Sinopse

O policial federal Marcelo Montenegro presenciou o assassinato da mulher, Mabel. Ao investigar o crime, acaba desvendando os segredos do Projeto DNA, que envolve mutantes e é desenvolvido pelo laboratório Progênese. Marcelo vai para os Estados Unidos procurar a ajuda do Dr. Walker, um renomado especialista em genética humana. O policial espera que o médico explique os fenômenos que acontecem com a sua filha Tatiana, que, quando nervosa, faz com que os objetos à sua volta se movam pelos ares.

Marcelo ainda se apaixonará por Maria, filha adotiva dos circenses Ana Luz e Pepe. Acrobata, ela se vê diante de um grande mistério que envolve o mesmo Projeto DNA e seu verdadeiro pai, que até então desconhecia, o cientista Sócrates Mayer. Ele é morto numa festa da qual Maria participou trabalhando, e a moça é levada presa acusada de um crime que não cometeu.

A primeira fase da história termina após três acontecimentos: a revelação do mistério do sequestro de Maria, a descoberta da identidade do mandante responsável pelos crimes da Progênese, e a transformação de Júlia Zaccarias – cientista do laboratório – em Juli, a nova identidade criada por ela, após tomar um soro que a faz rejuvenescer trinta anos.

Enquanto isso, mutações perigosas continuam a se espalhar pela sociedade transformando homens e mulheres em feras, vampiros, lobisomens, serpentes e outros perigos que atacam nas ruas disseminando o mal, como uma epidemia. A população, apavorada, passa a perseguir todos os mutantes, inclusive os do bem. Maria e Marcelo reúnem a Liga do Bem na mansão que pertenceu à família Mayer, que passa a ser o refúgio dos mutantes bons.

Record – 22h30 / 20h40
1ª fase: de 28 de agosto de 2007 a 2 de junho de 2008 – 240 capítulos
2ª fase: de 3 de junho de 2008 a 23 de março de 2009 – 243 capítulos
total de 483 capítulos

novela de Tiago Santiago
escrita por Tiago Santiago, Altenir Silva, Camilo Pellegrini, Gibran Dipp, Maria Cláudia Oliveira, Vívian de Oliveira, Waldir Leite e Doc Comparato
direção de Alexandre Avancini, Vicente Barcellos, Viviane Jundi, Daniel Ghivelder, Guto Arruda Botelho e Hamsa Wood
direção geral de Alexandre Avancini
direção geral de teledramaturgia de Hiran Silveira

