Sinopse

A caminho da igreja para o seu casamento, o médico Carlos se depara com um jovem casal, Joyce e Caio, discutindo no trânsito. O rapaz empurra a moça do jipe e Carlos atrasa a sua chegada à igreja para levar a jovem para a sua clínica. Lá, Carlos revela a Joyce que ela está grávida. Apesar do atraso, o médico chega à cerimônia e se casa com a bela e temperamental Paula, já histérica por esperar.

Joyce está grávida de Caio, que, leviano e inconsequente, rejeita o filho. Além de sofrer com a irresponsabilidade do namorado, Joyce precisa enfrentar o pai, Assunção, um homem conservador que não aceita o namoro da filha. Repressor e moralista, o ex-atleta vive em conflito com Joyce e com a ex-mulher, Helena, mãe da moça. É por meio de Joyce que Carlos conhece e se encanta pela batalhadora Helena.

Carlos foi “fisgado” por Paula depois de uma relação de dez anos com Sheila, sócia na sua clínica. Sheila não quer aparentar, mas não consegue superar Carlos e anseia por uma reaproximação. A mimada e ciumenta Paula, de família um dia rica, mas hoje falida, se proclama inimiga de Sheila e faz o possível para mantê-la longe de seu marido. Porém, não contava com uma ameaça ainda maior ao seu casamento: Helena.

Por causa do ciúme doentio de Paula, sua relação com Carlos entra em crise, culminando com a separação. Carlos e Helena iniciam um namoro enquanto Paula e Sheila competem para tomar o lugar de Helena no coração do médico. Sheila, cada vez mais desequilibrada, se aproxima de Helena e sua famíla como amiga e conquista a sua confiança. Seu maior intuito, porém, é minar Paula, a pessoa a quem mais detesta.

Contudo, Helena, diante dos problemas com a gravidez da filha, não está disposta a entrar nessa guerra, preferindo afastar-se de Carlos, mesmo amando-o.

Globo – 18h
de 3 de julho de 1995
a 2 de março de 1996
209 capítulos

novela de Manoel Carlos
escrita por Manoel Carlos, Elizabeth Jhin, Marcus Toledo e Maria Carolina
direção de Ricardo Waddington, Roberto Naar e Alexandre Avancini
direção geral de Ricardo Waddington

Novela anterior no horário
Irmãos Coragem

Novela posterior
Quem é Você

REGINA DUARTE – Helena Soares
JOSÉ MAYER – Carlos Alberto Moretti
CAROLINA FERRAZ – Paula Sampaio Moretti
LÍLIA CABRAL – Sheila Bueno
CARLA MARINS – Joyce Assunção
ÂNGELO PAES LEME – Caio Paiva
NUNO LEAL MAIA – Assunção (Edgar Assunção)
YARA CÔRTES – Olga Moretti Miranda
CLÁUDIO LINS – Bruno Moretti
EVA WILMA – Zuleika Viana Sampaio (Zu)
CLÁUDIO CORRÊA E CASTRO – Rômulo Sampaio (Rô)
BIA NUNNES – Marta Xavier
RICARDO PETRÁGLIA – Xavier (Sinval Xavier)
CLÁUDIA MAURO – Valquíria Assunção
JOSÉ DE ABREU – Daniel Veloso
MARLY BUENO – Rafaela Moretti
UMBERTO MAGNANI – Mauro Moretti
MARIA RIBEIRO – Bianca Moretti
ANA ROSA – Dalva Paiva
SEBASTIÃO VASCONCELOS – Urbano Paiva
BEATRIZ LYRA – Silvana Furtado
SÉRGIO VIOTTI – Furtado (Gregório Furtado)
CLÁUDIA LIRA – Wandinha (Wanda Furtado Diniz)
CRISTINA PROCHASKA – Yara Machado
ANNA DE AGUIAR – Lu (Luísa)
FLÁVIA ALESSANDRA – Soninha (Sônia Toledo)
GUILHERME FARO – Fábio Barroso
MÔNICA CARVALHO – Neusa Rodrigues
FERNANDO WELLINGTON – Mendonça (Toninho, Antônio Mendonça)
HUGO GROSS – Léo (Leonardo Sampaio)
MONIQUE CURI – Mariana Gomide Sampaio
CRISTINA MULLINS – Maristela Gomide
MARCELO SABACK – Renato Santanna
CHRISTINE FERNANDES – Marininha
FÁBIO JUNQUEIRA – Dr. Fabrício
PAULA DE PAULA – Tânia
CLÁUDIA PAIVA – Madalena
ILVA NIÑO – Chica
JOYCE SANTOS – Kátia
MARIA ALVES – Nazaré
ISABELA BICALHO – Elisete
BETH LAMAS – Ana
NICA BONFIM – Roseli
EDSON SILVA – Ramiro
JORGE COUTINHO – Ernani
FELIPE VASCONCELOS – Walter
GLÁUCIA RODRIGUES – Elisa

