Wálter George Durst nasceu em São Paulo, em 15 de junho de 1922, e faleceu em agosto de 1997, aos 75 anos, vítima de câncer. Foi um dos pioneiros da televisão brasileira. Seu trabalho como roteirista, adaptando grandes textos teatrais para o TV De Vanguarda, da Tupi de São Paulo, nos anos 1950, até hoje é saudado como um importante marco na história da nossa TV.

Sua inquietação intelectual e experiência como cineasta se contradizem com os primeiros trabalhos como telenovelista. Contratado da Colgate-Palmolive, sob a orientação de Glória Magadan, Durst adaptou diversos dramalhões importados. No final dos anos 1960, esteve na recém inaugurada TV Bandeirantes, onde escreveu para o Teatro Cacilda Becker. Passou pela TV Cultura de São Paulo, onde mais uma vez se destacou na produção de teleteatros.

Voltou à telenovela em 1975, já na Globo, com a irretocável Gabriela, adaptando Jorge Amado. Sua novela seguinte, Despedida de Casado, já estava com produção adiantada quando foi vetada pela censura do Regime Militar. Durst escreveu então Nina. Roteirizou ainda algumas das minisséries de maior sucesso na década de 1980.

Década de 1960

  • tupi60

O Sorriso de Helena

  • tupi60

Teresa

  • carasuja

O Cara Suja

  • acordasuapele_foto

A Cor da Sua Pele

  • outra

A Outra

  • umrostoperdido_foto

Um Rosto Perdido

  • band60

O Bolha

Década de 1970

  • gabriela75_logo

Gabriela (1975)

  • despedidadecasado_logo2

Despedida de Casado

  • nina_logo

Nina

  • cargapesada79_logo

Carga Pesada (1979)

Década de 1980

  • obrigadodoutor_logo

Obrigado Doutor

  • terrasdosemfim_logo

Terras do Sem Fim

  • rabodesaia_logo

Rabo de Saia

  • grandesertao_logo

Grande Sertão: Veredas

  • memoriasdeumgigolo_logo

Memórias de um Gigolô

Década de 1990

  • gentefina_logo

Gente Fina

  • tocaiagrande_logo

Tocaia Grande