Sinopse

Fatos pitorescos da história de Pernambuco.

Bandeirantes – 20h
de 24 de julho a 8 de dezembro de 1967

novela de Semíramis Alves Teixeira
direção de Jorge José

JOSÉ PIMENTEL – Carlos
CARMEM PEIXOTO – Laura
JONAS MELLO – Roberto
LINDA MARIA – Adelaide
ROBERTO NEY – Coronel Azambuja
PAULO RIBEIRO – Cardoso
WÁLTER MENDES – Luiz Antônio
CAROL ANDRADE – Alice
LÚCIO MAURO
Produzida pela TV Jornal do Commercio, de Recife, afiliada da Bandeirantes, A Moça do Sobrado Grande foi a primeira novela exibida pela emissora, mas primeiro na cidade do Recife, e depois em São Paulo, quando a Bandeirantes já havia apresentado sua primeira novela anteriormente, Os Miseráveis.

Segundo os produtores, a novela foi a primeira a usar cenas externas na TV brasileira.

Um grande sucesso no seu estado de origem, A Moça do Sobrado Grande passou praticamente em branco em São Paulo.

Não confundir esta com a novela Rosinha do Sobrado, apresentada pela Globo em 1965.

Veja também

  • nuncaetardedemais

Nunca é Tarde Demais

  • eraprecisovoltar

Era Preciso Voltar

  • band60

O Bolha