as crianças
INGRID FRIDMAN – Ritinha
ANDRÉ RICARDO – Luizinho

e
ADRIANA GARAMBONE – cliente da agência de turismo de Furtado e paciente de Daniel
ALEXANDRE SALCEDO – Pereira (garçom da choperia frequentada pelos personagens)
ALÉXIA DESCHAMPS – Márcia Vieira Salles (paciente de Carlos)
ANDRÉA AVANCINI – Teresa (paciente de Carlos)
ANDRÉ CORRÊA – um dos dois publicitários que negociam com Assunção uma campanha
ANDRÉ FALCÃO – Roberto (da turma de amigos de Wandinha e Renato)
ANDRÉ MATTOS – porteiro do prédio onde Silvana comprou um apartamento para Caio
ANTÔNIO ADDER – vendedor com quem Helena compra um carro usado
ANTÔNIO FRAGOSO – garçom do piano-bar onde Bruno trabalhou
ANTÔNIO GONZALEZ – Chicão (um dos bandidos que assaltam a lanchonete de Noé)
ANTÔNIO KARNEWALE – garçom quando Paula promove em casa um jantar indiano para Carlos
AREHY JR. – funcionário do banco que atende Caio quando ele abre uma poupança para Alice
ARIETHA CORRÊA – Flávia (paciente de Carlos)
AUGUSTO GUTIERREZ – PM no trânsito quando Carlos socorre Joyce, que caiu do jipe de Caio, no início
BEATRIZ JUNQUEIRA – Maria Luísa (amiga de Silvana conversando com ela, apresentada a Caio)
BERNARDO JABLONSKI – Sebastião Bernardes (editor do livro de Carlos, 1º intérprete)
BIA MONTEZ – Isaura (costureira do vestido de noiva de Neusa)
BILECO – jardineiro na clínica Médicos Associados
BRANCA SULAMITA – auxiliar de enfermagem
BRUCE GOMLEVSKY – um dos curiosos que comentam o acidente de carro de Assunção
BRUNO GIORDANO – entrevista Xavier para um emprego
BRUNO PADILHA – um dos curiosos que comentam o acidente de carro de Assunção
BUZA FERRAZ – Dr. Marcos Cunha (fisioterapeuta substituto de Sheila na clínica Médicos Associados)
CÂNDIDO DAMM – Fred (colega de faculdade que Carlos reencontra no hospital onde Luizinho está internado)
CARMEN CAROLINE – menina entre os reféns no assalto à lanchonete de Noé
CARLOS KROEBER – amigo de Assunção do Clube de Regatas Vasco da Gama
CHRISTOVAM NETTO – Chicão (vende para Xavier um carro velho e, depois, a rifa premiada do shopping)
CLARA GARCIA – da turma de amigos de Wandinha e Renato
CLÁUDIA SCHER – Glorinha (funcionária da lanchonete de Noé)
CLÁUDIO MACDOWELL – entrevista Xavier para uma vaga de vendedor de enciclopédias
CLEMENTE VISCAÍNO – médico que opera Luizinho, no início
CORA ZOBARAN – avó de uma das crianças alunas de Assunção, estranha sua ausência
DANIEL AUGUSTO
DARY REIS – motorista de Felipe Uchoa, no último capítulo
DENIS CARVALHO – Gomide (Vicente Gomide, marido de Maristela, pai de Mariana)
DESIRÉE VIGNOLLI – ajudada por Caio com o carrinho de bebê na escada rolante / mulher preocupada com Joyce, que foi atropelada por uma bicicleta
DUDA RIBEIRO – Maurício (primo de Mendonça, com quem ele e Neusa saem e o carro de Zuleika é roubado)
DULCE BRESSANE – reconhece Assunção da TV quando ele está atrás de Helena e Joyce na loja de roupas infantis
EDSON ARANTES DO NASCIMENTO, o PELÉ, como ele mesmo, então Ministro Extraordinário dos Esportes, entrevistado por Assunção em seu programa, no final
EDWIGES GAMA – copeira na clínica Médicos Associados
ÊNIO SANTOS – Severino (zelador do prédio de Assunção)
FÁBIO MENDONÇA
FÁBIO PILLAR – um dos dois publicitários que negociam com Assunção uma campanha
FELIPE E RAFAEL KREBS – Dudu (Eduardo, bebê de Lu)
FELIPE ROCHA – substituto de Bruno no piano-bar
FERNANDA NOBRE – menina aluna de Assunção
FLÁVIO ANTÔNIO – Felipe (contrata Xavier para um emprego no shopping center)
FRANCISCO CARVALHO – Zé (marido de Matilde, caseiro na casa de Carlos em Teresópolis)
FRANCISCO FORTES – um dos rapazes que, na agência, convidam Bianca para um café, o que irrita Caio
FRANCISCO MILANI – Durval (chefe de Helena na corretora de imóveis, que a dispensa)
GIÁCOMO PINOTTI – Leopoldo Diniz (ex-marido de Wandinha, advogado de Furtado)
GILDA NERY – Conceição (empregada de Zuleika, no início, logo substituída por Chica)
GIL HERNANDEZ – rapaz de bicicleta que atropela Joyce
GUILHERME MARTINS – Dr. Jaime (pediatra de Alice, foi pediatra de Joyce e Luizinho)
GLÁUCIO GOMES – homem que atropela Paula, que corria de Sheila, no final
GUSTAVO OTTONI – Sebastião Bernardes (editor do livro de Carlos, 2º intérprete)
GUTI FRAGA – marceneiro contratado por Helena para fazer os móveis do quarto de Alice
HEMÍLCIO FRÓES – Moreira (diretor do clube onde Mauro arrendou o restaurante)
ILKA SOARES – mulher do Professor Medina
IRAN MELO – Ricardo (amigo de Assunção, da televisão)
IRMA ALVAREZ – enfermeira que cuida da UTI neonatal onde Alice foi internada assim que nasceu
ISAAC BERNAT – dono do carro no qual Paula bate em um acidente de trânsito
IVAN GRADIM – Curió (um dos bandidos que assaltam a lanchonete de Noé)
JAIME LEIBOVITCH – Onofre (amigo de Rômulo em uma rodada de pôquer em sua casa)
JEAN-PAUL RAJZMAN – Helinho (decorador que Zuleika contrata para reformar sua sala na clínica de Carlos)