Novela anterior
Vidas Opostas

Novela posterior
Promessas de Amor

BIANCA RINALDI – Maria Luz (Maria Mayer)
LEONARDO VIEIRA – Marcelo Montenegro (Gabriel Lage)
ÍTALA NANDI – Drª Júlia Zaccarias
GABRIEL BRAGA NUNES – Sigismundo Taveira
TUCA ANDRADA – Eric Fusily
ANDRÉ DE BIASI – Aristóteles
PATRÍCIA TRAVASSOS – Irma
ANGELINA MUNIZ – Cassandra Martinelli
JEAN FERCONDINI – Lucas
LILIANA CASTRO – Janete
PAULO NIGRO – Toni
FELIPE FOLGOSI – Beto
CLÁUDIO HEINRICH – Danilo
FERNANDA NOBRE – Lúcia
THAÍS FERSOZA – Célia
TAUMATURGO FERREIRA – Tarcísio Batista
RAFAELA MANDELLI – Regina
GISELE POLICARPO – Cléo
THÉO BECKER – Fernando
HELENA XAVIER – Simone
EDUARDO LAGO – Guiga (Luís Guilherme Batista)
ANDRÉA AVANCINI- Érika
ANDRÉ MATTOS – Paulo Pachola
JOSÉ DUMONT – Teófilo
PRETA GIL – Helga
ÂNGELO PAES LEME – Rodrigo
MÔNICA CARVALHO – Amália
CÁSSIO SCAPIN – César Rubicão
FERNANDO PAVÃO – Noé
ANDRÉ SEGATTI – Ernesto
ROCCO PITANGA – Armando Carvalho
MARINA MIRANDA – Marisa
NANDA ZIEGLER – Bianca
PATHY DEJESUS – Perpétua
LÍGIA FAGUNDES – Leonor
LANA RODES – Esmeralda
HELDER AGOSTINI – Demétrio
DIEGO CRISTO – Hélio
MAURÍCIO RIBEIRO – Cris
JULIANNE TREVISOL – Gór (Górgona)
SACHA BALI – Metamorfo (Matheus Morpheu)
DANIEL AGUIAR – Vlado (Vladimir)
NATÁLIA GUIMARÃES – Ariadne
RÔMULO ARANTES NETO – Telê
ALLAN SOUZA LIMA – Meduso
KAREN JUNQUEIRA – Fúria
LOUISE DTUANI – Ísis
SUYANE MOREIRA – Iara
RÔMULO ESTRELA – Draco
JOSÉ LORETO – Scorpio
MARCOS SUHRE – Homem Gelo
JAVA MAYAN – Joca
PALOMA BERNARDI – Luna
1ª fase
ANA ROSA – Dalva
ALEXANDRE BARILARI – Ramon
PERFEITO FORTUNA – Pepe
FAFÁ DE BELÉM – Ana Luz
TONI GARRIDO – Gudi
SEBASTIÃO VASCONCELOS – Mauro
REGINA DOURADO – Altina
MARIA CEIÇA – Rosana
ANA CARBATTI – Beatriz
RONNIE MARRUDA – Michael Pedreira
GUILHERME TRAJANO – Dino
NATASHA HAYDT – Paola
ANA MARKUN – Juanita
GABRYELA MOREIRA – Graziela
ANA PAULA MORAES – Marli
CAROLINA CHALITA – Marialva
MARIA CAROLINA RIBEIRO – Silvana
DANIEL MARINHO – Capeleti
BRUNO MIGUEL – Lupi
AMANDHA LEE – Felina
FLÁVIO NASCIMENTO – Minotauro
JOÃO PAULO SILVINO – Leão
RICARDO MACCHI – Golias
2ª fase
MAYTÊ PIRAGIBE – Natália
MARCOS PITOMBO – Valente
BABI XAVIER – Juli Falconi (Drª Júlia Zaccarias)
PETRÔNIO GONTIJO – Fredo Cavalcanti
MYRIAN FREELAND – Marta
FLÁVIA MONTEIRO – Viviane Menezes
JONATHAN HAAGENSEN – Miguel
CLÁUDIA ALENCAR – Sandra Gisa de Albuquerque Andrade
RAUL GAZOLA – João Ricardo Borba Gato de Albuquerque Andrade
RAQUEL NUNES – Keila Nunes
THIAGO GAGLIASSO – Gaspar
NILL MARCONDES – Breno
ANTÔNIO PITANGA – Nilton
MYRIAN PÉRSIA – Rafaela
PEDRO NERCESSIAN – Tarso de Albuquerque Andrade
PATRÍCIA WERNECK – Manuela (Manu)
CAROLINA HOLANDA – Gabriela
JÉSSICA GOLCCI – Alice Bandinski
MILENA FERRARI – Aline
JONAS TORRES – Electron
NINA MORENA – Zaíra, a Mulher-Zumbi
DANIEL KALLON – Multi
VICTOR FERREIRA – Fog
CAMILA GUEBUR – Fabiana
KAREN MARINHO – Magda
GABRIEL MAZOLA – Lucio
MARIANA MAMORÉ – Juno
MONIQUE LAFOND – Nilza
ROGÉRIO BARROS – Papa-Figo
PAULO REIS – Kidor
ZULMA MERCADANTE – Pisadeira
LUCCI FERREIRA – Rodolfo
FELIPE ADLER – Pesadelo
JEAN BEPPE – Tufão
GABRIEL CANELA – Curupira
SÔNIA CLARA – Diana
RENATA PASCHOAL – Nadir
TINA KARA – Valquiria
LÍVIA ROSSY – Ceres
ANDRÉA LEAL
BERNARDO CASTRO ALVES
as crianças e adolescentes
LETÍCIA MEDINA – Tatiana
CÁSSIO RAMOS – Vavá
SÉRGIO MALHEIROS – Aquiles
JULIANA XAVIER – Ágata
PEDRO MALTA – Eugênio
JÚLIA MAGESSI – Ângela
SHAILA ARSENE – Clara
e
ADRIANA QUADROS – Teresinha (mãe de Lúcia)
AMÉLIA SOARES – Maria Butina
ANDERSON BRUNO MARQUIS – Zé Sinistro
AUGUSTO VARGAS – Cassiano Dias
BIANCA JOY PORTE – Valéria
CARLOS THIRÉ – Jean-Piérre
CÍNTIA MONERAT – Edite
DANIEL ANDRADE – Zé Doido
DÉO GARCEZ – Bené (1ª fase)
FRANÇOISE FORTON – juíza
GABRIEL MACRI – Pedro
JOAQUIM DE CASTRO – Adolfo
JORGE PONTUAL – Felipe Matoso (1ª fase)
JULIANA MARTINS – Marlene (repórter)
KAKO NOLASKO – Falconi
KARINA BACCHI – Glória (1ª fase)
LANCE HENRIKSEN – Christian Walker (1ª fase)
LUCIANO LEME – Marino
MÁRCIO LIBAR – mendigo
MÁRCIO ROSÁRIO – taxista de Miami
MARIA CLÁUDIA – Ruth (1ª fase)
MARIA CRISTINA GATTI – Coroa (presa)
MARIA SILVIA – Magda
MÁRIO CARDOSO – Bento (pai de Lúcia)
MYRIAN PÉRSIA – Mariana Mayer (1ª fase)
PAULO GORGULHO – Josias (1ª fase)
RAYMUNDO DE SOUZA – Juan Figueroa / Pablo Figueroa (1ª fase)
RICARDO PETRÁGLIA – Platão (1ª fase)
RÔ SANTANA – Machadona (presa)
SABRINA GREVE – Mabel (1ª fase)
TAMMY LUCIANO – Ivonete (empregada da Cassandra)
THIAGO LUCIANO – policial civil
ÚRSULA CORONA – Alícia
WALMOR CHAGAS – Dr. Sócrates Mayer
WILLIAM VITA – Peçanha (seqüestrador da filha do Dr. Sócrates)

