vidasopostast
01. AQUARELA DO BRASIL – (Ari Barroso) Léo Gandelman
02. TATUAGEM – (Chico Buarque / Ruy Guerra) Djavan
03. O MEU AMOR – (Chico Buarque) Tetê Espíndiola
04. IMAGINA – (Chico Buarque / Tom Jobim) Chico Buarque e Mônica Salmazo
05. O QUE SERÁ – (Chico Buarque) Milton Nascimento e Chico Buarque
06. ATRÁS DA PORTA – (Chico Buarque / Francis Hyme) Francis Hyme
07. GOTA D´AGUA – (Chico Buarque) Simone
08. APESAR DE VOCÊ – (Chico Buarque) Beth Carvalho
09. OLHOS NOS OLHOS – (Chico Buarque) Miúcha e Tom Jobim
10. FUTUROS AMANTES – (Chico Buarque) Angela Rorô e Antônio Adolfo
11. ODE AOS RATOS – (Chico Buarque / Edú Lobo) Chico Buarque
12. FOLHETIM – (Chico Buarque) Rosa Passos
13. FEIJOADA COMPLETA – (Chico Buarque) João Nogueira
14. É GUERRA – (ViniMax / Solange Chaves) ViniMax

ainda:
VAI PASSAR – (Chico Buarque / Francis Hime) Joyce
DEIXA A MENINA – (Chico Buarque) Toque de Arte e Chico Buarque
A OSTRA E O VENTO – (Chico Buarque) Claudia Neto e Leandro Braga
PELAS TABELAS – (Chico Buarque) Carlinhos Vergueiro
TROCANDO EM MIÚDOS – (Chico Buarque) Claudio da Matta
PARTIDO ALTO – (Chico Buarque) Evandro Mesquita
MIL PERDÕES – (Chico Buarque) Lúcia Perez
CAÇADA – (Chico Buarque) Mestre Ambrósio
CIRANDA DA BAILARINA – (Chico Buarque / Edú Lobo) Shabella
FLOR DA IDADE – (Chico Buarque) Oswaldo Montenegro
BYE BYE BRASIL – (Chico Buarque / Roberto Menescal) Fátima Guedes
CONSTRUÇÃO – (Chico Buarque) ViniMax
A VOZ DO DONO E O DONO DA VOZ – (Chico Buarque) ViniMax
MINHAS MENINAS – (Chico Buarque) instrumental
COBRA DE VIDRO – (Chico Buarque) instrumental
RODA VIVA – (Chico Buarque) instrumental
VAI LEVANDO – (Chico Buarque/Caetano Veloso) instrumental
DEUS LHE PAGUE – (Chico Buarque)
BASÍLICA – (Daniel Figueiredo) instrumental
CRUNCH – (Daniel Figueiredo) instrumental
FUGA – (Daniel Figueiredo) instrumental
ODE – (Daniel Figueiredo) instrumental

Produção musical: Daniel Figueiredo
Direção musical : Marcio Vip Antonucci

Informações gentilmente cedidas por Daniel Figueiredo

Tema de Abertura: AQUARELA DO BRASIL – Léo Gandelman

Brasil , meu Brasil brasileiro
Meu mulato izoneiro
Vou cantar-te nos meus versos
O Brasil, samba que dá
Bamboleio que faz gingar
O Brasil do meu amor
Terra de Nosso Senhor
Brasil, pra mim, pra mim, pra mim
Abre a cortina do passado
Tira a mãe preta do serrado
Bota o rei Congo no congado
Brasil, pra mim
Deixa cantar de novo o trovador
A merencória luz da lua
Toda a canção do meu amor
Quero ver essa dona caminhando
Pelos salões arrastando o seu vestido rendado
Brasil, pra mim, par mim, pra mim
Brasil, terra boa e gostosa
Da morena senhora de olhar indiferente
O Brasil, samba que dá
Bamboleio que faz gingar
O Brasil do meu amor
Terra de Nosso Senhor
Brasil, pra mim, pra mim, pra mim
Ô, esse coqueiro que dá côco
Onde amarro a minha rede nas noites claras de luar
Brasil, pra mim
Ah, ouve essas fontes murmurantes
Aonde eu mato a minha sede
E onde a lua vem brincar
Ah, esse Brasil lindo e trigueiro
É o meu Brasil brasileiro
Terra de samba e pandeiro
Brasil, pra mim, pra mim, Brasil…

Veja também

  • vidasopostas_logo

Vidas Opostas