Sinopse

Bronco é um extraterrestre, habitante do planeta Work, que, depois de diversas advertências por sua irresponsabilidade, é castigado com a tarefa de investigar a vida e os costumes dos habitantes da Terra, planeta muito mais atrasado que o seu. Usando um macacão dourado de astronauta, Bronco chega à Terra dentro de um gigantesco ovo, sua nave interplanetária, e passa a analisar o comportamento dos habitantes locais.

Toty é a primeira grande amiga que ele conquista na Terra. Filha do dono de uma loja de discos, a moça é a única que conhece a sua história e sabe sobre os seus superpoderes, tais como controlar aparelhos eletrodomésticos a distância, paralisar pessoas, tirar fotografias com a palma das mãos, etc.

Globo – 18h
de 6 de maio a 25 de novembro de 1979

texto de Carlos Alberto da Nóbrega e Lula Torres
direção de Herval Rossano

RONALD GOLIAS – Bronco
LIZA VIEIRA – Toty
ROGÉRIO FRÓES – pai de Toty
CIRENE TOSTES – tia de Toty
MILTON MORAES – Jorge
CASTRO GONZAGA – chefe de Bronco (Voz de Veludo)
ÉLCIO ROMAR – Marcos
DARY REIS – Jarbas
FRANCISCO DANTAS – diretor do hospício
IVAN MESQUITA – médico do hospício
ALMEIDINHA – enfermeiro do hospício
TEREZINHA SODRÉ – Elza
DENISE DUMONT – Rose
FRANCISCO SILVA – repórter
KADU MOLITERNO – Sérgio
ISABELA GARCIA – menina na aula de dança
SÉRGIO MOX – rapaz na aula de dança

Seriado de humor apresentado aos domingos, às 18 horas.

O programa usava o humor para criticar a violência, o egoísmo, a política e a carência afetiva dos seres humanos.

Além do elenco fixo, Super Bronco contava com a participação de atores convidados.

O personagem Bronco, de Ronald Golias, foi criado para o rádio em 1955. Passou por vários programas de televisão, como A Família Trapo (Record, de 1967 a 1971), Bronco (Bandeirantes, de 1987 a 1990) e Meu Cunhado (SBT, 2004), sempre como um tipo brincalhão e irreverente, preocupado apenas em gozar a vida.

Veja também

  • bronco_logo

Bronco

  • familiatrapo_logo

A Família Trapo

  • meucunhado_logo

Meu Cunhado