JORGE CHERQUES – Seu Noé (dono da lanchonete Arca de Noé, onde Xavier vai trabalhar)
JOSÉ AUGUSTO BRANCO – Dr. Alfredo (médico de Olga)
JÚLIA ALMEIDA – Duda (amiga de Bianca de Roma que vem para o seu casamento, no final)
JÚNIOR PRATA – Herculano (gerente do posto de gasolina onde Paula e Helena discutem)
JURANDIR DE OLIVEIRA – homem em Teresópolis que informa Carlos sobre Paula, que está perdida, no início
LARISSA QUEIROZ – Larissa (menina aluna de Assunção)
LAURO GÓES – médico amigo de Carlos que comenta o estado de Assunção após seu acidente
LEONARDO BORGES – office-boy na clínica Médicos Associados
LÉO WAINER – Valmir (amigo de Assunção, da televisão)
LÍCIA MAGNA – vizinha de Helena, Marta e Lu no prédio
LICURGO SPÍNDOLA – médico que opera Assunção após seu acidente de carro
LINA FRÓES – enfermeira do hospital onde Assunção foi internado após o acidente de carro
LUCIANA FREGOLENTE – secretária do Dr. Fabrício
LUCIANA MIGLIACCIO – Leonor (paciente de Carlos)
LUIZ BACCELLI – maître do restaurante italiano onde Daniel leva Bianca para jantar
LUIZ CARLOS BURUCA – pai de Soninha
LUIZ CLÁUDIO PEREIRA como ele mesmo, atleta paralímpico amigo de Assunção
LUIZ CARLOS PERSY – vizinho de Caio que impede Assunção de bater em Urbano
LUKA RIBEIRO – Totonho (rapaz que conversa com Assunção quando ele está no calçadão de cadeira de rodas)
LUPE GIGLIOTTI – cartomante em Niterói consultada por Wandinha
MALU VALLE – gerente do spa onde Paula se hospeda após uma crise no casamento com Carlos
MARCELO BORGHI – técnico do elevador do prédio que trata o conserto com Xavier
MARCOS FRANÇA – Aristides (acerta com Zuleika detalhes do buffet do casamento de Carlos e Paula, no início)
MARIA HELENA DIAS – mulher de Onofre, amiga de Zuleika
MARIÂNGELA CANTÚ – convidada no casamento de Carlos e Paula / mãe de uma das crianças alunas de Assunção
MÁRIO FAINI – segurança da clínica que atende a ligação de Sheila quando todos já foram embora
MÁRIO LAGO – Professor Medina (professor de Carlos e Daniel dos tempos de faculdade)
MÁRIO ROBERTO – Pedrosa (inspetor de polícia que recupera os itens valiosos roubados do carro de Zuleika)
MAURO PORRINO – Marcelo (amigo que Léo leva ao boliche para Paula fazer ciúmes em Carlos)
MILTON GONÇALVES – padre que celebra o batizado de Alice e, depois, o casamento de Neusa e Mendonça
MÔNICA ROSSI – Arlete (enfermeira quando Marta passa pela cirurgia no seio)
MOUHAMED HARFOUCH – morador da Rocinha que informa Zuleika onde mora Zulmira, prima de Neusa
MURILO ELBAS – Bigode (Marcão, marido de Zulmira, a prima de Neusa)
NEDIRA CAMPOS – ajuda a socorrer Paula após a batida de carro
NINA DE PÁDUA – Flávia (dona da loja onde Marta trabalha)
NÍVEA STELMANN – vendedora de loja onde Valquíria compra um vestido de grávida para Joyce
NÓRIS BARTH – mulher do casal para quem Helena mostra um apartamento para compra
PAULO CARVALHO – homem do casal para quem Helena mostra um apartamento para compra
PAULO SILVESTRINI – repórter cobrindo o assalto à lanchonete de Noé
PIA MANFRONI – mulher que atropela Luizinho na rua
RAFAELA OLIVEIRA
RENATA MOR – paquera de Caio em um bar
REJANE ZILLES – mulher de Sebastião Bernardes, o editor do livro de Carlos
ROBERTO BOMTEMPO – um dos amigos de Xavier que o incentivam a apostar nos cavalos
ROSANE GOFMAN – Matilde (mulher de Zé, empregada na casa de Carlos em Teresópolis)
SERGINHO HONDJAKOFF – Pedrinho (amiguinho de escola de Ritinha)
SÉRGIO MENDONÇA
SÉRGIO MOX – assedia Valquíria na praia e leva um “passa fora” de Assunção
SÉRGIO STERN – médico socorrista na ambulância quando Paula é atropelada
SILVIA BANDEIRA – Rose (dona de antiquário, amiga de Zuleika que vende seus objetos de valor)
SILVIO POZATTO – Guilherme (amigo de Assunção que arruma um emprego para Xavier e depois precisa demiti-lo)
TATIANA ISSA – Louise (amiga de Bruno de Nova York que traz presentes dele para seus amigos no Rio)
THEREZA CASTRO – Dona Cândida (mãe de Daniel, chega para o casamento dele, no último capítulo)
THOMAS MORKOS – Zezinho (filho de Zé e Matilde, irmão de Aninha)
TONICO PEREIRA – mecânico que conserta o carro velho de Helena, no início
ÚRSULA CORONA – Aninha (filha de Zé e Matilde, irmã de Zezinho)
VITÓRIA VIEIRA – enfermeira
VALNEI AGUIAR – feirante, no primeiro capitulo
VICENTE BARCELLOS – Dr. Gabriel (médico da clínica Médicos Associados, amigo de Carlos, Sheila e Daniel)
YEDA DANTAS – Deolinda (passadeira do vestido de noiva de Neusa)
ZEZÉ FASSINA – Elvira (empregada de Silvana, ajuda ou substitui Dalva algumas vezes)
Alice (bebê de Joyce)
Felipe Uchoa (companhia de Paula em sua viagem a Nova York, no último capítulo)
Marina (funcionária da clínica Médicos Associados)
Tatiana (filha de Roseli)
Viriato (funcionário da lanchonete de Noé)
Viviane (colega de cursinho de Joyce)
Zulmira (prima de Neusa que mora na Rocinha)

