Sinopse

O dia a dia da família Cavalcanti, dona da Piorá Linhas Aéreas, uma companhia de aviação falida que cruza os céus transportando tipos populares e excêntricos. Pega pela crise econômica do país e proibida, pela justiça, de voar, a família não teve dinheiro nem para concluir a reforma da casa. Restou a eles aprender a contornar a nova situação financeira.

O vislumbre de alívio só surge quando o juiz responsável pelo caso da Piorá decide que a empresa pode voltar a funcionar – desde que os funcionários também tenham participação no quadro diretor da companhia. A partir daí, o choque de ideais entre os antigos e os novos administradores promete movimentar as coisas.

Mal acabam de receber a notícia, eles são abordados pelos funcionários, ou melhor, pelos mais novos administradores: a comissária São José (Maria Vieira) e as despachantes Shaniqwa (Mary Sheila) e Almira (Stella Miranda). Porém, o clã Cavalcanti – Berna (Arlete Salles), seu marido Gonçalo (Luiz Gustavo) e os cunhados Vadeco (Miguel Falabella) e Durval (Marcos Caruso) – não dá o braço a torcer.

Globo – 23h10
de 25 de janeiro a 12 de abril de 2018
12 episódios

seriado de Miguel Falabella
escrito por Artur Xexéo, Flávio Marinho, Antônia Pelegrino e Ana Quintana
redação final de Miguel Falabella
direção de Cris D´Amato e Alex Cabral
direção artística de Cininha de Paula

ARLETE SALLES – Berna
LUIZ GUSTAVO – Gonçalo
MIGUEL FALABELLA – Vadeco
MARCOS CARUSO – Durval
STELLA MIRANDA – Almira
MARIA VIEIRA – São José
MARY SHEILA – Shaniqwa
MARIA EDUARDA CARVALHO – Caravelle
MAGNO BANDARZ – Johnny Beautiful
FRANK BORGES – Decenove
RAFAEL CANEDO – Camilinho
GABRIEL LIMA – Pixuleco
ANDREA DANTAS – Jacira
RENATA BRÁS – Cleonice
NIANA MACHADO – Bá

Em 28/11/2016, ocorreu a queda do avião na Colômbia que matou 71 passageiros da Associação Chapecoense de Futebol e gerou meses de investigações e comoção nacional. O fato fez com que a estreia do seriado fosse adiada. Brasil a Bordo chegou primeiro na plataforma de streaming Globoplay, em 04/05/2017, com todos os episódios completos. A exibição na TV aberta foi adiada para o segundo semestre em respeito ao luto que o país passava. Porém, mais uma vez foi adiada, para 2018, uma vez que a repercussão do caso do acidente ainda era forte e a emissora temia que a abordagem do tema pudesse ser vista como negativa.
Brasil a Bordo finalmente estreou na TV aberta em 25/01/2018, mas a recepção foi fria.

Brasil a Bordo não é um documentário, trata-se de ficção. É uma brincadeira sobre uma companhia falida, então as personagens fazem coisas que profissionais do ramo da aviação jamais poderiam fazer”, afirmou o autor Miguel Falabella na época do lançamento.

As equipes de cenografia, liderada por Mario Monteiro; produção de arte, liderada por Márcia Rossi; figurino, liderada por Sonia Soares; e caracterização, liderada por Dayse Teixeira, se dedicaram a um trabalho de pesquisa sobre o universo da aviação.
“Além da mansão, a produção de arte e a cenografia trabalharam conjuntamente para a composição de dois cenários principais: o avião e o cenário do aeroporto, nos Estúdios Globo. Buscamos muitas referências e fizemos muita pesquisa. Visitamos aeroportos, contamos também com a assessoria de dois pilotos e uma comissária de bordo e assistimos a filmes”, disse Márcia Rossi.
“Apostamos em poltronas para a tripulação e muitos objetos, como bandejinhas para a comida, uma cafeteira do tamanho específico para a galley (como é chamada a cozinha do avião), os rádios das atendentes de terra, computadores e telefones para o aeroporto cenográfico, o balcão de informações da Piorá, entre outros diversos”, listou.

Os cabelos e maquiagens foram pensados para reafirmar as diferentes personalidades dos personagens.
“Um exemplo é a personagem de Arlete Salles, a Berna. Ela é uma mulher que já fez muitas plásticas durante a vida e é tão vaidosa que faliu a companhia aérea. Por isso, para ela, apostei em um cabelo solto, bonito e glamouroso, e muitos produtos que deixassem o rosto com uma aparência bem jovem, aparentando plástica. Existe sempre a brincadeira de que ela vai estourar algum ponto da última plástica feita durante os momentos em que o avião dá alguns trancos”, lembrou Dayse Teixeira.

Niana Machado, a Bá da última série de Miguel Falabella, Pé na Cova – a personagem esclerosada que só gritava “PIRANHAAAA!” -, voltou em Brasil a Bordo. Ela aparecia nos momentos mais inoportunos para assustar os passageiros durante os voos, enquanto gritava “VAI CAIR!”.

Tema de Abertura: ALUGA-SE – Raul Seixas

A solução pro nosso povo eu vou dá
Negócio bom assim ninguém nunca viu
Tá tudo pronto aqui é só vim pegar
A solução é alugar o Brasil!

Nós não vamo paga nada
Nós não vamo paga nada
É tudo free!
Tá na hora agora é free
Vamo embora
Dá lugar pros gringo entrar
Esse imóvel tá prá alugar!

Os estrangeiros eu sei que eles vão gostar
Tem o Atlântico, tem vista pro mar
A Amazônia é o jardim do quintal
E o dólar dele paga o nosso mingau

Nós não vamo paga nada
Nós não vamo paga nada
É tudo free!
Tá na hora agora é free
Vamo embora
Dá lugar pros gringo entrar
Esse imóvel tá prá alugar!…

Veja também

  • vidaalheia_logo

A Vida Alheia

  • aquelebeijo_logo

Aquele Beijo

  • penacova_logo

Pé na Cova

  • sexoeasnegas_logo

Sexo e as Negas