Sinopse

As aventuras de Bob, um estudante de dezoito anos, às voltas com mil garotas e confusões.

Bob conquista sempre a garota que tem na mira, mas quando a situação muda de figura, passa a garota para o amigo Vareta, que sozinho não se dá bem com as mulheres.

Tupi – 17h45
de de 1º de abril a junho de 1968

novela de Lúcia Lambertini
direção de Lúcia Lambertini

TONY RAMOS – Bob
ROBERTO OROSCO – Vareta
HENRIQUE CÉSAR
MARIA LUIZA CASTELLI
RIVA NIMITZ
e
ANNAMARIA DIAS
SHIRLEY DE OLIVEIRA
EDY CERRI
ELIZABETH MARIN
DORA CASTELLAR
RENY DE OLIVEIRA
CATHY STUART
MARILISE
MEIRE PAVÃO
As aventuras amorosas de Bob (Tony Ramos) fizeram desta uma novela cômica – ingênua até – destinada ao público juvenil, que contou com artistas diferentes em seu elenco a cada capítulo.
Ao final dos capítulos, Bob conversava diretamente com as telespectadoras, pedindo que escrevessem e mandassem fotografias para ele.

Os Amores Bob foi a primeira das quatro telenovelas que compunham o projeto As Quatro Estações do Amor, uma estratégia de marketing lançada por J. Silvestre ao assumir a superintendência da TV Tupi. O propósito maior era levar novelas leves, românticas, sem os dramalhões piegas e superados, em uma nova faixa de horário, ainda inexplorada pelas novelas. Todas as tramas tinham o amor como ponto comum, visto sob ângulos diferentes.

Eram apresentadas quatro novelas, na sequência, das 17h45 (com Os Amores Bob) às 19h45.
As demais novelas eram: O Homem Que Sonhava Colorido – às 18h15, O Rouxinol da Galiléia – às 18h45, e O Coração Não Envelhece – às 19h15.

Como estratégia de divulgação, a Tupi preparou um série de festividades para a estreia das quatro novelas. A festa começou no sábado anterior à estreia, dia 30/03/1968, às 11 horas, e se estendeu até a segunda-feira, dia 01/04, às 17h45, quando estreou a primeira delas, Os Amores Bob, contando até com queima de fogos de artifício na sede da emissora, no Sumaré.
Shows foram apresentados em diversos pontos de São Paulo, com artistas da Tupi. Em minipalcos foram distribuídos cupons numerados para sorteio, que valeram dezenas de prêmios, o maior dos quais, um carro zero quilômetro. Todos os programas da Tupi deste período giraram em torno dos temas das novelas.

Veja também