– núcleo de HELENA (Regina Duarte), mulher batalhadora, vive com sua única filha, com quem tenta manter uma relação de cumplicidade, muitas vezes sem sucesso. É separada do pai da filha, com quem tem uma relação conturbada por causa do machismo e extrema vigilância dele. Trabalha como corretora de imóveis. Solitária, sonha encontrar um grande amor:
a filha JOYCE (Carla Marins), que vive uma relação conflituosa com a mãe. Faz cursinho preparatório para o vestibular, mas é uma estudante desinteressada. Inconstante e volúvel, não sabe o que quer e vive brigando com o namorado, de quem engravida. Morre de medo que o pai descubra que ficou grávida e conta com a ajuda da mãe para levar adiante a gestação
a netinha ALICE, bebê de Joyce
a melhor amiga de Joyce, SONINHA (Flávia Alessandra), moça simpática e extrovertida
a nova vizinha LU (Anna Aguiar), mãe solo que muda-se para o seu prédio
o bebê de Lu, DUDU
o zelador do prédio onde vive RAMIRO (Edson Silva) e sua mulher ROSELI (Nica Bonfim), diarista.

– núcleo de CARLOS (José Mayer), médico endocrinologista, especialista em reeducação alimentar, um dos sócios da clínica Médicos Associados. Recém-casado, vive um inferno com a mulher, muito ciumenta. No dia de seu casamento, atrasou para a cerimônia porque socorreu Joyce, que caiu do carro do namorado após uma discussão com ele. Foi quando ela descobriu sua gravidez. Helena, ao conhecê-lo, ficou encantada por esse homem tão educado, charmoso e atencioso. E ele, balançado por ela:
a avó OLGA (Yara Côrtes), quem praticamente o criou após a morte prematura de sua mãe. Mulher rica, vive bem, mas sua saúde inspira cuidados, pela idade avançada. Mulher sábia, justa e bondosa, sabe ser dura quando necessário. Está prestes a completar 90 anos e seu maior desejo é um bisneto
o pai MAURO (Umberto Magnani), viveu na Itália durante os últimos anos. Volta definitivamente ao Brasil por ocasião do casamento do filho. Arrenda o restaurante de um clube, que passa a administrar com a ajuda da família
a madrasta RAFAELA (Marly Bueno), segunda mulher de Mauro, com quem teve dois filhos. De família tradicional, é preconceituosa, conservadora e intransigente. Defende seus interesses familiares com unhas e dentes
os meios-irmãos, filhos de Mauro e Rafaela: BRUNO (Cláudio Lins), apaixonado por música, passa a se apresentar em um piano-bar a contragosto da mãe, que reprova veementemente a profissão que escolheu. Romântico, apaixona-se por Joyce, mas Rafaela desaprova a relação,
e BIANCA (Maria Ribeiro), garota inteligente que vai trabalhar em uma agência de turismo
os empregados na casa de Olga: KÁTIA (Joyce Santos), copeira e arrumadeira. Enxerida e fofoqueira, adora a patroa, que gosta muito dela,
NAZARÉ (Maria Alves), cozinheira. Está com Olga há décadas,
e ERNANI (Jorge Coutinho), motorista
os empregados na casa em Teresópolis: (Francisco Carvalho), sua mulher MATILDE (Rosane Gofman), e os filhos ANINHA (Úrsula Corona) e ZEZINHO (Thomas Morkos).

