Sinopse

Rio de Janeiro, 1856, pouco mais de 30 anos após a independência do Brasil. A jovem Pilar (Gabriela Medvedovski) enfrenta, desde pequena, o peso de ser uma mulher do século 19 e tenta convencer o pai Eudoro (José Dumont), fazendeiro e coronel da Bahia, a deixá-la estudar. No entanto, Eudoro promete casar sua filha com Tonico (Alexandre Nero), futuro candidato a deputado pela Bahia. A possibilidade de um casamento sem amor faz com que Pilar decida fugir, pois seu maior sonho é ser médica. Para trás, ela deixa sua irmã Dolores (Julia Freitas/Daphne Bozaski).

Em paralelo, o escravo Jorge (Michel Gomes), um homem corajoso e honesto que acredita na integração entre negros e brancos, luta para se tornar livre. Diante da realidade da escravidão, a única opção é fugir, mas antes que planeje algo, é obrigado a escapar. Durante a fuga, Pilar cruza seu caminho, um encontro que muda suas vidas. O casal vai lutar pelos seus sonhos, movido pela paixão que nutre um pelo outro, mas também deseja fazer a diferença na vida das pessoas. Ela acredita que vai se formar em Medicina e ele crê que pode mudar a sociedade.

Enquanto isso, na corte, o imperador Dom Pedro II (Selton Mello), querido pelo povo, trabalha pelo progresso do país e para ampliar os horizontes da população investindo na educação. Tem ao seu lado a Imperatriz Teresa Cristina (Letícia Sabatella), com quem tem as filhas Isabel (Any Maia/ Giulia Gayoso) e Leopoldina (Melissa Nóbrega/ Bruna Griphão), fruto de um casamento político. Além disso, o imperador precisa preparar as princesas para assumirem suas responsabilidades como membros da família real. Para isso, convida Luísa, a Condessa de Barral, para ser a preceptora das meninas.

Luísa é uma mulher moderna, educada na Europa. Ao conhecê-la, Dom Pedro II se encanta com sua força e beleza, o que provoca uma reviravolta em sua vida pessoal. Luísa também é a responsável por apresentar Pilar e Jorge – agora com uma nova identidade, Samuel – ao imperador. Dom Pedro II lutará para ajudar os dois na realização dos seus sonhos e vai igualmente lutar pelo Brasil, respeitando a Constituição, viajando pelo país disposto a atender aos anseios da população e mantendo um bom relacionamento com as províncias.

Globo – 18h

novela de Thereza Falcão e Alessandro Marson
escrita com Júlio Fischer, Duba Elia, Wendell Bendelack e Lalo Homrich
direção de Guto Arruda Botelho, Alexandre Macedo, Pablo Muller, Joana Antonaccio e Caio Campos
direção geral de João Paulo Jabur
direção artística de Vinícius Coimbra

Novela anterior no horário
Éramos Seis

SELTON MELLO – Dom Pedro II
LETÍCIA SABATELLA – Teresa Cristina
MARIANA XIMENES – Luísa, a Condessa de Barral
GABRIELA MEDVEDOVSKI – Pilar
MICHEL GOMES – Jorge / Samuel
ALEXANDRE NERO – Tonico Rocha
JÚLIA FREITAS – Dolores (irmã de Pilar)
DAPHNE BOZASKI – Dolores (irmã de Pilar)
JOSÉ DUMONT – Coronel Eudoro (pai de Pilar e Dolores)
ROBERTO BONFIM – Coronel Osório Rocha (pai de Tonico)
GUILHERME PIVA – Licurgo
VIVIANNE PASMANTER – Germana
AUGUSTO MADEIRA – Quinzinho
DANI BARROS – Clemência (mulher de Quinzinho)
ANY MAIA – Isabel (filha de Dom Pedro e Teresa Cristina)
GIULIA GAYOSO – Isabel (filha de Dom Pedro e Teresa Cristina)
MELISSA NÓBREGA – Leopoldina (filha de Dom Pedro e Teresa Cristina)
BRUNA GRIPHÃO – Leopoldina (filha de Dom Pedro e Teresa Cristina)
JOÃO PEDRO ZAPPA – Nélio
GABRIEL FUENTES – Bernardo (irmão de Nélio)
LUÍS MELLO – João Batista Pindaíba (pai de Nélio e Bernardo, marido de Lota)
VERA HOLTZ – Lota (Carlota Maria Pindaíba) (mãe de Nélio e Bernardo, mulher de Batista)
JACKSON ANTUNES – Luís Alves de Lima e Silva (Marquês de Caixas, depois Duque de Caxias)
ROBERTO BIRINDELLI – General Solano López
BEL KUTNER – Celestina (dama de companhia da imperatriz)
LU GRIMALDI – Lurdes (governanta do palácio)
CÁSSIO PANDOLFI – Nicolau (mordomo do palácio)
THIERRY TREMOUROUX – Eugênio (marido de Luísa)
THOR BECKER – Dominique (filho de Luísa e Eugênio)
CINARA LEAL – Justina (empregada de Luísa)
DANIEL DAL FARRA – Borges
ROBERTA RODRIGUES – Lupita (escrava de Borges)
MARY SHEILA – Abena (mulher de Balthazar)
ALAN ROCHA – Balthazar (marido de Abena)
JOÃO VICTOR MENEZES – Guebo (filho de Abena e Balthazar)
MAICON RODRIGUES – Guebo (filho de Abena e Balthazar)

Em março de 2020, em virtude da pandemia de Covid-19 (coronavírus), as emissoras de TV suspenderam temporariamente suas produções de dramaturgia, interrompendo a exibição de novelas e substituindo-as por reprises ou outros programas. Assim, Nos Tempos do Imperador, que já tinha chamadas de estreia no ar, para 30/03, teve suas gravações paralisadas em 16/03 e sua data de estreia protelada, sem previsão, até a situação se normalizar. Em seu lugar, a Globo passou a exibir (a partir de 30/03) a reprise da novela Novo Mundo – como um “esquenta” já que a história de Nos Tempos do Imperador é continuação de Novo Mundo.

Veja também

  • novomundo_logo

Novo Mundo

  • alemdotempo2

Além do Tempo

  • tempodeamar

Tempo de Amar

  • etamundobom

Eta Mundo Bom!