Sinopse

No passado, Bárbara e Pedro foram colegas de escola, mas a vida os separou. Bárbara era feia, se sentia gorda, e queria ser uma escritora de prestígio, mas lhe faltava sorte e conhecimentos. Hoje, Bárbara está linda, mas ainda é insegura. Ela se tornou um sucesso comercial escrevendo livrinhos de banca de jornal com o pseudônimo Paloma Paz, uma suposta autora mexicana. Sua criação de maior sucesso é o agente Tony Tijuana, uma espécie de 007 latino.

Pedro Guerra era o melhor jogador de vôlei do colégio e um conquistador charmoso. Estava cotado para a seleção brasileira, mas, após sofrer um acidente, sua carreira entrou em decadência. Hoje, é um policial mal-humorado e solitário e quer se tornar padre. Pedro e Bárbara se reencontram em uma festa da antiga turma do colegial e acabam presenciando o sequestro de uma colega. A partir daí, se reaproximam. Apesar de ela estar casada e ele decidido a se tornar padre, há muita coisa mal resolvida entre os dois.

Globo – 23h
de 4 de julho a 24 de outubro de 2008
17 episódios

de Carlos Lombardi
direção de Marco Rodrigo e Alexandre Boury
direção geral de Alexandre Boury
direção de núcleo de Roberto Talma

MARCOS PASQUIM – Pedro Guerra (Tony Tihuana)
DANIELLE WINITS – Bárbara Palermo (Paloma Paz)
e
BETTY LAGO – Delegada Marta Rocha
MOUHAMED HARFOUCH – Paulo
DANIELE VALENTE – Val (Valquíria)
CHICO ANYSIO – Padre Santo
MIGUEL NADER – Detetive Carvalho

04/07 velozes & infiéis (com Elias Gleizer, Thiago Fragoso e Leona Cavalli)
11/07 pais & filhos (com Cláudia Mauro, Alexandre Neto, Nizo Neto e Alexandre Zacchia)
18/07 Pedro & Bina (com Tatyane Goulart e Roberto Lopes)
25/07 os belos & as feras (com Carlos Thiré, Ilva Niño, Júlio Levy, Débora Nascimento, Giselle Tigre, Rafael Calomeni e Roberto Lopes)
01/08 muques & decotes (com Hugo Carvana e Carla Daniel)
08/08 maníacos & depressivos (com Vivianne Pasmanter e Cássio Reis)
15/08 boleiros & barangas (com Marcello Novaes, Thierry Figueira, Luiz Magnelli e Viviane Novaes)
22/08 macho & fêmea (com Luana Piovani, Ando Camargo, Ednaldo Lucena, Rachel Sadicoff e Vera Maria Monteiro)
29/08 manos e brous (com Rodrigo Lombardi e Ana Furtado)
05/09 delírios e verdades (com Ricardo Tozzi)
12/09 lavanda e vermelho (com Élcio Romar)
19/09 culpados e inocentes (com Sergio Mastropasqua, Simone Soares e Hilda Rebello)
26/09 luz e trevas (com Eri Johnson, Daniel Del Sarto, Lafayette Galvão, Duplex)
03/10 ricos e pobres (com Vanessa Lóes, João Camargo, Tânia Kalil, Vitória Pina)
10/10 cães e gatos (com Vanessa Lóes, Malu Mader, Vitória Pina, Agles Steib)
17/10 mães e pais* (com Cláudio Marzo, Lúcia Veríssimo e Sérgio Hondjakoff)
24/10 ontem e hoje/ juntos e felizes** (com Vanessa Lóes, Vitória Pina, Vanessa Bueno, Tião D’avila, Ana Baird, Alex Nader)

* exibido apenas nas cidades onde não houve segundo turno das Eleições Municipais
** o último episódio da série foi exibido no dia 17/10 nas cidades onde houve segundo turno, e nas demais, no dia 24/10

Carlos Lombardi apresentou o projeto do seriado Guerra e Paz cinco anos antes de ele ir ao ar.

Sobre este trabalho, Lombardi falou ao livro “Autores, Histórias da Teledramaturgia”, do Projeto Memória Globo:
“O que Guerra e Paz tinha em comum com as minhas novelas era a mistura de humor, romance, melodrama e ação. E o que tinha de diferente era o tom e o horário, porque era um programa exibido por volta das 23 horas. A mistura de elementos era a mesma, mas o tom era um pouco mais realista, porque mostrava um mundo em que as pessoas cheiravam e se matavam, em que menor de idade não só era vítima de pedofilia como se prostituía. Era um universo moralmente mais pesado, apesar de o programa não ser pesado.”
E sobre suas inspirações:
“Para fazer Guerra e Paz, seriado cômico-romântico-policial com trechinhos que remetem às tramas de espionagem de James Bond, eu reassisti aos filmes da série 007 que acho mais interessantes – quase todos são da fase com Sean Connery. Também comecei a ler mais romances policiais.”

Foi o único especial de fim de ano da Globo em 2007 que estreou em julho de 2008, já que os outros (Dicas de um Sedutor, Casos e Acasos e Faça Sua História) estrearam em abril. Isso se deveu ao fato da atriz Danielle Winits estar grávida no início do ano e não poder se sujeitar a cenas de ação e movimento que o programa lhe exigia.

Guerra e Paz estreou no lugar de Dicas de um Sedutor, então a série de menor audiência.

No dia 17/10/2008, a Globo exibiu o episódio errado de Guerra e Paz. O que estava previsto para ir ao ar nas cidades onde houve segundo turno das eleições era “Mães e Pais”, que encerraria a temporada. Nas demais cidades, seria exibido “Ontem e Hoje”. Aconteceu o oposto. O motivo não foi revelado.

O nome Pedro Guerra já foi usado pelo autor para outro personagem seu, também um oficial da polícia: Bruno Garcia em Coração de Estudante, novela que tinha a supervisão de Lombardi.

O autor reconhece que uma das inspirações para o título do seriado é o famoso romance “Guerra e Paz”, do escritor russo Tolstói. Porém, a trama da série nada tem a ver com o livro.

Tema de Abertura: JUST TO SEE HER – Smokey Robinson

Just to see her
Just to touch her
Just to hold her in my arms again one more time

If I could feel her warm embrace
See her smiling face
Can’t find anyone to take her place
I’ve got to see her again

I would do anything
I would go anywhere
There’s nothing I wouldn’t do
Just to see her again

I can’t hide it
I can’t fight it
It’s so hard to live without the love she gave to me

Doesn’t she know it
I tried hard not to show it
Can’t I make her realize that she really needs me again

I would do anything
I would go anywhere
There’s nothing I wouldn’t do
Just to see her again
She brightened up my everyday
Made me feel so good in every way
If I could have her back to stay
I’ve got to see her again …

Veja também

  • ugauga_logo

Uga Uga

  • quintodosinfernos_logo

O Quinto dos Infernos

  • kubanacan_logo

Kubanacan

  • penajaca_logo

Pé na Jaca