Muito antes de suas produções bíblicas, a TV Record se lançou em um projeto ousado: a saga fantástica dos Mutantes. A trilogia, escrita por Tiago Santiago, criticada por muitos, deu o que falar e despertou a curiosidade até dos mais resistentes à ideia da mistura de novela com personagens surreais e super heróis. Inegavelmente a produção entrou para a história da televisão, seja por ter angariado uma legião de fãs, ou pelas críticas que suscitou.

A chamada “trilogia dos Mutantes” foi composta por produções apresentadas na sequência: as duas fases da novela Os Mutantes (a primeira fase chamada de Caminhos do Coração) mais a novela Promessas de Amor.

Tiago Santiago iniciou escrevendo Caminhos do Coração, uma trama folhetinesca com elementos de ficção científica. Aos poucos, os mutantes foram fazendo mais sucesso, o que levou o autor a dar maior ênfase aos seres fantásticos do que à parte romântica da história. Com a boa repercussão, o autor lançou uma segunda fase, chamada apenas de Os Mutantes. Anunciada como uma nova novela, na verdade não passava de uma continuação da história de Caminhos do Coração, com a saída de um grupo de personagens e a entrada de novos, mas dando prosseguimento à trama dos protogonistas, o casal Marcelo e Maria (Leonardo Vieira e Bianca Rinaldi) e voltada à saga dos mutantes.

Por fim, o autor concluiu a trama de Marcelo e Maria e lançou uma nova novela, Promessas de Amor, esta sim inédita, com novos protagonistas, mesmo mantendo alguns mutantes coadjuvantes. Com a derrocada na audiência, Santiago voltou a investir na trama dos mutantes em detrimento à trama romântica central – até incluiu Mutantes no título para chamar de volta os fãs dos seres bizarros. Mas era tarde demais: a fórmula já estava para lá de desgastada.

