Sinopse

Filomena é uma empregada humilde e simplória que trabalha na casa do cantor em decadência Steve Formoso. Sua ingenuidade, aliada à sua honestidade e interesse em ajudar as pessoas, faz com que ela se envolva em vários problemas.

Enquanto faz seus serviços domésticos, Filomena cuida do patrão, o esconde dos credores e diverte a todos, junto dos vizinhos Curió, um porteiro paquerador, Coelho, um síndico vilão, o paquerador Ubiratan, a moderna Vovó Lili, a vizinha Dona Cláudia, sua empregada Val e seus filhos Tábata e Ricardo.

SBT
de 3 de março de 1999 a setembro de 2000

escrito por Guto Franco, Ronaldo Ciambroni e Eliana Fonseca
direção de Guto Franco e Rodrigo Campos

GORETE MILAGRES – Filomena / Zulurdes / Marlete
MOACYR FRANCO – Steve Formoso
MARA MANZAN – Dona Cláudia
MÁRCIA REAL – Heliodora
TURÍBIO RUIZ – Ubiratan
LUGUI PALHARES – Ricardo
AMANDA COSTA – Tábata
OTÁVIO MENDES – Coelho
MAURÍCIO TIZUMBA – Curió
JU COLOMBO – Val
EDSON FRANÇA – credor de Steve

A personagem doméstica Filomena, do humorístico A Praça é Nossa, ganhou o seu próprio programa em 1999 intitulado Ô… Coitado!, nome tirado do seu conhecido bordão, repetido à exaustão – até que enfraquecesse pelo cansaço.

A série era quase toda gravada em estúdio, na residência de Steve Formoso (Moacyr Franco), e contava sempre com as aparições da maior amiga de Filomena, a sua galinha.

Quando o programa começou a guinar, começaram os desentendimentos entre o diretor Guto Franco e a atriz Gorete Milagres, levando Guto e seu pai Moacyr Franco a deixarem o programa. A trama então mudou: Filó foi trabalhar no apartamento de uma família, com filho e tudo. Além disso, Gorete começou a fazer outros personagens, como a atriz Marlete e a radialista Zulurdes. A nova ambientação trazia ainda vários personagens novos. Porém, mesmo com as novidades, também não emplacou, e seis meses depois de sua estreia, a série foi cancelada.

Ô… Coitado! passou a ser reprisada a partir de março de 2009.

Veja também

  • meucunhado_logo

Meu Cunhado