– núcleo de PAULA (Carolina Ferraz), com quem Carlos se casa no início. Moça bela e mimada, de família tradicional e rica, mas falida. O seu egoísmo, ciúme e sentimento de posse prejudicam o casamento. Não admite dividir o marido com nada e ninguém. As coisas pioram quando, ao se separarem, Carlos decide assumir seu amor por Helena:
os pais: RÔMULO (Cláudio Corrêa e Castro), um tipo bonachão. Engenheiro falido, já foi muito rico, mas hoje mora em uma imensa casa, decadente como ele. Fumante inveterado, adora um charuto, que fuma escondido da vigilância da mulher,
e ZULEIKA (Eva Wilma), mulher tragicômica, inconformada com a falência financeira da família. Vai à luta por seu espaço, sentindo-se renascer. Pede ao genro um emprego em sua clínica
as empregadas em sua casa: ELISETE (Isabela Bicalho), copeira e arrumadeira, e ANA (Beth Lamas), cozinheira, especializada em cozinha francesa
os empregados na casa de Zuleika: CHICA (Ilva Niño), cozinheira. Está na família há décadas e ajudou a criar os filhos dos patrões,
NEUSA (Mônica Carvalho), copeira e arrumadeira. Moça boa e um tanto ingênua. Constrói uma relação de amizade e confiança com a patroa, que começa a tratá-la como uma filha,
e MENDONÇA (Fernando Wellington), motorista. Namorado de Neusa, com quem tem a intenção de casar, mas sempre adia a data por causa da situação financeira.

– núcleo da clínica Médicos Associados, da qual Carlos é sócio:
os demais sócios, amigos de Carlos desde os tempos da faculdade: SHEILA (Lília Cabral), fisioterapeuta. Foi namorada de Carlos, com quem viveu uma relação de dez anos. Ao terminarem, imaginou tratar-se apenas de uma curta separação, mas foi nesse intervalo que Carlos se envolveu e se casou com Paula. Sheila sente-se traída e luta para ter seu amor de volta. No decorrer da trama, ainda disputa o médico com Helena, revelando-se uma mulher amargurada e vingativa. Dissimulada, aproxima-se de Helena e finge-se amiga,
e DANIEL (José de Abreu), obstetra. Homem extrovertido e piadista. Eterno apaixonado por Sheila, não desiste de cortejá-la. Ela acaba se unindo a ele, mas Daniel e Bianca se apaixonam e este é um novo baque para Sheila
os médicos amigos: GABRIEL (Vicente Barcellos),
FABRÍCIO (Fábio Junqueira), oncologista. Charmoso e bonitão, disputado pelas mulheres
e MARCOS (Buza Ferraz), fisioterapeuta. Substitui Sheila quando ela se afasta da clínica
a administradora YARA (Cristina Prochaska), profissional competente. Por não suportar Sheila, é amiga e aliada de Paula
os funcionários: TÂNIA (Paula de Paula), fica amiga de Sheila, e MADALENA (Cláudia Paiva), recepcionistas; ELISA (Gláucia Rodrigues), auxiliar de enfermagem; e WALTER (Felipe Vasconcellos), copeiro e faz-tudo.

– núcleo de ASSUNÇÃO (Nuno Leal Maia), ex-companheiro de Helena, pai de Joyce, atualmente casado com outra mulher, com quem tem um filho pequeno. É um homem machista, antiquado, conservador e ciumento. Ex-campeão de remo do Clube de Regatas Vasco da Gama. Defensor de uma vida saudável, odeia fumo e álcool. Figura popular no Leblon, dá aulas de ginástica na praia para crianças e apresenta um programa esportivo na TV. No decorrer da trama, sofre um acidente e fica paraplégico. Passa a consultar-se com o fisioterapeuta Marcos:
a mulher VALQUÍRIA (Cláudia Mauro), jovem e bonita. Parece, à primeira vista, uma esposa dócil, que acata o machismo do marido, mas, na verdade, sabe domá-lo. Mantém uma relação de amizade com Helena e a enteada Joyce
o filho pequeno LUISINHO (André Ricardo).

