Sinopse

As aventuras de Dona Picucha (Fernanda Montenegro), uma animada senhora de 85 anos que sempre causa grandes confusões e emociona a todos com suas lições de vida. Ela é mãe de quatro filhos: Silvio (Marco Ricca), Elaine (Louise Cardoso), Fernando (Matheus Nachtergaele) e Suzana (Mariana Lima).

Dona Picucha resolveu se mudar para um asilo após surgirem desconfianças de que seu falecido marido teve uma filha fora do casamento. Rosa (Drica Moraes) é filha de uma atinga empregada de Picucha e teve as mensalidades de faculdade bancadas por Fortunato. Coincidência?

Sem levantar suspeitas, a matriarca começa a investigar essa possibilidade e acaba afetando a vida de Silvio, o primogênito. A mudança para o asilo movimenta a rotina do local. Os hábitos animados de Dona Picucha revolucionam e mudam completamente o dia a dia do (até então) sossegado lugar.

Globo – 23h
de 30 de janeiro a 1º de maio de 2014
14 episódios

série criada por Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado
roteiro de Ana Luiza Azevedo, Janaína Fischer, Márcio Schoenardie e Miguel da Costa Franco
redação final de Jorge Furtado
direção de Ana Luiza Azevedo e Olivia Guimarães
direção geral de Jorge Furtado
direção de núcleo de Guel Arraes
coprodução Casa de Cinema

FERNANDA MONTENEGRO – Dona Picucha
MARCO RICCA – Silvio
LOUISE CARDOSO – Elaine
MATHEUS NACHTERGAELE – Fernando
MARIANA LIMA – Suzana
DANIEL OLIVEIRA – Jesus
DRICA MORAES – Rosa
ELISA VOLPATTO – Carolina
LETÍCIA SAMPAIO – Isaurinha
e
FRANCISCO CUOCO
OTÁVIO AUGUSTO
EMILIANO QUEIROZ

Série originada do telefilme homônimo, exibido como especial de fim de ano em 27/12/2012. A boa recepção e avaliação da emissora garantiram a grade fixa em 2014, com episódios inéditos nas noites de quinta-feira.

Doce de Mãe venceu, em 2015, o Emmy (prêmio internacional de televisão) de melhor comédia de TV. Em 2013, Fernanda Montenegro já havia sido premiada com o Emmy de melhor atriz por sua interpretação no telefilme.

Veja também

  • mulherinvisivel_logo

A Mulher Invisível

  • misterbraun

Mister Brau

  • nadaseracomoantes

Nada Será Como Antes