Wálter George Durst nasceu em São Paulo, em 15 de junho de 1922, e faleceu em agosto de 1997, aos 75 anos, vítima de câncer. Foi um dos pioneiros da televisão brasileira. Seu trabalho como roteirista, adaptando grandes textos teatrais para o TV De Vanguarda, da Tupi de São Paulo, nos anos 1950, até hoje é saudado como um importante marco na história da nossa TV.

Sua inquietação intelectual e experiência como cineasta se contradizem com seus primeiros trabalhos como autor de telenovela. Contratado da Colgate-Palmolive, e sob a orientação de Glória Magadan, Durst adaptou diversos dramalhões importados. No final dos anos 1960 esteve na recém inaugurada TV Bandeirantes, onde escreveu para o Teatro Cacilda Becker. Passou pela TV Cultura de São Paulo, onde mais uma vez se destacou na produção de teleteatros.

Voltou à telenovela em 1975, já na Globo, com a inesquecível Gabriela, adaptando Jorge Amado. Sua novela seguinte, Despedida de Casado, já estava com produção adiantada quando foi vetada pela censura. Durst escreveu então Nina. Foi ainda o autor de algumas das minisséries de maior sucesso na década de 1980.

Década de 1960

  • tupi60

O Sorriso de Helena

  • tupi60

Teresa

  • carasuja

O Cara Suja

  • acordasuapele_foto

A Cor da Sua Pele

  • outra

A Outra

  • umrostoperdido_foto

Um Rosto Perdido

  • band60

O Bolha

Década de 1970

  • gabriela75_logo

Gabriela (1975)

  • despedidadecasado_logo2

Despedida de Casado

  • nina_logo

Nina

  • cargapesada79_logo

Carga Pesada (1979)

Década de 1980

  • obrigadodoutor_logo

Obrigado Doutor

  • terrasdosemfim_logo

Terras do Sem Fim

  • rabodesaia_logo

Rabo de Saia

  • grandesertao_logo

Grande Sertão: Veredas

  • memoriasdeumgigolo_logo

Memórias de um Gigolô

Década de 1990

  • gentefina_logo

Gente Fina

  • tocaiagrande_logo

Tocaia Grande