Sinopse

Numa viagem, Eugênio conheceu e se apaixonou pela doce e simples Madalena, mesmo tendo a apaixonadíssima e possessiva Theodora por perto. Mas Eugênio também descobriu que tinha uma grave doença. Só um transplante de medula de alguém da família poderia salvar sua vida. E por causa disso, Guilherme Amarante Paes teve que revelar que Eugênio não é seu filho, um segredo que abalou toda a poderosa família Amarante Paes.

Mas, para Madalena, o amor por Eugênio resiste a tudo. E foi por esse amor que ela veio para o Rio de Janeiro e acabou conhecendo os moradores da Travessa do Vintém. Esse é o território de Valentim, que se apaixonou pela moça assim que a viu. Valentim é o amante latino que enlouquece Marinelza, uma senhora casada que brinca com o perigo. A mãe de Valentim é a festeira Anabel Muñoz, uma mulher batalhadora que vive um drama: um filho que teve que abandonar ainda bebê e nunca mais encontrou.

E, ao envolver-se com a família de Anabel, Madalena descobre que a salvação para Eugênio está em Valentim, o irmão legítimo que ele desconhecia. Mas como convencer Valentim a ajudar um irmão que ele nem sabia da existência, ainda mais quando disputa consigo o amor de Madalena?

Do outro lado da história está Adriana, uma garota interesseira e de vida fácil que se envolve com Guilherme causando o fim de seu casamento com Bárbara. Adriana, mesmo chantageada por Heitor, ambicioso e inescrupuloso sócio da mineradora Amarante Paes, alia-se a ele na busca pelo poder.

Globo – 19h
de 30 de setembro de 1996
a 3 de maio de 1997
185 capítulos

novela de Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa
colaboração de Jane Santos
direção de Wolf Maya, Maurício Farias, Cininha de Paula, Luciano Sabino e Ignácio Coqueiro
direção geral de Wolf Maya

Novela anterior no horário
Vira-lata

Novela posterior
Zazá

MARCOS PALMEIRA – Valentim
PATRÍCIA FRANÇA – Madalena
MARCELLO ANTONY – Eugênio Amarante Paes
DÉBORA BLOCH – Theodora Bentes da Gama
ARLETE SALLES – Anabel Muñoz
CRISTIANA OLIVEIRA – Adriana Campos Queirós
ROSAMARIA MURTINHO – Bárbara
JOSÉ WILKER – Urbano
VICTOR FASANO – Heitor Lobato
PAULO PIRES – Vasco
MARQUES D’AREDE – Rodolfo
LAURA CARDOSO – Ruth
ARICLÊ PEREZ – Gilda
DARTAGNAN JR. – Edgar
DIOGO VILELLA – Caio Graco Leão
ADRIANA GARAMBONE – Clarisse
ALEXANDRE BARILARI – Antônio
MARIA MAYA – Kelly Bolla
ZEZÉ POLESSA – Marinelza
OLWALDO LOUREIRO – Bolla (Walmir Bolla)
BIA NUNNES – Remédios
THAÍS DE CAMPOS – Amparo
GABRIELA ALVES – Assunção
ANDRÉ GONÇALVES – Uálter
MARCOS OLIVEIRA – Candinho (Candelário)
STELLA MIRANDA – Socorro
LUÍS SALÉM – Lázaro
MARIA GLADYS – Neném
JOHNNY RUDGE – Moa
ROSI CAMPOS – Dayse
ÂNGELA REBELLO – Teresa
NELSON XAVIER – Mestre Bento
JACQUELINE LAURENCE – Eglantine Billard
ADEMIR ZANYOR – Jairzinho
ESTELITA BELL – Dona Imaculada
CHICO DIAZ – Ramiro Morales
MÔNICA TORRES – Lídia
ZEZEH BARBOSA – Jacinta
MARA MANZAN – Sexta-Feira
JULIANA BARONI – Inês
RICARDO PETRÁGLIA – Tito Soares da Cunha
MARIA LÚCIA DAHL – Laís
BRUNO MURTINHO – Uélinton
REGIANA ANTONINI – Deusa
NELSON FREITAS – Cristóvão
ADRIANO GARIB – Juarez
CRISTINA AMADEO – Dalva
MAURÍCIO GIMENEZ – Hélio
VANESSA DANTAS – Flávia
AUGUSTO BITTENCOURT – Bruno
LUKA RIBEIRO – Marcão
RENATA GHELLI – Leonor
ROBERTA CIPRIANI – Rosaura
MÔNICA AREAL – Sandrinha
e
BETTY ERTHAL
CLÁUDIO CAVALCANTI – Olavo (médico que trata da doença de Eugênio)
MARCOS PAULO – Gaspar (milionário que cai na lábia de Adriana)
SUSANA VIEIRA – Dolores Molidor
WALMOR CHAGAS – Guilherme Amarante Paes (marido de Bárbara, amante de Adriana, morre no início)