Com Promessas de Amor, a saga dos Mutantes ficou no ar de 28 de agosto de 2007 a 3 de agosto de 2009.
A união das duas primeiras fases (sem Promessas de Amor), consideradas ininterruptas, somou 483 capítulos e pôs Os Mutantes no ranking das mais longas novelas de nossa Teledramaturgia. É a terceira colocada, perdendo apenas para Redenção (Excelsior, 1966-1968, 596 capítulos), e Chiquititas (SBT, 2013-2015, 545 capítulos).

Tiago Santiago criou uma trama em que uma clínica de pesquisas científicas criava mutantes superpoderosos que eram perseguidos pela sociedade.
“Minha novela é baseada no realismo fantástico, na ficção científica. E, para isso, se apoia em histórias de super-heróis, não só de X-Men e Heroes.”, comentou o autor.

A inspiração para os personagens veio das mais variadas fontes, de filmes clássicos, como A Ilha do Dr. Moreau (1977), a filmes de terror, como A Hora do Pesadelo (1986) – o mutante Pesadelo remete a Freddy Kruger. Ou baseado em personagens do folclore brasileiro, como o mutante Curupira, e da mitologia grega, como o Minotauro.

No capítulo exibido no dia 06/02/2008 (uma quarta-feira), Os Mutantes venceu a Globo no Ibope da Grande São Paulo do começo ao fim. Foi a primeira vez que uma novela da Record derrotou a Globo em um capítulo completo: 22 pontos de média para a Record contra 20 pontos para a Globo, que exibia o jogo de futebol Corinthians x Barueri.

Num golpe de marketing, o último capítulo da fase Caminhos do Coração, que era anteriormente exibida às 22 horas, foi antecipado para as 20h40 para coincidir com a estreia da novela A Favorita da Globo. Este último capítulo conseguiu uma média de 23 pontos no Ibope da Grande São Paulo. Foi o segundo maior índice de audiência de uma novela da Record (até aquela época), perdendo apenas para o último capítulo de Vidas Opostas (exibido em 27/08/2007), que conseguiu uma média de 25 pontos. A estratégia deixou a Globo com a pior audiência na estreia de uma novela em seu horário nobre até então.

Por conta desta estratégia, a segunda fase da novela começou bem no Ibope, alcançando 24 pontos, seu melhor número. Mas não conseguiu manter-se neste patamar, derrocando na audiência nos meses seguintes. Ironicamente, seu pior número foi 8 pontos exatamente no dia do último capítulo de A Favorita (em 16/01/2009).

Em novembro de 2008 (já em sua segunda fase) a Record passou a transmitir um compacto da semana de Os Mutantes aos sábados, ao invés de um capítulo inédito, chamado Os Mutantes – Especial. Porém, cerca de um mês depois, por causa da baixa audiência, a emissora voltou atrás e a novela retornou à exibição de segunda a sábado.

A Record recebeu em abril de 2007 uma tecnologia de ponta para a produção de efeitos especiais: o Inferno. A emissora gastou um milhão de dólares apenas com o hardware. Com o equipamento, foi possível modelar pessoas em três dimensões e criar grandes números de figurantes virtuais. O Inferno já havia sido usado no cinema americano. Com Os Mutantes, a Record estreou seu parque de computação gráfica instalado no RecNov. A emissora também comprou, para estrear na mesma novela, duas câmeras Viper, de alta definição. A Globo já possuía essas câmeras.

Com o Inferno, a Record quis dar um acabamento de qualidade às cenas com personagens que sofreram mutações genéticas e obtiveram superpoderes. Os Mutantes teve um menino com feições de lobo, uma garota que voava, um rapaz que corria numa velocidade impressionante, uma adolescente que fazia levitar grandes e pesados objetos, e muitos outros personagens superpoderosos.

O elenco participou de um workshop em um laboratório de reprodução humana. Logo no início das gravações, uma equipe da Record composta por 25 profissionais, embarcou para os Estados Unidos para gravar 23 cenas de 12 capítulos. Gravadas em Miami, as sequências contaram com as presenças dos atores Leonardo Vieira, Alexandre Barilari, Letícia Medina e o americano Lance Henriksen (do filme Alien vs. Predador).

