedro, personagem de Battaglin.

A novela se passava no Rio de Janeiro, mas as primeiras cenas foram gravadas em Paris, onde Zazá (Fernanda Montenegro) sobrevoou a Torre Eiffel numa réplica do 14-Bis de Santos Dumont.

Um hangar, projetado pelo designer Danyel Paz, foi construído pela Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer) no Projac, em troca de inserções publicitárias e de merchandising. Um avião de fibra de vidro também foi projetado pelo designer e construído durante a novela. (*)

A figurinista Helena Brício inspirou-se nos vestuários dos aviadores dos anos 1920 e 1930 para desenhar o estilo de Zazá (Fernanda Montenegro). Na abertura, por exemplo, a protagonista usava toquinha, óculos e uma echarpe. Como a atriz estava com cabelo curto no início da novela, Helena Brício lhe comprou uma peruca mais longa e grisalha, em Nova York. No decorrer da história, a atriz passou a exibir seus próprios cabelos, com destaque para uma mecha natural mais clara. (*)

As cenas em que o personagem de Paulo Goulart, o Ulisses, aparecia pilotando um avião e fazendo acrobacias eram gravadas, na verdade, por um dublê de 80 anos. (*)

A novela contou com a participação especial da Intrépida Trupe, no evento da Ilha Fiscal. (*)

Leia com ironia: o refrão da música da abertura (cantada por Rita Lee) – cadê Zazá-Zazá-Zazáááá´ – ainda ecoa no inconsciente coletivo.

(*) Fonte: site Memória Globo.

Trilha Sonora Nacional
zazat1
01. JOVENS TARDES DE DOMINGO – Gal Costa (tema de Zazá)
02. É UMA PARTIDA DE FUTEBOL – Skank (tema de Sissi)
03. A SETA E O ALVO – Paulinho Moska (tema de Lavínia)
04. ROUXINOL – Milton Nascimento (tema de Beatriz)
05. FULLGÁS (MEMÊ’S RÁDIO MIX 97) – Marina Lima (tema de Fabiana)
06. BUSCA VIDA – Os Paralamas do Sucesso (tema de Hugo)
07. VOU LEVANDO A VIDA – Peninha (tema de Victor)
08. SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO – Milton Guedes (tema de Douglas)
09. SIMPLES VIAGEM (SITTING AND WATCHING) – Cidade Negra (tema de Solano)
10. 50 ANOS – Emílio Santiago (tema de Roberto)
11. ASSIM FALOU ZARATRUSTA (ALSO SPREACH ZARATHRUSTA) – Sérgio Dias (tema geral)
12. VOCÊ CHEGOU – Zé Ricardo (tema de Olímpia)
13. ESCÂNDALO – Adriana Caparelle (tema de Silas)
14. DONA DOIDA – Rita Lee (tema de abertura)

Trilha Sonora Internacional
zazat2
01. I DON’T WANT TO – Toni Braxton (tema de Fabiana)
02. ENAMORADO POR PRIMERA VEZ – Enrique Iglesias (tema de Solano e Jacqueline)
03. THE REAL THING – Lisa Stansfield (tema de locação: Rio de Janeiro)
04. UH LA LA LA – Alexia (tema de Valéria)
05. CON TE PARTIRÓ (TIME TO SAY GOOD BYE) – Mafalda Minozzi & Jerry Adriani
06. CHANSON D’AMOUR – Manhattan Transfer (tema de Zazá)
07. LOVE WON’T WAIT – Gary Barlow
08. FALLING INTO YOU – Celine Dion (tema de Maria Olímpia)
09. LOVING EVERY MINUTE (CUTFATHER & JOE REMIX) – Lighthouse Family (tema de Douglas)
10. VATTENE AMORE – Luciano Bruno (tema de Ulisses)
11. I WILL SURVIVE – Cake (tema de Ro-Ro Pedalada)
12. WHEN I FALL IN LOVE – Natalie Cole & Nat King Cole (tema de Hugo e Beatriz)
13. SÉ QUE YA NO VOLVERAS – Diego Torres (tema de Mercedes)
14. HOLE IN MY SOUL – Aerosmith (tema de Roberto e Dora)

Direção Musical: Mariozinho Rocha
Seleção Musical da Trilha Internacional: Sérgio Motta

Tema de Abertura: DONA DOIDA – Rita Lee

Dó, ré, mi, fá, só, lá, si
Vai Dona Doida atrás da banda
Pintando o sete
Ela quer confete, serpentina
A sua sina é ser feliz
Bota as asinhas de fora
E voa, voa numa boa
O céu não é o limite
A vida é uma caixa de pandora
Se abrir estoura dinamite
Sete dias da semana
Sete notas musicais
Sete anjos, sete sombras
Sete pecados capitais
Sete e sete são quatorze
Com mais sete, vinte e um
Zazá sumiu
Ficou um zun-zun-zun
Cadê Zazá, Zazá, Zazá…
Cadê Zazá, Zazá, Zazá…

Veja também

  • perigosasperuas_logo

Perigosas Peruas

  • sonhomeu_logo

Sonho Meu

  • quemevoce_logo

Quem é Você

  • chiquinhagonzaga_logo

Chiquinha Gonzaga