– núcleo de MADALENA (Patrícia França), moça do interior, simples, inteligente e corajosa, mas que se apaixona pelo homem errado: além de ser milionário, é o dono da empresa de minério que causa a contaminação por mercúrio em Roseira Santa, sua cidade. Madalena era tecelã e se torna artista famosa no Rio de Janeiro. Mas se apaixona por outro home e se vê no meio da disputa entre eles:
o pai MESTRE BENTO (Nelson Xavier), homem humilde, marinheiro que cuida da gaiola que pertence a família Amarante Paes. Encontra-se com a filha no Rio de Janeiro.

– núcleo de GUILHERME AMARANTE PAES (Walmor Chagas), milionário dono da mineradora Amarante Paes. Vive atormentado porque mantém um romance secreto com uma jovem que poderia ser sua filha. Em consequência, negligencia o trabalho nas indústrias, deixando que seu sócio vá se apossando do seu patrimônio:
a mulher BÁRBARA (Rosamaria Murtinho), mulher encantadora, elegante, refinada, espirituosa, para quem a vida não vai além das fronteiras do seu pequeno mundo. Passa por uma transformação radical quando descobre que seu filho não é legítimo e é abandonada pelo marido, depois de 35 anos de casamento
o filho EUGÊNIO (Marcello Antony), pronto para assumir o lugar do pai como presidente das empresas. Vê sua vida mudar totalmente ao ser contaminado por mercúrio e desenvolver leucemia. Além disso, descobre que não é filho de Guilherme e Bárbara. Apaixona-se por Madalena, mas terá que disputar seu amor com outro homem, na realidade, seu irmão desconhecido
a filha CLARISSE (Adriana Garambone), adotada por Guilherme e Bárbara com cinco anos, é professora de literatura em uma faculdade
os amigos portugueses RODOLFO (Marques D´Arede) e seu filho VASCO (Paulo Pires), que revela-se um mau-caráter. Vão passar uma temporada na mansão dos Amarante Paes
a secretária de Eugênio, TERESA (Ângela Rebello)
a secretária de Guilherme, DALVA (Cristina Amadeo)
a empregada JACINTA (Zezeh Barbosa)
o médico OLAVO (Cláudio Cavalcanti), trata da doença de Eugênio.

– núcleo de ANABEL MUNÕZ (Arlete Salles), viúva de um cubano, é uma mulher alegre, generosa, desinibida e dona de um cerimonial. É uma mãezona e conta com a ajuda dos filhos para organizar festas que primam pela exuberância e pela breguice. Sua maior mágoa foi abrir mão de um filho no passado, Eugênio, que, no decorrer da novela, reaparece em sua vida:
os cinco filhos: VALENTIM (Marcos Palmeira), conquistador irresistível, com dom de seduzir as mulheres. Vive pulando de galho em galho até se apaixonar perdidamente por Madalena. Sofre um grande golpe da vida ao descobrir que é filho de Anabel com um homem que nunca ouviu falar, e que tem um irmão, Eugênio, que precisa da sua medula sendo também apaixonado por Madalena,
REMÉDIOS (Bia Nunnes), sonoplasta do cerimonial da mãe
AMPARO (Thaís de Campos), também sonoplasta do cerimonial da mãe. De vez em quando, institui o dia do silêncio, quando não abre a boca para nada,
ANTÔNIO (Alexandre Barillari), veste-se de príncipe para dançar e, ocasionalmente, beijar as debutantes,
e ASSUNÇÃO (Gabriela Alves), a caçula, namora escondida dos irmãos
URBANO (José Wilker), cubano contrabandista, no estilo mafioso. Teve uma relação com Anabel no passado e acaba retornando. É o verdadeiro pai de Valentim e Eugênio
o empregado de Urbano, CRISTÓVÃO (Nelson Freitas)
a sogra IMACULADA (Estellita Bell), senhora meio esclerosada, que inferniza a vida da família com atitudes inesperadas e absurdas
a amiga NENÉM (Maria Gladys), seu braço-direito, considerada parte da família
o namorado de Amparo JUAREZ (Adriano Garib), líder dos operários de Roseira Santa.