“Como só usei dublês na segunda fase da novela, em função da minha irmã gêmea que apareceu na trama, me preparei com aulas de circo e Muay Thai para os momentos de luta e que exigiam mais habilidade corporal”, disse a atriz Bianca Rinaldi, que vivia a protagonista Maria, a Flávio Ricco e José Armando Vannucci para o livro “Biografia da Televisão Brasileira”.

Embora fosse produzida totalmente no RecNov (estúdios de teledramaturgia da Record no Rio de Janeiro) a história foi ambientada em São Paulo. Essa saída para as cenas externas deveu-se por parte da audiência da emissora paulista torcer o nariz pelo fato de a Record ter centralizado totalmente no Rio de Janeiro as suas produções em dramaturgia. A novela teve sequencias filmadas no Parque da Independência, em frente ao Museu do Ipiranga, no Viaduto do Chá (onde foi explodida a primeira bomba), na Avenida Paulista, entre outros. Também houve cenários pertencentes ao Guarujá, no litoral paulista, como a Vila Caiçara, a casa de Guiga e a clínica da Progênese. Houve ainda cenários no Rio de Janeiro, como a favela Tavares Bastos e o Pão-de-Açúcar.

Ao longo das três temporadas, foram muitos os mutantes criados pelo autor, com os mais variados tipos de poderes: o vampiro Taveira (Gabriel Braga Nunes), Homem Cobra (Theo Becker), Mulher Aranha (Natália Guimarães), Meduso (Allan Lima), com olhar paralisante, Metamorfo (Sacha Bali), Mulher Elétrica (Patricia Dejesus), Homem Telepático (Rômulo Arantes Neto), Curupira (Gabriel Canela), a sereia Iara (Suyane Moreira), Rainha Formiga (Carla Regina), Homem Gelo (Marcos Suhre), Homem Fogo (Rômulo Estrela), Scorpio, Homem Escorpião (José Loreto), Mulher Pantera (Karen Junqueira), Menino Lobo (Cássio Ramos), Mulher Zumbi (Nina Morena), Minotauro (Fábio Nascimento), etc.

Minha cobra quer comer sua aranha! – essa frase do “Rock das Aranhas“, sucesso de Raul Seixas imortalizado por Dercy Gonçalves, ganhou uma nova dimensão quando dita de forma nada sutil em Os Mutantes, no encontro do Homem Cobra (Theo Becker) com a Mulher Aranha (Natalia Guimarães). Piada pronta em uma novela que já havia descambado para a tosquice.

Outro momento trash – que virou hit na internet – foi o encontro da garota mutante Tati (Leticia Medina) com a criatura Sapo Bufo Gigante, de onde saiu a célebre frase “Nossa, que sapão!”.

O personagem Taveira foi acusado de plágio do personagem Victor Victório da novela global O Beijo do Vampiro (2002/2003), de Antônio Calmon, que fez criticas, afirmando que Tiago Santiago copiou sua criação. Plágio acentuado pelo fato de os personagens terem sido interpretados pelo mesmo ator na duas produções: Gabriel Braga Nunes. Santiago havia sido colaborador de Calmon na Globo.

Logo no início da exibição da segunda fase novela, a abertura continha um erro: o nome da atriz Liliana Castro aparecia como Liliane Castro. Depois de uma semana, o erro foi corrigido.

No rastro do sucesso da novela, a editora Panini lançou nas bancas um álbum de figurinhas para cada fase da novela.

Primeira novela do cantor Toni Garrido (como ator) e dos atores José Loreto, Rômulo Arantes Neto, Marcos Pitombo, Karen Junqueira, Suyane Moreira e Alan Souza Lima. Primeira novela inteira da atriz Pathy Dejesus.

Reprisada entre 31/05/2010 e 14/01/2011, em 170 capítulos (apenas a fase Caminhos do Coração), às 18h15.

