Sinopse

A trama tem como fio condutor a investigação sobre o envolvimento de Carlos Zanata, um homem aparentemente íntegro e honesto, pai de família, acusado de porte de cocaína. A história começa quando ele chega ao Rio de Janeiro de viagem na noite de Natal, ansioso para rever a família, que o espera para a ceia. Antes mesmo de entrar em casa, é abordado pela polícia. Quando revistam seu carro, os policiais encontram sacos de cocaína dentro do estofamento do veículo. Carlos é preso em flagrante, e sua mulher, Maria, inicia uma luta para inocentar o marido.

Casados há muito tempo, Carlos e Maria, juntamente com os filhos pequenos, Raul e Aline, formam uma família feliz. Ele é um funcionário público exemplar, ela, uma mulher ativa e moderna. Contratada para defender o acusado, a advogada Carmem acaba se envolvendo amorosamente com o seu cliente. O caso ganha as páginas dos jornais, e a imprensa começa a perseguir Maria. Ela encontra no jornalista Bruno um aliado para ajudá-la a provar a inocência do marido.

Tudo indica que Carlos fora vítima de um engano. Porém no decorrer da história, começam a ser revelados indícios capazes de colocar sua integridade e inocência em questão.

Globo – 22h30
de 7 a 17 de maio de 1991
8 capítulos

minissérie de Euclydes Marinho e Lula Campello Torres
direção geral de Wálter Lima Jr.

NUNO LEAL MAIA – Carlos Zanata
ELIZABETH SAVALA – Maria
IMARA REIS – Carmem
VICENTE BARCELLOS – Bruno
RAFAEL SALGADO – Raul
JULIANA SILEMAN – Aline
VANDA LACERDA – Dona Edite
JOÃO ACAIABE – Sebastian
BUZA FERRAZ – Garcia
NELSON DANTAS – Max Monteiro
JALUSA BARCELLOS – Sílvia
LIANA DUVAL – Helena
ANTÔNIO GRASSI – Cláudio
BEL KUTNER – Gabi
ANA JANSEN – Valentina
RONEY VILELLA – Papai Noel / Tatuado
MÁRIO ROBERTO – André
RICARDO BRAJTERMAN – Nelson
ROBERTO LOPES – Victor
WALDEMAR BERDITCHEWSKY – Dr. Gilberto
SANDRÃO – Balelé
BERNARDO JABLONSKI – Jorge
GISELA SÁ – Sônia
GUIDA VIANA – Alice
JOSÉ LEWGOY – Pedro Américo
LÍLIAN FERNANDES – tia Laura
HENRI PAGNONCELLI – Arthur
OTÁVIO AUGUSTO – Rubens
HELENA IGNÊZ – promotora pública
EVANDRO LEANDRO – assistente de Bruno
SEVERINO SOTERO – Mete-Bronca
FLÁVIO SANTIAGO – delegado
LUÍS ERNESTO – Vital Brasil
TONICO PEREIRA – Dr. Jarbas
EDSON GUIMARÃES – Desembargador José
ROMEU EVARISTO – Pinduca
MÁRCIO AUGUSTO – Dr. Rodrigues
FLORIANO PEIXOTO

Inicialmente havia sido idealizada para ser exibida como uma novela de 130 capítulos, mas foi reduzida e inaugurou a programação de minisséries em 1991.

Mas a história seria aproveitada como uma das tramas centrais da novela Desejos de Mulher, que Euclydes Marinho escreveu em 2002. Os personagens equivalentes a Carlos (Nuno Leal Maia), Maria (Elizabeth Savala), Carmem (Imara Reis) e Bruno (Vicente Barcellos), da minissérie, foram interpretados por Cássio Gabus Mendes, Glória Pires, Deborah Evelyn e Eduardo Moscovis na novela.

Algumas cenas foram gravadas no interior de um presídio em Niterói, onde os próprios presos faziam a figuração.

Elizabeth Savala voltava à TV depois de uma ausência de quatro anos – seu trabalho anterior havia sido a novela Hipertensão, em 1987.

Também a atriz Vanda Lacerda retornava à Globo depois de mais de uma década ausente.

A minissérie teve uma única reapresentação, em 1996, apenas para o Distrito Federal, após o Jornal Nacional, no horário em que no resto do país era exibido o Horário Eleitoral Gratuito.

Veja também

  • micopreto_logo

Mico Preto

  • quemamanaomata_logo

Quem Ama Não Mata

  • meudestinoepecar_logo

Meu Destino é Pecar

  • desejosdemulher_logo

Desejos de Mulher