– núcleo de THEODORA BENTES DA GAMA (Débora Bloch), ex-mulher de Eugênio, rica, poderosa e muito engraçada. Nutre uma verdadeira obsessão pelo ex-marido, não aceitando a separação. Luta o tempo inteiro para tê-lo de volta, tornando-se a principal rival de Madalena:
o amigo e aliado CAIO (Diogo Vilela), apaixonado por ela. É também amigo da família Amarante Paes
a empregada SEXTA-FEIRA (Mara Manzan).

– núcleo de ADRIANA (Cristiana Oliveira), modelo e manequim, é uma carreirista, tendo sido criada pela mãe e pela tia para se dar bem e, se possível, com um homem rico. Envolve-se com Guilherme, que tem idade para ser seu pai, provocando o fim de seu casamento com Bárbara:
a mãe GILDA (Ariclê Perez), uma estilista de alta-costura, concentra na filha as esperanças de um futuro promissor
a tia RUTH (Laura Cardoso), mulher ardilosa e sem escrúpulos, incentivadora do carreirismo de Adriana. É aposentada, toma seus drinques fora de hora e perde todo o dinheiro que tem no jogo, inclusive o apartamento onde mora, em Copacabana
o mau-caráter EDGAR (Dartagnan Júnior), tipo cafajeste que faz tudo por dinheiro. É um explorador de mulheres e sempre coloca Adriana em situação difícil, agenciando-a como modelo.

– núcleo de HEITOR (Victor Fasano), amigo e sócio minoritário de Guilherme. É um grande mau-caráter, que realiza negociatas ilícitas e rouba minério das empresas com um único objetivo: o de se apossar da mineradora Amarante Paes:
LÍDIA (Mônica Torres), chefe de viabilização de projetos nas empresas de Guilherme, é apaixonada por Heitor e, por isso, faz o que ele quer. Uma fraca, que se deixa usar,
MORALES (Chico Diaz), seu cúmplice nos negócios escusos
a secretária DEUSA (Regiana Antonini).

– núcleo de WALMIR BOLLA (Oswaldo Loureiro), dono dos supermercados Rebolla, é o manda-chuva da Travessa do Vintém. Só perde o rebolado diante da sua espevitada esposa, que teima em namorar meio mundo:
a mulher MARINELZA (Zezé Polessa), aguenta os mandos e desmandos do marido, mas adora brincar com o perigo: é amante de Valentim
a filha KELLY (Maria Maya), apaixonada por Antônio, a quem tenta conquistar com a ajuda da mãe
o funcionário LÁZARO (Luís Salém), deveria ser fiel ao patrão, mas costuma contar tudo o que ouve para Marinelza, protegendo-a do marido. Quando bebe, costuma declarar seu amor por Neném.

– núcleo de SOCORRO (Stella Miranda), grande fofoqueira da Travessa do Vintém. Aumenta as noticias e leva-as de porta em porta. Engraçada, é submissa ao marido até o momento em que resolve dar um basta ao seu “reinado de terror”:
o marido CANDINHO (Marcos Oliveira), está sempre querendo fazer economia dentro de casa, capaz de qualquer coisa em troca de alguns trocados
os filhos: WALTER (André Gonçalves), office-boy da mineradora Amarante Paes, namorado de Assunção,
e WELLINGTON (Bruno Murtinho), apaixona-se por Kelly incentivado pelo pai, de olho no dinheiro de Bolla.

– núcleo de EGLANTINE (Jacqueline Laurence), professora francesa de piano cuja filha apaixonou-se pelo jogador de futebol Tição, com quem teve um filho. Mulher refinada, acabou na Travessa do Vintém sozinha com o neto para criar, por isso guarda uma grande mágoa da filha e do genro. Insiste para que o neto aprenda piano e modos refinados:
o neto JAIRZINHO (Ademir Zanyor), estuda piano para satisfazer a avó, mas não tem a mínima vocação apra a música clássica. Sua paixão mesmo é o futebol – que ela detesta – e ser DJ em baile funk – atividade que ela desconhece totalmente
os amigos de Jairzinho, MARCÃO (Luka Ribeiro), LEONOR (Renata Ghelli) e ROSAURA (Roberta Cipriani).