– núcleo de CAIO (Ângelo Paes Leme), o irresponsável namorado de Joyce, a quem engravida. Estudante, não se esforça na faculdade, mas é ambicioso, desejando as coisas pela forma mais fácil. De caráter dúbio, no início não aceita a gravidez de Joyce. Covarde, ofende Helena, mas morre de medo de Assunção. Passa por uma transformação quando ganha um cargo em uma agência de turismo e assume a gravidez de Joyce:
os pais: URBANO (Sebastião Vasconcelos), homem rude, mas extremamente íntegro e honesto. Bate de frente com o filho, a quem considera um boa-vida. É caseiro em uma propriedade em Teresópolis,
e DALVA (Ana Rosa), mulher de origem humilde, como o marido, mas, diferente dele, sonha com uma vida melhor. Mimou demais o filho, a quem superprotege, fazendo vista grossa ao seu mau comportamento. Seu maior sonho é ver Caio bem posto na vida. Odeia Joyce porque acha que ela atrapalha e atrasa a vida do filho
o amigo FÁBIO (Guilherme Faro), com quem divide um apartamento no Rio de Janeiro. Diferente dele, é trabalhador e preza por seu emprego em uma agência bancária. Namora Soninha.

– núcleo de WANDINHA (Cláudia Lira), melhor amiga de Paula, jovem bonita, charmosa e provocante. É divorciada, sem filhos, e vive à custa dos pais, já que o ex-marido não lhe dá um tostão. Urbano e Dalva são empregados de seus pais. Cresceu com Caio, filho dos empregados, e o reencontra depois de muitos anos. Inicia um jogo de sedução com Caio, que fica deslumbrado com as oportunidades que surgem, mas o caso não vai adiante. Ao longo da trama, interessa-se pelo Dr. Fabrício:
os pais: GREGÓRIO FURTADO (Sérgio Viotti), homem de posses, dono de uma agência de turismo, exigente com seus funcionários,
e SILVANA (Beatriz Lyra), que administra a agência de turismo com o marido. Amiga de Zuleika e Olga. Teve um filho homem, que morreu criança, por isso se afeiçoou a Caio, seu afilhado. Paga os estudos de seu protegido e lhe dá presentes. Silvana e Gregório abrem uma nova filial da agência e colocam Caio para gerenciá-la. Porém, não sabem que ele engravidou Joyce e fugiu do compromisso, o que será uma grande decepção
o ex-marido LEOPOLDO (Giácomo Pinotti), com quem ficou casada por pouco tempo. Advogado dos Furtado
os amigos: RENATO (Marcelo Saback), ex-namorado de Paula, que o trocou por Carlos, o que o deixou inconformado, pois ainda a ama. Gosta de festas e farra e de fazer comentários inapropriados,
e MARININHA (Christine Fernandes), que vai trabalhar na nova agência dos Furtado, com Caio e Bianca. Interessa-se por Bruno.

– núcleo de MARTA (Bia Nunnes), vizinha e melhor amiga de Helena, madrinha de Joyce. Está a par de todos os segredos de Helena. Dá duro trabalhando em uma loja, única fonte de renda da família, já que o marido está há anos desempregado. Seu casamento já perdeu o encanto, mas ainda gosta do marido. No decorrer da trama, descobre um câncer na mama, o que abala a família e amigos. Inicia o tratamento com o Dr. Fabrício:
o marido XAVIER (Ricardo Petráglia), grande amigo de Assunção. Acomodado e sem maiores ambições, está há anos desempregado. Gosta de jogar e, para isso, chega a pegar dinheiro da bolsa da mulher. Diante da doença de Marta, inicia uma batalha para encontrar emprego e prover a família
a filha RITINHA (Ingrid Fridman), menina inteligente, que percebe tudo à sua volta, ainda que mantenha a inocência.

– núcleo de LEONARDO (Hugo Gross), filho de Rômulo e Zuleika, irmão de Paula. Engenheiro como o pai, iniciou sua vida profissional em São Paulo, onde conheceu a jovem com quem se casou. De volta ao Rio, procura firmar-se na profissão, mas passa por dificuldades. Gostaria de ter um filho, mas esconde de todos que é estéril:
a mulher MARIANA (Monique Curi), seu maior sonho é ser mãe, mas, apesar de todos os tratamentos, não consegue realizar seu desejo. Desconta sua frustração e infelicidade perseguindo Neusa, empregada de Zuleika, com quem vai morar
os sogros, pais de Mariana: GOMIDE (Denis Carvalho), paulista que vive criticando o Rio de Janeiro. Engenheiro como o genro e como Rômulo, de quem é amigo,
e MARISTELA (Cristina Mullins), faz coro com o marido às críticas ao Rio. Separa-se dele quando descobre seu caso com uma secretária em São Paulo e muda-se para a casa de Zuleika.

Crônica do cotidiano

Folhetim ao estilo de Manoel Carlos, competente em armar crônicas do cotidiano carioca.

Primeiro trabalho da parceria do autor com o diretor Ricardo Waddington, com quem voltou a trabalhar em suas três novelas seguintes, Por Amor (1997-1998), Laços de Família (2000-2001) e Mulheres Apaixonadas (2003), e na minissérie Presença de Anita (2001).

Primeira novela da parceria de Manoel Carlos com a filha Maria Carolina, que a partir de então passou a colaborar na roteirização de todas as novelas do autor.

Sinopse alterada

Novamente a Globo pediu a Manoel Carlos que ele escrevesse Por Amor para o horário das seis, cuja sinopse o autor entregara anos antes. A primeira tentativa da emissora foi em 1991, quando Maneco escreveu Felicidade. E novamente o autor alegou que Por Amor só poderia ser feita para o horário das oito da noite. Maneco apresentou então a sinopse de História de Amor, que acabou aceita. Por Amor foi finalmente produzida na sequência, em 1997-1998.

