Bastidores

O quadro Kika e Xuxu, apresentado dentro do humorístico Planeta dos Homens (1976), fez tanto sucesso que a Globo decidiu transformá-lo numa série própria em 1978. O programa voltava-se basicamente para um público infantojuvenil.

O tema central era a relação entre o casal Kika e Xuxu, contada em clima de aventura. Ela era uma mulher sensual apaixonada pelo marido; ele, um sujeito pacato que se esforça para satisfazer a mulher.

Os intérpretes, Clarisse Piovesan e Stênio Garcia, eram casados de fato na época. Segundo Stênio Garcia, a idéia para os personagens foi de Paulo Araújo, diretor de Planeta dos Homens, ao saber que o ator e Clarice Piovesan – casados, na vida real – se tratavam pelos apelidos de “Kika” e “Xuxu”.

A cada semana, as histórias eram ambientadas em épocas diferentes, como na era vitoriana, na idade das cavernas, e na Lua no ano 2001. O elenco variava de acordo com o episódio da semana.

O programa, gravado no Teatro Fênix, no Rio de Janeiro, utilizava uma linguagem baseada em histórias em quadrinhos, o que era novidade para a televisão na época. O cenários, criados por Juarez Machado, eram compostos por desenhos feitos em madeira recortada. Apenas os objetos usados em cena eram reais. Além dos cenários, Juarez Machado também era responsável pelos figurinos e desenhos da abertura.

Globo – 17h
de 6 de março a julho de 1978

texto de Luís Fernando Veríssimo, Wilson Aguiar Filho e Caulos
direção de Marco Aurélio Bagno
criação e supervisão de Wálter Avancini

Veja também

  • z4

Z4

  • superbronco_logo

Super Bronco

  • cirandacirandinha_logo

Ciranda Cirandinha