– núcleo de DAYSE (Rosi Campos), amiga de Anabel, sua confeiteira predileta e também confidente. É muito insegura por ser casada com um homem muito mais novo, tratando de engordá-lo e envelhecê-lo a qualquer custo:
o marido MOACIR (Johnny Rudge), investigador policial, um homem simpático que finge não perceber os ciúmes da mulher. Envolve-se com Teresa, e esta, por sua vez, também envolve-se com Dayse, formando um triângulo amoroso inusitado.

– núcleo de TITO (Ricardo Petraglia), advogado rico e simpático que vai ajudar Madalena e os moradores de Roseira Santa no processo contra a Amarante Paes, responsável pela contaminação da região por mercúrio:
a mulher LAÍS (Maria Lúcia Dahl), rica, elegante, simpática e dona de uma loja de móveis e decorações. Ajuda Madalena a se tornar uma artista famosa
a filha INÊS (Juliana Baroni), jovem mimada, que começa a namorar Antônio por distração, mas acaba se apaixonando. No entanto, disputa o coração dele com Kelly
os amigos de faculdade de Inês, BRUNO (Augusto Bittencourt) e FLÁVIA (Vanessa Dantas).

Miguel Falabella uniu-se à amiga Maria Carmem Barbosa para, juntos, escreverem a primeira novela. A dupla já havia trabalhado anteriormente no seriado Delegacia de Mulheres (1990) e no humorístico Sai de Baixo.

A trama combinou humor tipicamente urbano com um discreto toque policial. Ritmo ágil e situações inesperadas apresentadas de forma inteligente e moderna.

Um folhetim leve e divertido. Destaque para o núcleo pobre da novela, os moradores da Vila do Vintém.

Débora Bloch usou todo seu talento de comediante para fazer de sua Theodora uma personagem inesquecível, a melhor da trama.

O casal Candinho e Socorro (Marcos Oliveira e Stella Miranda) foram responsáveis por algumas das cenas mais hilárias da novela.

Participação dos atores portugueses Marcos D’Arede e Paulo Pires.

A figurinista Marília Carneiro foi encarregada do guarda-roupa do núcleo dos cubanos da novela. A produtora Cristina de Médicis ficou responsável pelas pesquisas relacionadas às cultura cubana, para a caracterização dos personagens e dos ambientes referentes a esse núcleo.

Salsa e Merengue teve a maior cidade cenográfica da TV Globo até então, onde foram reproduzidas vilas e casas do bairro carioca de Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro.
Miami abrigou a gravação de mais de 40 cenas da novela. O diretor Wolf Maia contou que foi uma grande experiência trabalhar com equipes americanas – dublês, áudio e vídeo – em cenas de ação, como tiroteios, perseguições de carro e lancha pelos canais de Miami. (*)

Por causa da novela, uma comunidade do Rio de Janeiro que integra o Complexo da Maré (em Bonsucesso, Zona Norte) ganhou o nome de Favela Salsa e Merengue. (*)

A questão da degradação do meio ambiente foi tratada na novela através da preocupação de Madalena (Patrícia França) com a possível contaminação de sua cidade com urânio. (*)

Através das personagens Dayse (Rosi Campos) e Teresa (Ângela Rebello), a homossexualidade feminina foi inserida na trama, ainda que de forma sutil. Os autores trataram o tema com humor e sem estereótipos. (*)

Salsa e Merengue foi eleita pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) a melhor novela de 1996. Arlete Salles foi a melhor atriz do ano (empatada com Drica Moraes, por Xica da Silva).
E Débora Bloch foi premiada com o Troféu Imprensa de melhor atriz de 1996.

(*) Fonte: site Memória Globo.