Trilha Sonora da 1ª fase

caminhoscoracaot
01. SABE VOCÊ – Toni Garrido (tema de abertura)
02. MARIA MARIA – Roupa Nova (tema de Maria)
03. GRANDE AMOR – Fafá de Belém (tema de Marcelo e Maria)
04. RAÇA – Fafá de Belém e Milton Nascimento (tema do circo)
05. CAÇADOR DE MIM – 14-Bis (tema geral)
06. AMOR DE SEDUÇÃO – Mikefoxx
07. A VIDA É MINHA – Capital Inicial
08. MUTANTE – Preta Gil
09. ZIGUE ZAGUE – Jair Rodrigues, Jair Oliveira e Simoninha
10. PROCURANDO ESTRELA – Zé Ramalho
11. O PARAÍSO AGORA – Geraldo Azevedo
12. BABY – Tim Maia (tema de Glória e Lucas)
13. O CIRCO – Elenco do Circo da Luz
14. THE GAME OF LIFE – Scorpions

ainda
SONHO DE ÍCARO – Guilherme Arantes (tema de Ângela)
SEXO – Oswaldo Montenegro (tema de Helga)
ROBOCOP GAY – Mamonas Assassinas (tema de Danilo)

Trilha Sonora da 2ª fase

mutantest
01. PLANETA SONHO – Milton Nascimento & 14 BIS
02. SHOW THAT GIRL – Yasmin & Feio
03. BARCELONA 16 – Paula Toller
04. O ASTRONAUTA DE MÁRMORE – Nenhum de Nós
05. DEPRESSA – TNT & Théo Becker
06. REENCONTRO – Rodrigo Faro & Rosana
07. SONHO DE ÍCARO – Rick Vallen
08. ROSA DOS VENTOS – Zizi Possi
09. BILHETE – Ivan Lins
10. JOÃO E MARIA – Chico Buarque & Branca Lima
11. MUTANTES DEPOIS… – Os Mutantes
12. ESTÁ EM SUAS MÃOS – Alexandre Leão
13. QUEM SABE UM DIA A GENTE SE VÊ – Donna Lolla
14. DÚVIDA – Elba Ramalho & Waldonys

Produção musical: Daniel Figueiredo

Tema de Abertura da 1ª fase: SABE VOCÊ – Toni Garrido

Você é muito mais que eu sou
Está bem mais rico do que eu estou
Mas o que eu sei você não sabe
E antes que o seu poder acabe
Eu vou mostrar como e por que
Eu sei, eu sei mais que você

Sabe você o que é o amor? Não sabe, eu sei
Sabe o que é um trovador? Não sabe, eu sei
Sabe andar de madrugada tendo a amada pela mão
Sabe gostar, qual sabe nada, sabe, não
Você sabe o que é uma flor? Não sabe, eu sei
Você já chorou de dor? Pois eu chorei.
Já chorei de mal de amor, já chorei de compaixão
Quanto à você meu camarada, qual o que, não sabe não

E é por isso que eu lhe digo e com razão
Que mais vale ser mendigo que ladrão
Sei que um dia há de chegar e isso seja quando for
Em que você pra mendigar, só mesmo o amor
Você pode ser ladrão quando quiser
Mas não rouba o coração de uma mulher
Você não tem alegria, nunca fez uma canção
Por isso a minha poesia, ah, ah, você não rouba não
Ah, ah, você não rouba não …

Tema de Abertura da 2ª fase: PLANETA SONHO – Milton Nascimento & 14 Bis

Aqui ninguém mais ficará
Depois do sol
No final será
O que não sei, mas será
Tudo demais
Nem o bem, nem o mal
Só o brilho calmo dessa luz

O planeta calma será Terra
O planeta sonho será Terra
E lá no fim daquele mar
A minha estrêla vai se apagar
Como brilhou
Fogo solto no caos

Aqui também
É bom lugar de se viver
Bom lugar será
O que não sei, mas será
Algo a fazer
Bem melhor que a canção
Mais bonita que alguém lembrar

A harmonia será Terra
A dissonância será bela
E lá no fim daquele azul
Os meus acordes vão terminar
Não haverá, outro som pelo ar

O planeta sonho será Terra
A dissonância será bela
E lá no fim daquele mar
A minha estrêla vai se apagar
Como brilhou, fogo solto no caos…

Veja também

  • escravaisaura2004_logo

A Escrava Isaura (2004)

  • provadeamor_logo

Prova de Amor

  • umarosacomamor2010_logo

Uma Rosa com Amor (2010)

  • promessasdeamor_logo

Promessas de Amor