Sinopse

Em uma trama paralela à trajetória de Tiradentes, uma delação, por motivos familiares, impossibilita o amor de Rogério e Dorotéia.

Tupi – 21h30
de 24 de abril a 22 de setembro de 1967

novela de Janete Clair
direção de Geraldo Vietri

Novela anterior no horário
Angústia de Amar

Novela posterior
Os Rebeldes

SÉRGIO CARDOSO – Rogério
MÍRIAM MEHLER – Dorotéia
ROSAMARIA MURTINHO – Maria Helena
JUCA DE OLIVEIRA
LIMA DUARTE – Visconde Santa Maria
LÉLIA ABRAMO – burguesa
GUIOMAR GONÇALVES – Angélica
SADI CABRAL – Santos
ADEMIR ROCHA – Vicente
NÉA SIMÕES – Baronesa
EDUARDO ABBAS
CANARINHO – Janico
WILSON FRAGOSO – Tiradentes
XISTO GUZZI
MARIA LUIZA CASTELLI
OTÁVIO AUGUSTO – sub-oficial
OSWALDO CAMPOZANA

Adaptação de Janete Clair de seu sucesso radiofônico A Família Borges.

A novela teve sua estreia adiada em virtude de um acidente automobilístico sofrido pelo ator Sérgio Cardoso, que vivia o protagonista da trama.

A autora teve sérios problemas com Sérgio Cardoso. Intérprete de temperamento difícil, Sérgio queria mexer a todo momento no texto de Janete, que não aceitava as interferências. A autora ficou tão traumatizada ao trabalhar com o ator, que a simples menção de seu nome para o elenco de suas novelas posteriores já a assustava.

A Inconfidência Mineira, que serviu de pano de fundo para esta história, também foi abordada na novela Dez Vidas, de Ivani Ribeiro (Excelsior, 1969) e em Liberdade Liberdade (Globo, 2016).

Paixão Proibida foi exibida em algumas praças com outro título: De Amor Também se Morre.

Não confundir Paixão Proibida com a novela Paixões Proibidas, produção da Band de 2006.

Veja também

  • tupi60

O Acusador

  • tupi60

Estrada do Pecado

  • sangueeareia_logo

Sangue e Areia