Sinopse

Interior do estado do Paraná, década de 1930. Para lá se dirigiu um rico imigrante italiano, Giácomo Nerone, para criar aquela que seria uma das maiores fazendas da região. Giácomo manda vir da Itália um engenheiro agrícola conhecido seu, Mário D’Angelo, pobre mas ambicioso e sem escrúpulos. Após ter sido mordido por uma cobra, Giácomo morre sem ter sido socorrido por Mário. Morto o fazendeiro, ele o enterra e assume sua identidade. Feito isso, avisa sua própria família na Itália que Mário D’Angelo é que havia morrido.

Depois de assumir falsa identidade, Mário – ou melhor, Giácomo – progride, casa, fica milionário e tem um filho: Mário, músico idealista sem sucesso na carreira e pobre. A vocação artística de Mário não tem a aprovação do pai. Por isso ele é repudiado abandonando o conforto do lar paterno e mudando-se para São Paulo, onde, durante anos seguidos, sobrevive como violinista.

Os anos passam, Mário se casa e precariamente sustenta uma família que herdou a ambição desmedida de seu pai. Diante das pressões que sofre, ele abandona o sonho de reger uma grande orquestra e vai dirigir uma das firmas de sua família.

A essa altura dos acontecimentos surgem duas pessoas que vão remexer o passado e descobrir a verdadeira identidade de Giácomo Nerone: o delegado Rangel, e Luigi, parente do “falecido” Mário D’Angelo, que acaba de chegar da Itália.

Tupi – 20h
de 2 de maio a 22 de outubro de 1977
150 capítulos

novela de Teixeira Filho
direção de Edison Braga, Henrique Martins e Waldemar de Moraes

Novela anterior no horário
O Julgamento

Novela posterior
O Profeta

ZANONI FERRITE – Mário Nerone
SANDRA BARSOTTI – Márcia
RODOLFO MAYER – Giacomo Nerone / Mário D’Angelo
MARIA HELENA DIAS – Nilza
PAULO GOULART – Rangel
YARA LINS – Maria Antônia
MARCO NANINI – Lauro
DENISE DEL VECCHIO – Betty
JONAS MELLO – Luigi D’Angelo
LAURA CARDOSO – Mariana
SERAFIM GONZALEZ – Maestro Vítor Vila Verde
FLORA GENY – Maria de Lourdes
HENRICÃO – Salatiel
WÁLTER SANTOS – Sala (Salatiel Jr.)
LIZA VIEIRA – Eliane
CARLOS EDUARDO (KADU MOLITERNO) – Beto
MALU ROCHA – Fifa (Efigênia)
RUTHINÉIA DE MORAES – Yeda
WILSON FRAGOSO – Sebastião
JACQUES LAGOA – Godô (Godofredo)
NÉA SIMÕES – Emerenciana
LEONOR NAVARRO – Carmem Dolores
RICARDO DIAS – Onofre
ROBERTO LOPES – Wilson
IRENITA DUARTE – Vanice
SÉRGIO GALVÃO – Delegado Inajar
CARLOS ALBERTO GIATTI – Jovino
CLOTILDE FAVARIN – Ofélia
MEIRE DE CARVALHO – Jandira
MÁRCIA ROSA – Aparecida
BETTY SADI – Lígia
HELENA DE PAULA – Eunice
J. FRANÇA – Pedro
WILMA DE AGUIAR – Marialina
VANDA GUGLIELMELO (LEINEMANN) – Emilinha
ANA LUIZA LANCASTER – Daniela
LUIZ ANTÔNIO PIVA – Investigador Celso Ramos
DAVID NETO – Henrique Lima
OSMAR DE PIERI – Dr. Alberto
YARA GREY
ZODJA PEREIRA
DENIS AKEL – pianista

Após o sucesso de Ídolo de Pano em horário nobre, a Tupi encomendou a Teixeira Filho uma nova trama para a faixa. Só que dessa vez a repercussão não foi a mesma.

Um Sol Maior começou sendo dirigida por Edison Braga. Quando este se afastou, Henrique Martins foi convocado e dirigiu provisoriamente até que Waldemar de Moraes assumisse a direção.

A novela abordou o racismo – através da família de Salatiel (Henricão) -, e a problemtática da classe dos músicos – através do personagem Mário (Zanoni Ferrite). (*)

No decorrer de Um Sol Maior, sua abertura foi trocada, mas seu tema musical foi mantido. A abertura original apresentava duas silhuetas sob um fundo escuro, que iam se aproximando uma da outra. A nova abertura mostrava o ciclo de fabricação do café.

A Tupi contratou para esta novela atores da Globo que haviam se destacado recentemente: Zanoni Ferrite (de Anjo Mau), Sandra Barsotti (de O Casarão) e Marco Nanini e Malu Rocha (de Pecado Capital).

(*) “De Noite Tem… Um Show de Teledramaturgia na TV Pioneira”, Mauro Gianfrancesco e Eurico Neiva, Giz Editorial, 2007.

Trilha Sonora Nacional
umsolmaiort1
01. REENCONTRO – Luiz Ayrão
02. THE FIRST TIME – Orquestrado
03. VOCÊ – Claudete Soares (tema de Nilza)
04. MEIGA PRESENÇA – José Milton
05. DESCANSO – César Costa Filho
06. FLUTUANDO NO SEU AMOR – Maria Tereza
07. AI QUEM ME DERA – Clara Nunes
08. FOI UM SONHO SÓ – Gérson Combo (tema de Sala)
09. TU ESTÁ MUDADO – Benito Di Paula (tema de Mário)
10. RUGAS – Luiz Carlos Clay (tema de Maria Antônia)
11. PARE E PENSE – Sidney Quintela
12. UMA CHANCE – Gérson Combo (tema de Sala)

Trilha Sonora Internacional
umsolmaiort2
01. YOU ARE MY LOVE – Liverpool Express
02. FEEL LIKE AGAIN MAKIN’ LOVE – Kaliba
03. MIRACLES – Lena Martell
04. CARING – Donny Willer (tema de Sala e Eliane)
05. MAKING LOVE TO A MEMORY – Blue Magic
06. THE FIRST TIME – Peter Ohio
07. QUESTO AMORE AMORE AMORE – C+C (tema de Lauro)
08. AMORE NEI RICORDI – Complesso Anteprima
09. IL VERO AMORE – Andrea Zarrillo
10. ANIMA PERSA – Francis Lai (tema de abertura e tema de Mário)
11. O TU, O NADA – Pablo Abraira
12. DON’T CRY FOR ME ARGENTINA – Barbra Jo Anne

Sonoplastia e produção executiva da Trilha: Pedro Jacinto
Direção artística: Cayon Gadia

Veja também

  • toninhoontherocks_logo

Toninho On The Rocks

  • belami_logo

Bel-Ami

  • rosadosventos_logo

Rosa dos Ventos

  • idolodepano_logo

Ídolo de Pano