Trilha Sonora Nacional
salsat1
01. MARIA (SALSA Y MERENGUE) – Ricky Martin (tema de abertura)
02. LA BELLA LUNA – Os Paralamas do Sucesso (tema de Antônio)
03. LOUCA – Latino (tema de Kelly Bola)
04. SEO ZÉ – Carlinhos Brown – partic. especial Marisa Monte (tema de Valentim)
05. AMA TEU VIZINHO COMO A TI MESMO – Sá, Rodrix & Guarabira (tema da Vila do Vintém)
06. SIM, FOI VOCÊ – Elba Ramalho (tema de Bárbara)
07. MUEVE LA CADERA (MOVE YOUR BODY) – Reel 2 Real (tema de Anabel)
08. ENQUANTO DURMO – Zélia Duncan (tema de Theodora)
09. DANCIN’ DAYS – Lulu Santos (tema de Marinelza)
10. VIDA FÁCIL – Cazuza (tema de Adriana)
11. QUANTO TE VI (TILL THERE WAS YOU) – Simonny (tema de Madalena)
12. BRASIL É O PAÍS DO SUINGUE – Fernanda Abreu (tema de Assunção)
13. UMA ESPÉCIE DE IRMÃO – Guilherme Arantes (tema de Caio Leão)
14. MAIS SIMPLES – Zizi Possi (tema de Eugênio)

Trilha Sonora Internacional
salsat2
01. DONDE ESTÁS CORAZÓN (Remix Single) – Shakira
02. SOLO SE VIVE UNA VEZ – Azucar Moreno (tema de Inês)
03. WHY – 3T Duet With Michael Jackson (tema de Eugênio)
04. GROOVIN’ – Pato Banton (tema de locação: Rio de Janeiro)
05. DA ME – Luis Miguel (tema de Clarisse)
06. MOLIENDO CAFÉ / TEQUILA – Mestizzo (tema de locação: Rio de Janeiro)
07. SOLAMENTE TU AMOR – Chayanne (tema de Adriana)
08. INCANCELABILLE – Laura Pausini (tema de Theodora)
09. EL DÍA QUE ME QUIEIRAS – Julio Iglesias (tema de Anabel e Urbano)
10. DON’T LOOK BACK IN ANGER – Oasis (tema de Kelly Bola e Adriano)
11. L’AURORA – Eros Ramazzotti
12. SE TÚ NO ESTÁS – Rosana (tema de Barbara)
13. I’LL ALWAYS BE RIGHT THERE – Bryan Adams (tema de Madalena)
14. COME TO ME – Tita (tema de Marinelza)

Trilha Sonora Complementar: Bailando Salsa e Merengue
salsat3
01. EL TONGONEO – Mestizzo
02. TRES DESEOS – Ednita Nazario
03. MEZCLA – Rio Salsa
04. CAPULLITO DE ALELÍ – Caetano Veloso
05. ME QUEIMA – Ásia de Águia
06. LÁ VAI A LOURA (LA BAILADORA) – Xuxa
07. VAMONOS DE FIESTA – Heartbreakers
08. EL VOLCANO DEL CARIBE – Chucho Valdez e Irakere
09. MAMMA MIA – Kleiton e Kledir
10. COUBANAKAN – Ney Matogrosso
11. PIEL CANELA – Pablo Herrera
12. QUIMICA PERFECTA – Banda Eva (partic. especial Netinho)
13. A FESTA DA PATCHANGA – Angélica
14. MARIA (SALSA Y MERENGUE) – Ricky Martin

Sonoplastia: Júlio César Campos e Francisco Sales
Produção musical: Iuri Cunha
Direção musical: Mariozinho Rocha
Seleção musical da trilha internacional: Sérgio Motta

Tema de Abertura: MARIA (SALSA Y MERENGUE) – Ricky Martin
Ella es una mujer especial
Como caida de otro planeta
Ella es un laberinto carnal
Que atrapa y no te enteras

Asi es Maria
Blanca como el dia
Pero es veneno
Si te quieres enamorar
Asi es Maria
Tan caliente y fria
Que si te la bebes
De seguro te va a matar

Un, dos, tres
Baila salsa y merengue, Maria
Un, dos, tres
Un pasito pa’ atras
Aunque me muera ahora, Maria
Maria, te tengo que besar

Ella es como un pecado mortal
Que te condena poco a poco
Ella es un espejismo sexual
Que te vuelve loco, loco

Un, dos, tres
Un pasito pa’delante, Maria
Un, dos, tres
Un pasito pa’atras
Aunque me muera ahora, Maria
Maria, a mi que mas me da…

Veja também

  • luamedisse_logo

A Lua Me Disse

  • negociodachina_logo

Negócio da China

  • aquelebeijo_logo

Aquele Beijo