A primeira sinopse de História de Amor foi alterada por determinação do Ministério da Justiça. Manoel Carlos havia criado um triângulo amoroso envolvendo Carlos (José Mayer), Helena (Regina Duarte) e Joyce (Carla Marins), filha de Helena, sem saber que a novela seria exibida às 18 horas. Na época, o autor declarou que havia modificado o enredo antes mesmo da decisão do ministério, assim que se confirmou o horário de exibição da trama.

A paixão de mãe e filha pelo mesmo homem acabou sendo trabalhada pelo autor em Laços de Família, em 2000-2001, às 21 horas. (Site Memória Globo)

Elenco

Regina Duarte estreava no horário das seis ao viver Helena Soares, a protagonista. A atriz ainda interpretou outras duas Helenas de Manoel Carlos: Helena Viana em Por Amor (1997-1998) e Helena Camargo Varela em Páginas da Vida (2006).

Em depoimento ao projeto Memória Globo, Regina Duarte declarou:
História de Amor eu não queria que acabasse nunca. Eu cheguei a dizer para o Boni: ‘Não dá para ficar como aqueles seriados de antigamente, que duravam cinco, dez, quinze anos?’ Eu queria ficar fazendo História de Amor para sempre. Ele ria e dizia: ‘Não. Tem que acabar. Mas a gente faz outra depois’. E, realmente, um ano depois, ele me chamou para fazer o que, para mim, era História de Amor 2, mas que teve o nome de Por Amor. E ainda chamou a Gabriela [Duarte] para fazer a minha filha. Foi o máximo!”

Além de Regina Duarte, Lília Cabral e Carolina Ferraz tiveram grande destaque com suas personagens. Lília como a dissimulada e desequilibrada Sheila, e Carolina como a temperamental e ciumenta Paula. As duas personagens disputavam Carlos (José Mayer), que era apaixonado por Helena (Regina Duarte).

Destaque também para as interpretações de Carla Marins (Joyce), Bia Nunnes (Marta), Yara Côrtes (Olga), Eva Wilma (Zuleika), Ana Rosa (Dalva) e Nuno Leal Maia (Assunção).

História de Amor foi o primeiro trabalho do ator José Mayer com Manoel Carlos, com quem retornou em Laços de Família (2000-2001), Mulheres Apaixonadas (2003), Páginas da Vida (2006) e Viver a Vida (2009-2010), e na minissérie Presença de Anita (2001).

Primeira novela do ator Cláudio Lins e das atrizes Cláudia Mauro, Maria Ribeiro, Mônica Carvalho, Christine Fernandes, Beth Lamas e Úrsula Corona (na época com 13 anos).

Última novela da veterana atriz Yara Côrtes, então com 74 anos, interpretando Olga, uma senhora prestes a completar 90 anos. Na sequência, Yara fez participações em episódios do Você Decide, entre 1998 e 1999, e afastou-se da televisão, vindo a falecer em 17/10/2002, aos 81 anos, vítima de insuficiência respiratória.

Aproveitando a experiência da atriz Beatriz Lyra com Turismo (sua formação acadêmica, carreira que exercia paralelamente à atuação), o autor Manoel Carlos criou especialmente para a amiga a personagem Silvana Furtado, proprietária de uma agência de turismo.

Abordagens

Ao longo da trama, a personagem de Bia Nunnes, Marta, descobriu um câncer na mama e vários aspectos da doença foram discutidos. Manoel Carlos recebeu uma carta do Instituto Nacional do Câncer atestando um grande aumento no número de mulheres preocupadas em fazer exames preventivos.

A relação entre os deficientes físicos e o esporte, como forma de inclusão social e superação, também foi abordada, a partir do personagem Assunção (Nuno Leal Maia) que, após ficar paraplégico, consegue se reerguer psicologicamente, juntando-se na trama a verdadeiros deficientes físicos e divulgando esportes por eles praticados.
Pelé, na época Ministro Extraordinário dos Esportes (do primeiro governo do presidente Fernando Henrique Cardoso), gravou uma participação na novela, em que era entrevistado por Assunção, que apresentava um programa de televisão sobre esportes.

Locações

História de Amor foi ambientada no Rio de Janeiro e teve cenas gravadas nos bairros do Leblon, Jardim Botânico e Gávea, na Zona Sul, e Barra da Tijuca, na Zona Oeste, além de Teresópolis, na região serrana. As cenas externas reforçavam o tom urbano e carioca da novela. (Site Memória Globo)

Uma das principais locações era a clínica Médicos Associados, de Carlos (José Mayer), cuja fachada era uma imponente residência com vasto jardim situada na Estrada da Gávea Pequena, 1077, no Alto da Boa Vista, Rio de Janeiro.
Essa mansão ficou famosa por ter servido de fachada ou locação para várias outras novelas ao longo dos anos: foi a casa da família Newman em Brilhante (1981-1982), a casa de Renato Villar em Roda de Fogo (1986-1987), da família Abdalla em Sassaricando (1987-1988), da família de Isabela Garcia em O Sexo dos Anjos (1989-1990), dos Torremolinos em Perigosas Peruas (1992), da família de Zazá em Zazá (1997), dos San Marino em Andando nas Nuvens (1999) e outras.

Outra locação muito usada foi o Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca, inaugurado cerca de dois anos antes da novela. Era lá onde, na trama, Xavier (Ricardo Petráglia) foi trabalhar e onde ficavam a agência de turismo da família Furtado e a loja em que Marta (Bia Nunnes) trabalhava.

Trilha sonora

Com muitos sucessos das rádios, a trilha internacional de História de Amor é a sétima mais vendida entre as trilhas de novelas das seis da Globo: 273.779 cópias (entre LPs, K7s e CDs).

Modelo da abertura

A jornalista e apresentadora Renata Vasconcellos era modelo quando gravou a abertura de História de Amor. Ela já havia aparecido em um capítulo da novela A Próxima Vítima (1995), fazendo uma figuração como modelo.

Renata Vasconcellos estreou no jornalismo em 1996, quando ingressou na primeira equipe do canal pago GloboNews, passando depois a apresentar, na TV aberta, o Bom Dia Brasil e o Jornal Nacional.

Repetecos

História de Amor foi reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo, entre 10/12/2001 e 28/06/2002.

Exibida também no Viva (canal de TV por assinatura pertencente ao Grupo Globo) em duas ocasiões: entre 10/03 e 08/11/2014, às 15h30 (com repeteco à 1 da manhã), e entre 21/08/2023 e 20/04/2024, à 12h15.

A novela foi disponibilizada no Globoplay (plataforma streaming do Grupo Globo) em 05/06/2023.

E mais

Uma carta publicada no Jornal do Brasil fez com que fosse mudado o visual de Regina Duarte na novela:
“O que está havendo com o cabelo da Regina Duarte? Tenho duas dicas: uma permanente afro ou um corte na altura do pescoço. Aquela trança dá a ela um aspecto de favelada.”

Trilha sonora nacional

01. NADA APAGA ESSA PAIXÃO – Maurício Mattar (tema de Joyce)
02. UMA HISTÓRIA DE AMOR – Fanzine (tema geral e tema das vinhetas de intervalo)
03. QUEREM MEU SANGUE – Cidade Negra
04. DESENCANTO – Anna Lemgruber (tema de Sheila)
05. MINHA AMBIÇÃO – Loop (tema de Caio)
06. SÓ CHAMEI PORQUE TE AMO – Gilberto Gil (tema de Joyce e Caio)
07. SABER AMAR – Os Paralamas do Sucesso (tema de Paula)
08. ALÔ ALÔ MARCIANO – Elis Regina (tema de Zuleika)
09. O 40 – Faróis Acesos (tema de Assunção)
10. FUTUROS AMANTES – Gal Costa (tema de Helena)
11. UM DIA NÃO OUTRO SIM – Fernanda Abreu (tema de Wandinha)
12. COMO? – Netinho (tema de Sheila)
13. DELIRANDO DE PRAZER – Veneza
14. LEMBRA DE MIM – Ivan Lins (tema de abertura)

Produção musical: André Sperling
Direção musical: Mariozinho Rocha

Trilha sonora internacional

01. YOU GOTTA BE – Des’ree
02. RUN BABY RUN – Sheryl Crow (tema de Sheila)
03. FALLIN’ IN LOVE – La Bouche
04. CHAINS – Tina Arena
05. READY TO GO HOME – 10 CC
06. THE FIRST CUT IS THE DEEPEST – Haddaway
07. IT’S TOO LATE – Gloria Estefan (tema de Helena)
08. I STARTED A JOKE – Faith No More (tema de Carlos)
09. CAN’T STOP LOVING YOU – Van Halen (tema de Bruno)
10. DREAM A LITTLE DREAM – The Beautiful South
11. HOLD MY HAND – Hooties & The Blowfish (tema de Paula)
12. FOLLOW YOU – Sect
13. PARIS LUTECE PANAME – Malcoln McLaren (tema de Daniel e Bianca)
14. THE PLACE I BELONG – Martin Axell (tema de Xavier)

Seleção de repertório: Sérgio Motta

Tema de abertura: LEMBRA DE MIM – Ivan Lins

Lembra de mim
Dos beijos que escrevi nos muros a giz
Os mais bonitos continuam por lá
Documentando que alguém foi feliz

Lembra de mim
Nos dois na rua provocando os casais
Amando mais do que o amor é capaz
Perto daqui
Ah! Tempos atrás!

Lembra de mim
A gente sempre se casava ao luar
Depois jogava nossos corpos no mar
Tão naufragados e exaustos de amar

Lembra de mim
Se existe um pouco de prazer em sofrer
Querer te ver talvez eu fosse capaz
Perto daqui
Ah! Tarde demais!

Lembra de mim…

Veja também

  • felicidade_logo2

Felicidade

  • poramor2

Por Amor

  • lacosdefamilia_logo

Laços de Família

  • paginasdavida2

Páginas da Vida